Connect with us

Listas

TRIP LISTA | O melhor do cinema em 2018 – o ano que não quer acabar (parte 1)

Publicado

em

Colin Firth, Oscar®-nominee for Performance by an Actor in a Leading Role, Helena Bonham Carter, Oscar®-nominee for Performance by an Actress in a Supporting Role, Tim Burton, Javier Bardem, Oscar®-nominee for Performance by an Actor in a Leading Role, Penelope Cruz, Michelle Williams, Oscar®-nominee for Performance by an Actress in a Leading Role, Busy Philipps, Deborra-Lee Furness, Hugh Jackman, and Halle Berry attend the live ABC Television Network broadcast of the 83rd Annual Academy Awards® from the Kodak Theatre in Hollywood, CA Sunday, February 27, 2011.

Apesar de, como diz o ditado, gosto não dever ser objeto de discussão, reconheçamos que é tentador demais apresentar listinhas com as coisas que, na opinião individual, foi bom ou ruim no ano que passou. Afinal, réveillon é tempo de reflexão, de fazer planos e de prometer fazer mais e melhor nos próximos 365 que se seguirão e, para isso, é essencial ver o que deu errado e o que funcionou naquele que se vai.

Desse modo, sem resistir à tentação, vamos apresentar uma lista – absolutamente pessoal, mas seguindo algum critério lógico – daquilo que de melhor aconteceu no mundo pop, entre eventos, cinema e televisão.

Essa primeira lista estará circunscrita ao universo cinematográfico. Quem quiser sugerir lista de músicas, peças teatrais, espetáculos circenses e afins, esteja à vontade para indicar os seus preferidos e, se tiver uma boa repercussão, não serão esquecidos, e promete-se que haverá uma lista sobre isso também.

Dito isso, vamos ao que interessa: os melhores filmes de 2018!!!

 

(para a leitura não ficar cansativa, vamos dividir a lista em duas partes, publicadas durante dois dias! não deixei de deixar seu ‘joinha’, comentários e de compartilhar com quem puder, falou?)

___________________________________________________________________

JANEIRO

Foto: Divulgação

Janeiro é mês de férias escolares aqui no Brasil. A criançada está em casa e alguns pais costumam ficar loucos com a bagunça que elas fazem em decorrência do tédio que rapidamente tomam conta delas.

As produtoras – que de bobas não têm nada – aproveitam tal período para abarrotar os cinemas de filmes que sejam passíveis de serem assistidos por toda a família.

Desse modo, pode-se citar como as boas surpresas do primeiro mês do ano de 2018, os filmes: Viva: A Vida é uma Festa; Jumanji: Bem-vindo à Selva; Maze Runner: A Cura Mortal.

Começando pelo último da lista, Maze Runner: A Cura Mortal foi lançado meio que “fora de época”, haja vista que o segundo capítulo da franquia (Prova de Fogo) foi lançado em 2015. O ator principal, Dylan O’Brien (que dá vida a Thomas), sofreu um seríssimo acidente durante as filmagens de A Cura Mortal, o que quase comprometeu o lançamento do longa. Mas, apesar da distância entre os dois primeiros filmes, A Cura Mortal acaba por se revelar um filme de ação muito bom, bem resolvido do ponto de vista narrativo e visual, sendo, de todas as distopias adolescentes que invadiram o cinema na última década (Jogos Vorazes, Divergente etc.) a mais corajosa e violenta.

Viva: A Vida é Uma Festa, como esperado, é um espetáculo de belíssimas imagens, personagens cativantes e história de fundo bastante filosófico apresentada de forma extremamente competente para o público infantil, mas que também emocionará marmanjos de todas as idades. Incrível como a Pixar/Disney consegue falar de morte, envelhecimento, Alzheimer e coisas tão “pesadas” de forma tão lírica, poética, leve e bonita!!! Sensacional.

Por último, o reboot de Jumanji foi uma gratíssima surpresa! Dwayne ‘The Rock’ Johnson confirma seu (literal) enorme carisma, além de trazer atores e atrizes – Karen Gilian (a Nebulosa, de Guardiões da Galáxia), Jack Black (Goosebumps), Kevin Hart (Um Espião e Meio) etc. – que passaram a ideia de que se divertiram horrores durante as gravações. Inesperadamente, o filme, que tinha enormes chances de ser um estrondoso fiasco, ao contrário, dá um enorme gosto de “quero mais”.

FEVEREIRO

Foto: Divulgação

A Forma da Água (Guillermo del Toro), sem dúvida, foi a melhor coisa do cinema em fevereiro de 2018, apesar de contar com a companhia de Trama Fantasma, Pequena Grande Vida (com Matt Damon), A Grande Jogada (com Jessica Chastain), Três Anúncios Sobre Um Crime, Lady Bird, Eu, Tonya (com  Margot Robbie) e Cinquenta Tons de Liberdade.

Não poderia ser diferente para o mês que antecedeu à cerimônia do Oscar contar com vários dos concorrentes.

Mas, se Trama Fantasma contava com o apelo de ser o anunciado último filme do monstro Daniel Day Lewis; Três Anúncios Sobre Um Crime ser um compêndio de interpretações magníficas (Frances McDormand, Sam Rockwell, Woody Harrelson e cia.); e Cinquenta Tons de Liberdade (um tédio!!!!) contar com um apelo de marketing profissional e espontâneo gigantescos, a obra que se destaca, sem margem a maiores questionamentos, é A Forma de Água do nerd Guillermo del Toro (Hellboy), tanto na ambientação e história de “conto de fadas” fantástica e adulta (tudo que “Cinquenta Tons…” queria ser), quanto nas interpretações magnéticas de Sally Hawkins (sem dizer uma só palavra em todo filme!) e Michael Shannon (Homem de Aço) e na direção mágica de del Toro.

Obra prima!!!!

MARÇO

Março, definitivamente, decepcionou!

Círculo de Fogo: A Revolta – sem Guillermo del Toro – é totalmente esquecível; Tomb Raider: A Origem é bom, mas sem brilho (um desperdício para o enorme talento, beleza e carisma da dedicada Alícia Vikander); e Operação Red Sparrow, apesar da nudez desglamourizada de Jennifer Lawrence (Jogos Vorazes), que podia ser um grande apelo, é um filme “vazio”, excessivamente violento e sem dizer a que veio. Uma Dobra no Tempo (com Chris Pine, Oprah Winfrey e Reese Witherspoon), cheio de boas intenções e muitas pretensões, naufragou feio.

Salva-se Jogador Nº 1, do grande Steven Spilberg, nadando de braçada com a mistura de live action e animação, denotando estar de volta à sua velha grande forma. O filme é uma verdadeira homenagem ao universo pop, nerd e cinematográfico, contendo mais referências e easter eggs por quadro do que todas os filmes e séries da Marvel e da DC juntos! Muitos não entenderam a proposta da obra, mas que tem potencial para se tornar cult, tem.

ABRIL

Foto: Divulgação

Um só título: Vingadores: Guerra Infinita!!!!!!!!!!

Mesmo com o ranço dos decenautas mais fundamentalistas – que defenderão até à morte que Aquaman (vide dezembro, abaixo) é o melhor filme de super-heróis já feito – não há como dizer que Vingadores: Guerra Infinita não seja épico, grandioso, emocionante, surpreendente, belíssimo entre outras tantas coisas que se possa falar a respeito de um clássico absoluto.

Culminância de 10 anos de trabalho lento, gradativo e paciente da Disney/Marvel, Guerra Infinita, além de uma obra de arte pelo que encerra, chega a ser quase incomparável, ainda que seja apenas metade de uma obra em duas partes, que terminará em abril de 2019!

Sem dúvidas, a melhor coisa de todo 2018!

(cabe uma menção honrosa à Rampage: Destruição Total, novamente estrelado por Dwayne Johnson, que, sem questionamento, é o mais relevante ator de ação da atualidade, capaz de encabeçar vários sucessos desse gênero em um único ano, como foi o caso de 2018. Rampage é absurdo – um gorila albino, um lobo e um crocodilo gigantes atacando a cidade – mas é incrivelmente despretensioso e divertido, conseguindo a proeza de ser lembrado mesmo no mês em que Guerra Infinita reinou absoluto!)

Foto: Divulgação

 

 

 

MAIO

Foto: Divulgação

O mercenário mutante mais desbocado e politicamente incorreto dos quadrinhos – e agora também do cinema – não deu muito espaço para seus concorrentes no chamado “mês das noivas”.

Deadpool 2, mesmo não sendo tão brilhante quanto a primeira aventura do anti-herói, é extremamente divertido, violento, autoparodiador e bem produzido.

É delicioso ver o universo dos X-Men – tão ‘certinho’ e dramático – ser achincalhado sem dó nem piedade pelo falante mercenário com fator de cura.

O reboot de Desejo de Matar, com Bruce Willis e Han Solo: Uma História Star Wars, até tinham pretensões de disputar com Deadpool 2, mas a violência gráfica e repetida de Desejo de Matar não convenceu, e a aparentemente apressada história de origem do maior malando da galáxia muito distante tirou muito da magia havida em torno de um dos mais queridos personagens do cinema.

Dessa forma, Wade Wilson não teve maiores dificuldades para chutar os traseiros do eterno ‘duro de matar’ e do apenas correto Alden Ehrenreich, que teve a ingrata tarefa de dar vida ao jovem Han Solo no filme homônimo.

JUNHO

Foto: Divulgação

No mês das quadrilhas, a quadrilha de Oito Mulheres e Um Segredo chefiada por Sandra Bullock e várias outras estrelas (Cate Blanchett, Rihanna, Anne Hathaway, Helena Bonham Carter etc.) não atraiu muita atenção para se ver mais do mesmo da franquia “tantos” homens e um segredo, só que de salto alto.

O destaque fica por conta de Jurassic World: Reino Ameaçado, que impressionantemente, mantém um fôlego absurdo nesta ressurreição da franquia iniciada na década de 1990 com Steven Spielberg, e pela inexplicavelmente demorada sequência de Os Incríveis (2004), singelamente chamada de Os Incríveis 2.

A saga da família superpoderosa, mesmo após inacreditáveis 14 anos do primeiro filme, é divertidíssima, repleta de ação, aventura, humor e tensão na medida certa! Programa de primeira para toda a família!

Cabe uma nota para Sicario: Dia do soldado, continuação do excepcional filme de 2015, que mantém dois dos complexos personagens e a ambientação amarga da obra original, mas sai perdendo justamente pela comparação com a obra-prima do longa antecessor.

____________________________________________________________________

E aí, tripulantes? Gostaram da lista?

Amanhã postaremos a lista com os melhores filmes de julho a dezembro!

E, na próxima semana, traremos a lista sobre os melhores e piores da televisão a cabo e canais de streaming.

Até a próxima viagem!!!!


 SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial

TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial

INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_

VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

GUARDIÕES DA GALÁXIA | Artista revela arte conceitual para a Tropa Nova que lembra muito o guerreiro Nova

CAPITÃ MARVEL | Nova arte promocional apresenta a StarForce

TEEKCAST #50 | Aquaman – O que achamos do filme

DC UNIVERSE | Confira o trailer promocional de 2019!

TITANS | Episódio bom, final esquisito! – Episódio #11: Dick Grayson (Crítica – Season Finale)

TRIP LISTA | Os melhores filme de Natal

TEEKCAST ESPECIAL | Crossover Elseworlds

BUMBLEBEE | Nostalgicamente indo do céu ao inferno! – Crítica do Don Giovanni

VAMPYR | Se torne um Vampiro nesse game com enorme potencial (Review)

OUTLANDER | Conheça mais sobre o passado de nossos personagens favoritos

SUPLA | Rockeiro lança clipe em animação ilustrado pelo desenhista de Rick and Morty

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: