Connect with us

Listas

TRIP LISTA | Os melhores filmes de super-heróis de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

Publicado

em

Dando continuidade à série de listas que a equipe Nerdtrip está elegendo nas últimas semanas, chegou a vez dos filmes baseados em super heróis das histórias em quadrinhos. Cada membro da equipe elegeu suas 10 séries favoritas com essa temática, onde uma primeira receberia 10 pontos, uma segunda 9 pontos, uma terceira 8 pontos e assim sucessivamente, até chegar à décima que receberia um ponto.

Após votação e apuração, eis que nossa lista ficou definida da seguinte maneira:

10º – Os Vingadores (2012)

Escrito e dirigido por Joss Whedon, Os Vingadores é um marco nos filmes de super-heróis. Além de consolidar o sucesso da Marvel Studios apresentando um crossover entre quatro franquias diferentes, o filme que alcançou uma aprovação de 92% no  Rotten Tomatoes, talvez seja a produção com a maior quantidade de cenas espetaculares já produzidas.

Escolher a melhor cena do longa é uma árdua tarefa, mas uma em especial retrata de forma impecável o universo dos comics e também traça um importante paralelo entre o bem e o mal. No “confronto em Stuttgart”, Loki chega para “conquistar o mundo” simbolicamente em solo alemão. Seu discurso é afiado como navalha: “É a verdade não declarada sobre a humanidade, vocês almejam por submissão. A atração da liberdade diminui a alegria de suas vidas em uma louca disputa por poder, por identidade. Vocês foram feitos para serem governados. No final, vocês sempre se ajoelharão.”

Subitamente um ancião, que já viveu os horrores praticados pela ditadura de extrema direita nazista, recusa-se a se ajoelhar dizendo: “Não para homens como você.” Loki responde: “Não há homens como eu.” E em uma clara referencia ao símbolo máximo do fascismo, o desgastado soldado  diz:  “Sempre existirão homens como você.” Encarnando o déspota ditador, Loki está prestes a repreender o combalido senhor, quando é interrompido pelo defensor da liberdade  e por uma frase mais poderosa que seu escudo de vibranium…“A última vez que estive na Alemanha, vi um homem se destacar entre os demais, nós discordando em tudo.”

A histórica referência a Hitler, o símbolo máximo do fascismo, vindo do Capitão América, o símbolo vivo da democracia, faz um interessante contraponto representando de forma clara o embate entre o bem e o mal. Uma cena inesquecível, um momento para reflexão. (por Giovanni Giugni)

9ºLogan (2017)

Quando estreou em 2017, Logan tinha uma dura missão que era puxar a fila dos filmes de super-heróis daquele ano. E a concorrência trazia grandes páreos fazendo de Logan o patinho feio diante de Guardiões da Galáxia Vol.2, Mulher-Maravilha, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, Thor: Ragnarok e a tão aguardada Liga da Justiça.

Vindo de dois filmes fracos (Wolverine: Origem e Wolverine: Imortal) o nosso mutante rabugento não despertava certeza de um grande filme, mas quando saí da sessão do cinema saí com uma certeza: acabo de ver o melhor filme do ano, e estamos apenas em Março! E eu estava certíssimo.

Logan renovou os filmes de heróis trazendo uma obra cheia de camadas e profundidade, nos apresentando um herói mais humano que mutante numa angustiante luta contra o tempo, a velhice e a mortalidade com um jeitão western. Não bastasse a excelente história, somos premiados com as perfeitas atuações de Patrick Stewart (Prof. Xavier), de Hugh Jackman (Logan) que encerrou a franquia de forma brilhante e da cereja do bolo: Dafne Keen (Laura / X-23) que arrebatou o coração de todos. Diante de tudo isso, não tinha como Logan não estar na nossa lista.  (por Júnior Costa)

8º – Superman (1978)

Em minha nada modesta opinião “Superman: O Filme” de 1978 deveria por merecimento figurar no topo de qualquer lista de melhores filmes de super-heróis de todos os tempos. Alcançando o impressionante montante de US $ 300,21 milhões nas bilheterias mundiais, o filme recebeu 94% de aprovação do Rotten Tomatoes e foi indicado para três prêmios da academia (melhor edição, melhor música e melhor som). Faturou o Oscar especial de efeitos visuais sendo considerado inovador em todos os seus aspectos técnicos.

Vários elementos foram determinantes para o sucesso da produção, muitos poderão dizer que foi o brilhante roteiro de Mario Puzo, David e Leslie Newman, aliados a fantástica direção de “Dick” Donner. Mas o sucesso do filme se deve a visão do personagem criada por Christopher Reeve e Richard Donner. Reeve conseguiu humanizar o “homem do amanhã” destacando suas qualidades mais nobres, mas expondo suas fraquezas e suas limitações. A analogia com o homem de Nazaré é exacerbada, destacando a bondade, a honra, o altruísmo e a liderança do personagem.

O mundo precisa do Superman, hoje mais do que nunca precisamos acolher, respeitar, amar e entender que o dialogo, a tolerância e a não violência, são aspectos fundamentais para nossa evolução como pessoa e como civilização. (por Giovanni Giugni)

 

7º – Capitão América – Soldado Invernal (2014)

Repleto de reviravoltas,  o segundo filme do Capitão é o único da Marvel que rivaliza com o grande campeão da DC Comics, “Batman: O Cavaleiro das Trevas”. A história continua os “desenrolamentos” iniciados em “Capitão América: O Primeiro Vingador” e “Vingadores”.

Só que Capitão 2 pega pesado no enredo, mostrando que a organização Hidra estava longe de ter sido derrotada. Fazendo-se valer de uma rede de agentes secretos infiltrados, ela toma a S.H.I.E.L.D. e por pouco Nick Fury (Samuel L. Jackson) não é morto pelos traidores.

A partir daí inicia-se uma caçada pelos arquivos secretos, onde o próprio governo dos EUA se torna o inimigo, colocando Steve Rogers como um renegado. E pra piorar surge um novo inimigo, um atirador sniper de braço metálico a serviço dos soviéticos e da própria Hidra que acaba por se revelar mais um fantasma de seu passado que teima em vir à tona.

Sombrio, Soldado Invernal é o divisor de águas entre os filmes da Marvel. A partir daqui o mundo que tinha aprendido a gostar dos filmes de origem incluindo a sua equipe, passaria a considerar dramaticamente a Casa das Idéias no cinema a sério.

Steve Rogers faz um belo par com Scarlett Johansson (sempre bela e surpreendente) como Viúva Negra e pena que o romance dos dois na telona não vingou. As cenas de luta são pesadas e coreografadas ao melhor estilo do Batman de Nolan. Os irmãos Russo mostraram que sim, a Marvel tinha muito a mostrar ao mundo, o que se confirmou com Guerra Civil e Guerra Infinita, alguns anos depois.

(por Marcos Roberto Neves)

6º – Homem de Ferro (2008)

O Homem de Ferro é um dos heróis mais importantes do Universo Marvel, mas afirmo sem o menor medo de errar… no Cinema!!! Muito embora ele tenha toda essa influência e seja o principal responsável por iniciar essa maravilhosa conexão dos filmes, nos quadrinhos o herói não tem toda essa representatividade, ou pelo menos, não tinha.

Mas creio que todo esse inegável sucesso não foi ao acaso, deve-se a uma excelente atuação de Robert Downey Jr (Tony Stark), marcando com louvor sua volta às telonas. Acrescento também a acertada escolha da trilha sonora, o que, diga-se de passagem, é um ponto forte nessa sequência de filmes do MCU. Nesses 10 anos, o personagem ganhou uma legião de fãs e marcou presença não apenas em seu filme solo, mas também nos Vingadores e nos filmes Capitão América: Guerra Civil e Homem Aranha: De Volta ao Lar. Esse sucesso todo também acabou gerando um problema::O que fazer quando Downey Jr aposentar a armadura? Com certeza não existe reposta fácil pra essa pergunta. (por Walquiria F. Endlich)

5º – Capitão América – Guerra Civil (2016)

Guerra Civil, de fato, foi uma lição da Marvel em relação a DC. O filme doutrinou Batman vs Superman, filme a qual é comparado. O longa supera em ritmo e em relação a manipulação orquestrada pelo vilão (o que ocorre nos dois filmes). A película já dividia fãs antes de seu lançamento e até a sua estreia ficou realmente difícil afirmar com certeza, qual equipe dispunha de razão em relação a trama. Mas apesar da complexidade das emoções que regem as atitudes dos personagens, Barnes parece ter um instinto racional que o guia para o melhor caminho, enquanto Tony age por impulsos do coração, traumatizado pelos civis mortos nos filmes anteriores. Zemo, está o tempo todo manipulando as situações para que os Vingadores destruam uns aos outros, por vingança, devido à perda de sua família em Sokovia. O vilão está realmente distante do que viria a ser o Barão Zemo retratado nos quadrinhos e entra para a lista dos personagens sub-aproveitados nos longas da produtora.

Em seu enredo o Capitão assume a liderança do grupo denominado Vingadores, porém, problemas surgem com o aumento da imposição política que institui um processo que define quando solicitar sua prestabilidade. Com este fato, a equipe se divide em duas partes. Uma equipe é regida pelo Capitão América e a outra tem Stark por liderança.

O longa-metragem tem como cerne de sua trama expor o quanto a vingança pode dominar alguém. Outro personagem que está em busca de uma punição severa é Pantera Negra que a deseja devido a morte de seu pai, causada pelos eventos do filme. O foco de sua retaliação é o Soldado, a quem todos atribuem responsabilidade pelo atentado e depois é convertida ao real culpado, Zemo. Mas compreendendo que o vilão age também por pura vingança, o Pantera não apenas se compadece do vilão como o impede de se suicidar.

Quanto ao Homem Aranha, o personagem não tem uma mega apresentação no vídeo. Após uma espécie de entrevista, Parker é aprovado e chamado para a equipe do Homem de Ferro que ganha um uniforme tecnológico criado por Stark, o que causou polêmica entre os fãs do aranhaverso. Mesmo assim, o aranha de Tom Holland é muito melhor aceita que o de Andrew Garfield (O Espetacular Homem-Aranha).

A batalha no aeroporto, com o Homem-Formiga gigante, é o ponto alto do filme e impressiona em muitos aspectos. Não há vencedores nesta trama, pois desestabilizados pelo vilão, a equipe perde sua total cumplicidade, sendo que tudo poderia ter sido de alguma forma evitado. Contudo não há tempo para mais divisões na equipe pois logo mais todos enfrentarão Thanos, em Os vingadores: Guerra Infinita.

 O filme teve a maior bilheteria de 2016, conquistando a décima quinta posição das maiores bilheterias de todos os tempos, sendo a quarta produção da Marvel a ultrapassar a marca do bilhão. (por Sethe Goêbe)

4º – Guardiões da Galáxia (2014)

Sendo o 10º filme produzido pela Marvel Studios, Guardiões da Galáxia era uma das maiores apostas do seu gênero,  tendo personagens totalmente desconhecidos do publico geral. O filme arrisca e se torna um dos maiores sucessos do estúdio!

Apesar de ter uma trama simples, com um grupo de foras da lei se unindo para combater um mal maior em prol da galáxia, o filme se sobressai, e muito por causa de seu elenco. Chris Pratt que vive Peter Quill, O Senhor Das Estrelas, entrega um personagem engraçado e egoísta, mas que ao longo da trama se mostra um homem de bom coração e que se importa com as coisas, tanto no presente quanto na parte ligada ao seu passado.

Zoë Saldaña se sai muito bem nas cenas de ação interpretando Gamora, filha de Thanos e par romântico de Quill. Dave Bautista é uma das grandes surpresas do filme, ex-lutador de WWE, Bautista interpreta “Drax, O Destruidor”, um alienígena que não entende metáforas, tudo para ele é entendido literalmente, assim tento alguns dos momentos mais engraçados do filme. Temos também uma Árvore e um Guaxinim falantes (Groot/Vin Diesel e Rocket Raccon/Bradley Cooper) como protagonistas e entregando uma das melhoras duplas do cinema esbanjando carisma e humor. 

Ao contrário do que muitos achavam, o filme foi um sucesso! James Gunn (Diretor e Roteirista) conseguiu trazer para as telonas  personagens totalmente carismáticos e engraçados, com ótimas piadas e bom humor! O filme também conta com uma excelente trilha sonora diegética que conquistou os fãs, com musicas tiradas da fita cassete “Awesome Mix Vol.1” de Peter Quill, podemos embarcar nas cenas com clássicos como “Come And Get Your Love” da banda Redbone, “I Want to Back” do grupo Jackson 5 e “Hooked on a feeling” de Blue Swede. (por Guilherme Lemes)

3º – Homem Aranha 2 (2004)

Um dos responsáveis, juntamente com X-Men, por revitalizar o gênero de filmes de heróis, foi o primeiro Homem-Aranha. Mas foi com a segunda parte da trilogia dirigida por Sam Raimi e estrelada magistralmente por Tobey Maguire, que a aventura do amigão da vizinhança foi levada a sério como experiência cinematográfica.

O filme que não perde tempo em explicar a origem do herói, nem seus relacionamentos, seja a relação filial com May, o amor complicado com Mary Jane ou a conflituosa amizade com Harry Osborne. O filme parte logo para discussão de qual realmente é a missão do herói.

Além disso, contribui para a qualidade da história um dos melhores vilões apresentados nos filmes de heróis. O Dr. Octopus de Alfred Molina, além de ser defendido por um ator de qualidade, tem motivação sólida, interessante e que até desperta a simpatia do público. As cenas de ação, mesmo já tendo 14 anos, continuam empolgando. Sem dúvidas, essa obra segue firme como um dos melhores filmes de heróis já feitos no cinema. (por João Paulo)

2º Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)

Após uma desastrosa quadrologia nas telonas na década de 90, em 2005 finalmente o mais “trevoso” super-herói da DC Comics protagonizou um filme que lhe dava o devido valor sob a batuta do diretor Chistopher Nolan: “Batman Begins”

Porém, o auge do morcego realmente chegou na sequência desse filme, “Batman: O Cavaleiro das Trevas“, dirigido pelo mesmo diretor. Totalmente sombrio, violento, mostrando uma Gotham City decadente e dominada pelo crime. Christian Bale convence na pele do herói traumatizado, mas o brilho do filme indubitavelmente surge dos vilões. O Duas-Caras (Aaron Eckhart) aparece por pouco tempo, mas aterroriza completamente o espectador. E o Coringa de Heath Ledger é tão sensacional que rendeu ao ator, que morreria de overdose no mesmo ano, um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante póstumo. Uma grande parte dos fãs de Batman consideram-no o “Coringa Definitivo”.

Nolan fecharia a trilogia em 2012 com o fraco Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, que não chega nem aos pés dos dois primeiros filmes.  (por Jorge Obelix)

1º – Vingadores – Guerra Infinita (2018)

Tudo começou com a ascensão de Avi Arad no comando da Marvel, juntamente com os controversos (mas muito talentosos) Bill Jemas e Joe Quesada. Em 1998 surge Blade, que foi uma enorme surpresa positiva. Em 2000, estreia X-Men. Mas, em 12 de abril de 2008, ocorre a grand prémiere de Homem de Ferro, com um fantástico Robert Downey Jr. na pele de Tony Stark, e que viria a mudar a história do cinema e das adaptações de quadrinhos, ao iniciar uma das mais fantásticas sagas cinematográficas da sétima arte. Dois filmes do Capitão América, três filmes do Thor, um filme do Hulk, dois filmes dos Vingadores, dois filmes dos Guardiões da Galáxia, um do Homem-Formiga, um do Homem-Aranha, um do Pantera Negra, e mais dois do Homem de Ferro depois, surge, para o deleite de fãs e expectadores do mundo todo, a primeira parte de um épico cinematográfico: Vingadores Guerra Infinita!

Um verdadeiro desbunde de técnica, efeitos especiais, ótimas interpretações, muita ação, drama, um pouco de comédia, um excelente vilão (que Thanos é aquele!!!) e a primeira parte da conclusão de uma história que foi sendo pacientemente construída ao longo de 10 anos! Guerra Infinita especializou-se em quebrar recordes de audiência e de unanimidade no gosto de todos os que pagaram ingresso para assistir a uma belíssima e bem cuidada produção. Após Guerra Infinita – dirigida pelos artesões irmãos Russo – todos os demais filmes de super-heróis passaram a  ‘correr atrás do prejuízo’. Tornou-se referência obrigatória e qualquer elogio para a obra é pouco, diante de sua grandeza e impacto. E olha que é só a metade da história, pois em maio do ano que vem tem mais!!! (por João Nélio)

 

E a partir desta lista, amigo leitor, você também saberá como votou cada redator do Nerdtrip. Abaixo, o top 10 de cada um deles:

Fernanda “Momoko” Dias

22 anos, amante de gatos, animes, dança, admiradora da cultura pop oriental, viciada em Just Dance, cosplayer e aprendiz de gamer.

 

 

1º Vingadores : Guerra Infinita
2º Homem de Ferro
3º Logan
4º Doutor Estranho
5º Kick-Ass
6º Homem-Aranha : De Volta ao Lar
7º Guardiões da Galáxia
8º Pantera Negra
9º Kick-Ass 2
10° Capitão América : O Primeiro Vingador

“Don” Giovanni Giugni

É o exército de um homem só, por trás da “Casa das Ideias Nerd”. Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de “Superman” de 1978 e “O Império Contra-ataca”. Destemido desenhista e intrépido apaixonado por “Super-heróis”, vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

 

1º Superman : O Filme (1978)
2º Batman (1989)
3º Vingadores: Guerra Infinita
4º Os Vingadores: The Avengers (2012)
5º Capitão América – Guerra Cívil
6º O Homem de Aço
7º Homem de Ferro
8º Capitão América – O Soldado Invernal
9º Guardiões da Galáxia
10º Watchmen

Guilherme Martins

O único podcaster do Brasil com voz de taquara rachada e fã numero 1 de Homem-Formiga! Oficialmente um hater da Dc e amante da Marvel, coleciona desde etiquetas de tênis até grandes figuras de ação. Apaixonado por Guardiões da Galáxia, tendo até uma tatuagem no braço (realmente, um fanboy da Marvel…).

 

1º Batman – O Cavaleiro das Trevas
2º Dredd (2012)
3º Vingadores: Guerra Infinita
4º Capitão América – Guerra Civil
5º Capitão América – O Soldado Invernal
6º Watchmen
7º Corpo Fechado
8º Logan
9º Homem-Aranha 2 (2004)
10° Guardiões da Galáxia

Hugo “Senhor da Ordem” Francato

RPGista, colecionador de HQs desde 1992, viciado em séries e profundo conhecedor do Universo Marvel (mas gosta da DC também).

 

 

1º Homem-Aranha 2 (2004)
2º Batman – O Cavaleiro das Trevas
3º Guardiões da Galáxia
4º Vingadores: Guerra Infinita
5º Capitão América – Soldado Invernal
6º Thor: Ragnarok
7º Hellboy
8º Logan
9º Os Vingadores: The Avengers (2012)
10º Pantera Negra

Igor “Ops” Souza

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte.

Apresentador do Teekcast, respeita a Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

1° Batman – O Cavaleiro das Trevas
2° Homem-Aranha 2 (2004)
3° Vingadores: Guerra Infinita
4° Watchmen
5° Os Vingadores: The Avengers (2012)
6° Batman vs Superman: A Origem da Justiça
7° Capitão América – O Soldado Invernal
8° Superman : O Filme (1978)
9° Mulher Maravilha
10° O Homem de Aço

João “Neófito” Nélio

Sou um quarentão apaixonado pela cultura pop em geral. Adoro quadrinhos, filmes, séries, bons livros e música de qualidade.
Pai de um lindo casal de filhos e ainda encantado por minha esposa, com quem já vivo há 19 bons anos, trabalho como Oficial de Justiça do TJMG, num país ainda repleto de injustiças.
E creio na educação e na cultura como “salvação” para nossa sociedade!!

1º Vingadores: Guerra Infinita
2º Superman : O Filme (1978)
3º Batman – O Cavaleiro das Trevas
4º Homem-Aranha 2 (2004)
5º Os Vingadores: The Avengers (2012)
6º Watchmen
7º Capitão América – O Soldado Invernal
8º Mulher Maravilha
9º Pantera Negra
10° Blade 2

João Paulo Rocha

Professor de História e grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Oscar. Viciado em séries e redador das colunas “Vale a Maratona” e “Papo de Cinema”.

 

1º Batman – O Cavaleiro das Trevas
2º Vingadores: Guerra Infinita
3º Superman : O Filme (1978)
4º X-Men II
5º Logan
6º Homem-Aranha 2 (2004)
7º Pantera Negra
8º Capitão América – Guerra Civil
9º X-Men: First Class
10° Batman (1989)

Jorge “Obelix” Cardoso

Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicolas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

 

1º Batman – O Cavaleiro das Trevas
2º Batman vs Superman: A Origem da Justiça
3º Vingadores: Guerra Infinita
4º Kick-Ass
5º Watchmen
6º Mulher Maravilha
7º Batman Begins
8º Kick-Ass 2
9º Homem-Aranha 2 (2004)
10° Pantera Negra

JR “Mestre Hater” Costa

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes.  Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater).

Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas “HATEANDO!” “Demorei, mas eu vi!”  e “Escondido na Netflix”.

1º Homem-Aranha 2 (2004)
2º Logan
3º Vingadores: Guerra Infinita
4º Guardiões da Galáxia
5º Homem Aranha: De Volta ao Lar
6º Homem-Aranha (2002)
7º O Homem de Aço
8º Mulher Maravilha
9º Batman (1989)
10° Vingadores: Era de Ultron

Kathe Reis

Adoro filmes de terror e suspense e séries principalmente The Walking Dead.

 

 

 

1º Vingadores: Guerra Infinita
2º Batman – O Cavaleiro das Trevas
3º Homem de Ferro
4º Pantera Negra
5º Homem-Aranha (2002)
6º Mulher Maravilha
7º Guardiões da Galáxia
8º Thor
9º X- Men: O Confronto Final
10° Justiceiro (2004)

Marcos “Contraditório” Roberto Neves

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta.

Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais.
Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

1º Batman – O Cavaleiro das Trevas
2º Vingadores: Guerra Infinita
3º Superman II
4º X2 (X-Men 2)
5º Capitão América – Soldado Invernal
6º O Homem de Aço
7º Batman Begins
8º Transformers
9º Conan, O Destruidor
10° Spawn – O Soldado do Inferno

“Marquinhos” dos Santos Serafim

Gamer maníaco, fã de tokusatsu e dragon ball, e sempre dizendo que nunca haverá filme melhor que Zohan.

 

 

1º Homem de Ferro
2º Homem-Aranha: De Volta ao Lar
3º Capitão America – Soldado Invernal
4º Os Vingadores: The Avengers (2012)
5º O Máskara
6º Mulher Maravilha
7º Liga da Justiça
8º O Sombra
9º O Corvo
10° Fantasma

“Ritinha” Angelim

Baiana, apaixonada por cultura oriental, HQs, seriados de TV, livros, cinema e música. Adora Pizza, pipoca, Hugh Jackman, Wolverine, visitar a Saraiva, shopping, maquiagem e leitura. Amores da vida são filha, marido, família e Netflix.
Cristã e fã do seriado Supernatural, tem o sonho de um dia conhecer os Winchesters e o Japão. Sonha no mundo real e vive na fantasia.

1º Watchmen
2º X-Men
3º Batman – O Cavaleiro das Trevas
4º X-Men Origins: Wolverine
5º X-Men: Dias de um Futuro Esquecido
6º Homem de Ferro
7º Doutor Estranho
8º Capitão América – Guerra cívil
9º Mulher Maravilha
10° Homem-Aranha (2002)

Sethe Goêbe

Nascido em 1991, santista, por naturalidade (e apenas por naturalidade), jornalista, escritor, publicitário, empresário e professor. De estilo hiponga, vegetariano e agnóstico, tem por suas maiores paixões os irmão: Lucas e Daniel. Compositor e letrista de mais de 500 canções, adepto a meditações e passeios a lugares simples e de contato com a natureza. Fundador da SHA ONE COMUNICAÇÕES e da CPR CONFERENCES, ama debates filosóficos, políticos e religiosos. Amante de historiologia, está em constante estudo de antropologia, teologia, psicologia e ciência política.

1º Vingadores: Guerra Infinita
2º Thor: Ragnarok
3º Capitão América – Guerra Civil
4º Thor: Mundo Sombrio
5º Homem de Ferro 3
6º Doutor Estranho
7º X-Men: Apocalipse
8º Thor
9º Pantera Negra
10° Mulher Maravilha

Tiago Cezar

DCnauta, fã de Star Wars e Star Trek e da melhor banda de rock do mundo, Led Zeppelin claro!

 

 

1º Batman – O Cavaleiro das Trevas
2º Vingadores: Guerra Infinita
3º Batman (1989)
4º Superman : O Filme (1978)
5º Batman vs Superman: A Origem da Justiça
6º Capitão América – Guerra Civil
7º Logan
8º Mulher Maravilha
9º Homem de Ferro
10° Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Walquiria “Senhora do Caos” F. Endlich

Autora de A Senhora do Caos – A Viajante e o Dragão e coautora de Sociedade dos Corvos, com o conto Vida Perfeita. Nasci no Espírito Santo, mas vivo no interior paulista com minha família. Sou graduada em Pedagogia, atuo na área de administração de empresas, escritora e redatora do NerdTrip. Iniciei minha carreira literária publicando na plataforma de leitura online Wattpad e em 2016 lancei meu primeiro livro impresso. Com verdadeiro fascínio por histórias fantásticas, gibis, livros e pelo mundo nerd, sou jogadora assumida de RPG. Comecei a escrever por volta dos doze anos e convicta digo que os livros salvaram minha vida, tornaram-me um adulto mais completo e possibilitaram que obtivesse sucesso em minha carreira.

1º Homem-Aranha 2 (2004)
2º Vingadores: Guerra Infinita
3º Deadpool
4º Guardiões da Gálaxia
5º Batman – O Cavaleiro das Trevas
6º Capitão América – Guerra Civil
7º Os Vingadores: The Avengers (2012)
8º Kick-Ass
9º Hellboy
10° Pantera Negra

William Peloso

Sou um dos administradores e redator do Nerdtrip. Entusiasta dos games e livros. Meu foco é dividido em diversas áreas, indo desde cinema e séries, até animes e tokusatsus. Assisto filmes e séries repetidamente e sempre me divirto como se estivesse vendo pela primeira vez. Grande fã de Harry Potter e também da Marvel e DC, sem esquecer é claro de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco.

1º Vingadores: Guerra Infinito
2º Batman: O Cavaleiro das Trevas
3º Homem-Aranha 2 (2004)
4º Guardiões da Galáxia
5º Justiceiro (2004)
6º Lâmina 2
7º Batman (1989)
8º Os Vingadores: Os Vingadores (2012)
9º Capitão América – Guerra Civil
10º Homem-Aranha: De Volta ao Lar

A NerdTrip teve seu início no ano de 2016 com a missão de levar entretenimento, notícias, resenhas e tudo sobre o universo pop/nerd/geek. “Uma ideia na cabeça, talento e vontade em nossas mãos!”

Listas

TRIP LISTA | Japoneses definem os 15 maiores rivais dos animes

Publicado

em

O que é rivalidade? Segundo o dicionário, o conceito de rivalidade é: Condição que têm aqueles que são rivais. Duas pessoas ou conjuntos são rivais, por sua vez, quando competem entre si ou são inimigos.

Quando falamos em animes e citamos os seus protagonistas, por vezes pensamos imediatamente eu seus rivais e adversários. Esses rivais, ou antagonistas, por vezes ganham bastante destaque nas produções, e sabendo de sua importância, uma pesquisa realizada pelo site japonês Goo Ranking definiu os maiores rivais dos animes. Participaram dessa pesquisa, 500 fãs com idades entre 20 e 40 anos. Confira o Top 15:

 

1- Vegeta – Dragon Ball Z

2- Raoh – Fist of the North Star

3- Kojiro Hyuuga – Captain Tsubasa

4- Terryman – Kinnikuman

5- Hajime Saitou – Samurai X

6- Rukawa Kaede – Slam Dunk

7- Sasuke Uchiha – Naruto

8- L – Death Note

9- Umibozu – City Hunter

10- Toguro – Yu Yu Hakusho

11- Killua Zoldyck – Hunter × Hunter

12- Shinobu Senui – Yu Yu Hakusho

13- Dio Brando – JoJo’s Bizarre Adventure

14- Hisoka Morow – Hunter × Hunter

15- Akira Toya – Hikaru no Go

O que você achou desse ranking? Concorda ou discorda? Deixe sua opinião e seu ranking abaixo!


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

CAPUZ VERMELHO E OS FORA DA LEI | Redefinindo o conceito de equipe de ação

TITANS | Dupla de prodígios! Episódio #06: Jason Todd (Crítica)

TRIP LISTA | Os melhores Animes de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

ACE COMBAT 7: SKIES UNKNOWN | Divulgado trailer durante a Golden Joystick Awards

JUST CAUSE 4 | Trailer “Deep Dive” é revelado

DUAS RAINHAS | Saoirse Ronan e Margot Robbie estampam novo cartaz do filme

DUMBO | Disney libera novo trailer oficial do live action

CCXP 2018 | Mutantes no Brasil! Sophie Turner,  Jessica Chastain e Simon Kinberg são confirmados no evento nerd!

O JUDOKA | Clássica HQ nacional é relançada pela AVEC Editora!

BUMBLEBEE | Paolla Oliveira dublará vilã em spin-off de Transformers

ANIMAIS FANTÁSTICOS 4 | Rumores indicam uma possível gravação no Brasil

STARCON 2019 | Ator Doug Jones confirmado na edição de 2019 da convenção de Star Trek

Continue lendo

Listas

TRIP LISTA | Os melhores Animes de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

Publicado

em

Salve, salve tripulantes!! Dessa vez a equipe Nerdtrip se reuniu para votar nos melhores animes de todos os tempos! Valendo tanto filmes como séries, cada membro da equipe elegeu seus 10 preferidos e depois através de um sistema de pontuação onde cada primeiro lugar recebeu 10 pontos, cada segundo lugar 9 pontos, cada terceiro lugar 8 pontos e assim sucessivamente, até chegar ao décimo que recebeu um ponto, apuramos o seguinte ranking:

10º – Digimon (1999)

“Digimon, digitais, Digimon são campeões!” Muitos que conhecem essa pequena frase devem ter lido cantando e cantaram nas gloriosas manhãs de ouro da Rede Globo, no final dos anos 90, quando a loiríssima Angélica aparecia para declarar que “os Digimons são demais!”

Claro que na época que o anime criado por Akiyoshi Hongo (pseudônimo criado pela Bandai para mencionar o grupo de pessoas responsáveis pela criação e desenvolvimento da franquia Digimon, das quais se destacam Aki Maita, Hiroshi Izawa e Takeichi Hongo) sofreu uma comparação com o que muitos apontam ser o seu grande rival, a famosa franquia Pokémon.

Mas Digimon vai além disso, os personagens são baseados na criação dos famosos bichinhos virtuais (virtual pet ou tamagotchi) e como qualquer novidade no Oriente e Ocidente o sucesso é iminente.

Por conta disso, a Bandai resolveu popularizar de vez a franquia no mundo e viu na grandiosa Saban (que distribuía a franquia Power Rangers no Ocidente) o seu caminho facilitado para que Tai, Matt, Sora, Izzy, Mimi, Joe e T.K. atingissem o sucesso merecido no Digimundo. Batizado de Digimon Adventure, a clássica primeira aventura dos Digiescolhidos é um sucesso até hoje e sempre é lembrada como uma aventura primorosa que explora de forma incrível o crescimento e desenvolvimento juvenil dos personagens principais. Cenas de sacrifício, carinho e amor entre os jovens e os seus Digimons são outro exemplo de conquista e sucesso entre os fãs exigentes de anime.

Lembrados até hoje, os primeiros Digiescolhidos acabaram voltando recentemente ao Digimundo em um especial intitulado Digimon Adventure Tri, que mostra aos Digifãs o retorno de Tai e sua turma, com uma idade um pouco mais avançada, em novas e excitantes aventuras com os seus amados Digimons.  (Por Igor Ops)

 

9º – Nanatsu No Taizai (2014)

Com venda de mais de 10 milhões de cópias em janeiro de 2015, o anime foi transmitido no Japão entre 5 de outubro de 2014 até 29 de março de 2015. Já no Brasil em setembro de 2015 foi lançado no catálogo da Netflix. Conhecido no ocidente “The Seven Deadly Sins” (Os Sete Pecados Capitais), a série de mangá escrita e ilustrada por Nakaba Suzuki, “Nanatsu No Tanzai” teve seus 286 capítulos publicados pela revista Weekly Shōnen Magazine da Kodansha em outubro de 2012.

Seus protagonistas são: Meliodas: O capitão dos Sete Pecados Capitais. O pecado capital da Ira do Dragão, e o pecado mais forte; Diane: O pecado capital da inveja da Serpente; Ban: O pecado capital da Ganância da Raposa. Também conhecido como Ban, o Imortal; King: O pecado capital da preguiça do Urso. Seu verdadeiro nome é Harlequin; Gowther: O pecado capital da Luxúria da Cabra. Ele é baseado no rei Sir Gowther nas lendas Arturianas que é famoso por ser meio-irmão de Merlin. Já Merlin: O pecado capital da Gula do Javali é conhecida como a maior feiticeira em toda a Britânia; Escanor: O pecado capital do Orgulho do Leão.

A série trata de um grupo de cavaleiros residentes da região da Britânia que precisam se separar por terem sido acusados de tentar derrubar o Reino de Liones. Cada um dos cavaleiros do grupo principal representa um dos sete pecados capitais (Gula, avareza, luxúria, ira, inveja, preguiça e soberba), neste mangá que tem em seu cenário fortes referência à Idade Média Européia, assim como o próprio tema é baseado no local e no tempo em que cristãs classificaram pecados e uma lista principal. (por Sethe Goêbe)

 

8º – Yu Yu Hakusho (1992)

Yuyu Hakusho é um manga de 1992 criado por Yoshihiro Togashi, conta a história de Yusuke Urameshi, um jovem delinquente de 14 anos que no começo do desenho está morto. O motivo da morte não era esperado nem no céu e nem no inferno, então o rapaz precisa passar por um teste para ser revivido.

No momento no qual ele volta à vida, automaticamente se transforma em um  Detetive Sobrenatural aos cuidados de Koema, filho do senhor Emma Daio, tendo como assistente Botan (uma Shinigami). Ao lado de seu amigo o delinquente Kazuma Kuabara, do Yokai (espécie de demônios das trevas)Hiei e de Kurama (raposa yokai) seguimos por várias aventuras e o grande torneio das Trevas.

Aqui no Brasil o desenho chegou em 1997 pelo diretor da rede Manchete Eduardo Miranda que recebeu o desenho de um garoto de 16 anos e ficou maravilhado, conseguindo trazer a série que teve o que considero a melhor dublagem do mundo, realizada por quatro cariocas que nos deram o privilégio de ouvir o Yusuke falando “rapadura é doce mais não é mole não”, no torneio das trevas e a galera gritando “ahhh eu sou Toguro” referência da um sucesso musical da época que dizia “Ah! Eu tô maluco!”, entre outros dialetos e cacofonias. Não é a toa que Yuyu Hakusho merece ser um dos melhores animes. Na minha opinião leva “5 navinhas” facilmente. (por Marcos Serafim)

 

7º – Pokémon (1997)

Perdendo apenas para Mario, Pokemon é a segunda franquia de jogos eletrônicos mais vendida no mundo. Contando apenas após novembro de 2017, vendeu mais de 300 milhões.

A série de games da Game Freak foi lançado em 1996 para o famigerado game Boy, no Japão. Sua sequência consiste em RPG’s e seus spin-off abrangem outros gêneros.

Muito já se especulou sobre sua tradução. No Brasil, muitos religiosos proibiram seus filhos de assistir a série animada, tentando promover uma espécie de boicote. O motivo da desaprovação dos pais que aderiram a esta represália, seria o fato de que o nome da série, que foi traduzida como Pocket Demon (demônio de bolso). Mas, como geralmente acontece com a maioria dos boicotes, o efeito foi contrário e fomentou ainda mais o número de espectadores de Ash e sua turma.

A nomenclatura é uma junção da abreviação de duas palavras: “Poketto Monsutā”, ou Pocket Monsters (em inglês) e além de se referir a própria franquia Pokémon, também se refere as 807 espécies de ficção que aparecem na mídia de Pokémon.

A animação é relativamente antiga, foi idealizada entre 1989 e 1990. Porém sempre lançando novidades, a febre voltou com força total em julho de 2016 com ”Pokemon Go”, um jogo eletrônico free-to-play de realidade aumentada voltado para smartphones. Outra novidade é o longa “Detective Pikachu”, uma live-action que nos permitirá ver alguns de nossos Pokémons favoritos de forma muito mais realista.

Detective Pikachu chega aos cinemas em 11 de maio de 2019. Para que você possa conferir o trailer com crítica, separei o link de uma matéria para você conferir(por Sethe Goêbe)

 

6º – Yu-Gi-Oh! (2000)

 “É hora do duelo!”, essa é a frase mais icônica de um dos animes mais marcantes para os jovens da geração dos anos 2000. Criada por Kazuki Takahashi, “Yu-Gi-Oh! Duel Monsters” é a segunda série da franquia, sendo a primeira “Yu-Gi-Oh! Zero” de 1998. Lançada em 2000, a série possui 7 temporada, sendo duas delas (mais especificamente a 5ª e a 6ª) fillers, no total a série possui 224 episódios.

O anime conta a história de Yugi Muto, que divide seu corpo com a alma de um Faraó através de uma relíquia chamada Enigma do Milênio. A trama realmente começa quando Yugi é forçado a participar de um torneio de um card game chamado monstros de duelo, após Maximilian Pegasus, o criador do jogo, sequestrar o avô de Yugi. A partir daí, ele e o Faraó juntos se envolvem em diversas batalhas, enquanto no decorrer da trama acabam por descobrir ainda mais sobre o passado da alma que habita o corpo de Yugi.

A série é famosa por popularizar o card game no mundo inteiro, tornando um dos jogos de mesa mais lucrativos de todos os tempos. Além disso, a Konami organiza todos os anos o Yu-Gi-Oh! World Championship, um mega torneio que reúne os melhores duelistas de cada país. (por Luiz Rocky)

 

5º – Akira (1988)

Katsuhiro Otomo é um grande visionário. Lembro de ter assistido Akira umas 4 vezes, a primeira na Band, há muitos anos atrás. Akira é um bastião da literatura e do universo cyberpunk. A influência de Neuromancer é inegável juntamente com o medo do holocausto nuclear que se torna o cerne desse mangá épico.

Claro que há um viés oriental, de conto sobre a amizade, mesmo por trás de uma perspectiva aterradora. Shotaro Kaneda é o líder da gangue onde seu amigo e braço direito Tetsuo, que mistura admiração e inveja pelo amigo, após uma fuga entre mais uma briga entre as gangues motorizadas da cidade, se choca com um carro que pertence a um projeto do governo. Sem dar muita explicação capturam Tetsuo e levam-no para um laboratório secreto. Após fazerem descobertas realizam nele terríveis experiências. A partir daí, Tetsuo munido de seus poderes descontrolados começa a perseguir seus objetivos.

Isso também causa em Tetsuo um interesse pela criança que causou a destruição de Tóquio no passado, o Projeto A, de Akira. E juntando o seu desejo de ser valorizado por seus esforços próprios e ser reconhecido como líder, leva a ele a um embate mortal com seu ex-amigo Kaneda, que continua até o fim do anime.

A influência de Neuromancer é enorme. Tanto nas armas, no futuro distópico e desesperado, quanto no trato do governo e corporações que não tem nenhum escrúpulo em manipular vidas alheias, mesmo que isso cause um desastre. Akira foi o pontapé para produções como Bubblegum Crisis, Patlabor, U.S. Mangá Corps, Ghost in the Shell entre outras. Otomo reuniu a visão oriental e a visão ocidental de futuro e com os dois criou um clássico inesquecível. Se não assistiu, fica a dica. (por Marcos Roberto Neves)

4º – Death Note (2006)

Em uma realidade comum o jovem Light Yagami (Yagami Raito) segue tediosamente seus dias como estudante na cidade de Kanto no Japão até encontrar um curioso caderno denominado de “Death Note”, contendo instruções de como matar pessoas apenas escrevendo seu nome nele.

A partir desse acontecimento Raito começa a matar pessoas criminosas a fim de testá-lo e posteriormente com o aparecimento do verdadeiro proprietário do Death Note, que o jogou na terra por estar entediado Yagami revelou o seu objetivo em usar o caderno: Purificar a terra do mal e tornar-se o “Deus do novo mundo”.

Com o aumento crescente das mortes de criminosos causado por alguém intitulado pelo público de Kira (derivada da pronúncia japonesa da palavra inglesa “killer” que significa “assassino”), não só o FBI começa a observar com mais atenção mas também o um detetive particular conhecido pela sigla “L”. Consequentemente o anime segue o embate e “jogo de gato e rato” entre o bem e o mal com um bom propósito, a mente brilhante do Kira e L. (Por Fernanda Dias)

 

3º – Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)

 

“Nada pode ser obtido sem sacrifício. Para se obter algo é preciso oferecer algo em troca de igual valor. Esse é o princípio básico da alquimia, a Lei da Troca Equivalente. Naquela época, nós acreditávamos que essa fosse a lei absoluta.” 

A adaptação da obra escrita pela mangaká Hiromu Arakawa conquistou muitos corações com sua história diferente, sendo impossivel não se emocionar ao ouvir as Openings da adaptação. 

Em Fullmetal Alchemist: Brotherhood acompanhamos a trajetória de dois irmãos alquimistas que ficam orfãos e tentam trazer sua mãe de volta a vida através de uma transmutação humana, técnica essa proibida na alquimia, onde é possivel criar ou modificar um ser humano. A tentativa acabou tornando-se uma tragédia, Edward perde sua perna esquerda e seu irmão Alphonse o corpo inteiro. Edward sacrifica seu braço direito para manter a alma de Alphonse presa a uma armadura. Eles então partem em busca da pedra filosofal, um artefato capaz de recuperar seus corpos. 

Fullmetal Alchemist: Brotherhood é muito mais que um Shonen repleto de personagens marcantes, onde não há se quer um que se seja esquecido durante a trajetória. A adaptação é extremamente completa, tendo um desenvolvimento de trama muito bem executado, sendo impossivel não se apaixonar pelo universo criado por Hiromu Arakawa. Além disso, a história dos meninos mostra que quando se tem pessoas dispostas a nos estender a mão tudo é possível. O anime é conhecido como um dos mais populares de todos os tempos, tendo uma enorme comunidade de fãs em todo o mundo. A jornada dos irmãos Elric é tocante, recheada de ação e nos faz sentir um misto de emoções variadas. (por Laryssa Stoller)

 

2º – Dragon Ball Z (1989)

Dragon Ball Z sem dúvidas é um dos animes de maior sucesso no mundo, não figurando tão bem em nossa lista a toa. O anime que é focado no guerreiro Saiyajin Goku e em seus amigos, é uma das grandes referências quando falamos de animes.

Quando conversamos com a maioria dos fãs da franquia Dragon Ball, eles costumam citar DBZ como a melhor fase da franquia de Dragon Ball, pois foi ali onde os grandes vilões da franquia apareceram, destacando-se Freeza, Cell e Majin Boo e momentos épicos ocorreram, como a primeira transformação de Goku em Super Saiyajin na épica batalha contra Freeza, ou quando Gohan atinge a forma SSJ2 contra o Cell, e até mesmo momentos emocionantes como o sacrifício do orgulhoso príncipe dos Saiyajins Vegeta para salvar sua família.

Além disso, Dragon Ball Z nos brinda com uma trilha sonora de arrepiar qualquer fã de Kakarotto e companhia, desde a clássica canção “Cha-La Head-Cha-La” presente nas sagas de Freeza e Cell transmitidas pela Band, como “Temos a Força”, tema de abertura da saga Majin Boo transmitida pela Globo.

Dragon Ball Z é um clássico dos animes e deve ser assistido por todos que se dizem fãs do gênero, e se você ainda não conhece as aventuras dos Guerreiros Z, pare de perder tempo e se junte as aventuras de Goku, Vegeta, Gohan e seus amigos. (por William Peloso)

1º – Cavaleiros do Zodíaco (1986)

“Os guardiões do universo podem vencer o mal”, e assim começava a primeira abertura do anime que foi o maior fenômeno de sua época de lançamento no Brasil, especificamente em 1994. Baseado na obra de Masami Kurumada, os Cavaleiros do Zodíaco, que havia sido lançado em 1986 no Japão, chegaram de uma forma estrondosa ao país graças à querida TV Manchete. A série clássica é dividida em quatro grandes sagas, sendo elas: Santuário, Asgard (existe apenas no anime), Poseidon e Hades.

“Há sempre alguém no cosmo ajudando o cavaleiro a vencer”, Cavaleiros do Zodíaco ou Saint Seiya (título original da obra) conta a história de Seiya, o cavaleiro de bronze de Pégasus, que junto dos seus amigos: Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix acaba por receber a missão de proteger a jovem Saori Kido, que é a reencarnação da deusa Athena. No decorrer da história vemos a amizade entres os jovens crescer, eles superarem seus limites diversas vezes e realizarem milagres ao enfrentarem seus inimigos.

“Faça elevar o cosmo do seu coração”, Apesar de ser um Shounen (anime feito para o público juvenil masculino), Cavaleiros do Zodíaco trazia muitos momentos emocionantes, onde víamos personagens fazendo sacrifícios em nome da amizade, um protagonista que queria reencontrar a irmã da qual havia sido separado quando criança, e até mesmo conflitos entre mestres e discípulos, tudo isso ao som de uma maravilhosa e muitas vezes melancólica trilha sonora.(por Luiz Rocky)

 

Abaixo, saiba quem são e como votaram nossos redatores do Nerdtrip:

 

Fernanda “Momoko” Dias

22 anos, amante de gatos, animes, dança, admiradora da cultura pop oriental, viciada em Just Dance, cosplayer e aprendiz de gamer.

 

 

1º Death Note (2006)
2º Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)
3º Orange (2016)
4º Elfen Lied (2004)
5º Boku no Hero Academia (2016)
6º Jojo’s Bizarre Adventure (2012)
7º RWBY (2013)
8º Kill La Kill (2013)
9º ReLife (2016)
10° Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai (2011)

 

“Don” Giovanni Giugni

É o exército de um homem só, por trás da “Casa das Ideias Nerd”. Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de “Superman” de 1978 e “O Império Contra-ataca”. Destemido desenhista e intrépido apaixonado por “Super-heróis”, vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

 

1º Dartagnan e os três mosqueteiros 1981
2º Piratas do Espaço 1976
3º Superaventuras 1976
4º Don Dracula 1982
5º Patrulha Estelar 1974
6º Akira 1988
7º Zillion 1987
8º Batman Cavaleiro de Gotham 2008
9º Speed Racer 1967
10° Voltron 1981

 

Guilherme Lemes

O único podcaster do Brasil com voz de taquara rachada e fã numero 1 de Homem-Formiga! Oficialmente um hater da Dc e amante da Marvel, coleciona desde etiquetas de tênis até grandes figuras de ação. Apaixonado por Guardiões da Galáxia, tendo até uma tatuagem no braço (realmente, um fanboy da Marvel…).

 

1º Digimon (1999)
2º Death Note (2006)
3º Ghost in the Shell (1995)
4º Speed Racer (1967)
5º Zatch Bell! (2003)
6º Beyblade (2003)
7º Yu-Gi-Oh! (2000)
8º One Punch-Man (2005)
9º Neon Genesis Evangelion (1995)
10° Pokemon (1997)

 

Igor “Ops” Souza

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte.

Apresentador do Teekcast, respeita a Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

 

1º Yu Yu Hakusho (1992)
2º Dragon Ball Z (1989)
3º Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)
4º Sakura Cardcaptors (2000)
5º Yu-Gi-Oh! (2000)
6º Violet Evergarden (2018)
7º Digimon (1999)
8º Pokémon (1997)
9° Hunter x Hunter (1999)
10°Captain Tsubasa [Super Campeões] (2018)

 

João “Neófito” Nélio

Sou um quarentão apaixonado pela cultura pop em geral. Adoro quadrinhos, filmes, séries, bons livros e música de qualidade.
Pai de um lindo casal de filhos e ainda encantado por minha esposa, com quem já vivo há 19 bons anos, trabalho como Oficial de Justiça do TJMG, num país ainda repleto de injustiças.
E creio na educação e na cultura como “salvação” para nossa sociedade!!

1º Cavaleiros do Zodíaco (1986)
2º Dragon Ball Z (1989)
3º Speed Racer (1967)
4º Akira (1988)
5º Boruto (2016)
6º Pokemon (1997)
7º Pirata do Espaço (1976)
8º Patrulha Estrelar (1974)

 

 

Jorge “Obelix” Cardoso

Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicolas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

 

 

1º Akira (1988)
2º Batman Cavaleiro de Gotham
3º Pinóquio (1976)
4º Sawamu, o Demolidor (1970)
5º A Princesa e o Cavaleiro (1967)
6º Fantomas (1967)
7º Speed Racer (1967)
8º Menino Biônico (1980)
9º Pokemon (1997)

 

JR “Mestre Hater” Costa

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes.  Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater).

Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas “HATEANDO!” “Demorei, mas eu vi!”  e “Escondido na Netflix”.

 

1ºErases (Boku Dake Há Unaí Machi)2016
2ºAvatar: A Lenda de Aang (2008)
3º Boku no Hero Academia (2016)
4º Shingeki No Kyojin (Attack On Titan) (2013)
5º Dragon Ball Z (1989)
6ºDarling in the Franxx (2018)
7ºNanatsu no Taizai (2014)
8º Death Note (2006)
9ºDungeon ni deai o motumeru (2015)
10°Inuyashiki (2017)

 

Laryssa Stoller

20 anos, Gamer de carteirinha, viciada em animes & cultura pop oriental, admiradora nata de Cyberpunk, RPG, e o melhor do mundo Nerd.

 

 

1º Cavaleiros do Zodíaco (1986)
2º Death Note (2006)
3º Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)
4º Ghost in the Shell (1995)
5º Akira (1988)
6º Code Geass (2006)
7º Yu-Gi-Oh! (2000)
8º Hunter X Hunter (1999)
9º Cowboy Bebop (1998)
10° Darker than Black (2007)

 

Luiz Rocky

Estudante de Educação Física. Sou apaixonado por cinema, mangás, games, séries e Star Wars.

 

 

 

1º Cavaleiros do Zodíaco (1986)
2º Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)
3º Dragon Ball Z (1989)
4º Shingeki No Kyojin (Attack On Titan) (2013)
5º Ghost In The Shell (1995)
6º Akira (1988)
7º Re: Zero Kara Hajimeru Isekai (2016)
8º Cowboy Bepop (1998)
9º Yu-Gi-Oh! (2000)
10° Death Note (2006)

 

Marcos “Contraditório” Roberto Neves

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta.

Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais.
Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

1º Hellsing Ultimate (2006)
2º Saint Seiya (1986)
3º Gundam Wing (1998)
4º Naruto (2002)
5º Slayers (1995)
6º Another (2012)
7º Castlevania (2017)
8º Serial Experiments Lain (1998)
9º Record of Lodoss War (1998)
10° Honey Honey (1981)

 

“Marquinhos” dos Santos Serafim

Gamer maníaco, fã de tokusatsu e dragon ball, e sempre dizendo que nunca haverá filme melhor que Zohan.

 

 

 

1º Yuyu Hakusho(1992)
2º Dragon ball (1986)
3º Slam Dunk(1990)
4º ashita no joe (1968)
5º Bersek(1987)
6º Power Stones(1999)
7º Guerreiras Magicas de Rayearth(1994)
8º Bucky(1999)
9º Super Campeões(2018)
10° Major(2004)

 

Rafael Gonzalez Gil

Fã de HQs, cinema e séries.

 

 

 

1º one piece (1999)
2ºDragon ball (1989)
3º Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)
4ºHunter x Hunter (1999)
5º Yuyu Hakusho (1992)
6º Cavaleiros do Zodíaco (1986)
7º Pokemon (1997)
8ºNeon Genesis Evangelion (1995)
9º Bleach (1994)
10° Samurai X

 

“Ritinha” Angelim

Baiana, apaixonada por cultura oriental, HQs, seriados de TV, livros, cinema e música. Adora Pizza, pipoca, Hugh Jackman, Wolverine, visitar a Saraiva, shopping, maquiagem e leitura. Amores da vida são filha, marido, família e Netflix.
Cristã e fã do seriado Supernatural, tem o sonho de um dia conhecer os Winchesters e o Japão. Sonha no mundo real e vive na fantasia.

 

1º Os Cavaleiros do zodíaco ( Saint Seya)1986
2º Sakura Cardcaptors 2000
3º Neon Genesis Evangelion 1995
4º Ranma 1/2 1989
5º Death Note 2006
6º Inuyasha 1996
7º A Viagem de Chihiro 2001
8º Erases (Boku Dake Há Unaí Machi)2016
9º Samurai Champloo 2007
10° Devil May Cray 2007

 

 

Sethe Goêbe

Nascido em 1991, santista, por naturalidade (e apenas por naturalidade), jornalista, escritor, publicitário, empresário e professor. De estilo hiponga, vegetariano e agnóstico, tem por suas maiores paixões os irmão: Lucas e Daniel. Compositor e letrista de mais de 500 canções, adepto a meditações e passeios a lugares simples e de contato com a natureza. Fundador da SHA ONE COMUNICAÇÕES e da CPR CONFERENCES, ama debates filosóficos, políticos e religiosos. Amante de historiologia, está em constante estudo de antropologia, teologia, psicologia e ciência política.

1º Cavaleiros do Zodíaco 1986
2º Pokemon 1997
3º Sailor Moon
4º Dragon Ball 1986
5º Yu-Gi-Oh! (2000)
6º Avatar: A Lenda de Aang (2008)
7º Nanatzu no Tazai (2014)
8º Speed Racer (1967)
9º A Viagem de Chihiro 2001
10° Digimon

Tiago Cezar

DCnauta, fã de Star Wars e Star Trek e da melhor banda de rock do mundo, Led Zeppelin claro!

 

 

 

1º Os Cavaleiros do zodíaco ( Saint Seya)1986
2º Death Note (2006)
3º Fullmetal Alchemist: Brotherhood (2009)
4º Shingeki no Kyojin (2013)
5º Fate stay night unlimited blade works (2015)
6º Hellsing ultimate (2006)
7º Black lagoon (2006)
8º Highschool of the dead (2010)
9º Nanatsu no Taizai (2014)
10° Pokémon (1997)

 

Walquiria “Senhora do Caos” F. Endlich

Autora de A Senhora do Caos – A Viajante e o Dragão e coautora de Sociedade dos Corvos, com o conto Vida Perfeita. Nasci no Espírito Santo, mas vivo no interior paulista com minha família. Sou graduada em Pedagogia, atuo na área de administração de empresas, escritora e redatora do NerdTrip. Iniciei minha carreira literária publicando na plataforma de leitura online Wattpad e em 2016 lancei meu primeiro livro impresso. Com verdadeiro fascínio por histórias fantásticas, gibis, livros e pelo mundo nerd, sou jogadora assumida de RPG. Comecei a escrever por volta dos doze anos e convicta digo que os livros salvaram minha vida, tornaram-me um adulto mais completo e possibilitaram que obtivesse sucesso em minha carreira.

1º Dragon Ball Super (2015)
2ºNanatsu no Taizai (2014)
3º Dragon Ball Z (1989)
4º Tokyo Ghoul (2014)
5ºKimi No Na Wa (2017)
6º Yuru Yuri (2011)
7ºDigimon (1999)
8ºPokemon (1997)
9ºOne Piece (1999)
10°Bleach (2004)

William Peloso

Sou um dos administradores e redator do Nerdtrip. Entusiasta dos games e livros. Meu foco é dividido em diversas áreas, indo desde cinema e séries, até animes e tokusatsus. Assisto filmes e séries repetidamente e sempre me divirto como se estivesse vendo pela primeira vez. Grande fã de Harry Potter e também da Marvel e DC, sem esquecer é claro de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco.

 

1º Dragon Ball Z (1989)
2º Cavaleiros do Zodíaco (1985)
3º Yugioh (2000)
4º Beyblade (2001)
5º Nanatsu no Taizai (2014)
6º Digimon (1999)
7º Sakura Cardcaptors (2000)
8º Street Fighter Victory (1995)
9º Medabots (1999)
10° Monster Rancher (1999)

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

ACE COMBAT 7: SKIES UNKNOWN | Divulgado trailer durante a Golden Joystick Awards

JUST CAUSE 4 | Trailer “Deep Dive” é revelado

DUAS RAINHAS | Saoirse Ronan e Margot Robbie estampam novo cartaz do filme

DUMBO | Disney libera novo trailer oficial do live action

CCXP 2018 | Mutantes no Brasil! Sophie Turner,  Jessica Chastain e Simon Kinberg são confirmados no evento nerd!

O JUDOKA | Clássica HQ nacional é relançada pela AVEC Editora!

BUMBLEBEE | Paolla Oliveira dublará vilã em spin-off de Transformers

ANIMAIS FANTÁSTICOS 4 | Rumores indicam uma possível gravação no Brasil

 

 

Continue lendo

Listas

TRIP LISTA | As melhores aparições de Stan Lee em adaptações dos quadrinhos

Publicado

em

O mundo geek está de luto, pois a grande lenda dos quadrinhos Stan Lee morreu aos 95 anos. Em homenagem à esse grande criador de grandes personagens como o Quarteto Fantástico, X-Men, Thor, Homem de Ferro (estes criados em sua parceria com Jack Kirby), Demolidor (junto com Bill Everret) e o querido Homem-Aranha (criado também por Steve Ditko), nós do Nerdtrip selecionamos as 10 melhores aparições de Stan Lee em adaptações dos quadrinhos.

10 – O Julgamento do Incrível Hulk (1989)

E por que não começarmos com a primeira aparição especial desse mito? Em 1989, no filme para TV “O Julgamento do Incrível Hulk”, Lee apareceu interpretando um dos membros do tribunal durante o julgamento do doutor David Banner.

09 – Venom (2018)

A última aparição de dele nos cinemas foi no famigerado filme do simbionte alienígena, onde em uma cena hilária ele aconselha Eddie Brock e Venom a não desistirem de Annie Weying, deixando claro que sabe da existência do simbionte. Ao final da cena, Venom pergunta a Eddie sobre quem é o velho que falou com eles.

08-  Quarteto Fantástico 2 (2007)  

Outra excelente participação especial de Stan Lee em um filme de qualidade questionável. Dessa vez ele aparece tentando entrar sem ter sido convidado no casamento de Reed Richards (Senhor Fantástico) com Sue Storm (Mulher-Invisível).

07- Thor (2011)

No primeiro filme do deus do trovão, a participação de Stan Lee acontece em uma divertida cena onde ele tenta puxar o Mjolnir preso ao chão amarrando-o na sua caminhonete, consequentemente falhando no ato e danificando o veículo.

06-  Homem-Aranha: A Série Animada (1995)  

Se você achou que as aparições foram apenas nos filmes. Você se enganou completamente, pois o nosso lendário quadrinista também apareceu no episódio final da série animada do aracnídeo que durou de 1994 à 1998, onde Peter Parker se encontra com um de seus grandes criadores.

05-  Os Vingadores – The Avengers (2012)

Mais uma participação que não poderia faltar nessa lista. No primeiro filme dos heróis mais poderosos da terra, Stan Lee  aparece em uma entrevista jogando xadrez em um parque desacreditando da existência de super-heróis em Nova York. LOGO ELE…

04- Marvel’s Spider-Man (2018)

No mais recente jogo do Homem-Aranha, fomos surpreendidos com uma breve aparição de Lee dialogando com Mary Jane, dizendo que sempre torceu pelo romance dela com Peter Parker. A aparição acontece em um restaurante, logo após o encontro do casal mais famoso das histórias em quadrinhos.

03- Vingadores: A Era de Ultron (2015)

Na cena da festa na torre dos Vingadores, acontece um dos momentos mais divertidos de Vingadores: A Era de Ultron, no qual Thor permite que um veterano interpretado por Stan Lee experimente uma bebida forte demais para “meros mortais”. O veterano ignora o aviso do deus do trovão e bebe o drink. Após isso, a cena acaba com o veterano já embriagado sendo carregado por duas pessoas.

02- Guardiões da Galáxia Vol. 2 (2017)

Em uma aparição de explodir cabeças, vemos em uma das cenas dos créditos de Guardiões da Galáxia Vol. 2, três Vigias ouvindo um astronauta contar suas histórias. Esse astronauta é ninguém menos que o próprio Lee contando (ou não) tudo que viu em suas múltiplas aparições em outras obras.

01- O Espetacular Homem-Aranha (2012)

Na sua participação mais divertida, vemos a nossa lenda dos quadrinhos usando headphones, ouvindo música distraído em uma biblioteca enquanto ao fundo, o Cabeça-de-Teia e o Lagarto se enfrentam destruindo o local inteiro.

Menção Honrosa –  Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas

Stan Lee foi tão importante para a indústria dos quadrinhos que até mesmo a DC, editora “rival” da “Casa das Ideias”, o homenageou com uma pequena participação especial no novo longa animado dos Jovens Titãs, lançado em agosto deste ano.


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

TOY STORY 4 | Novo teaser trailer destaca novos personagens que tiram sarro de Buzz Lightyear!

BLACK CLOVER | Confira o título e prévia do episódio 59 do anime

GUERRA FRIA | Filme do vencedor do Oscar Pawel Pawlikowski tem estreia programada para fevereiro

EM CHAMAS | Filme baseado em conto de Haruki Murakami é escolhido para representar a Coreia de Sul no Oscar

POKÉMON SUN & MOON | Confira título e prévia legendada do episódio 97 do anime

ELSEWORLDS | Liberado primeiro teaser do inédito crossover entre as séries do Arrowverse!

 

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: