Connect with us

C-POP

C – POP | Oh my Ghost (K – DRAMA)

Publicado

em

Olá doramáticos de plantão.  C – POP está de volta e hoje mudo o foco dos meus dramas fofinhos e devo isso à atriz Park Bo Young. Não é segredo para ninguém que desde que assisti Strong Woman Do Bong Soon virei uma grande fã e por mais que “Oh my Ghost” não fizesse meu estilo de  k-drama. Eu tentei assistir e acabei me apaixonando pelo gênero e sem mais delongas vamos conhecer a história:

Resultado de imagem para oh my ghostess GIF

Sinopse de Oh My Ghost: Este é um drama sobre uma garota que é possuída por um fantasma e um chefe de cozinha que não acredita em fantasmas. Na Bong Sun (Park Bo Young) tem uma personalidade extremamente tímida e possui baixa autoestima, não tem amigos próximos, e está constantemente sendo repreendida em seu trabalho como chefe no restaurante. Ela também ocasionalmente vê fantasmas, graças a uma avó xamã. Um dia, Bong Sun é possuído por um fantasma virgem lascivo chamado Shin Logo Ae (Kim Seul Gi). Para compensar a falta de romance em sua curta vida, Soon Ae está determinada a seduzir tantos homens quanto possa, entrando no corpo de várias mulheres. Ela acaba encontrando o corpo perfeito em Bong Sun.

O chefe de Bong Sun é um arrogante famoso chefe de culinária, Kang Sun Woo (Jo Jung Suk), por quem ela secretamente tem uma queda. Sun Woo vive recluso de romance por não conseguir esquecer uma ex-namorada, mas quando Bong Sun aparentemente se livra de sua timidez e de repente se transforma em uma mulher confiante e dinâmica, finalmente consegue chamar sua atenção.

Resultado de imagem para oh my ghostess GIF

Já dá para notar que o drama gira em tornos de mistérios, um deles é como a fantasma Soon Ae morreu e como a sua morte está ligada ao acidente de carro que a irmã do chefe sofreu. Mas vamos por partes.

Vamos começar pelo romance, e sim, como um bom clichê dos doramas temos que ter um triângulo amoroso. O diferencial é justamente o fato do terceiro elemento já não estar mais vivo, isso me bugou um pouco mas continuei assistindo. Na Bong Sun, sendo tímida e fraca, não chamava muita atenção, já o fantasma  é o oposto e quando entra no corpo da nossa mocinha a deixa ousada, fazendo com que Kang Sun Woo ache que Na Bong Sun sofra de bipolaridade.

No inicio a garota não sabia que o fantasma tomou conta do seu corpo, somente uma semana depois do ocorrido  se deu conta de que Soon Ae precisava do seu corpo para resolver sua pendência nesse mundo para deixa de ser um fantasma, pois com o passar do tempo, poderia se tornar um espírito maligno. Então Na Bong Sun resolve ajudar com seu plano para deixar de ser uma fantasma virgem e ainda de quebra ficar com o chefe. O que ambas não esperavam, era que Soon Ae se apaixonasse pelo chefe.

Resultado de imagem para oh my ghostess GIF

Vocês já me conhecem e não é C – POP  se não falarmos de shipp errado. No restaurante tem um cozinheiro muito fofo, e sim shippei ele com nossa “prota” não me matem, mas sim, em certos momentos queria muito que ela ficasse com Seo Joon.

Resultado de imagem para oh my ghostess GIF

Depois desses momentos de loucura voltei a mim e voltei amar  Na Bong Sun e Kang Sun Woo. O elenco de apoio foi fantástico, dei muitas risadas com os meninos do restaurante e com o irmão vagabundo da fantasma. Apesar o tema ser bem pesado, a história foi contada de forma leve, os clichês não foram algo pesado e ainda tivemos uma linda história de romance.

Descobrir que o vilão não era vilão, só estava possuído, me decepcionou, mas não quero entrar em detalhes para não estragar a história.

A mensagem do drama é linda e vale muito apena assistir. Oh my Ghost está disponível na Netflix em drama fever e viki

Anyoung haseyo!Sou Carol Bustamante de Rio Branco - Acre ( e sim tem dinossauros ) formada em Administração, viciada em anime , animações, marvete de coração e colunista da C - pop

C-POP

C- POP | Vale a pena assistir Meteor Garden?

Publicado

em

Vamos lá. Esse feriadão que foi abençoado por Deus me permitiu colocar vários dramas em dia e resolvi me dedicar totalmente à China. Já tinha assistido Meteor Garden, mas fiquei com aquela sensação de estar errada e resolvi assistir novamente. Para quem ainda não sabe do que eu estou falando, o que deve ser impossíve,l mas pasmem tem pessoas que não conhecem. Aqui vai a sinopse.

O drama é um remake de outro  taiwanês ”Meteor Garden” que é baseado na história do mangá japonês Hana Yori DangoShan Cai é uma garota de 18 anos que vem de uma família pobre. Foi aceita na universidade mais prestigiosa do país onde conhece o F4, um grupo exclusivo que consiste dos garotos mais belos e ricos da universidade: Dao Ming Si, Hua Ze Lei, Xi Men e Mei Zuo. Ela imediatamente entra em atrito com seus colegas, especialmente Dao Ming Si que é um babaca mimado e arrogante.

Eventualmente, os quatro garotos começam a reconhecer a personalidade inabalável de Shan Cai e ela também começa a ver o lado bom deles, abrindo caminho para amizade e romance. A emissora responsável pela distribuição é a Hunan tv e também está disponível na Netflix, em um total de 48 episódios.

Deixando bem claro que essa matéria terá bastante spoiler, além de minha humilde opinião. Não quero fica enrolando e falando de cada personagem então vou direto  ao ponto.

Muita gente idolatra Meteor Garden e Dao Ming Si, e devo dizer que isso me dá um pouco de medo. Calma vou explicar: existem dois momentos em que pensei seriamente em parar de assistir o drama justamente por cenas em que o personagem demonstrava seriamente problemas psicológicos e agressividade. A cena em questão acontece bem no início da trama quando Dao Ming Si pede comida no restaurante da família da nossa “Prota” e assim que ela chega para efetuar a entrega   ele simplesmente pega a comida e bate no rosto da mocinha e ainda tem pessoas que acham essa cena bonita, como assim Brasil? É uma cena muito forte. Acordem para vida! Resolvi continuar e dar mais uma chance e então me deparo com a cena chocante número dois, onde novamente Dao Ming Si ataca Shan Cai sendo que agora ele tenta agarrar a moça a força tentando beija-la. Isso me deixou em choque. Apesar de ter assistido outras versões, essas cenas me deixaram com medo do que estava por vir. Ainda bem que não veio nada pior do que isso, o que me deixou aliviada.

Fora esses problemas existe mais um que devo ressaltar: cadê a participação que todos amam do irmão de Shan Cai? Isso deixou um buraco na história, os produtores resolveram dar a ela um melhor amigo  que é um saco e que também gosta dela e blá blá blá.

Chega de falar das coisas ruins. Sei que tem muita gente querendo me matar agora, então vamos falar dos pontos positivos do drama que por sinal são muitos. Um deles é a história se passar na faculdade o que me deixou bastante feliz pois saímos desse mundo High school. E o mais legal nisso é que o F4 é temido sim, mas não são totalmente idiotas como nas outras versões. Deixa tia Carol explicar: nas outras versões, os alunos são extremamente maltratados ao receber a carta e não é o caso de Meteor Garden em que a carta simboliza um duelo com apostas. Essa ideia me deixou fascinada, não sei exatamente como aconteceu na primeira adaptação Taiwanês, mas eu amei a ideia.

O triangulo amoroso me deixou cansada e com preguiça. Estava tão óbvio que Lei merecia ficar com Shan Cai, mas já sabemos como isso acaba. A história foi muito arrastada por isso chega a  cansar o espectador. Esse vai e volta nos causa preguiça. Já que estamos falando de casais, tenho que falar do melhor deles: Xi Men e Jiang Xiaoyou que tem uma evolução muito linda.

A trilha sonora é fantástica e aconselho todo mundo ouvir <3

Então foi isso galera. Os pontos que me deixaram feliz e triste com o drama. Espero que tenham gostado. Não esqueçam de compartilhar com os amigos. No próximo c – pop falaremos de Paixão Imprevista.

Deixem nos comentários sua opinião sobre o drama e vamos interagir!

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

TRIP LISTA | Japoneses definem os 15 maiores rivais dos animes

TRIP LISTA | Japoneses elegem o ator “mais legal” da era Heisei de Kamen Rider

KAMEN RIDER CROSS-Z | Revelado trailer para o especial Build NEW WORLD, de Kamen Rider Build

METEOR GARDEN | Vale a pena assistir a nova versão de Hana Yori Dango?

METEOR GARDEN | Adaptação do drama finalmente chega a Netflix do Brasil

Continue lendo

C-POP

C – POP | Asian Music Festival : My Power

Publicado

em

Hoje, o C-POP vem falar sobre um festival de cultura asiática. Yeah!

Antes de falar sobre o festival em si, vou apresentar para aqueles que ainda não conhecem o Asian Music Festival, o primeiro festival a trazer K-idols para o Norte. Produzido pela produtora XTAR Entertainment em parceria com a K-Experience, o Asian Music Festival tem como objetivo criar uma experiência nova para o público referente a festivais de música no estado do Acre.

Em 11 de julho de 2018, a XTAR Entertainment nos apresentou com Fanmeeting, Meet & Greet + Hi-Hug e Fansign do grupo sul-coreano BLACK6IX e no dia 12 de outubro realizam seu novo festival intitulado Asian Music Festival: My Power, que terá como atração o cantor sul-coreano Dabit, da produtora Koffee Dream, e o dançarino paulista Shi Bessat, além de mais de 40 performances de dança e canto com artistas do Acre e Rondônia.

Para aqueles que ainda não conhecem o cantor Dabit, aqui vai uma breve introdução de sua carreira. O cantor debutou como integrante do grupo 24K, porém resolveu se dedicar a seu maior sonho, cantar e compor músicas com estilos diferentes.

Além dos shows, o Asian Music Festival promete muitas novidades e uma delas é o SHOWCASE, com um novo modelo de palco para artistas amadores e profissionais fazerem seus debuts e comebacks apresentando performances novas e incríveis. Muitas novidades vamos descobrir somente na hora do espetáculo.

Asian Music Festival: MyPower acontecerá na Faculdade da Amazônia Ocidental – FAAO, no dia 12 de outubro das 11h às 21h.

PASSAPORTES DISPONÍVEIS:

https://www.sympla.com.br/asian-music-festival-my-power—rio-branco-acre__351559

Continue lendo

C-POP

C – POP | Minhas paixões Coreanas

Publicado

em

Atenção galera, Carol Bustamante na área!

E hoje resolvi falar pra vocês o que me fez amar a Coreia, já falei sobre K- POP e dramas, mas nunca disse o que me fez entrar nesse mundo, resolvi começa com as minhas primeiras paixões, uma delas se chama 2ne1 , devo dizer que comecei a frequentar eventos de animes na minha cidade e em meados de 2014 fui num evento chamado ANIMEGAMI, foi meu primeiro evento e onde fiz meu primeiro cosplay, pois já conhecia o mundo japonês desde pequena com animes, então fui no evento e ao chegar lá notei um grupo de pessoas com roupas bem extravagantes (olha quem fala, a louca que estava com roupa do Sasha do SNK)  e comecei a observar o que eles iriam apresentar até que eu descobri o que era o famoso k-pop, por sorte a primeira apresentação que prestei toda atenção foi da musica “Crush” do  2ne1, e fiquei muito curiosa e desesperada atrás de saber quem cantava e fiquei na inocência achando que a coreografia era 100% autoral.

Resultado de imagem para GIF CL

Fiquei ouvindo a música sozinha, claro que eu não disse para ninguém que estava curtindo as musicas, sabe aquele conceito que você rotula? Pois é, eu rotulava o gênero musical como algo de criança, sei lá de onde isso veio, mas enfim, eu tinha essa mentalidade, então algumas pessoas que não vou citar nomes né, para preservar sua identidade, Gustavo cof, cof, queria me fazer gostar de BTS a força.

Ele me passou várias músicas, como por exemplo “Danger“, se estávamos  na parada de ônibus ele colocava BTS, se íamos comer ele colocava BTS, ou seja, minha segunda paixão secreta foi os meninos do BTS. Nessa altura do campeonato comecei a pesquisar sobre outros grupos e conheci minha outra paixão chamada EXO, quando cansei desse mundo da música fui explorar outros horizontes e cheguei nos Dramas, sem intenção alguma de assistir, meu primeiro drama foi To Be Continued e juro que pensei que era mais um filme com o Jet Li , e para minha surpresa estava lá eu apreciando os meninos do Astros na sua promoção e devo dizer que fiquei estasiada.

Comecei a pesquisar feito louca vários assuntos e assim nasceu meu amor pelos Coreanos, daí para frente até minha mãe já sabia quem era Lee Min-ho e como esse texto já está enorme!

Ainda nessa semana irei postar a minha lista de paixões sul-coreanas, e vocês como entraram nesse mundo chamado Coreia?

Compartilhem com os amigos e deixe nos comentários sua história. 


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

C – POP | Melhores grupos femininos de k-pop

VAMPIRE: THE MASCARADE – BLOODLINES | A jóia perdida e ainda o melhor rpg oficial de vampiros

OPERAÇÃO DRAGÃO | Diretor de Deadpool 2 quer comandar o remake do clássico filme estrelado por Bruce Lee

O CORINGA | Robert De Niro negocia participação no filme

PES 2019 | Konami libera trailer que confirma a data de estreia da Demo do ga


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: