Connect with us

Listas

TRIP LISTAS | Os melhores filmes musicais da história do cinema!

Published

on

Os filmes musicais geram, até hoje, opiniões muito contraditórias entre os fãs de cinema. Alguns acreditam que esses filmes, dão demasiado enfoque à música, outros defendem que o filme, uma vez categorizado como musical, deve conter música do início ao fim.

O resultado é o mesmo de sempre: alguns saem do cinema satisfeitos com o que viram (e, neste caso, ouviram), e outros desejam que o filme tivesse acabado mais cedo, ou pior, dão votos de que nunca irão assistir um filme que tenha um “Let It Go” (lerigou) nas cenas.

Vale destacar que a maior parte desses filmes é, na verdade, uma versão cinematográfica de peças de teatro que estão em exibição nos palcos de West End ou na Broadway. Outros são completamente originais e procuram conquistar uma nova audiência a partir do cinema. Alguns filmes, ainda que poucos, conseguiram até nomeações pela “A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas” (o cobiçado Oscar).

Nesta nova edição do Trip Listas, decidimos nomear os 10 filmes musicais que marcaram a história do cinema e que ainda continuam a ter fãs assíduos pelo gênero musical.

10 – Grease: Nos Tempos da Brilhantina – 

Podemos dizer que Grease: Nos Tempos da Brilhantina marcou uma geração. Tudo começa com dois jovens que se apaixonam no verão. Pouco tempo depois, eles  percebem que vão estudar no mesmo local e ficam com dúvidas sobre a resistência do amor entre ambos.

Os dois apaixonados são nada mais nada menos do que Danny e Sandy, personagens interpretados por John Travolta e Olivia Newton-John, respectivamente.

9 – Os Miseráveis – 

O clássico de Victor Hugo ganhou vida nas telonas pelas mãos do diretor Tom Hooper. O filme se passa na França do século XIX e junta à narrativa principal com um contexto histórico-social que nos leva para outros tempos.

A instabilidade política, a pobreza e a desigualdade são temas frequentes de Les Miseráble, que nos mostra a história de Valjean e do seu perseguidor, o temível Javert.

8 – La La Land: Cantando Estações – 

Um dos filmes queridinhos do público e que se envolveu em uma polêmica na entrega do Oscar, o filme trouxe nova vida às nossas queridas produções musicais que estavam com uma grande baixa. Com uma bela produção visual (os cenários passando em uma Hollywood que faz um contraste visual digno com o que passa os protagonistas é fabuloso) e músicas que ficaram na boca do povo, como “City of Stars”, que faturou uma estatueta do Oscar.

La La Land pode ter tido alguns defeitos no desenvolvimento romântico dos protagonistas que foram vividos por Ryan Gosling e Emma Stone, entretanto, a produção de Damien Chazelle tem uma grande importância no cenário atual do cinema americano e a vitória com 6 estatuetas no Oscar prova que o gênero de filmes musicais continuam vivos e fortes no gosto do público.

7  – Moulin Rouge – Amor em Vermelho – 

Nicole Kidman e Ewan McGregor juntam-se para cantar sobre o amor, liberdade e poesia. Tendo como pano de fundo o infame bordel Moulin Rouge. Assistimos à história de dois amantes separados por interesses distintos, mas unidos pela paixão que sentem um pelo outro.

O filme também conta com uma parte de covers de músicas conhecidas como “Like a Virgin”, “Your Song” e “The Hills Are Live”, somos introduzidos a algumas canções originais, como é o caso de “Hindi Sad Diamonds”. Um filme que vale a pena assistir por todos os amantes do cinema musical.

6 – Minha Bela Dama – 

Minha Bela Dama é um clássico dos clássicos. Talvez nunca tenha tido o mesmo alcance que outros musicais do mesmo porte como “A Noviça Rebelde”, mas mesmo assim, é um grande exemplo de uma época que, provavelmente, não voltará mais.

Baseado na versão musical da Broadway de mesmo nome, o musical conta a história de Eliza Doolittle, que é vivida por uma das maiores atrizes de todos os tempo, a bela Audrey Hepburn, uma mendiga que vende flores pelas ruas escuras de Londres em busca de uns trocados. Em uma dessas rotineiras noites, Eliza conhece um culto professor de fonética chamado Henry Higgins (vivido pelo premiado ator Rex Harrison) e sua incrível capacidade de descobrir muito sobre as pessoas apenas através de seus sotaques.

Mesmo se tornando um patinho feio com o passar dos anos, o filme é incrível tanto visualmente e também sonoramente, a produção faturou 8 estatuetas do Oscar, incluindo como Melhor Filme no ano de 1965. Um grande clássico que vale a pena assistir!

5 – Mary Poppins (1964) – 

Trata-se de um dos maiores clássicos da Disney. Julie Andrews atua com grande louvor em um papel que ela e os fãs amam bastante. Numa aventura que envolve guarda-chuvas que permitem voar, Mary Poppins traz alegria à vida das crianças, cumprindo os seus muitos caprichos. Lembrando que o filme irá ganhar um reboot para contar uma nova história.

4 – O Magico de Oz (1939) – 

É um dos maiores clássicos, não só da história de filmes musicais, mas também como da história do cinema. Estrelado pela incrível Judy Garland que, entre canções, dá vida a Dorothy, a menina que decide ir à procura do Magico de Oz, juntamente com os seus mais recentes companheiros.

O tema mais icônico do filme é “Somewhere Over The Rainbow” que desde então já foi interpretado e reinterpretado por muitas outras vozes que não a da atriz.

 3 – Chicago (2002) – 

Não é comum que filmes musicais acabem faturando estatuetas do Oscar nas categorias principais, muito menos na categoria de Melhor Filme. Ainda assim, foi exatamente isso que aconteceu com o filme Chicago. Com as interpretações de Renée ZellwegerCatherine Zeta-Jones e Richard Gere, o filme retrata a cidade norte-americana durante a década de 1920.

O enredo gira ao redor das criminosas da prisão de Cook County e de como recorrem a um poderoso assessor que, habilidosamente, manipula os jornalistas para convencer o público da inocência das assassinas.

2 – A Noviça Rebelde – 

Quem nunca viu o filme que conta a história de Maria, a noviça que está farta do convento e se torne preceptora das crianças Von Trapp? Este é um dos clássicos não só do cinema musical, como também de toda a cinematografia.

Tendo Julie Andrews como protagonista, conhecemos pela primeira vez canções como “The Hills are Alive”, “My Favorite Things”, “So Long Farewell” e “Edelweiss”. Os números musicais de A Noviça Rebelde inspiraram gerações de crianças que hoje passam o mesmo filme aos seus filhos e, um dia, talvez até mesmo aos netos.

1 – Cantando na Chuva (1952) – 

Singin’ in the Rain é um clássico incontornável no mundo dos musicais. Afinal, quem não se lembra do tema que dá nome ao filme na voz de Gene Kelly?

Quanto a história, já quase tudo foi dito: o filme é sobre uma companhia de cinema mudo que está naquele momento a fazer uma difícil transição para a fase do cinema sonoro. Singin’ in the Rain foi nomeado para duas estatuetas do Oscar, um dos quais o de Melhor Música.

Editor-Chefe do Nerdtrip e Professor de Biologia e Educação Física Escolar. Amante de Animações, Seriados, Games, Ficção, Mundo Mágico, HQs e lunático pela 7º Arte. Entendedor de Oscar e outras premiações frescurites que ninguém liga e repara nos filmes (aqueles detalhes bobos). Ama a 'Trindade' que é conhecida nos 7 cantos do mundo e nas horas vagas escuta aquela música eletrônica para ficar na vibe ou curte também aquele bom e velho rock'n'roll.

Click to comment

Deixe uma resposta ...

Listas

TRIP LISTA | 10 celebridades internacionais que perderam tudo

Published

on

Após alcançar o estrelato, torna-se difícil administrar a vida financeira. As celebridades a seguir provam o quão difícil é lidar com os milhares de dólares que recebem.

  • Pamela Anderson. Ao que parece, Pamela colocou uma casa à venda pelo preço de 7,75 milhões de dólares para pagar débitos. 

Pamela Anderson: Em 2012, surgiram boatos que a estrela de ‘Baywatch’ (1989-2001) estaria devendo cerca de 1,1 milhão de dólares para várias construtoras que reformaram sua casa em Malibu. Em fevereiro de 2013, o jornal New York Daily News reportou que Pa (Foto: Getty Images)

 

  • Michael Jackson. Antes de morrer, Michael estava preparando uma série de shows para arrecadar cerca de 374 milhões de dólares que ele ainda devia.Michael Jackson: O Rei do Pop faturou mais de um bilhão de dólares em sua carreira, mas gastou entre 20 e 30 milhões de dólares a mais do que ganhava anualmente. Em 2005, quando foi acusado de abuso infantil, precisou gastar ainda mais para se defender le (Foto: Getty Images)
  • Lena Headey. A atriz que interpreta Cersei, em “Game of Thrones“, disse que seu processo de divórcio está sendo tão difícil que ela não tem quase dinheiro nenhum na conta bancária.Lena Headey: A bela atriz de ‘Game of Thrones’ disse, recentemente, que seu processo de divórcio está sendo tão ferrenho, que ela tinha apenas 5 dólares em sua conta bancária. Lena está envolvida em um intricado processo de divórcio e custódia com seu ex- (Foto: Getty Images)
  • Gary Coleman. O astro de “Arnold” (1978-1986) pediu proteção financeira à Justiça. Ao que parece, seus pais adotivos gastaram todo dinheiro que ele ganhou durante sua atuação.Gary Coleman: Pouco antes de sua morte, em 2010, o astro de ‘Arnold’ (1978-1986) pediu proteção financeira à Justiça, porque seus pais adotivos gastaram todo dinheiro que ele ganhou por atuar no seriado. (Foto: Getty Images)
  • Francis Ford Coppola.  Após seu fracassado musical “O Fundo do Coração” (1982), o diretor declarou falência. Foi salvo por um dinheiro que a mãe lhe emprestou e, com o empréstimo, investiu na indústria de vinho e teve sucesso.Francis Ford Coppola: Depois do fracasso de seu musical ‘O Fundo do Coração’ (1982), o diretor declarou falência e só foi salvo porque sua mãe lhe emprestou dinheiro. Com o empréstimo, ele investiu na indústria de vinho e teve sucesso. (Foto: Getty Images)
  • Courtney Love. A viúva do vocalista do Nirvana, Kurt Cobain, disse ter ficado com apenas 4 mil dólares no banco. Para conseguir pagar seus débitos, ela vendeu 25% de seus direitos sobre o catálogo de músicas da banda.Courtney Love: A rockeira e viúva do vocalista do Nirvana Kurt Cobain enfrentou grandes problemas financeiros e disse ter ficado com apenas 4 mil dólares no banco. Para conseguir pagar seus débitos, ela vendeu 25% de seus direitos sobre o catálogo de músi (Foto: Getty Images)
  • Brendan Fraser. O astro da série de filmes “A Múmia” recorreu à Justiça para provar que não tem mais condições financeiras de pagar os 900 mil dólares anuais de pensão para sua ex-mulher, Afton Smith.Brendan Fraser: Recentemente, o astro da série de filmes ‘A Múmia’ recorreu à Justiça para provar que não tem mais condições financeiras de pagar os 900 mil dólares anuais de pensão para sua ex-mulher, Afton Smith. Brendan afirmou que, depois que uma árvo (Foto: Getty Images)
  • Mike Tyson. Com débitos declarados de 50 milhões de dólares, Tyson já teve 400 milhões de dólares em sua conta no auge de sua carreira. Porém, atualmente parece que se recuperou e está fora da falência.Mike Tyson: O ex-campeão mundial de boxe foi à falência em 2003, com débitos declarados de 50 milhões de dólares. Tyson já teve 400 milhões de dólares em sua conta, no auge de sua carreira, mas gastou o que tinha com mansões, joias, carrões e tigres de be (Foto: Getty Images)
  • Lindsay Lohan. A estrela deve cerca de 234 mil dólares em impostos para a Receita norte-americana.Lindsay Lohan: Além dos já conhecidos problemas com álcool, drogas e mau comportamento, a estrela também deve cerca de 234 mil dólares em impostos para a Receita norte-americana. Agora reabilitada, Lindsay precisou de um empréstimo de 100 mil dólares, de (Foto: Getty Images)
  • Nicolas Cage. Ele disse à revista People que deve 14 milhões de dólares em impostos.

    Nicolas Cage: O ator já faturou mais de 150 milhões de dólares em sua carreira, mas gastou grande mais do que podia comprando mansões, castelos, iates, jatos, frotas de carros exóticos e outros itens de luxo. Em 2012, ele disse à revista People que deve (Foto: Getty Images)
Continue Reading

Listas

TRIP LISTA | Os 10 maiores filmes de todos os tempos

Published

on

A revista de cinema do British Film Institute, a Sight & Sound Magazine, promoveu uma enquete com 358 diretores de 73 países para escolher os melhores filmes de todos os tempos. Consagrados cineastas como Woody Allen, Martin ScorseseQuentin Tarantino, Fernando Meirelles, Guillermo Del Toro Francis Ford Coppola participaram da enquete.

Confira.

  • Era Uma Vez em Tóquio (Ozu Yasujirô, 1953)
  • 2001: Uma Odisseia no Espaço (Stanley Kubrick, 1968)
  • Cidadão Kane  (Orson Welles, 1941)
  • Oito e Meio (Federico Fellini, 1963)
  • Taxi Driver (Martin Scorsese, 1976)
  • Apocalypse Now  (Francis Ford Coppola, 1979)
  • Um Corpo que Cai  (Alfred Hitchcock, 1958)

  • O Poderoso Chefão (Francis Ford Coppola, 1972)
  • O Espelho  (Andrei Tarkovsky, 1974)
  • Ladrões de Bicicleta  (Vittorio De Sica, 1948)

Seu filme preferido está na lista?

(fonte: Revista Bula)

 

Continue Reading

Listas

TOP 5 | As melhores lutas em Dragon Ball Super

Published

on

Dragon Ball Super já esta a mais de 2 anos sendo exibido no Japão (o anime começou a ser exibido em 5 de julho de 2015) e é exibido até os dias de hoje.

Durante este longo caminho, já tivemos diversos tipos de lutas contra vilões e também a disputa de alguns torneios bem empolgantes. Por conta disso, hoje eu vou trazer pra vocês as 5 lutas mais overpower no anime.

Obs: Essa lista é o “meu top 5”, e possui exclusivamente o “meu ponto de vista”.

5 – Goku vs Monaka

4 – Vegeta vs Trunks

3-  Vegeta vs Kyabe

2- Vegeta vs Goku Black + Goku vs Zamasu

1- Goku vs Hitto

Bônus*  Vegetto Blue vs Zamasu

Curtiu o nosso top 5? Achou que faltou alguma luta? Comente!

Continue Reading

Mais lidos da semana

Copyright © 2017 Nerdtrip. Theme by GNTK Inc., powered by Gancarteek.

%d blogueiros gostam disto: