Connect with us

Ficção Científica News

FICÇÃO CIENTÍFICA NEWS | 5 Livros que você deve ler antes de ir para Valhalla

Published

on

5 Livros de Ficção Científica que você deve ler

As obras de ficção científica nunca estiveram em evidência como nos dias de hoje e não é pra menos, afinal, temos uma editora dedicada em publicar o que há de melhor no gênero. A Editora Aleph é uma editora que nasceu nos idos anos 80. Possui mais de 130 títulos e destaca-se pela publicação de grandes clássicos da ficção científica. E na esteira desses lançamentos, vamos apresentar 5 livros indispensáveis para você ler antes de ir para Valhalla.

 

1) Eu, robô – Isaac Asimov

Essa obra influenciou muitos escritores com suas teorias e até hoje faz um grande sucesso oferecendo uma escrita inteligente sem as amarras de valores ou preconceitos, aliás, quando você ler um livro de ficção científica suspenda os seus valores e paradigmas para ter a melhor experiência de leitura.

Eu, robô é a reunião de nove contos que narram a evolução dos robôs através dos tempos e para quem não sabe, Isaac Asimov é responsável pelas célebres Três Leis da Robótica. Vai perder? Não deixe de conferir essa obra que influenciou muita gente por aí.

 

2) 2001: Uma Odisseia no espaço – Arthur C. Clarke

Quem não conhece o clássico filme de 1968, 2001: Uma Odisseia no espaço? Não? Corra e corrija esse lapso rapidamente e prometo não contar pra ninguém. Mas não era sobre livros? Sim caro leitor e explico.

O roteiro do filme foi escrito por Arthur C. Clarke e pelo cineasta Stanley Kubrick, e muitas pessoas nesse mundão  não sabem que o filme inspirou Clarke a estender a história para as páginas de um bom livro.

A história traz como tema a evolução humana cheia de mistérios. É uma história do mundo pensada por esse brilhante escritor de ficção científica.

 

3) Neuromancer – Willian Gibson

Matrix bebeu nessa fonte e não falou pra ninguém. Neuromancer foi lançado em 1984 e traz a história de um ex-hacker que após invadir uma empresa foi envenenado e impedido de se conectar as redes. É o romance de estreia de Gibson e também um “difusor de termos” que foram utilizados no filme tais como: ciberespaço, matrix, inteligência artificial entre outros.

A obra é premiadíssima pelos prêmios máximos da ficção científica, os prêmios Hugo, Nebula e Philip K. Dick. Tornou-se uma referência para os amantes do gênero ao transmitir a cultura cyberpunk, além, de ser eleito um dos 100 melhores romances do século pela revista TIME.

 

4) O Planeta dos Macacos – Pierre Boulle

É inegável que a literatura abastece a sétima arte com o que há de melhor e com esse livro não poderia ser diferente. Lançado em 1963, cinco anos antes da primeira versão cinematográfica, narra as aventuras de um jornalista que viajou para o planeta Soror onde símios eram a raça dominante.

O livro tem várias camadas e permite amplas discussões. Uma delas é o fim de uma civilização. Seria um prenúncio para a raça humana? Ah! Não podia esquecer de dizer que o final do livro é surpreendente. O livro serviu para oito adaptações cinematográficas, portanto, leitura recomendável.

 

5) Laranja Mecânica – Anthony Burgess

Outra obra que gerou um clássico para a sétima arte, Laranja Mecânica. O livro de Burgess traz um adolescente chamado Alex, que vive numa sociedade carregada de violência na qual provoca uma resposta por parte de um governo totalitário. O mais interessante nessa obra é a linguagem maluca criada pelo autor para dar um tom diferente a obra, Horrorshow.

Publicado em 1962 e imortalizado em 1971 pelo filme de mesmo nome, tornou-se um dos grandes clássicos do século XX. A obra lançada pela editora Aleph tem uma infinidade de extras para melhorar a experiência de leitura. Altamente recomendável.

 

Até a próxima…

 

Editor do blog http://www.estantedowilson.com.br/ e colaborador no blog http://www.nerdtrip.com.br/, Pós-graduado em Língua Portuguesa pela PUC/SP e viciado em Literatura e Cultura Pop.

2 Comments

2 Comments

  1. Julia Silva

    16 de março de 2017 at 13:50

    lista legal

    • Wilson Brancaglioni

      22 de março de 2017 at 21:13

      Olá Julia,

      Muito obrigado pela visita ao Site. De fato é uma lista interessante e recomendável para conhecer um pouquinho da Literatura de Ficção Científica. Caso leia algum deixe suas impressões aqui.

      Forte abraço

Deixe uma resposta ...

Ficção Científica News

FICÇÃO CIENTÍFICA NEWS | Inteligência Artificial e o Futuro da Humanidade

Published

on

A Inteligência Artificial ou AI (artificial intelligence) é a tentativa de simular a Inteligência Humana por meio de mecanismos ou softwares. É uma Ciência relativamente nova surgida após a Segunda Guerra Mundial com os especialistas Warrem Macculloch e Walter Pitts.

Os estudos eram baseados em três pilares: Conhecimento da fisiologia básica e da função dos neurônios dos cérebros, bem como uma análise da lógica proposicional, tudo isso criado pelos estudiosos  Russell e Whitehead, além, da teoria da computação de Turing. Neste último pilar há um filme que retrata o matemático Turing.

A proposição do conhecimento em Inteligência Artificial era sugerir um modelo de neurônios artificiais, no entanto, foi Alan Turing a desbravar uma visão melhor sobre o tema num artigo publicado em 1950 chamado Computing Machinery and Intelligency.

Atualmente a Inteligência Artificial vem sendo empregada em vários segmentos da sociedade e pasmem, com relativo sucesso. Bancos, Hospitais e diversos segmentos vem utilizando a tecnologia para maximizar atendimentos e soluções com precisão inigualável.

Por tratar-se de um tema muito amplo e utilizado em diversas áreas do conhecimento como psicologia, filosofia, linguística, matemática, engenharia, entre outros. Esse artigo não pretende abranger a sua totalidade e sim promover uma curiosidade e instigá-lo(a) a realizar um grande debate sobre a sua utilização.

Tudo isso “parece” Ficção Científica, mas a Inteligência Artificial está muito próximo de nós. Por exemplo, desenvolvimento de games que usam essa tecnologia para criar jogos mais complexos, corretores ortográficos que detectam problemas na sintaxe do texto ou até Bancos que usam essa ferramenta para análises criteriosas de análise de créditos.

Três Usos sinistros da Inteligência Artificial

1) Inteligência Artificial identificando o que é certo ou errado

Cientistas estão desenvolvendo estudos para que máquinas definam o que é certo ou errado a fim de torná-las mais compreensivas e humanas e assim evitar que as máquinas exterminem os seres humanos. Basta lembrar o filme O Exterminador do Futuro na qual a Cyberdyne Systems não conseguiu evitar que a Skynet se tornasse consciente em 29 de agosto de 1997, o Dia do Julgamento. 

2) Máquinas Inteligentes como armas de guerra

Com o crescente orçamento dos exércitos da China e Rússia, o Pentágono não ficou de fora e destinou bilhões de dólares para o desenvolvimento de Robôs capazes de estar em campo de batalha.

3) Robôs parecidos com os humanos

A Universidade Tecnológica Nanyang de Cingapura (NTU) desenvolveu um robô semelhante a um ser humano capaz de realizar contato visual e conversar com os convidados baseados em conversas anteriores.

Filmes que retrataram a Inteligência Artificial

2001 – Uma Odisséia no Espaço (1968)

Westworld, Onde Ninguém tem alma (1973)

Blade Runner (1982)

O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (1991)

Matrix (1999)

Ética

Embora há inúmeras aplicabilidades, a Inteligência Artificial é objeto de discussões Éticas e não é pra menos, afinal, a todo momento há um avanço nesse campo de estudos que causam preocupações. Para muitos, o fato de máquinas capazes de pensar, sentir e de realizar atividades humanas é inconcebível. Deixe suas impressões e compartilhe sua opinião conosco e embarque nessa aventura da Inteligência Artificial.

Via Hypescience

Via Wikipedia

 

Continue Reading

Mais lidos da semana

Copyright © 2017 Nerdtrip. Theme by GNTK Inc., powered by Gancarteek.

%d blogueiros gostam disto: