Connect with us

Resenhas

CRÍTICA | Guerra Civil por Mestre Marvete

Publicado

em

 

 Pegadinha do Marvete… Ié, ié…

Se você clicou loucamente nesse link achando que leria uma crítica sobre o filme Capitão América: Guerra Civil, “desculpa aí”, mas hoje não. Hoje falaremos da adaptação dos quadrinhos para a literatura, GUERRA CIVIL, de Stuart Moore. 

“Mas pra quê fazer uma crítica do livro, se é a mesma coisa dos quadrinhos, amado Mestre Marvete?”, vocês devem estar se perguntando. 

Como o próprio autor cita em suas considerações finais, “Um livro não é uma história em quadrinhos (…)”, logo, para contar em forma de prosa essa história magnífica de Mark Millar, adaptações de roteiro tiveram que ser feitas. Algumas foram positivas, outras nem tanto. Então, vamos à nossa análise do livro. 

O livro ‘GUERRA CIVIL’ adapta a mega saga homônima dos quadrinhos que conta a história de uma “divergência de opiniões” quanto à lei entre Capitão América e Homem de Ferro, o que acaba descambando em uma porradaria generalizada entre super-heróis.

Um acidente causado por um grupo de jovens e imprudentes heróis acaba culminando em uma tragédia, e temos um projeto de lei que exige o registro e treinamento de superseres que pretendam ser heróis. De um lado temos três das maiores mentes do universo Marvel – Hank Pim, Reed Richards e Tony Stark – defendendo o projeto de lei, de outro, alguns dos heróis mais icônicos da editora, como Capitão América, Falcão e Demolidor. No meio do fogo cruzado, em dúvidas sobre o que é o certo, temos o Amigão da Vizinhança, o Homem-Aranha. 

O livro adapta bem a saga dos quadrinhos, e tem excelentes descrições de cenários e batalhas, uma preocupação importante quanto se adapta uma mídia tão visual como são os quadrinhos. Sua história se desenvolve bem mais que o encadernado de Guerra Civil, já que aproveita vários subplots que aparecem apenas nos tie-ins da saga (que são MUITOS).

Porém, o que pode incomodar muitos fãs mais xiitas são algumas alterações que o autor faz na história original. Em alguns casos, as alterações são benéficas, dando uma resolução melhor pra certas ações que parecem jogadas nos quadrinhos, como a invasão ao edifício Baxter. Outras alterações simplesmente não atrapalham em nada, mas parecem não ter razão de ser, como a troca ou omissão de certos personagens que realizam determinadas ações. O problema maior (que me incomodou) acontece quando essas mesmas substituições acabam alterando partes importantes do roteiro, ou acabam gerando situações sem sentido na história.

Por exemplo, Hércules, que tem um papel fundamental na história em quadrinhos, é deixado em terceiro plano no livro. E sua substituição num dos momentos MAIS IMPORTANTES DA HISTÓRIA (quando “alguém” ganha um novo “buraco de ventilação” em seu peito) acaba diminuindo uma culpa que nos quadrinhos é muito maior, transformando um ataque arbitrário em “legítima-defesa”. Em outro momento da trama, heróis se esforçam pra quebrar uma janela e fugir “se esquecendo” que TÊM UM TELEPORTADOR NO GRUPO. 

Claro que essas pequenas falhas não tiram a diversão e emoção que é viver, em qualquer que seja a mídia, a saga Guerra Civil. A leitura é fluida, a trama envolvente – fazendo com que você não consiga parar de ler até terminar. Enfim, um livro que merece estar na estante de todo marvete que se preze, e uma excelente maneira de introduzir pessoas quenão gostam de quadrinhos (tsc, tsc…) nesse maravilhoso mundo da Casa das Ideias. 

Nota para o livro: 4 / 5 

A NerdTrip teve seu início no ano de 2016 com a missão de levar entretenimento, notícias, resenhas e tudo sobre o universo pop/nerd/geek. “Uma ideia na cabeça, talento e vontade em nossas mãos!”

Resenhas

O RETORNO | Dor e paixão na Espanha devastada pela guerra – Resenha da Viajante

Publicado

em

No inicio da narrativa dessa obra, a primeira impressão que tive foi de ser apenas uma história de duas melhores amigas vivendo uma aventura em uma curta viagem para as terras espanholas, porém, a autora introduziu de forma magnifica todo contexto da guerra civil neste livro com riqueza de detalhes.

Durante a estadia nesse país que segundo a opinião de “Maguie” é um lugar onde as pessoas sabem viver, as duas amigas desde a infância fazem valer cada dia na encantadora cidade de Granada quando matriculam-se em aulas de dança de salão. “Sônia” anda com seu casamento por um fio e essa distração caiu como uma luva para a parceira de viagem de “Maguie” espairecer as ideias, o que ela não imaginava era descobrir que seus pés tinham vida própria ao se deparar com o ritmo espanhol. Uma grande curiosidade levou Sônia querer conhecer melhor a história daquele país ao entrar em um café e ser recepcionada por um senhor muito simpático chamado Miguel.

A leitura nos leva mais além, mostrando a vida da família Ramirez nos tempos devastadores da guerra civil da Espanha. A misteriosa moça com uma antiga roupa de dançarina na foto preto e branco pendurada na parede daquele café, parecia muito familiar a viajante e mais tarde ela entenderá a chocante conexão com aquele lugar.

“O Retorno” é uma história envolvente, empolgante e comovente dentro do cenário sobre o terrível Golpe Militar liderado pelo general Francisco Franco em 1936, mergulhando o leitor sobre os cruéis acontecimentos do abuso de poder político. Uma leitura gostosa e amarga ao mesmo tempo.

Escrita por Victória Hislop e publicada pela editora Intrínseca.

 

Nota para o livro: 5 / 5

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:www.nerdtrip.com.br 

Leia tambem:

FALCON HEAVY | Quando a ficção científica vira realidade

LEGION | FX revela sinopse da 2º temporada!

Nerdtrip Nerdtrip BLEACH | Confiram o trailer do novo live-action baseado no mangá

 

Continue lendo

Resenhas

ANGELUS: A PROFECIA | Uma luta entre anjos e demônios – Resenha da Viajante

Publicado

em

Caros Viajantes Nerds, nessa matéria falaremos de um livro para quem gosta de aventuras que envolvem o sobrenatural. Angelus – A Profecia de Roberto Tersi, que tive a honra de conhecer num evento que o Nerdtrip cobriu em Embu das Artes/SP.

Sinopse:

“Em meio a anjos, demônios, fantasmas e bruxas, um padre luta para impedir que uma antiga profecia se realize, causando a ascensão dos demônios e trazendo o inferno à terra. Os espíritos das trevas corrompem as pessoas lhes concedendo “poderes”, e as reúne formando a ‘Corte dos Necromantes’, com o objetivo de auxiliá-los na abertura de um portal que possibilitará a tão esperada revanche dos caídos, iniciando a Guerra dos Anjos. Com a missão de detê-los, o padre encontra dois jovens, ligados por uma origem surpreendente. E, um deles, pode ser a “chave” para que se cumpra a Profecia.”

O autor narra em uma sequencia muito interessante, escreve de maneira simples e de fácil entendimento, somado à um ritmo bem acelerado, afinal o livro conta com apenas 196 paginas de pura aventura.

Os eventos não são exatamente sequenciais no início, mas com o andamento da leitura, entende-se todos os mistérios propostos. De maneira muito clara ele conduz os pontos de virada e o livro chega a um clímax que surpreende ao leitor.

Para os amantes de histórias de mistério ligadas ao sobrenatural, garanto que o livro é uma boa pedida.  A edição é da “Biblioteca 24 Horas“, acredito que muitos pensarão que deixa um tanto a desejar, mas garanto que a história e o talento do autor compensam em absoluto tudo que a editora não aprimorou.

Os personagens são bem construídos e suas motivações são genuínas. A gente se apega ao Alone e ao Padre Cristiano. E a história converge em um desfecho muito surpreendente.

As páginas são brancas, mas não percebi dificuldade em avançar com a leitura, por tratar-se um livro fino e em tamanho 21x14cm. Apesar do lançamento do livro ter acontecido em 2016, achei que valeria a pena compartilhar com vocês a minha impressão quando terminei a leitura.

Para quem gostar do enredo, o autor também publica na plataforma de leitura Wattpad e pode ser encontrado em suas redes sociais.  Fiquem com o Book Trailer.

Fiquem por aqui para mais novidades que o Nerdtrip trará para vocês! Depois de conferir essa dica, deixem seus comentários e se já leram o livro, compartilhem suas opiniões.

 

SIGA-NOS nas redes sociais:
FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br

E leia também:

THE CROWN | Atriz pode ter vazado nome de peso no elenco da 3º temporada

A BATALHA DO APOCALIPSE: DA QUEDA DOS ANJOS AO CREPÚSCULO DO MUNDO | Resenha da Viajante!

MATE-ME QUANDO QUISER | Uma história instigante! Resenha da Viajante!

Continue lendo

Resenhas

MATE-ME QUANDO QUISER | Uma história instigante! Resenha da Viajante!

Publicado

em

O drama de uma mulher que insatisfeita com sua vida decide que deve se matar, não tendo coragem para fazê-lo, contrata um matador para que acabe com sua vida, detalhando quando e onde deve ser. Outro detalhe, ela não quer saber quem é o matador.

A história se passa em Barcelona, onde a Mulher (o nome que refere-se a protagonista da trama) decide que vai passar seus últimos dias dentro do prazo que ela estipulou que são quatro meses. Muitos acontecimentos inesperados e não planejados se desenrolam nessa história, uma casual amizade, um caso de bigamia, amores proibidos e crimes cometidos de maneira inesperada e imprevisível.

Mate-me Quando Quiser, apesar de ter um titulo de crime, o livro é narrado de uma maneira divertida, gostei logo de cara por ter uma escrita simples e fluida, e a história instiga nossa curiosidade a cada capítulo. O único ponto questionável é que não chega a ser bem explicado quais os motivos que levam a protagonista a querer planejar seu próprio assassinato, porém não chega a ser algo negativo, pois o decorrer da leitura nos deixa a entender que se trata de alguém deprimida e insatisfeita com a vida e não acredita em felicidade.

Uma coisa curiosa nessa obra, é que apenas 3 personagens levam nomes, os outros são referidos como A Mulher, A Loira, A Morena, O Menino, A Menina, mas você não irá ficar confuso(a) e vai saber exatamente de quem a autora está falando. A obra trás também lições de vida, mostra consequências de  escolhas erradas, e como se meter na vida alheia pode terminar em tragédia.

O livro é escrito pela autora brasileira  Anita Deak, publicado pela editora Gutemberg e seu ano de lançamento foi 2014. A autora ganhou alguns prêmios incluindo o Abril Jornalismo, ocasião em que foi repórter.

Nota para o livro: 3,5 / 5

Gostou da matéria? Então deixa seu like, compartilhe com os amigos e continue ligado no Nerdtrip!

www.nerdtrip.com.br

https://www.facebook.com/nerdtripoficial/

Continue lendo

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: