Connect with us

Games

BATTLE SCENES | Game over para o card game brasileiro da Marvel

Publicado

em

Tem uma galera nerd por aí, que além de adorar quadrinhos, filmes, games e uma grande quantidade de coisas da cultura pop, também curte um bom e velho “jogo de cartas”.

Contudo, desde o início de fevereiro deste ano de 2018, que essa turma subitamente se viu órfã.

 O jogo em questão não tem nada a ver com o tradicional “buraco”, o pôquer, o truco, ou afins, mas trata-se jogo de cartas colecionáveis e estratégico chamado “Battle Scenes”, que lembra a dinâmica do antigo “Pokemon Trading Card Game”.

Surgido em abril de 2013 – ou seja, um ano após o lançamento do filme “Os Vingadores” e no mês de estreia de “Homem de Ferro 3” – o Battle Scenes foi totalmente concebido pelo gaúcho Fabian Balbinot (criador da mecânica e regras do jogo), que apresentou um bem-sucedido projeto para a tradicional fabricante de baralhos, Copag, a qual comprou a ideia, licenciou os personagens da Marvel e passou a produzir e a distribuir os desejados “decks” e “bousters” pelo Brasil afora, dando forma, assim, a um jogo 100% nacional, com excelente parte gráfica, e o qual já levou à realização de torneios locais e nacionais com quase 300 jogadores.

 

De forma resumida, uma partida de Battle Scenes é disputada entre dois jogadores, cada um portando um “deck” com 60 cartas, divididas entre: 

  • Cartas de Personagens: que possuem três níveis de capacitação, um nível de vida, um certo número de habilidades, uma ação e/ou um texto fixo que descrevem a capacidade de causar dano

  • Cartas de Suporte: que descrevem habilidades que, uma vez relacionadas com o card de personagem dotado com aquela habilidade respectiva, conferem a este a capacidade de causar mais dano 

  • Cartas de Cenários: as quais alteram certas habilidades, escudos etc

O objetivo da partida é atingir 15 pontos de dano no adversário.

Apesar de fácil, contudo, não se trata de um jogo simples.

Para se jogar (bem) Battle Scenes, é fundamental não apenas conhecer as regras básicas (essas, sim, sem grande complicação), mas principalmente reter um conhecimento quase enciclopédico das milhares de cartas colecionáveis já criadas, todas baseadas em personagens (como Homem-Aranha, Ninja do Tentáculo, Celestial, Mary Tyfoid, Capitão Universo etc.), coisas, macgufinn’s e temas do universo Marvel (Torre Stark, Nave dos Guardiões, Adagas Sai, Aranhabô Espião, Facção Exploradora, Joia do Tempo etc.).

Os jogadores realmente competitivos costumam saber o texto dessas cartas de cor!

Todavia, para os iniciantes, basta dominar os princípios básicos do jogo para começar a se divertir.

Para quem gosta do universo Marvel, o jogo é um deleite, já contando com 12 coleções temáticas (Universo Marvel, Evolução Tática, Poderes Ocultos, Múltiplas Identidades, Invasão Cósmica, Iniciativa Vingadores, Ofensiva Surpresa, Guerra Civil, Ascensão e Queda, Despertar Sombrio, Forças Estelares, Confronto Aracnídeo); 5 “Battle Box” (Sangue Asgardiano, Guerra Incessante, A Era de Ultron, Conspiração Illuminati, Criaturas Noturnas) e 2 “Master Box” (Forças Estelares e Confronto Aracnídeo). Infelizmente, o último Master Box anunciado – Ragnarok (com base no filme “Thor Ragnarok”) – foi cancelado antes de ser lançado. 

Pode-se montar um deck próprio a partir do conhecimento das cartas e da dinâmica do jogo, como, por exemplo, “Defensores Clássicos” (com base em Dr. Estranho, Surfista Prateado, Namor e Hulk); “Heróis Urbanos” ou “Defensores Modernos” (Demolidor, Punho e Ferro, Cavaleiro da Lua etc.); “Guardiões da Galáxia”, e por aí vai.

O prazer, porém, vai além do jogo. Você pode não gostar de jogar, mas pode adorar colecionar as milhares de cartas e comercializá-las (há as “comuns”, as “incomuns”, as “raras”, as “super-raras” e as “ultra-raras”). Em leilões na internet, certas cartas chegam a valer R$ 200,00.

 De toda forma, quando se esperava que a Copag lançasse um jogo similar com os personagens da DC Comics (imagine as variações sobre cartas do Batman: “Batman / Bruce Wayne”, “Batman / Dick Grayson”, “Batman / Azarel”, “Batman / Um Milhão” etc.), a empresa anuncia a descontinuidade do jogo, pegando todo o crescente número de jogadores e colecionadores totalmente de surpresa, incluindo o seu criador, Fabian Balbinot.

O grande problema – alegado pela companhia – é que o mercado de Battle Scenes no Brasil, após 4 anos de existência, ainda se mostrava muito restrito, inviabilizando o investimento em direitos autorais, parte gráfica, produção e fabricação. Todavia, em contrapartida, os jogadores têm acusado a Copag de falta de uma melhor estratégia de marketing, de assessoria de imprensa e de distribuição, que contribuiriam para que o jogo não fosse mais conhecido.

Penso que há razão em todos os argumentos: faltou maior divulgação e rede de distribuição, o mercado estava restrito após anos de existência do produto e o retorno do investimento não estava valendo à pena em termos empresariais.

Todavia, as causas disso, acredito, baseiam-se em dois fatores principais.

Primeiro, o custo de produção no Brasil – haja vista a alta carga tributária – é muito alto, dificultando que uma empresa, mesmo do porte de uma Copag, consiga manter a fabricação de um produto de qualidade para um público “menor”, ainda que bastante qualificado. 

Em segundo lugar, a dificuldade oriunda da própria dinâmica do jogo, que “obriga” o jogador que queira se especializar a adquirir e a dominar um número cada vez maior de cartas. Em resumo, o jogo, em si, cresceu exponencialmente mais do que o número de jogadores.

Resta, assim, a tristeza de ver um produto criado e desenvolvido no Brasil, tão interessante e atrelado à cultura nerd, deixar de existir, antes de ter podido mostrar seu verdadeiro potencial e a esperança de que a Copag, diante do apelo de tantos fãs inconsoláveis, encontre uma forma de viabilizar a retomada da produção do jogo.

Quem quiser conhecer mais a respeito do Battle Scenes, pode acessar:

<http://www.battlescenes.com.br/>; <http://www.copagloja.com.br/battle-scenes>

<https://www.youtube.com/watch?v=TrBavdRzM7Q&t=2s>

<https://www.facebook.com/groups/battlescenes.trocas/?ref=group_browse_new>

<https://www.facebook.com/groups/541814712566772/?ref=group_browse_new>.

 Agradecimentos especiais, para a produção desta matéria, ao caro Hermano “B1RONG4”, um dos melhores jogadores de Battle Scenes de Minas Gerais e do Brasil!

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

FLASHPOINT | Agora é oficial! Dupla de &#8220;Homem-Aranha&#8221; irão comandar o filme do Velocista Escarlate!

FRAMBOESA DE OURO 2018 | Emoji: O Filme é o grande campeão na famosa premiação dos piores filmes!

TEEKNEWS #69 | O Podcast mais divertido da Galáxia

Sou um quarentão apaixonado pela cultura pop em geral. Adoro quadrinhos, filmes, séries, bons livros e música de qualidade. Pai de um lindo casal de filhos e ainda encantado por minha esposa, com quem já vivo há 19 bons anos, trabalho como Oficial de Justiça do TJMG, num país ainda repleto de injustiças. E creio na educação e na cultura como "salvação" para nossa sociedade!!

Games

DRAGON BALLL FIGHTERZ | Trailer de lançamento da DLC do Androide 17 e Cooler

Publicado

em

A Bandai Namco anunciou a mais nova DLC de Dragon Ball FighterZ, com os personagens Androide 17 e Cooler, que será lançada em 28 de setembro por US $ 4,99 / 500 ienes cada ou como parte do FighterZ Pass

Um trailer para o Androide 17 também foi lançado. Aqui está uma visão geral do lutador, via Bandai Namco:

O Androide 17 usa múltiplas técnicas de barreira e ataques ki blast de longo alcance para lidar com quase todas as situações. Nada menos a esperar do vencedor o Torneio do Poder!

Seu movimento mais forte é o Super Electric Strike, um redemoinho de energia em grande escala que pode ser executado tanto no solo quanto no ar.

Dragon Ball FighterZ já está disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC e será lançado para a Switch em 27 de setembro no Japão e em 28 de setembro nas Américas e Europa.

Confira o trailer do personagem:

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

A PRIMEIRA NOITE DE CRIME | Crítica do Don Giovanni

CORINGA | Vídeo revela Joaquin Phoenix como o Palhaço do Crime!

BOKU NO HERO ACADEMIA | Confira o título e prévia legendada do episódio 24 da 3° temporada

KILLMONGER | Vilão ganhará minissérie nos quadrinhos!

CAPCOM BEAT ‘EM UP BUNDLE | Verdadeiros clássicos nunca saem de moda!


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo

Games

CAPCOM BEAT ‘EM UP BUNDLE | Verdadeiros clássicos nunca saem de moda!

Publicado

em

Verdadeiros clássicos nunca saem de moda! E no mundo dos games, quem tem mais clássicos que a Capcom ? Canais oficiais da produtora no Brasil lançaram ontem o trailer de  Capcom Beat ’Em Up Bundle, confira:

Na coleção estão os jogos Final Fight (1989), The King of Dragons (1991), Captain Commando (1991), Knights of the Round (1992), Warriors of Fate (1992), Armored Warriors (1994) e Battle Circuit (1997), muitos desse jogos só eram encontrados hoje em dia em emuladores.

A coleção tem algumas novidades, como suporte a multiplayer online e local, novas configurações para personalizar os jogos e mais. Os mais nostálgicos ainda poderão apreciar galerias com ilustrações, artes conceituais, documentos de desenvolvimento e outros bônus.

Capcom Beat ‘Em Up Bundle custa R$ 61,50 no PlayStation 4, R$ 61 no Xbox One e US$ 19,99 no Nintendo Switch. A versão para Steam chegará posteriormente, por R$ 39,99.


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

LUCENTE | Grupo Sul-Coreano surpreende em MV de estréia Your Difference

DIÁRIO DE UM NERD: SUPERNERD | A nova e divertida aventura de Phil, o Nerd – Resenha sem spoilers

KONUNGAR A GUERRA DOS REIS | Rixas de sangue, intrigas palacianas, criaturas fantásticas!

JOJO’S BIZARRE ADVENTURE | Confira a prévia de adaptação do quinto arco da anime!

KAMEN RIDER BUILD | Be The One Crítica


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo

Games

SAMURAI SHODOWN | Novo jogo da franquia anunciado!

Publicado

em

 

A SNK anunciou um novo Samurai Shodown (também conhecido como Samurai Spirits) para o PS4 e que será desenvolvido na Unreal Engine 4.  Já se passaram dez anos desde que o último título genuinamente novo de Samurai Shodown apareceu. No warm-up Tokyo Game Show da Sony PlayStation, fomos presenteados com um breve teaser de um novo jogo, o Samurai Spirits, equipado com o motor Unreal, e trazendo o icônico beat-em-up para os consoles modernos – o PS4. Veja o novo trailer aqui!

A série pode reivindicar um lugar como um dos jogos de luta 2D mais reverenciados dos anos 90, juntamente com Street Fighter II e The King of Fightersmesmo que não acompanhasse a mecânica do jogo (e hardware) evoluções ao longo das últimas décadas. (Curiosamente, o teaser seguiu o mais recente trailer de Dead Or Alive – um jogo com metade da idade de Samurai Shodown) .

Por enquanto, não se tem muitos detalhes, mas parece que o jogo ainda será jogado em um campo bidimensional, com uma vibração que lembra como o Street Fighter conseguiu nas edições 4 e 5. Pense em golpes de tinta temperamental e ângulos de câmera dramáticos ver de perto seus melhores ataques. Espero ouvir mais em 2019! 


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

MEMÓRIA TOKUSATSU | Tokusou Robo Janperson For Justice

BOKU NO HERO ACADEMIA | Confira o título e prévia legendada do episódio 22 da 3° temporada

LEGALIZE JÁ | Confira o trailer da cinebiografia da banda Planet Hemp!

PUMPING IRON | Schwarzenegger admitiu que inventou várias histórias para o famoso documentário

TRIP LISTA | Os melhores filmes de todos os tempos pela equipe Nerdtrip


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

 

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: