Connect with us

Livros

AGATHA CHRISTIE | A rainha do mistério… será que é mesmo?

Published

on

Salve, salve viajantes nerds!

Comecei a ler os livros policiais de Agatha Christie  muito novo, com cerca de 9 ou 10 anos de idade. Uma professora ordenou à classe a leitura de “O caso dos dez negrinhos” e gostei tanto que não parei mais de ler os livros da autora. Comprei quase que toda a coleção lançada pela editora Nova Fronteira na época, e li tudo.

Agatha Christie nasceu em 1890,  e escreveu mais de 80 livros ao longo do século XX. O “Guiness Book” a lista como a romancista mais bem sucedida da história da literatura popular mundial tendo vendido 4 bilhões, sim, bilhões de cópias até hoje, em mais de 100 idiomas. Inclusive, o tal do “O caso dos dez negrinhos” que me fez conhecê-la, teve sozinho mais de 100 milhões de cópias vendidas.

Britânica nascida no condado de Devon, Christie foi tão importante para a literatura inglesa, que acabou por ser condecorada em 1971 pela rainha Elizabeth II com o título de “Dame” do Império Britânico, o que equivale à versão feminina do “Sir”. Morreria 5 anos depois aos 85 anos de idade.

Diante de tais números e fatos, meu amigo leitor pode estar questionando o porque do título onde questiono sua posição de “rainha do mistério”. Eu explico.

Aos 11 ou 12 de idade,  eu quebrava a cabeça para decifrar as pistas e tentar adivinhar os culpados, mas o caso é que nunca chegava nem perto. Gostava muito do detetive belga Hercule Poirot e nem tanto de Miss Marple. Mas os enredos dos livros sempre apresentavam reviravoltas incríveis, e aqueles de quem eu suspeitava nunca eram os culpados, sempre aqueles de quem eu menos desconfiava. Era frustrante e divertido ao mesmo tempo. Mas eu nunca desistia de ficar tentando solucionar o enigma sem sucesso.

Recentemente, agora com mais de 40 anos de idade, vislumbrei minha coleção ainda na estante e senti vontade de voltar a ela. E comecei a reler os livros…

O fato é que agora, com alguns livros já finalizados, percebi que estou acertando!!! Sim, estou decifrando as pistas deixadas pela autora e estou invariavelmente acertando os culpados!!! Estou me sentindo o máximo!!! Mas aí me veio à questão na cabeça. Eu fiquei mais inteligente e esperto? Ou a autora realmente nunca foi tão boa em construir seus mistérios quanto eu imaginava? Ou será um pouco dos dois?

Obviamente que para meu ego, a resposta “sim” para a primeira questão seria a melhor. E, diante dos números e da aclamação mundial da autora que até hoje é tida como a maior das maiores dentro do gênero, a resposta para o segundo questionamento só pode ser um sonoro “não”. E sendo essa a resposta, por lógica de exclusão a resposta para o terceiro questionamento também deve ser “não”

O leitor dessa matéria deve agora estar pensando que o autor da mesma (ou seja eu) é um convencido, cara de pau que só a escreveu para se auto promover como um cara de inteligência acima do normal, correto? Seria, se não houvesse uma explicação mais lógica.

Não amigo leitor, eu não sou um gênio que consegue desvendar todos os mistérios propostos por Agatha Christie. A verdade, é que por ter lido todos esses livros há mais ou menos 30 anos, guardei em meu subconsciente a solução de todos aqueles crimes imaginados pela verdadeira suprema inteligência nesse caso, ou seja, a própria escritora e rainha do mistério, Agatha Christie. Posso não lembrar os enredos ou nomes de personagens das tramas. E quando volto a ler, aparentemente tudo aquilo é uma novidade. Mas não é. Foram livros tão marcantes em minha vida, que com certeza os nomes dos culpados estão guardados em algum lugar obscuro de meu cérebro, que é iluminado quando retorno a eles.

Tenho 99% de certeza de que essa teoria do subconsciente se aplica aqui. Portanto, Agatha Christie é sim a “Rainha do Mistério” e eu recomendo seus livros para qualquer um que aprecie o gênero. E também para aqueles que não apreciam, pois passarão a apreciar após lê-la.

Obs: Preciso pegar um livro de Agatha Christie que eu nunca tenha lido para saber se ainda assim consigo desvendar o culpado. Acho difícil, porém se eu conseguir…

 

Jorge Obelix. Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicholas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

6 Comments

6 Comments

  1. João Paulo Rocha

    20 de Maio de 2017 at 17:45

    Excelente texto Jorge.
    Deu até vontade de ler um mistério dela de novo!

    • Jorge Obelix

      20 de Maio de 2017 at 18:08

      Valeu João!

  2. Ritinha Angel

    20 de Maio de 2017 at 21:24

    Ainda não tenho nenhum dos livros dela na minha coleção, mas sou admiradora de seu trabalho.

  3. Giovana Konze (@giokonze)

    21 de Maio de 2017 at 21:42

    Ufa! Que susto este título me deu e que baita texto você escreveu! Parabéns!

    Minha história com a Agatha é muito parecida com a sua, começou na infância e também prefiro o Poirot, mas me encantei primeiramente com “O Misterioso Caso de Styles”, seu primeiro livro, de 1920.
    Depois de ler “O Caso dos Dez Negrinhos” e “Assassinato no Expresso do Oriente” não tive mais dúvidas, precisava ler todos! E assim o fiz!

    Muito obrigada por compartilhar sua história com o mundo.

    Abraços,
    Giovana

  4. Sheilla Reis

    23 de Maio de 2017 at 10:24

    Super curti o texto. Comecei a ler Agatha há pouco tempo, 2011 por aí. Amo romances policiais e já comprei uns 10 livros livros dela e já li uns 10 também (todos que tinha na biblioteca da universidade, hehe). Ela é incrível no mistério, mas eu sempre cheguei próximo quando não acertei o culpado da história (mas claro que não em todos livros que li, haha). Assim, acho que os livros policiais de Conan Doyle (Sherlock, que amo muito) tem muito mais mistério que Agatha. É muito mais difícil passar na frente de Sherlock do que de Hercule ou Marple.

Deixe uma resposta ...

Livros

HARRY POTTER | Confira prévia do novo livro que falará sobre as Varinhas do Mundo Mágico de J.K. Rowling

Published

on

Em breve será lançado um novo livro baseado no Mundo Mágico de Harry Potter, criado por J.K. Rowling. Esse livro irá dar um olhar aprofundado sobre as varinhas dos personagens da franquia.

Em um novo trailer exclusivo compartilhado pela Entertainment Weekly , a Insight Editions compilou imagens dos filmes de Harry Potter mostrando alguns dos melhores momentos com varinhas, ao mesmo tempo em que revela um pouco do que os fãs podem esperar no livro.

Essa nova produção irá apresentar as varinhas dos personagens dos filmes de Harry Potter e também trará suas histórias, isto é, como foram feitas, do que são feitas e as ideias por trás delas. Agora teremos a chance de conhecer as varinhas de diversos personagens, dentre eles Ron, Harry e Mione, a varinha/guarda-chuva de Hagrid, além de Tom Riddle, ou para os trouxas, Lord Voldemort.

O livro também inclui informações de bastidores dos fabricantes das varinhas e diversas novas imagens que darão aos fãs um vislumbre nunca antes visto do mundo mágico de Harry Potter.

O que você está esperando desse livro? Deixe seus comentários abaixo!

Continue Reading

Livros

OS INSTRUMENTOS MORTAIS | Uma série literária que vale a pena ter na estante

Published

on

Os “Instrumentos Mortais” é uma série literária composta de 6 livros do gênero fantasia urbana. A primeira publicação chegou as bancas dos EUA em 2007 com o título Cidade Dos Ossos, mais tarde em 2010 a publicação foi traduzida e trazida ao Brasil fazendo milhões de fãs.

A história conta a saga da adolescente Clary, que resolve comemorar o seu aniversário com seu melhor amigo indo a uma boate, ao entrarem no local a garota começa a presenciar coisas estranhas, o problema é que só ela consegue ver.

Ela também presencia um crime cometido por Jace e outros adolescentes tatuados e equipados com chicotes brilhantes, e armas pra lá de esquisitas. Ele é um nephilim (filho de anjos com humanos), que tem como missão matar demônios; ela, uma mundana que não se sabe por que tem o dom da visão…Mas as diferenças entre os dois não impedem que em 24 horas, Clary se veja envolvida no mundo de Jace e dos caçadores de sombras; a mãe dela desaparece e a própria Clary é atacada por um demônio. Aparentemente, ela não tem a quem recorrer se não a Jace. Mas porque um demônio estaria interessado em uma mundana como Clary? E como de uma hora pra outra ela tem o dom da visão e percebe o mundo das sombras? Todos e inclusive Clary querem saber…

Um prato cheio para quem curte a leitura com assuntos relacionados ao sobrenatural e criaturas da noite como vampiros, demônios e lobisomem. A saga rendeu um filme inspirado no primeiro livro, e uma série que já conta com duas temporadas disponíveis na Netflix chamada Shadowhunters. Os outros títulos depois do livro Cidade Dos Ossos são em sequência: Cidade Das Cinzas, Cidade De Vidro, Cidade Dos Anjos Caídos, Cidade Das Almas Perdidas e Cidade Do Fogo Celestial. Eu tenho o prazer de ter todos eles na minha estante (risos). O ultimo livro foi publicado no ano de 2014 tanto no EUA como no Brasil.

Há alguns livros que também foram derivados dessa série, como a história solo de Magnos Bane chamado As Crônicas de Bane (leia a resenha aqui) e uma trilogia literária intitulada Peças Infernais. Todos os livros são da autora Cassandra Clare e foram lançados pela editora Simon & Schuster nos Estados Unidos, pela editora Galera Record no Brasil e pela Planeta em Portugal.

Os Instrumentos Mortais são: O Cálice, com o poder de invocar ou controlar demônios, a Espada que obriga caçadores de sombra a dizerem a verdade e o Espelho, cujos poderes são desconhecidos. A saga completa vendeu cerca de 15 milhões de exemplares mundialmente.

Continue Reading

Resenhas

A NOIVA FANTASMA | Resenha da Viajante!

Published

on

Li Lan acabou de se tornar uma “Noiva Fantasma”. Após o falecimento de sua mãe, o pai de Li Lan entrou em depressão profunda e isso fez ele acabar abrindo falência.

Uma família falida passa por grandes dificuldades e por conta disso Li Lan acaba recebendo a proposta de casar-se com um homem morto, pois assim a alma dele pode ter o tão sonhado descanso.

Porém, ela não aceita tudo assim calada e aí que começa a história, pois ela começa a fazer viagens para o inferno, desvenda mistérios e conhece personagens simplesmente incríveis! Ela também conhece demônios e percebe que a vida no inferno pode se parecer muito com a vida na terra.

O livro fala um pouco sobre a crença da cultura oriental, mas lembrando que ele relata uma crença muito antiga! Ou seja, ela ainda existe em alguns casos, mas é muito raro alguém ainda acreditar nisso.

O mistério do livro é maravilhoso, os personagens são trabalhados duma ótima forma e o final é surpreendente. Portanto, esse livro é ótimo em todos os sentidos!

Nota para o livro: 5 / 5

Continue Reading

Mais lidos da semana

Copyright © 2017 Nerdtrip. Theme by GNTK Inc., powered by Gancarteek.

%d blogueiros gostam disto: