Connect with us

Quadrinhos

CHAPOLIN COLORADO | Nova inspiração da Marvel – Não contavam com essa astúcia!

Published

on

Salve Salve tripulantes!!! Tudo bem com vocês?

Chapolin Colorado é um dos personagens inesquecíveis que o saudoso Roberto Gómez Bolaños ( Chaves ) interpretava, que agora ganha uma personagem feminina  inspirada nele. “Red Locust” é a nova personagem criada pela Marvel e apresenta características que lembram bastante nosso hilário “Polegar Vermelho”.

O nome Real da personagem é Fernanda Ramirez, uma adolescente que se transforma em “Red Locust”, que quer dizer  “Gafanhoto Vermelho”. A história conta que a armadura é passada de geração em geração aos homens da família Ramirez a mais de 200 anos.  Como ela não recebe a armadura por ser mulher, acaba não se conformando e criando a sua própria moldando-a a seu gosto e continuando o legado da família.

A ideia da personagem veio do desenhista mexicano Humberto Ramos, que procurou a filha de  Roberto Bolaños cuja qual aceitou rapidamente a ideia.

“Conversei com a Marvel e depois fui falar com Paulina Gómez Fernández. Deixe-me ser claro, isso é uma homenagem ao trabalho de Chespirito, é um tributo, uma manifestação de amor ao México. É importante mostrar que essa equipe dos Campeões conversa com todas as diferentes culturas, línguas e raças.”

Mais que merecida essa homenagem. E ai você gostou da noticia? Então não deixem de comentar e compartilhar com os amigos e continuem ligadinhos aqui no Nerdtrip.

 

Baiana, apaixonada por cultura oriental, HQs, seriados de TV, livros, cinema e musica.
Adora Pizza, pipoca, Hugh Jackman, Wolverine, visitar a Saraiva, shopping, maquiagem e leitura.
Amores da vida, Filha, marido, família e Netflix
Cristã, e fã do seriado Supernatural, tem o sonho de um dia conhecer os Winchesters e o Japão. Sonha no mundo real e vive na fantasia.

Mangás

CAVALEIROS DO ZODÍACO | Reveladas informações do mangá “Episódio Zero”

Published

on

A nova edição da revista Champion Red será publicada oficialmente apenas no dia 19 deste mês, mas alguns assinantes já tiveram acesso a revista antecipadamente e nela é revelada novas informações do novo projeto envolvendo o mangá de Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya).

Confirmando especulações anteriores, o novo projeto será uma minissérie em mangá de 3 capítulos intitulada Episódio Zero, nela iremos ver os acontecimentos de quando Aiolos de Sagitário (ou Airolos para alguns) salvou a pequena deusa Atena.

Ainda não foi confirmada quando a nova minissérie da obra de Masami Kurumada irá começar a ser lançada no Japão.

Vale lembrar também que está não seria a primeira vez que um projeto relacionado a saga de Kurumada receberia o título de Episódio Zero, em 2005, antes do lançamento de Os Cavaleiros do Zodíaco: A Saga de Hades – Fase Inferno, foi lançado um episódio especial do anime intitulado Saint Seiya Episódio Zero, mostrando um compilado dos principais acontecimentos desde o início do anime.

Continue Reading

Mangás

INUYASHA | Projeto sobre relançamento do mangá está parado

Published

on

Em Julho desse ano no canal do youtube da JBC, o gerente de conteúdo da editora Cassius Medauar, falou a respeito do relançamento do mangá de Inuyasha que possivelmente sairia em 2018. Ele voltou a afirmar isso em uma entrevista no evento Anime Friends 2017 para o canal Crunchyroll Brasil, também do youtube.

Porém, neste ultimo domingo (12 de novembro) durante o evento anual da empresa chamada Henshin +, a JBC divulgou que tudo relacionado ao relançamento do anime esta parado.

Medauar fala ainda que as coisas mudam muito rápido e é preciso saber se adaptar ao momento. Segundo ele de dois anos para cá várias coisas mudaram e, até agora, a editora JBC não conseguiu chegar em um projeto viável para a volta de InuYasha, então, por enquanto, o projeto está parado e não tem prazo para lançar.

Apesar disso, o projeto não foi cancelado, os fãs só vão esperar mais um pouco pois tem toda uma burocracia sobre como será o formato e uma longa negociação com a Shogakukan (empresa japonesa), que ainda não chegaram a um acordo.

Assista o vídeo da entrevista clicando aqui

 

Continue Reading

Marvel Comics

MORTE DO X | Uma das sagas mais sombrias dos X-Men

Published

on

Pra falar de quadrinhos atuais, não tem jeito, as vezes você vai entrar em opiniões discordantes. Quando fiz um pout-pourri de tudo que rolou com os mutantes (tudo postado no meu blog pessoal, o Questão), eu falei muito pouco da saga, afinal ela tinha apenas começado e não tinha como dar um padrão geral, uma análise de verdade.

Hoje a idéia é outra, tenho o material em mãos e posso falar a respeito com calma (sem spoilers) e fazendo como deve ser feito. O problema é que essa saga mexe com um dos casais mais importantes dos quadrinhos dos últimos tempos (talvez seja o melhor casal da Marvel). Estou falando de Scott Summers, o Ciclope e Emma Frost, a Rainha Branca. E a saga que vou falar, trata de mal entendido, arrogância, e principalmente falta de pensamento ao próximo. Tô falando de Morte do X (Death of X, Marvel, 2016)

Contra capas assustadoras

Morte do X começa como uma missão normal dos X-Men, por um lado. De outro, uma comemoração de uma raça alien, que está ansiosa com o advento de uma nuvem com poderes de transformação, que irá ativar pessoas latentes que possuam o dna alienígena: os Inumanos. Até aí nada demais. Só que virando a história para o outro lado, os X-Men comandados por Ciclope chegam à Ilha Muir, base de pesquisa mutante, e encontram um cenário de terror (eu classificaria essa saga como 18, nos EUA ganhou Rated que seria 18 anos). Scott que é incansável e ótimo detetive, logo desconfia do pior e passa a procurar por Jamie Madrox, o Homem Múltiplo e suas cópias.

Enquanto isso as pessoas com o gene latente Inumano ao serem atingidos pela tal névoa, são postas em casúlos (é, isso que vc leu) e sofrem metamorfose. Mas eles não eram os únicos, soldados da Hydra resolvem aparecer para capturar os novos Inumanos, de alguma forma as pessoas aceitam o fato de serem transformadas em aliens (totalmente natural). Enquanto isso Ciclope descobre a terrível verdade, a tal névoa mata mutantes. Ao descobrir o corpo carcomido e podre de Madrox, que foi consumido por uma forma agressiva de varíola, ele entra na instalação e avisa Hank Mc Coy, o Fera, que a névoa dos Inumanos está matando mutantes. Após enviar uma amostra, ele cai, aparentemente por intoxicação pelos vapores nocivos, nos braços de Emma.

Apesar da guerra em si…

Charles Soule e Jeff Lemire deixam bem claro o tom de tragédia da saga. Capas promocionais mostram os X-Men em ampla desvantagem, e os Inumanos prosperando. Crias da DC, ex-roteiristas de Liga da Justiça Sombria, constroem uma saga que mostra de forma clara que ignorância pode sim significar a morte de pessoas, e que as vezes a alegria de alguns pode ser a ruína de outros, numa alusão pra mim bem clara as armas químicas e as drogas (aliás muito mais nesse segundo).

Qualquer semelhança com a liberação da maconha e o estado dos Inumanos (uma crítica clara à fuga da realidade) não é mera coincidência. O estado de letargia das pessoas relacionado aos poderes dos aliens, não passa despercebido. Lemire e Soule são sutis e cruéis ao mostrar o inferno mutante, que além dos humanos, lutam contra um inimigo invisível, que está no ar.

Aos Inumanos resta se surpreender com o resultado de suas ações, o desenrolar e consequências dos atos dos X-Men, que conseguem eliminar as ameaças à custa de sangue e lágrimas. O tom fúnebre continua até o desfecho, que acaba por ser o prenúncio de um conflito que infelizmente não teve o tom sarcástico de Morte do X (Inumanos vs X-Men, final de 2016).

Com esse tom A Sete Palmos, a saga termina com uma mensagem quase débil de esperança, que apesar de parecer exagerada, se torna o mantra deixado, não somente para a saga mas para todos os mutantes, nesses tempos de lutas por direitos de imagem, “Idéias nunca morrem”.

Continue Reading

Mais lidos da semana

Copyright © 2017 Nerdtrip. Theme by GNTK Inc., powered by Gancarteek.

%d blogueiros gostam disto: