Connect with us

Listas

TOP 5 | Os atores mais durões do cinema

Publicado

em

O Top 5 de hoje é uma explosão de testosterona, pólvora e ótimas frases de impacto. Quem é o mais durão entre todos os grandes ícones da pancadaria? Qual ator reúne os requisitos necessários, para ser eleito o mais “Badass” de todos os tempos?

Avaliando as historias pessoais, a filmografia e os grandes personagens interpretados por cada um deles, vamos listar para você, quem são os mais truculentos atores de Hollywood.

Preparem-se para se esquivar das balas, cuidado com as explosões e esteja atento, pois daqui pra frente, você ficará cara a cara com os sujeitos mais perigosos da cultura pop e poderá tirar suas próprias conclusões sobre quem é o melhor…

Sem mais delongas, vamos a eles…

 

5) CHARLES BRONSON

Charles Dennis Buchinsky, nasceu em 3 de novembro de 1921 na Pensilvânia, EUA e se alistou no Exercito americano durante a segunda Guerra Mundial quando foi artilheiro de cauda do bombardeiro B-29.

Recebeu a medalha de condecoração militar Purple Heart, por ferimentos em combate durante as 25 missões que realizou sobre o Pacifico.

Na década de 60, protagonizou importantes filmes como: “Sete Homens e um destino”,  “Os doze condenados” e “Era uma vez no Oeste”, mas foi em 1974 que o ator conhecido por suas poucas palavras e pelo seu olhar “petrificado”, encarnou seu personagem mais importante, que o faria ser conhecido em todo mundo, Paul Kersey, da franquia “DESEJO DE MATAR”.

No filme, Paul Kersey é um pacato Arquiteto, que tem o curso de sua vida alterada, após sua esposa ser morta e sua filha ser violentada por três psicopatas que escapam ilesos.

O “pacato” Arquiteto não existe mais, em seu lugar restou apenas um “Vigilante”, determinado a colocar um fim na criminalidade local, Paul Kersey começa sua cruzada sanguinária munido apenas de sua Colt Police Positive .32 niquelada e um incontrolável “desejo de matar”.

Certa vez em Roma, o ator foi abordado por um assaltante, que lhe encostou uma arma e ordenou que lhe entregasse o dinheiro, Bronson se virou e disse:

“Você vai me dar seu dinheiro e vai dar o fora daqui”.

Sabiamente o assaltante deu as costas e fugiu.

Charles Bronson sofria do Mal de Alzheimer e morreu em consequência de uma pneumonia aos 81 anos em 2003, mas seu olhar frio e impiedoso, bem como seu legado, sempre serão lembrados por todos os amantes do cinema e dos filmes policiais.

 

 

4) Clint Eastwood

Clinton Eastwood Jr nasceu em São Francisco, em 31 de maio de 1930 e se tornou uma das maiores lendas do cinema, mas antes da fama, trabalhou como frentista, Bombeiro e tocou Piano em um bar, por volta dos anos 50.

Nesta mesma época foi convocado para o serviço militar, mas quando partiu, o avião onde estava caiu e por conta de se acidentar gravemente, foi impedido de participar da Guerra da Coreia.

Começou sua carreira cinematográfica, atuando em pequenas produções a partir de 1958 e em 1960, após o declínio do Faroeste americano (mega popular nos anos 50), um novo subgênero de Western surgiu na Itália.

Liderado pelo grande diretor Sergio Leone, o Spaghetti western (Faroeste espaguete), se tornou muito popular nas décadas de 60 e 70 e foi determinante para a carreira de Clint Eastwood.

Quando conseguiu o papel do “Estranho sem nome”, na aclamada trilogia dirigida por Sergio Leone (Per un pugno di dollari – 1964, Per qualche dollaro in più – 1965 e Il buono, il brutto, il cattivo – 1966), Eastwood, se tornou famoso mundialmente e em 1970 voltou para a América, para interpretar o personagem que levaria sua carreira a outro patamar.

Em 1971, dirigido por Don Siegel, Clint Eastwood viveu o Inspetor HARRY CALLAHAN (Dirty Harry) em “Perseguidor Implacável”. A interpretação “amarga” e mal humorada de Eastwood, fez com que o filme fosse sucesso de público e crítica, rendendo ótimas continuações como: “Magnum 44” de 1973, “Dirty Harry: Sem medo da Morte” de 1976, “Impacto fulminante” de 1983 e “Dirty Harry: Na lista negra” de 1988.

Conseguiu o reconhecimento mundial como um dos maiores ícones de Hollywood, em 1992, quando produziu, dirigiu e atuou, no extraordinário “Os Imperdoáveis”, que obteve nove indicações ao Oscar, conquistando o prêmio de melhor Filme, melhor Diretor, melhor Ator Coadjuvante (Gene Hackman) e melhor Montagem.

Vivendo personagens como o “Estranho sem nome”, “Dirty Harry” e “Willian Munny”, a lenda Clint Eastwood, é definitivamente um dos maiores mitos e “DURÕES” do cinema mundial.

“You’ve got to ask yourself one question: ‘Do I feel lucky?’ Well, do ya punk?”

3) BRUCE LEE

“As pessoas sempre me perguntam: Você é mesmo bom, Bruce?
E eu respondo: Bem…Se eu disser que sou, você vai dizer que estou me gabando.
Mas, se eu disser que não sou, você saberá que estou mentindo.”

“Mas deixe-me ser honesto com você…

“Não tenho medo de um oponente diante de mim. Sou seguro de mim mesmo. Oponentes não me incomodam. E, se eu tiver que lutar, se tiver que agir, eu estarei decidido.”

“É isso ai, cara. É melhor me matar antes.”

Nosso terceiro colocado, poderia facilmente figurar na primeira posição, pois nunca existiu alguém como Bruce Lee, a lenda nasceu no ano e na hora do dragão chinês, em 27 de novembro de 1940, em São Francisco, Califórnia, durante uma passagem da Ópera Chinesa, da qual seus pais eram integrantes.

Desde bem pequeno praticava Tai Chi e kung fu com seu Pai, na perigosa Hong Kong dos anos 50. Mas aos treze anos conheceu o homem que mudaria sua vida completamente, o grande “mestre” YIP MAN, que lhe treinou durante cinco anos, no eficiente estilo WING CHUM.

Em 1959, depois de se envolver em varias brigas de rua, o melhor aluno de Yip Man, venceu o filho de uma temida família das Tríades. Finalmente o pai de Lee decidiu que seu filho deveria deixar Hong Kong para seguir uma vida mais segura nos Estados Unidos.

Em 1961, abriu a sua primeira escola de artes marciais, com o nome de Lee Jun Fan Gung Fu Institute, em Seattle.

A luta mais importante da carreira de Bruce, aconteceu em 1964, quando o experiente mestre Wong Jack Man, que era contra a ideia de Lee ensinar artes marciais a não-orientais, o desafiou para um combate real.

Após três minutos de luta, Wong Jack Man foi derrotado, mas Lee concluiu que a luta durou tempo demais e que ele não tinha explorado todo seu potencial, nascia ali a semente do JEET CUNE DO.

Desconstruindo os estilos de luta e entendendo que o fundador de cada estilo, partiu de uma hipótese, Lee buscou o melhor de cada luta “descristalizando” os estilos, retirando movimentos ineficientes e espalhafatosos e sendo disforme…sem forma, como a água.

Convidado pelo lendário diretor Raymond Chow a estrelar seu primeiro filme, “O Dragão Chinês” de 1971, o longa levou o nome de Lee ao estrelato e possibilitou ao ator, estrear em 1972, “A Fúria do Dragão”, outro mega sucesso.

Agora dono de sua própria produtora, Bruce teve controle completo sobre “O Voo do Dragão” de 1972, onde escreveu, dirigiu, produziu e coreografou o famoso combate no coliseu com “Chuck Norris” (que treinou durante algum tempo com Bruce), uma das lutas mais memoráveis da historia.

Infelizmente, alguns meses após a conclusão de Operação Dragão (seu único filme americano) e 6 dias antes do seu lançamento, em 20 de julho de 1973, Bruce Lee, o maior artista marcial de todos os tempos, morreu misteriosamente.

Segundo sua esposa Linda Lee, Bruce se encontrou com Raymond Chow, na casa de sua colega Betty Ting. Após Chow ir embora, Bruce queixou-se de dor de cabeça e Ting deu-lhe um analgésico denominado Equagesic, que incluía aspirina e um relaxante muscular. Depois de toma-lo, Bruce foi dormir.

Raymond Chow encontrou Bruce desacordado e tentou reanimá-lo por cerca de dez minutos, quando chegou ao hospital…Bruce já estava morto.

De acordo com a autópsia, seu cérebro tinha inchado consideravelmente e Lee teria morrido de anafilaxia ao relaxante muscular “Equagesic”. Devido a sua condição de mito, varias teorias de assassinato começaram a circular. A mais famosa dava conta que ele havia sido envenenado pelas Tríades, por ter revelado muitos segredos aos não-orientais.

44 anos após a sua morte, o filho do Dragão ainda é a maior referência nas artes marciais. Copiado e imitado, mas nunca superado, Bruce Lee se tornou um dos maiores ícones da cultura pop e seu legado permanecerá para sempre em nossos corações.

“Sua inspiração continua a nos guiar, rumo a nossa liberação pessoal”.

2) Sylvester Stallone

Nascido em 6 de julho de 1946, em Nova Iorque, Sylvester Gardenzio Stallone é o nosso segundo colocado e ele tem uma incrível história de superação. Famoso por interpretar personagens como Rambo e Cobra, a vida de “Sly” se confunde com a de seu mais importante personagem, Rocky Balboa.

Por conta do uso indevido de Fórceps, durante seu nascimento, Sly teve um nervo da face cortado, que paralisou o lado inferior esquerdo do seu rosto.

Em um difícil momento de sua vida, esteve tão pobre que se tornou morador de rua e teve que vender seu cachorro para um estranho em uma loja de bebidas, por apenas US$25 Dólares. Um duro golpe para um eterno lutador.

Duas semanas depois, inspirado por uma luta de Muhammad Ali, ele escreveu o roteiro de Rocky por 20 horas seguidas. Ao tentar vender o roteiro, Stallone conseguiu uma oferta de US$125,000 Dólares, mas o Estúdio queria uma estrela de “verdade” para o papel principal, Sly recusou a oferta.

Algumas semanas depois o Estúdio ofereceu US$250,000, ele recusou, ofereceram US$350,000, ele continuou recusando, Stallone só venderia o roteiro se pudesse participar do longa. Por apenas US$35,000, o “Garanhão Italiano finalmente vendeu o roteiro de Rocky e o estúdio concordou em ele ser o protagonista.

A primeira coisa que Stallone fez, foi comprar seu cachorro de volta. Ele ficou esperando o homem na loja de bebidas por três dias e ofereceu US$100 Dólares pelo Cão, o homem não aceitou e Sly ofereceu US$500 Dólares, também recusados pelo dono do animal. Stallone só conseguiu reaver seu cão “Buticus”( que estrelou o filme Rocky) por US$15,000.

Recebendo dez indicações ao Oscar de 1976 e vencendo em três categorias: melhor Filme, melhor Roteiro e melhor Edição, o filme “Rocky, um lutador” (que rendeu cinco continuações), entrou para a historia do cinema e catapultou a carreira de Stallone para a estratosfera.

Em 1982, depois do sucesso de Rocky II, Stallone estrelou seu segundo maior personagem, o veterano do Vietnã John Rambo, no incrível “Rambo: Programado para matar”(que também rendeu mais três filmes) e consolidou a carreira de Sly, como um dos três maiores atores de filmes de ação de todos os tempos e certamente um dos maiores DURÕES do cinema.

1) Arnold Schwarzenegger

O grande campeão do no nosso Top 5, não podia ser outro, a não ser “Big Arnie”. Vivendo personagens de nomes truculentos como: O Bárbaro, o Predador e o Exterminador, Arnold Alois Schwarzenegger, nasceu na pequena vila de Graz, Áustria, em 30 de julho de 1947 e se tornou um dos maiores ícones da cultura pop e definitivamente “o mais durão do cinema”.

O garoto pobre, filho de Gustav Schwarzenegger e Aurelia Jadrny nunca teve um bom relacionamento com o Pai (rumores davam conta que ele não seria filho de Gustav e mais tarde o ator revelou que era surrado constantemente pelo Pai) e influenciado pelos mitos Reg Park e Steve Reeves, começou seus treinos de musculação aos 14 anos de idade.

Para ganhar sua primeira competição no fisiculturismo, o Mr.Europa Jr. de 1965, fugiu do Quartel onde prestava serviço militar. Por conta disto, o Jovem Arnold, passou uma semana na prisão.

Já em 1967, ganhou seu primeiro titulo de Mr. Universo (o que faria por mais cinco vezes), que foi seu passaporte para a América e em 1970, já empresariado por Joe Weider, ganho seu primeiro Mr. Olympia (a mais importante competição do Fisiculturismo), se tornando o atleta mais jovem a alcançar tal honraria.

As portas se abriram e no mesmo ano, teve sua primeira experiência cinematográfica com o filme “Hércules em Nova Iorque”, onde seu sotaque era tão carregado que tiveram que dubla-lo na Pós-produção.

Continuou a vencer o Mr.Olympia, se tornando campeão em 1971, 1972, 1973 e 1974 (sua melhor forma). Em 1975, persuadido pelos cineastas George Butler e Robert Fiore, competiu com o intuito de protagonizar o documentário PUPING IRON (que mostrava de forma “Dramatizada”, os bastidores da competição), tendo apenas três meses para se preparar, Schwarzenegger venceu mais um Mr. Olympia e anunciou sua aposentadoria.

Por conta de sua participação em Puping Iron (onde sua personalidade inigualável e capacidade de força mental foram demonstradas), o “Carvalho Austríaco” foi convidado para viver um de seus mais importantes personagens, Conan, o Bárbaro.

Mas antes de viver o personagem, Arnold saiu da aposentadoria para competir no Mr.Olympia mais uma vez. Mantendo seu plano em segredo, só anunciando que competiria horas antes do evento, o que causou grande irritabilidade nos outros competidores. Gostando ou não, Arnie venceu o Mr.Olympia de 1980, se aposentou definitivamente das competições e iniciou sua grande jornada na “Era Hiboriana”.

Lançado em 1982, o excelente “Conan, o Bárbaro” foi um estrondoso sucesso de público e crítica, e lançou Arnold Schwarzenegger ao estrelato. Em 1984, ao lado do diretor James Cameron, explodiu nas bilheterias com o também excepcional “Exterminador do Futuro”.

Se tornou um dos maiores ícones do cinema e um dos atores mais bem pagos de Hollywood em 1991, com o arrasa quarteirão, “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final”. O filme destruiu as bilheterias daquele ano, criando filas quilométricas ao redor dos cinemas e levando o nome de Schwarzenegger as alturas.

Arnold participou de vários filmes de sucesso, seu nome foi honrado e temido…Um dia, ele se tornou governador da Califórnia, por seus próprios méritos…mas essa é outra historia a ser contada…

Giovanni Giugni (Don Giovanni) é o exército de um homem só, por trás da "Casa das Ideias Nerd". Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de "Superman" de 1978 e "O Império Contra-ataca". Destemido desenhista e intrépido apaixonado por "Super-heróis", vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

Listas

TOP 5 | Vilões de séries que amamos odiar

Publicado

em

Já faz algum tempo que não só os mocinhos ganham fãs mas também os vilões da ficção. Acredito que ficou tão cansativo ver na tela os mesmos mocinhos tão certinhos e longe da realidade, que esse tipo de personagem acaba perdendo a admiração dos telespectadores. Os protagonistas principais das produções perderam a audiência para os vilões que por vezes, são tão bem construídos e peritos nas  estratégias maléficas que acabam se destacando.

Confira nosso top 5 de vilões que amamos:

5º Lugar: Crowley 

Quem é fã da série Supernatural vai concordar comigo que “O rei do inferno” interpretado pelo ator Mark Sheppard é um vilão de tirar o chapéu. Além de ser estiloso de como arquitetar suas maldades ainda consegue convencer os irmãos Winchester a trabalharem junto a ele por causas maiores.

4º Lugar: Regina

Além de ficarmos babando o super figurino dessa bruxa estilosa da série  Once Upon a Time, ela é o destaque em fazer o casal Branca de Neve e Encantado serem enredados nas suas maldades. Vivida pela atriz Lana Parrilla, a personagem Regina é tão má que criou uma cidade e trouxe todos os personagens dos contos de fadas pra morar nela e esquecerem dessa história de “felizes para sempre“. Isso é que é maldade. 

  3º Lugar: Rumpelstiltskin 

Outro personagem de Once Upon a Time, que consegue ser pior do que Regina, porém tem um passado tão sofrido que em vez de o odiarmos acabamos nos apaixonando por essa fera tão brilhantemente interpretada por  Robert Carlyle. Ele consegue nos cativar com seu estilo de maldade  diplomática e debochada de conseguir o que quer.

2º Lugar: Dr Wells

Um dos maiores vilões do velocista Flash da DC Comics, o Flash Reverso enganou a todos durante a primeira temporada do show ao se passar pelo cientista renomado Dr. Harrison Wells, vivido pelo competente ator Tom Cavanagh na série Flash.  Eobard Thawne veio do futuro para matar a mãe de Barry Allen e ficou preso nesse tempo, o que o fez arquitetar um plano onde precisou enganar não somente Barry Allen, mas também todos da equipe Flash.

1º  Lugar: Madame Gao

Essa tinha que estar no topo da lista. Idosa com olhar doce e aparência inofensiva, a maldade dela só perde para o do próprio Satanás. A criatura sinistra mata de forma leve e sem culpa e consegue ser má sem um pingo de dor na consciência. 

O que achou de minha lista? Diz aí nos comentários qual vilão você odeia tanto que acabou amando.

Veja também nossa lista com os melhores vilões das séries Marvel/Netflix!


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

BATTLEFIELD V | Produtora cogita crossplay entre plataformas

NIGHTFLYERS | Saiu o trailer da nova série baseada em um livro de George R. R. “Game Of Thrones” Martin

STAR WARS: EPISÓDIO IX | Produção usa “tecnologia velha” para evitar vazamentos

GAME OF THRONES | Spin-off começa a ser gravado em 2019

MISSÃO IMPOSSÍVEL: EFEITO FALLOUT | Crítica do Don Giovanni


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

 

Continue lendo

Listas

TRIP LISTA | Respondido! DC Comics publica ranking com os personagens mais rápidos da editora!

Publicado

em

(Foto – Reprodução)

Aquela pergunta que faz todo fã de HQ e principalmente da Editora das Lendas coçar a cabeça, quem é mais rápido? Barry Allen ou Wally West? Superman ou Shazam? Mulher-Maravilha ou Mulher-Leopardo? Pelo jeito, a DC finalmente resolveu responder a essa antiga dúvida!

Aproveitando o contexto da história Flash War (A Guerra dos Flash, em tradução livre), arco atual das HQs de The Flash, a DC Comics usou o escritor Josh Williamson como grande profeta para responder qual seria o resultado de uma corrida hipotética entre todos os personagens da editora que têm a velocidade como um de seus superpoderes. 

Com arte de Scott Kolins e Luis Guerrero, a DC Comics liberou um infográfico que ilustra bem a ordem em que os heróis terminariam a corrida. Abaixo você confere a lista com os comentários de Williamson sobre cada personagem, justificando sua colocação na disputa. Confiram:

10º – Kid Flash

“Wallace ainda é jovem e está aprendendo a controlar seus poderes – sua presunção é um pouco mais rápida que ele. Uma vez que ele pega a manha de sua habilidades, ele tem o potencial para ser o mais rápido, mas isso vai exigir algum tempo e experiência.”

9º – Shazam

“Ele recebeu a velocidade de Hermes e pode correr tão rápido quanto raios, mas nem mesmo a rapidez do protetor da Pedra da Eternidade pode lhe dar uma vantagem em cima desses velocistas.”

8º – Godspeed

“Quando August conseguiu seus poderes, ele talvez fosse mais veloz que Barry Allen, mas Barry e Wallace pegaram de volta a velocidade que ele roubou deles. Agora, que seus poderes estão mais em jogo, Godspeed precisa ter redenção para que um dia alcance sua verdadeira velocidade.”

7º – Mulher-Maravilha

“Diana é a maior guerreira do Universo DC. Ela foi treinada pelas Amazonas. Ela entende o mecanismo de correr melhor do que ninguém dessa lista, o que lhe dá uma vantagem na competição.”

6º – Mulher-Leopardo

“Ela tem zero hesitação em seus movimentos e uma mentalidade ‘sem misericórdia’, o que a ajuda a se manter focada em seu objetivo – uma morte rápida. Seu impulso implacável faz dela uma das ameaças mais rápidas do Universo DC.”

5º – Flash Negro

“Não é apenas uma questão de velocidade com o Flash Negro. É que você nunca pode escapar dele; a morte sempre está vindo. Isso é parte da velocidade do Flash Negro. Ele sempre está lá quando você menos espera. Herói, vilão, deus, humano – o Flash Negro sempre vai te pegar.”

4º – Superman

“O Homem de Aço é inigualável quando estão voando no ar, sendo capaz de chegar e salvar o dia em um piscar de olhos. Mas uma vez que ele coloca os dois pés em solo, ele não pode alcançar o Top 3.”

3º – Flash Reverso

“Ele é um dos mais cruéis e obsessivos personagens do Universo DC, motivado apenas por seu desespero de se tornar seu herói de infância, o Flash. É esse desespero que acaba o desacelerando. Ele nunca pode se deixar ser mais rápido do que a pessoa que ele deseja ser.”

2º – Barry Allen

“O que foi engraçado [de trabalhar com o Jim] foi que ele criou algo. Todo mundo amou. Nós aprovamos e, então, ele seguiu desenvolvendo isso. Em apenas anos, ele era esse talento massivo. Ele está constantemente desenhando e eu o admiro tanto há tanto anos, e isso só cresceu dez vezes desde que cheguei aqui.”

1º – Wally West

“Wally entende o lado espiritual da Força de Aceleração, e com essa compreensão, ele confia na Força de Aceleração. Mesmo que ele talvez não entenda toda a ciência por trás disso, sua fé faz com que entre em toda a amplitude da Força de Aceleração. Ele não corre através da Força de Aceleração. A Força de Aceleração corre através dele.”


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

BORUTO: NARUTO NEXT GENERATIONS | Confira os títulos e sinopses dos episódios 65, 66, 67 e 68

ALEX STRANGELOVE | O amor é mesmo complicado (Crítica sem spoilers)

SUPERNATURAL | Títulos dos primeiros episódios da 14ª temporada são revelados

HOMEM-FORMIGA E A VESPA | Mais um divertido e habitual filme da Marvel! (Crítica sem spoilers)

BLACK PINK | Grupo supera BTS e bate recorde de visualizações no YouTube!

BANANA FISH | Adaptação para anime da série de Akimi Yoshida faz sua estreia!

HOMEM-FORMIGA E A VESPA | Crítica em vídeo com Aline Giugni & Don Giovanni


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

 

Continue lendo

Listas

TOP 5 | Razões para assistir o longa “A Barraca do Beijo”

Publicado

em

(Foto – Reprodução)

Alerta de Spoiler

Melhores amigos desde sempre, Elle (Joey King) e Lee (Joel Courtney) têm a inventiva ideia de gerenciar uma barraca do beijo durante um evento da escola. Para fazer da proposta um sucesso, a garota tenta convencer o galã Noah (Jacob Elordi), seu crush e irmão mais velho de Lee, a participar da brincadeira. Ele mostra-se irredutível, mas os dois acabam se aproximando como nunca, o que estremece a amizade de Elle e Lee.

(Foto – Reprodução)

A Barraca do Beijo entrou para lista dos meus favoritos filmes adolescentes e é possível que ele chegue no topo dos meus preferidos do gênero. A nova produção teen da Netflix traz a fórmula já antiga, mas muito popular que é o ambiente do segundo grau com os dramas da juventude misturando romance, amizade e família. Segue abaixo as 5 razões para você não deixar de assistir.

1 – Casal de amigos que não se apaixonam: Normalmente nesse tipo de filme sempre tem o casal amigo desde a infância e mesmo sem bola de cristal já sabemos que ficam juntos no final, não é o caso desse longa, eles realmente se amam como irmãos.

2 – Ninguém comete suicídio: Apesar de ter muitos títulos com essa temática atualmente, já estava na hora de algo mais leve, e um dos pontos fortes desse filme é que apesar da protagonista passar por muita coisa ruim em momento nenhum ela desiste.

3 – Romance à moda antiga: Sabe todas aquelas etapas até finalmente chegar ao primeiro beijo? O casal desse filme é fiel passando pelos olhares, esbarrões, namoro proibido e escondido, brigas com direito a noite romântica na chuva. 

(Foto – Reprodução)

4 – Protagonista autêntica: Embora não atende aos padrões dos requisitos para a popularidade, Elle, vivida por Joey King, não deixa de ser admirada. Mesmo rodeada por garotas malvadas e machões babacas, ela consegue se destacar por sua personalidade singular, corajosa e divertida.

5 – Molly Ringwald no elenco: A estrela dos clássicos filmes teen dos anos 80 como O clube dos 5 e A Garota Rosa Shocking da um brilho extra com sua participação dando um ar nostálgico pra a geração da época como eu.

Original da Netflix, o longa teve estreia este mês no catálogo do streaming e tem sido bem comentado nas mídias sociais. Corre pra assistir e se já assistiu vem nos contar aqui nos comentários.

Elenco principal:

Jacob Elordi – Noah Flynn

Joel Courtney – Lee Flynn

Joey King – Elle Evans

Molly Ringwald – Mrs. Flynn

Assista ao trailer:


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

CONFABULANDO LETRAS | Como Escrever um Livro - Vídeo Tutorial #01

FORTNITE | Game é processado por “copiar” jogo rival PUBG

YU-GI-OH! VRAINS | Confira a prévia e o título do episódio 54

LUCIFER | Cenas inéditas do episódio bônus

PERIFERIA CYBERPUNK | HQ com visões de um Brasil desigual e tecnológico!

Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

 

 

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: