Connect with us

Escondido na Netflix

ESCONDIDO NA NETFLIX | Kung-Fusão

Publicado

em

-Que tal assistir a um filme de kung fu?
Talvez você diga: não, é muito sério…
Retruco dizendo: é engraçado à beça!
-Jack Chan, cansei, você responde.
-Não, não, é bem cartunesco, eu insisto.
-Kung fu Panda já assisti! Diz você.
-Mas não é desenho.
-Que raios de filme é esse? Você enfim pergunta.
Respondo: Kung-fusão!

Pense num filme diferentemente surtado, ele é uma mistureba danada que tinha tudo pra dar errado, mas ficou excelente!
Ele tem elementos de matrix, uma vila estilo Chaves com uma dona de um cortiço que faz lembrar a dona Florinda, gângster, perseguição a la coiote e papa-léguas, efeitos especiais comicamente exagerados, porém bem feitos, e muita, mas muita pancadaria

E tudo isso se alinhou formando um filme que é difícil de se esquecer depois.

O filme se passa por volta da década 30 ou 40, e conta a história de um mané metido a sabichão (interpretado por Stephen Chow, que também assina o roteiro, a produção, a direção e a trilha sonora) que, para melhorar de vida, quer entrar na principal gang da China naquela época, a “gang dos machados”.
E enquanto isso, os moradores da cidade, onde tudo se passa, sofrem com as opressões impostas pelas gangs, principalmente a dos machado.

E durante essa jornada de tornar-se um dos machados, nosso protagonista descobre que existe uma pequena vila que consegue resistir às investidas das gangues e é justamente nessa vila que Chow quer provar seu valor e ser recrutado.

No entanto, o que ele não contava é que a vila é um reduto de mestres lendários do kung fu.

O elenco é carismático, e se diverte, as atuações são competentes e dão conta de tal inusitada tarefa de equilibrar humor pastelão com artes marciais milenares.
E é tudo bem criativo e divertido!

As sequências de luta foram coreografadas pelo veterano Woo-ping Yuen (O Tigre e o Dragão, trilogia Matrix, Kill Bill Vol. 1 e Vol. 2). O figurino é bom, a trilha sonora é excelente, e o roteiro é simples e competente.

Imagino o sucesso que “Kung-fusão” teria feito de houvesse sido gravado no mercado americano.
É um filme divertido de se ver, e mais ainda divertido ainda de se recomendar.

Kung-Fusão está “escondido na Netflix”, mas assista logo hein, pois quase que diariamente a Netflix recolhe filmes de seu rico catálogo.
E não se esqueça de deixar seus comentários e suas indicações e até semana que vem.

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes. Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater). Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas HATEANDO! Demorei, mas eu vi! Escondido na Netflix

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: