Connect with us

Listas

TRIP LISTA | Os melhores Games de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

Publicado

em

Salve, salve tripulantes!! Dessa vez a equipe Nerdtrip se reuniu para votar nos melhores games de todos os tempos! Valendo desde o mais antigo dos Arcades até o mais sofisticado jogo de última geração, cada membro da equipe elegeu seus 10 preferidos e depois através de um sistema de pontuação onde cada primeiro lugar recebeu 10 pontos, cada segundo lugar 9 pontos, cada terceiro lugar 8 pontos e assim sucessivamente, até chegar ao décimo que recebeu um ponto, apuramos o seguinte ranking:

10º – The Elder Scrolls V: Skyrim

The Elder Scrolls já possuia em seu currículo títulos conhecidos como Oblivion e Daggerfall, e com o lançamento de The Elder Scrolls V: Skyrim a reação do público não foi diferente. A obra trouxe inovação para os PC’s da época com uma variedade de missões, NPC’s e Guildas em mundo aberto repleto de conteúdo para ser explorado. Skyrim foi lapidado pouco tempo depois do lançamento de Oblivion (2006), ganhando uma icônica língua ancestral que além de ser transformada em trilha sonora por Jeremy Soule e Adam Adamowicz, teria enorme importância no enredo.

Todo o trabalho executado pela equipe desenvolvedora gerou boas horas de Gameplay e eternizaram a jornada do Dovahkiin nos corações dos jogadores. Vivenciar uma profecia lendária enquanto desfruta de uma trilha sonora inesquecível e um sistema de jogabilidade agradável nunca foi tão bom para os amantes de RPG. Skyrim foi como um prato cheio para quem gosta de explorar os variados tipos de combinações em jogos do mesmo gênero. (por Laryssa Stoller)

Mundo aberto de proporções gigantescas, Batman: Arkham City é, em minha opinião, o melhor da franquia de games Batman Arkham que havia sido iniciada em 2009 com Batman: Arkham Asylum. Lançado em 2011, Arkham City traz quase todos os vilões do Batman em algum momento da história do jogo, desde o mais obscuro, como o Homem-Calendário até os mais clássicos como Coringa e Charada. Para os fãs do “Morcegão” é um prato cheio e suculento. Horas de diversão garantida num cenário sombrio e caótico, digno das melhores histórias de HQ.

A jogabilidade é excelente, e com a prática o gamer consegue sem problemas aprender todos os tipos de golpes e como usar cada apetrecho do arsenal do herói. A história é cativante e cada novo personagem que surge é uma agradável surpresa para os fãs das HQs do personagem. Platinar Batman: Arkham City é uma tarefa dificílima, devido ao número de itens a serem recolhidos e missões secundárias a serem realizadas. Porém não impossível.

Posteriormente já foram lançados mais 3 jogos da franquia: Batman: Arkham Origins (prequel) de 2013, Batman: Arkham Knight de 2015 e Batman: Arkham VR de 2016 para ser jogado com óculos VR. Porém Batman: Arkham City ainda é o melhor da franquia. (por Jorge Obelix)

8º – Chrono Trigger

Criado em 1995, pelo considerado “time dos sonhos”, Chrono Trigger teve seu desenvolvimento nas mãos de grandes lendas como Hinorobu Sakagushi (criador da série Final Fantasy), Akira Toriyama (criador de Dragon Ball), Yuji Horii (criador de Dragon Quest). Produzido pela Square inicialmente apenas para Super Nintendo, esse jogo é considerado por muitos o melhor rpg de todos os tempos devido à sua incrível história com foco em viagens no tempo, sua fabulosa trilha-sonora e a fantástica arte de Akira Toriyama.

O jogo conta a história de Chrono, que durante um festival milenar de seu país, acaba viajando para o passado através de um portal para buscar uma garota que havia acabado de conhecer e que havia sido sugada por esse vortex. A partir daí, na pele de Chrono e diversos personagens que acabam surgindo na história, você vivencia uma enorme aventura que possui 13 finais alternativos. O jogo posteriormente ganhou versão para PlayStation One e Nintendo DS (por Luiz Rocky)

7º – Super Mario World

Lançado no Japão em 1990 com o título de Super Mario 4, este game para plataforma Super Nintendo ganhou o resto do mundo com o título Super Mario World. Estão de volta o encanador Mario, seu irmão Luigi e, pela primeira vez surge o dinossauro Yoshi, que tantas vezes seria sacrificado para salvar a vida dos protagonistas cujo objetivo é (mais clichê impossível) salvar a princesa Peach das garras do vilão Bowser.

Bidimensional, o jogo possui um mapa enorme e é cheio de surpresas e passagens secretas que por sua vez levam a outros mapas menores. Pessoalmente levei meses para percorrer tudo, jogando muitas horas por semana. Ou seja, é garantia de diversão por muito tempo. Sem dúvidas um dos melhores jogos lançados para Super Nintendo. (por Jorge Obelix)

6º – Sonic: The Hedgehog

Você não achou que o ouriço mais famoso dos vídeo games ficaria de fora dessa lista, achou? Sonic The Hedgehog é o jogo mais popular do Mega Driver, o console da era 16-bits da Sega. Lançado em 1991 e produzido pelo Sonic Team, Sonic The Hedgehog é um jogo de plataforma, de deslocação lateral em 2D, em que você controla Sonic, um ouriço que tem supervelocidade e que tem a missão de percorrer 7 cenários e impedir o malvado Dr. Robotnik (chamado de Eggman no Japão).

Dentre os pontos do jogo, temos a maravilhosa trilha-sonora composta por Masato Nakamura, este que conseguiu criar temas que simplesmente grudam na cabeça do jogador, vale sem dúvida mencionar as músicas da Green Hill Zone, Marble Zone e o tema do Robotnik. Até hoje Sonic The Hedgehog continua divertido e desafiador, ainda conseguindo trazer algumas horinhas de diversão dependendo da habilidade do gamer. O jogo serviu para destronar de vez o Alex Kidd, e transformar o ouriço azul no novo mascote para a Sega. (por Luiz Rocky)

5º – Grand Theft Auto (GTA) V

A franquia Grand Theft Auto tornou-se conhecida mundialmente ao oferecer um sistema diferenciado de gameplay fugindo um pouco dos padrões de jogos da época apresentando uma temática mais adulta. Não fosse uma das franquias mais rentáveis de toda a indústria de jogos, a obra criada por  David Jones e Mike Dailly carrega o título de  jogo do gênero ação a alcançar o maior valor em vendas em 24 horas. No sétimo título da ambiciosa franquia a experiência foi ainda mais icônica, contando pela primeira vez com 3 personagens jogáveis em um mundo aberto com infinitas possibilidades e missões muito divertidas, GTA V provou que quem é Rei jamais perde a Majestade, mantendo uma jogabilidade, enredo e gráficos que agradaram imensamente o público que não dispensa uma boa ação e levando o título ”Game of The Year” em inúmeras fontes. (por Laryssa Stoller)

 

 

4º – Grand Theft Auto (GTA): San Andreas

Grand Theft Auto ou GTA para os íntimos é uma franquia de jogos muito popular, principalmente aqui no Brasil onde praticamente 10 entre cada 10 pessoas já jogaram algum jogo da série. O fato é que GTA San Andreas foi certamente um dos jogos mais vendidos da história, um ótimo jogo e uma grande evolução no mundo dos games, uma história não muito forte, mas fácil de entender e com altos “plot-twist”. O game é com certeza um dos melhores jogos da época no consagrado Play Station 2 que fazia você viciar e explorar ele por dias e dias.

Marcado por um mundo aberto, que querendo ou não, continua grande, com personagens marcantes, momentos marcantes, cenas marcantes. Um jogo, marcante até hoje (por isso está neste top 10!). Fez parte da vida de muitos gamers, e deu o início a jogatina de muitos também.

Na época o jogo possuía bons gráficos, com detalhes de danos em carros, a paisagem das praias e do pôr do sol era algo de extrema exuberância que casava com uma história que contava com ótimos personagens e momentos marcantes, como o reinado “temporário” da Groove Street e as incríveis batidas musicais da rádio K-Rose e Los Santos, aqui os jogadores colocavam em estações de rádio que tocavam músicas perfeitas que casavam com o jogo e iam andando sem rumo no mapa, apenas decorando as músicas e fazendo uma leve baderna nas ruas.

Um jogo incrível e de extrema importância no vício gamer de muitos jogadores da nova geração, um game que merece ser prestigiado e lembrado até hoje, pois ele foi o carro-chefe para que deixasse a Rockstar Games com o status de uma poderosa produtora de games atualmente, o que é bem merecido pelo o que ele vem fazendo, um trabalho incrível.  (por Igor Ops)

3º – The Witcher 3: Wild Hunt

Falar desse game é mato. Talvez o mais premiado do nosso tempo juntamente com The Elder Scrolls V – Skyrim, The Witcher 3 é a conclusão de um épico na história dos games.

A verdade é que a história dos games trouxe  gênios do nível de Tolkien e C.S. Lewis das prateleiras para esse universo. Toda a história dos jogos são do universo do escritor polonês Andrej Sapkowski (as vezes amado, as vezes odiado como J.R.R. Martin), sendo claramente uma adaptação do fim dos livros do mestre.

Mas aí entra a coragem de um grande time, hoje unanimidade entre os gamers: a CD Projekt Red  que unindo respeito aos gamers, projeto impecável  e história irrepreensível fizeram de TW3 algo único e febril na história dos jogos.

TW3 pega a verve de seus dois antecessores (The Witcher e The Witcher 2: Assassins of Kings, igualmente brilhantes) e aumenta todas as expectativas no mais alto nível. Inicia trazendo a história de Ciri, a “pupila” de Geralt, filha do imperador implacável de Nilfgaard, Emmyr Var Emreis. Geralt e a treina em Kaer Morhen, fortaleza dos bruxeiros do Clã do Lobo junto com seu tutor e amigo Vesemir.

Após muitos anos e muitas aventuras, o Emmyr chama Geralt a mando da feiticeira Yennefer de Vengerberg, sua grande paixão do passado. A missão seria descobrir o paradeiro de Ciri, que teria se envolvido com um culto de mortos-vivos apocalípticos conhecido como a Caçada Selvagem. A partir daí e depois com a igualmente sexy Triss Merigold, o bardo Dandelion e o sempre amigo Zoltan Chivay, recomeçam as desventuras do bruxão que envolvem fantasia, terror, batalhas, sexo (muito) e um certo lado paternal (que pra mim é melhor que God of War 4).

Tudo que eu disser sobre esse game é grandioso. Mas fica aqui a citação a um game nostálgico, Phantasy Star III: Generations of Doom (do Mega Drive) onde sim, o seu envolvimento amoroso pode decidir os rumos do jogo, isso só pra falar de um dos pontos do espetacular mundo tridimensional criado pelos roteiristas. TW3 é um épico histórico, eloquente como poucos jogos chegarão a ser, e está no topo do Olimpo dos games atuais, sem nenhum desmerecimento, onde poucos games até agora conseguiram ficar. (por Marcos Roberto Neves)

2º – The Last of Us

The Last of Us explora o mesmo cenário pós-apocalíptico de dezenas de outros jogos, mas sua abordagem é totalmente própria. Ele pinta uma visão de um futuro próximo que é frio, sem coração e, em muitos casos, absolutamente mal. Não é um lugar divertido para se estar, e da mesma forma, o jogo não é realmente divertido de se jogar.

The Last of Us é estrelado por Joel, um sobrevivente de meia-idade e grisalho que foge de uma peste fúngica que transforma suas vítimas em monstros homicidas. Joel está vivendo sua vida em uma zona de quarentena protegida militarmente na costa leste dos Estados Unidos. No meio de uma operação de contrabando, ele conhece Ellie, uma garota de 14 anos tentando fazer o seu caminho para o oeste por razões misteriosas. A circunstância os une e ambos partem em uma perigosa viagem através do país.

As melhores partes de The Last of Us são dedicadas a construir esses dois personagens e seu relacionamento um com o outro. O desenvolvimento de Ellie é especialmente poderoso. Embora endurecida pelo mundo em que vive, fala e age como uma adolescente crível. Quando ela fica brava com Joel, sua raiva é aparente fora das cenas – ela visivelmente retrocede e rejeita os comandos de Joel. Outras vezes ela pula, sussurra para si mesma e conversa sobre tópicos aleatórios com os quais você esperaria que uma criança de 14 anos se preocupasse.

O compromisso da desenvolvedora Naughty Dog com esse tom sombrio e deprimente é alternadamente impressionante e frustrante. Apesar de alguns defeitos de mecânica de jogo, como a inteligência artificial de alguns parceiros de Joel e Ellie que fazem o jogador muitas vezes querer deixa-los morrer, The Last of Us tem uma narrativa digna de Oscar que envolve e emociona o jogador do início ao fim do jogo. (por Tiago Cezar)

1º – The Legend of Zelda: Ocarina of Time

O jogo mais fabuloso do Nintendo 64 e da história dos games. O jogo que teve a maior pontuação na história do Metacritic, com avaliação máxima de 99 em 100 pontos, The Legend of Zelda: Ocarina of Time é o nosso primeiríssimo lugar e por suas incríveis façanhas, este jogo merece sim estar no primeiro posto de qualquer lista relacionada a games.

Podem existir algumas pessoas que não gostam desse jogo e essas pessoas foram as que nunca jogaram, porque tipo assim, ele é um jogo perfeito! Ele tem tudo de bom em gráficos, ele tem uma história boa, ele tem uma jogabilidade incrível e ele tem até uma espada super maneira, só isso garante muitos pontos!

Mas falando sério, esse jogo mostra a história bem interessante, onde acompanhamos o nosso querido Link (personagem principal, ele não se chama Zelda catzo!) teve que livrar o mundo das garras do terrível Ganondorf, pois ele está querendo se apossar do triforce, que vai dar um poder inimaginável para qualquer um que botar as mãos nele, seja para o bem ou para o mal. Esse jogo é exuberante e um dos principais diferenciais por exemplo são as músicas, fazendo com que as vendas de Ocarina disparassem depois do lançamento do jogo e muita gente nem sabia e nem sabe o que é Ocarina até hoje (inclusive este redator!).

Brincadeiras à parte, Ocarina é um instrumento musical e é objeto mais cobiçado neste jogo de aventura e RPG em mundo aberto. Até então, nesta época o jogo acabou revolucionando também por não ter muitos jogos em mundo aberto, como temos de montão até agora. Uma curiosidade bastante legal envolvendo a produção de Ocarina of Time é que o jogo quase foi em primeira pessoa, você consegue imaginar isso acontecendo?

Os produtores do game queriam que o Link não aparecesse na tela até que ele entrasse em combate, mas só que eles não aguentaram a pressão, o Link não aparecer seria um tiro no pé, um personagem tão famoso que usa o seu chapeuzinho verde. Com a insistência da Nintendo, a desistência dessa ideia acabou servindo de argumento para que os produtores do game criassem a mecânica do Z target, algo inovador na época e que acabou ajudando bastante na exploração da jogatina. Por inúmeras façanhas, The Legend of Zelda: Ocarina of Time é o maior jogo de todos os tempos e merece ficar um bom tempo neste primeiro posto. (por Igor Ops)

Abaixo, saiba quem são e como votaram nossos redatores do Nerdtrip:

 

Fernanda “Momoko” Dias

22 anos, amante de gatos, animes, dança, admiradora da cultura pop oriental, viciada em Just Dance, cosplayer e aprendiz de gamer.

 

 

1º Nier: Automata
2º Bound
3º Life Is Strange 
4º Kingdom Hearts II
5º Tomb Raider: Legend
6º Just Dance 2019
7º Persona 3
8º GTA V
9º Silent Hill: Shattered Memories
10° Patapon 3

 

“Don” Giovanni Giugni

É o exército de um homem só, por trás da “Casa das Ideias Nerd”. Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de “Superman” de 1978 e “O Império Contra-ataca”. Destemido desenhista e intrépido apaixonado por “Super-heróis”, vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

 

1º Batman: Arkham City
2º Driver 2
3º Tekken 3
4º Driver
5º Mortal Kombat 2 
6º Cadillacs and Dinosaurs 
7º Crui’n World 
8º Galaga 
9º River Raid 
10° Adventure 

 

Guilherme Lemes

O único podcaster do Brasil com voz de taquara rachada e fã numero 1 de Homem-Formiga! Oficialmente um hater da Dc e amante da Marvel, coleciona desde etiquetas de tênis até grandes figuras de ação. Apaixonado por Guardiões da Galáxia, tendo até uma tatuagem no braço (realmente, um fanboy da Marvel…).

 

1º Medal of Honor: Vanguard
2º Sonic the Hedgehog
3º GTA: San Andreas
4º Streets of Rage
5º Tintin Au Tibet
6º Midnight Club 3: Dub Edition Remix
7º Ratchet and Clank
8º Star Wars: The Force Unleashed
9º Marvel: Ultimate Alliance
10° Diablo 3

 

Hugo “Senhor da Ordem” Francato

RPGista, colecionador de HQs desde 1992, viciado em séries e profundo conhecedor do Universo Marvel (mas gosta da DC também).

 

 

1º Megaman 3
2º Chrono Trigger
3º Super Mario World
4º Battletoads (NES)
5º Contra (NES)
6º FIFA 17
7º Super Metroid (SNES)
8º Spider-Man (PS4)
9º Star Craft
10° X-Wing vs Tie Fighter

 

Igor “Ops” Souza

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte.

Apresentador do Teekcast, respeita a Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

 

1º The Legend of Zelda: Ocarina of Time
2º Super Mario 64
3º The Legend of Zelda: Breath of The Wild
4º Pokémon: Fire Red
5º The Legend of Zelda: Majora’s Mask
6º Red Dead Redemption
7º Grand Theft Auto: San Andreas
8º Super Mario Kart
9º Top Gear
10° Sonic The Hedgehog 2

 

João “Neófito” Nélio

Sou um quarentão apaixonado pela cultura pop em geral. Adoro quadrinhos, filmes, séries, bons livros e música de qualidade.
Pai de um lindo casal de filhos e ainda encantado por minha esposa, com quem já vivo há 19 bons anos, trabalho como Oficial de Justiça do TJMG, num país ainda repleto de injustiças.
E creio na educação e na cultura como “salvação” para nossa sociedade!!

1º God Of War 2
2º Street Fighter 2 (original)
3º Star Wars Battlefront
4º Star Wars Battlefront 2
5º Doom
6º Gears of War
7º Assassin’s Creed II
8º Injustice: Gods Among Us
9º The Witcher 3
10° Super Mario World

 

Jorge “Obelix” Cardoso

Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicolas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

 

 

1º – Civilization V
2º – Star Wars Battlefront
3º – Far Cry 4
4º – Batman Arkham City
5º – Donkey Kong Country 3
6º – Super Mario World 
7º – Alex Kidd in Miracle World
8º – Super Street Fighter II
9º – Star Wars Battlefront 2
10° – Age of Empires 3 

 

JR “Mestre Hater” Costa

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes.  Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater).

Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas “HATEANDO!” “Demorei, mas eu vi!”  e “Escondido na Netflix”.

 

1- Pro Evolution Soccer
2- Black
3- Super Mario World
4- Driver 2
5- Mortal kombat 3 (super Nintendo)
6- Super Mario kart 
7- Space Invaders (Atari)
8- God of war 2
9- Sonic The Hedgehog 2
10- Donkey Kong Country 2

 

Kathe Reis

Adoro filmes de terror e suspense e séries principalmente The Walking Dead.

 

 

 

1º The Last of Us
2º GTA V
3º Batman: Arkham Knight
4º Red Dead Redemption 2
5º The Walking Dead
6º Resident Evil 2
7º Outlast
8º Resident Evil 7: Biohazard
9º GTA: San Andreas
10° Far Cry 4

 

Laryssa Stoller

20 anos, Gamer de carteirinha, viciada em animes & cultura pop oriental, admiradora nata de Cyberpunk, RPG, e o melhor do mundo Nerd.

 

 

1º The Legend Of Zelda: Ocarina Of Time
2º The Witcher 3: Wild Hunt
3º The Elder Scrolls V: Skyrim
4º The Last of Us
5º GTA V
6º Hellblade
7º L.A Noir
8º Outlast
9º Far Cry 3
10° Final Fantasy XV

 

Luiz Rocky

Estudante de Educação Física. Sou apaixonado por cinema, mangás, games, séries e Star Wars.

 

 

 

1º Star Wars: Knights of the Old Republic
2º Sonic The Hedgehog
3º Chrono Trigger
4º Grand Theft Auto: San Andreas
5º The Legend of Zelda: Ocarina of Time
6º Final Fantasy VII
7º Pokemon: Fire Red
8º Top Gear
9º Sonic The Hedgehog 2
10° Alex Kidd in Miracle World

 

Marcos “Contraditório” Roberto Neves

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta.

Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais.
Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

1º The Witcher 3: Wild Hunt
2º The Elder Scrolls V: Skyrim
3º Resident Evil 2
4º Gears of War
5º Sonic: The Hedgehog
6º The Legend of Zelda: Majora’s Mask
7º The Elder Scrolls IV: Oblivion
8º Dead Space
9º Vampire the Mascarade: Bloodlines
10° Red Dead Redemption

 

“Marquinhos” dos Santos Serafim

Gamer maníaco, fã de tokusatsu e dragon ball, e sempre dizendo que nunca haverá filme melhor que Zohan.

 

 

 

1º Red Dead Redemption
2º Bloodborne
3º L.A. Noir
4º Final Fantasy 6
5º Chrono Trigger
6º Splatterhouse
7º Super Mario RPG
8º Final Fantasy Tactics
9º Castlevania: Symphony of The Night
10° Street Fighter 2

 

“Ritinha” Angelim

Baiana, apaixonada por cultura oriental, HQs, seriados de TV, livros, cinema e música. Adora Pizza, pipoca, Hugh Jackman, Wolverine, visitar a Saraiva, shopping, maquiagem e leitura. Amores da vida são filha, marido, família e Netflix.
Cristã e fã do seriado Supernatural, tem o sonho de um dia conhecer os Winchesters e o Japão. Sonha no mundo real e vive na fantasia.

 

1º Devil May Cry
2º Final Fantasy 8
3º Mario Kart 64
4º Star Fox 64
5º Top Gear
6º Metal Gear Solid 3: Snake Eater (PS2)
7º Tomb Raider 4: The Last Revelation (PS one)
8º Bomberman 3 (SNES)
9º Golden Eye 007 (N64)
10° Pac-Man

 

Sammylle Matheus

Amante da sétima arte. Fascinada na relação entre cinema, história e filosofia. Devoradora de quadrinhos, aprecia um bom clássico e combate o crime em Gotham City nas horas vagas.

 

 

1º Doom
2º The Legend of Zelda: Ocarina of Time
3º The Witcher 3
4º The Last of Us
5º Gears of War
6º Half-Life 2
7º Portal 2
8º Castlevania: Symphony of the Night
9º The Elder Scrolls V: Skyrim
10° Final Fantasy VII

 

Tiago Cezar

DCnauta, fã de Star Wars e Star Trek e da melhor banda de rock do mundo, Led Zeppelin claro!

 

 

 

1º The Last of Us
2º Metal Gear Solid (1998)
3º Resident Evil 3
4º GTA V
5º Batman: Arkham Knight
6º Dragon Age: Inquisition
7º Red Dead Redemption 2
8º The Elder Scrolls Online
9º Killer Instinct
10° Halo 4

 

William Peloso

Sou um dos administradores e redator do Nerdtrip. Entusiasta dos games e livros. Meu foco é dividido em diversas áreas, indo desde cinema e séries, até animes e tokusatsus. Assisto filmes e séries repetidamente e sempre me divirto como se estivesse vendo pela primeira vez. Grande fã de Harry Potter e também da Marvel e DC, sem esquecer é claro de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco.

 

1º Metal Gear Solid (1998)
2º Máfia The City of Lost Heaven
3º Yu-Gi-Oh: Forbidden Memories
4º Super Mario Kart
5º Pokémon: Fire Red 
6º GTA: San Andreas 
7º Batman: Arkham City 
8º Dragon: Age Origins 
9º Street Fighter II: The World Warriors
10° Metal Gear Solid V: The Panthon Pain 

 

A seguir lista completa com os 114 games citados nessa eleição:

1º The Legend of Zelda: Ocarina of Time
2º The Last of Us
3º The Witcher 3: Wild Hunt
4º GTA: San Andreas (2004)
5º GTA V
6º Sonic the Hedgehog
7º Super Mario World (SNES)
8º Chrono Trigger
9º Batman: Arkham City
10º The Elder Scrolls V: Skyrim
11º Metal Gear Solid (1998)
12º Gears of War
13º Pokemon: Fire Red
14º Red Dead Redemption
15º Doom
16º Driver 2
17º Super Mario Kart
18º Batman: Arkham Knight
19º God of War 2
20º Resident Evil 2
21º Street Fighter 2 (versão original)
22º L.A. Noir
23º Top Gear
24º Final Fantasy VII
25º Red Dead Redemption 2
26º The Legend of Zelda: Majora’s Mask
27º Civilization V
28º Devil May Cry
29º Megaman 3
30º Medal of Homor: Vanguard
31º Nier: Automata
32º Pro Evolution Soccer
33º Star Wars: Knights of the Old Republic
34º Far Cry 4
35º Black
36º Bound
37º Final Fantasy VIII
38º Mafia: The City of Lost Heaven
39º Star Wars Battlefront 2
40º Star Wars Battlefront (2015)
41º Bloodborne
42º Super Mario 64
43º Life is Strange
44º Mario Kart 64
45º Resident Evil 3
46º Star Wars: Battlefront (2004)
47º Tekken 3 (1997)
48º The Legend of Zelda: Breath of the Wild
49º Yu-Gi-Oh: Forbidden Memories
50º Outlast
51º Battletoads
52º Driver
53º Final Fantasy VI
54º Kingdom Heart 2
55º Star Fox 64
56º Streets of Rage
57º Contra (NES)
58º Donkey Kong Country 3
59º Lara Croft Tomb Raider: Legend
60º Mortal Kombat 2
61º Mortal Kombat 3
62º The Walking Dead
63º Tintin au Tibet
64º FIFA 17
65º Sonic the Hedgehog 2
66º Alex Kidd in Miracle World
67º Castlevania: Simphony of the Night
68º Cadillacs and Dinosaurs
69º Dragon Age: Inquisition
70º Half-Life 2
71º Hellblade
72º Just Dance 2019
73º Metal Gear Solid Snake Eater
74º Midnight Club 3 Dub Edition Remix
75º Splatter House
76º Assassin’s Creed II
77º Crui’n World
78º Persona 3
79º Portal 2
80º Ratchet and Clank
81º Space Invaders
82º Super Mario RPG
83º Super Metroide
84º The Elder Scrolls IV: Oblivion
85º Tomb Raider 4: The Last Revelation
86º Bomberman 3
87º Dragon Age Origins
88º Galaga (1991)
89º Injustice: Gods Among Us
90º Dead Space
91º Final Fantasy TaCtics
92º Resident Evil 7: Biohazard
93º Spider Man (PS4)
94º Star Wars The Force Unleashed
95º Super Street Fighter II
96º The Elder Scrolls Online
97º Golden Eye 007 (N64)
98º Far Cry 3
99º Killer Instinct
100º Marvel: Ultimate Aliance
101º River Raid
102º Silent Hill: Shattered Memories
103º StarCraft
104º Vampire: The Mascarade Bloodlines
105º Adventure
106º Age of Empires 3
107º Diablo 3
108º Donkey Kong Country 2
109º Final Fantasy XV
110º Halo 4
111º Metal Gear Solid V: The Panthon Pain
112º Pac-Man
113º Patapon 3
114º X-Wing vs Tie Fighter

Listas

TRIP LISTA | Os melhores Filmes de Animação de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

Publicado

em

Salve, salve tripulantes!! Dessa vez a equipe Nerdtrip se reuniu para votar nos melhores longas de animação de todos os tempos! Valendo desde o mais antigo clássico da animação quadro-a-quadro até as mais sofisticadas geradas por CGI. Cada membro da equipe elegeu seus 10 preferidos e depois através de um sistema de pontuação onde cada primeiro lugar recebeu 10 pontos, cada segundo lugar 9 pontos, cada terceiro lugar 8 pontos e assim sucessivamente, até chegar ao décimo que recebeu um ponto, apuramos o seguinte ranking:

10º A Viagem de Chihiro

A Viagem de Chihiro foi dirigido por Hayao Miyazaki e produzida pelo Studio Ghibli. Foi e continua sendo aclamado pela crítica no Japão e exterior desde seu lançamento em 2001. Consequentemente ganhou o Urso de Ouro no Festival de Berlim, em 2002 e Oscar de Melhor Filme de Animação, em 2003.

O longa retrata as aventuras de Chihiro, uma menina de dez anos que está em uma mudança com sua família . Se deparando posteriormente com um túnel, seu pai tem a ideia de usá-lo como atalho, porém quando o atravessam encontram um povoado abandonado, um restaurante e um banquete posto à mesa. Durante o tempo em que Chihiro se distrai olhando o lugar, seus pais devoram o banquete. Porém quando chega a noite espíritos aparecem e seus pais se transformam em porcos. A trama segue Chihiro tentando romper o feitiço e resgatá-los enquanto trabalha para uma bruxa em uma casa de banhos termais. 

Uma das características principais do filme é a imersão na cultura japonesa, questionamento da mesma e a jornada espiritual. A transição da infância até a fase adulta. Quando tudo começa a ficar diferente, distanciamento dos pais, estar cercado de desconhecidos, a busca por aprovação, primeiro amor e amadurecimento .

Embora retrate o mundo Yōkai (classe de criaturas sobrenaturais do folclore japonês), por outro lado a cultura nipônica é criticada em relação a quebra de tradições e a sociedade japonesa moderna que tem ideologias e papeis diferentes no Japão pós-guerra. Chihiro, busca resgatar seus valores passados, assim como o Japão buscava restituir seus antigos valores depois da cultura norte americana ter se entranhado. (por Nanda Reis)

9º A Bela e a Fera

Lançado em 1999 o longa se mostrou uma obra de cinema completa, não apenas um simples filme de animação. Seu reconhecimento de público veio com uma bilheteria de quase meio bilhão. A crítica também se rendeu à história de amor impossível, com diversos prêmios e indicações, inclusive com a inédita indicação de um filme de animação para a categoria principal do Oscar, em um ano em que o vencedor foi somente o clássico O silencio dos Inocentes (isso somente iria ocorrer novamente com “Up, Altas Aventuras” em 2010! ).

Embalada pela belíssima (e premiada com o Oscar) trilha sonora, acompanhamos a aventura de uma das mais emancipadas princesas da Disney, a inventiva Bella, com sua terrível mania de leitura, que se oferece como prisioneira em lugar de seu pai para um monstro terrível, que no fundo era apenas um príncipe egoísta que precisava encontrar o amor.

Um filme encantador, com personagens carismáticos e uma história poderosa. Não tem como não ficar tocado com ele. Uma animação que está altamente atual, e que mesmo seu reboot em live action não conseguiu superar a leveza e poesia. (por João Paulo)

8º Shrek

Dirigido pela dupla Andrew Adamson e Vicky Jenson e produzida pela Dreamworks, Shrek conta a história de um ogro que após ter seu pântano invadido por diversas criaturas de contos de fada, parte em uma jornada com um burro falante com o objetivo de resgatar uma princesa que está aprisionada numa torre, sendo guardada por um terrível dragão.

Essa incrível animação possui um elenco fabuloso que conta com a presença de ilustres celebridades como Mike Myers, Eddie Murphy e Cameron Diaz. A trama é bem leve, recheada de humor e repleta de referências à cultura pop. Além disso, outro ponto alto dessa animação é a trilha-sonora magnífica que conta com canções como Bad Reputation da Joan Jett e uma versão de Hallelujah de Leonard Cohen. Shrek recebeu diversos prêmios, dentre eles o “Oscar de Melhor Animação” de 2002 e o People’s Choices Award na categoria de “filme favorito”. (por Luiz Rocky)

7º Toy Story

Toy Story foi lançado em 1995 e é o primeiro filme de animação feito totalmente em computação gráfica. Apesar dessa inovação, não é esse avanço tecnológico que faz com que o longa mereça destaque nessa lista. O que realmente conta é a história totalmente original que nos leva a vislumbrar a vida dos brinquedos de uma criança enquanto não há seres humanos por perto. 

Os dois protagonistas são o cowboy de brinquedo Woody (voz de Tom Hanks) e o astronauta Buzz Lightyear (voz de Tim Allen) que é o recém chegado da coleção do garoto Andy Davis (voz de John Morris) mas que não percebe que é um brinquedo acreditando piamente que é um membro da Patrulha Estelar. A preferência do menino pelo brinquedo novo causa ciúmes no velho o que leva a uma rivalidade entre os dois bonecos e que gradativamente evolui para uma amizade.

Os estúdios Pixar até então só produziam curtas de animação, quando foi procurada pela Disney para produzir esse longa. É a primeira obra da parceria que perduraria até 2006 quando enfim a Disney adquiriu definitivamente a Pixar. Toy Story ganhou vários prêmios incluindo um Oscar de “contribuição especial” em homenagem às tecnologias utilizadas de forma inédita. Além disso, foi indicado merecidamente às estatuetas de “Melhor Canção Original” e “Trilha Sonora”. Por último, foi indicado também ao Oscar de “Melhor Roteiro Original”, sendo que foi a primeira animação a concorrer nessa categoria.

Não há dúvida de que Toy Story é de fato sensacional. Agradável de se ver, não só visualmente, mas porque tem uma história coesa e emocionante que agrada não só a crianças como também a qualquer adulto. Os personagens são muito bem desenvolvidos e conseguem emocionar aliados à maravilhosa trilha sonora. (por Jorge Obelix)

6º Wall-E

Um desenho de várias proezas, Wall-E consegue falar de um futuro distante e cheio de tecnologia usando a fórmula do passado que foi o cinema mudo tão brilhantemente usada por Charles Chaplin no início do cinema de forma singela e brilhante.

A animação também não apela para o uso de musicais, fala de subtemas como má educação alimentar e sedentarismo, dos malefícios do mundo moderno e da virtualidade, tudo isso sem abrir mão do público infantil que é alcançado junto com os adultos nesse longa que também é uma comédia romântica quando apresenta um romance entre robôs de diferentes classes sociais robótica.

O diretor Andrew Stanton foi perfeito em sua declaração que, o tema central Wall-E é o amor e a sua capacidade de vencer tudo, inclusive a programação.

Wall-E é uma obra-prima do cinema, é como se fosse um filme de Charles Chaplin no espaço, por isso não tinha como ficar de fora da nossa lista de melhores animações de todos os tempos. (por JR Costa)

5º Monstros S.A.

 

Monstros S.A. é uma animação em 3D que teve sua estreia em 2001. O longa foi produzido pela Walt Disney Pictures e a Pixar Animation Studios. Em uma cidade de monstros socialmente organizada chamada Monstrópoles, existe uma renomada empresa chamada Monstros S/A cuja função é gerar energia através do grito de crianças que são produzidos por sustos que esses monstros dão a noite no quarto delas.

Através de uma variedade de portas que dão acesso ao o quarto das crianças no mundo dos humanos, os monstros atravessam e executam o serviço e apesar de mostrarem-se assustadores, morrem de medo das crianças. Acreditam que elas transmitem algum tipo de doença pra eles. Porém, certo dia, uma das portas é esquecida aberta e uma linda menininha a atravessa iniciando uma difícil tarefa para os empregados Mike e Sullivan de esconder a “criatura” já que acabam se afeiçoando a garotinha.

Eu tenho um carinho todo especial por essa animação. A história de amizade da garotinha pelo enorme monstro que para ela é apenas um gatinho dá um toque de ternura singular que é impossível não derreter o coração de quem assiste. Por outro lado os dois bizarros monstrengos se revelam tão amorosos no cuidado com a criança, que arriscam o emprego e as próprias cabeças para que a mesma não caia em mãos erradas e volte para seu mundo.

Lembro-me que algumas faculdades da época transmitiram essa animação em cursos de ADM, pra mostrar o funcionamento administrativo de um firma. Monstros S/A foi um enorme sucesso para o público de várias idades, e ainda hoje é muito assistido e apreciado. (por Ritinha Angel)

4º Up – Altas Aventuras

Depois de filmes históricos como: ‘Toy Story’ (1995), ‘Vida de Inseto’ (1998), ‘Monstros S/A’ (2001), ‘Procurando Nemo’ (2003) e ‘Wall-E’ (2008), a Disney lança o 10.° longa-metragem de animação produzida pelos estúdios Pixar em maio de 2009. ‘Up’ ou ‘Up- Altas Aventuras’ foi o segundo longa-metragem dirigido por Pete Docter e o décimo-primeiro filme da Disney a ser apresentado em Disney Digital 3-D. 

O longa retrata o momento em que o velho Carl Fredericksen decide largar seus problemas para realizar o sonho de sua falecida esposa Ellie: a viagem ao Paraíso das Cachoeiras – montanhas magníficas banhadas por cascatas de tirar o fôlego. O escoteiro Russel acaba participando da aventura ao procurar a famigerada ave Narceja. Num voo onde sua própria casa é elevada por balões cheios de gás hélio, ambos atravessam tempestades e uma série de dificuldades que não terminam ao chegar ao seu local de destino. Em plena Venezuela, no Parque Nacional de Canaima, o vovô mais querido da Disney encontra uma narceja e conhece Dug, um golden retriever com uma coleira que permite traduzir seus pensamentos. Todos encontram com Muntz, o maior ídolo de Carl e sua amada, dono de Dug. Ao descobrir que o explorador difamado é o mais novo vilão de sua história, mais aventuras são vividas até que Fredericksen consegue pousar sua casa, por sorte, onde Ellie sempre desejou: sobre o Paraíso das Cachoeiras.

O filme arrecadou 292 milhões de dólares nos Estados Unidos e US$731 milhões mundialmente, obteve a quarta maior bilheteria da Pixar, atrás apenas de Monsters UniversityProcurando Nemo e Toy Story 3. Além de lágrimas de emoção, ‘Up’ nos deixa o convite para conhecer o  Salto Angel, a cachoeira mais alta do mundo com mais de mil metros de altura e a narceja (ou agachadeira), uma espécie de ave sul-americana habitante do local. Vale muito a pena assistir. Super recomendo. (por Sethe Gobê)

3º Procurando Nemo

Vale mencionar nessa lista o nosso querido peixinho de “Procurando Nemo”. Um peixe-palhaço que tem uma nadadeira menor que a outra e filho único… Sobrevivente de uma tragédia que sobreveio em sua família, com um pai, Marlin, que é sufocante em seu cuidado, por medo de perder seu único filho.

No fatídico dia de nosso peixe especial ir à escola, cansado das chateações do pai, por querer protege-lo demais, acaba desobedecendo uma ordem expressa e nada em direção ao alto-mar, e assim é “pescado” por um pescador, que pretende dá-lo a sua sobrinha… Garota que é uma versão atualizada da “Felicia”.

E a aventura acontece com o pai, que ao descobrir que a escola o levaria a seu antigo lar, local onde perdeu todos que amava, segue desesperado para buscar o filho. Mas ao perceber o que houve, inicia-se um resgate inesquecível e de fazer os olhos “suarem”. É claro que conhecemos também personagens inesquecíveis como a Dory… Ou será que inesquecível não seria um bom adjetivo para descrevê-la… Quem estamos falando mesmo? Ah, a Dory… Quem? Dory… O que tem eu?

Bom, essa história é encantadora e com uma linda lição de moral sobre o amor, a família, a amizade, coragem e determinação em seguirmos em frente quando o que está em jogo é o mais importante em nossas vidas. (por W.F. Endlich)

2º O Rei Leão

Com seu desenvolvimento datado em 1988, ‘The Lion King’, ‘O Rei Leão’ teve sua produção iniciada apenas em 1991 movimentando os principais nomes da animação da Walt Disney Animation Studios. Após viagens ao Parque Nacional Hell’s Gate no Quênia (país do continente africano), substituição de profissionais, discordâncias quanto ao rumo da história e ao formato utilizado para contá-la, entre outros contratempos, em 1994 o longa foi finalmente lançado. O filme saiu de cartaz como a maior bilheteria do ano e foi a segunda maior bilheteria de todos os tempos, perdendo apenas para Jurassic Park. Em 2011 com seu relançamento em 3D, O Rei Leão chegou a 987 milhões de dólares em bilheterias ao redor do mundo, tornando-se a animação desenhada à mão de maior bilheteria da história. Atualmente é a trigésima maior bilheteria da história.

A trama conta sobre a trajetória de Simba, o herdeiro de Mufasa (monarca dos animais) e Sarabi, desde seu nascimento, passando pela inveja do tio Scar, a morte do pai, as aventuras com sua amiga Nala, os conselhos de Zazu e Rafiki, a vida ‘Hakuna Matata’ de Timão e Pumba e seu retorno às Terras do Reino para a retomada do trono.  Uma das formas mais incríveis de se apresentar o ciclo da vida, O rei leão terá sua live-action nos cinemas do mundo inteiro a partir de julho de 2019. (por Sethe Gobê)

1º Toy Story 3

 

Branca de Neve (1937), Dumbo (que está prestes a ganhar versão live action), A Bela Adormecida (1959) etc. São longas-metragens de animação da Disney que refletem muito a cultura e costumes do tempo em que foram produzidos. Desde O Rei Leão (de 1994, e brilhantemente acima resenhado pelo meu amigo Sethe), que a atual maior empresa de entretenimento do mundo tem buscado, para além do mero entretenimento, realizar obras que fazem refletir sobre o sentido da vida, mesmo que subliminarmente. Dessa forma, Wall-E (2008 – ainda da era Pixar, e resenhado pelo nosso JR) é uma crítica social soberba; o recente Viva, a vida é uma festa (2017) fala de morte e esquecimento; e Divertida Mente (2015) apresenta o conceito neurocientífico de “alma”. Sempre mesclando humor, carisma e emoção como ninguém, a “Casa do Mickey” tem se mantido soberana neste segmento, apesar da pesada concorrência atual.

Mas esta fórmula de sucesso talvez nunca tenha sido tão bem-sucedida quanto em Toy Story 3 (2010). Normalmente, o último capítulo das trilogias costuma ser o mais fraco da sequência, mas no caso de Toy Story (ver resenha acima do grande Jorge Obelix) ocorreu o inverso: a terceira história de Woody, Buzz Lightyeare cia., que já era uma celebração da amizade e do companheirismo, é um verdadeiro deleite, unindo como nunca aventura, comédia, tensão, drama e sincera emoção. A história beira à perfeição, as interpretações são tocantes, o vilão extremamente bem construído e os heróis fantásticos.

O arco final, então, é esplendoroso, levando às lágrimas crianças e adultos de igual maneira, aqueles pela própria história pungente, e estes pela reflexão de que a vida passa rápido, tornando cada momento, pessoas do caminho e fases delas algo muito, mas muito especial.

Tom Hanks (que dubla Woody), afirmou que a inesperada quarta produção da saga está mais emocionante do que a terceira. Difícil de acreditar, mas impossível de não conferir!!! (por João Nélio)

 

Votaram nessa enquete 12 membros da equipe Nerdtrip entre redatores, revisores e administradores. Ao todo foram citados 69 longas de animação produzidos pelos mais variados estúdios e países do mundo. Abaixo vocês podem conferir como votou cada membro da equipe e a lista completa de animações:

Fernanda “Momoko” Dias

22 anos, amante de gatos, animes, dança, admiradora da cultura pop oriental, viciada em Just Dance, cosplayer e aprendiz de gamer.

 

 

1º Túmulo dos Vagalumes
2º A Viagem de Chihiro
3º O Castelo Animado
4º Ponyo – Uma Amizade Que Veio do Mar
5º Meu Amigo Totoro
6º Toy Story 3
7º O Fantástico Sr. Raposo
8º Coraline e o Mundo Secreto
9º Kubo e as Cordas Mágicas
10° A Fuga das Galinhas

 

“Don” Giovanni Giugni

É o exército de um homem só, por trás da “Casa das Ideias Nerd”. Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de “Superman” de 1978 e “O Império Contra-ataca”. Destemido desenhista e intrépido apaixonado por “Super-heróis”, vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

 

1º Batman: A Máscara do Fantasma
2º O Gigante de Ferro
3º Batman: Ano Um
4º Batman: O Retorno do Cavaleiro das Trevas
5º Tarzan
6º O Príncipe do Egito
7º O Rei Leão
8º Batman Contra o Capuz Vermelho
9º Batman: A Piada Mortal
10° Grandes Astros: Superman

 

Hugo “Senhor da Ordem” Francato

RPGista, colecionador de HQs desde 1992, viciado em séries e profundo conhecedor do Universo Marvel (mas gosta da DC também).

 

 

1º Monstros S/A
2º Procurando Nemo
3º Por Água Abaixo
4º Wall-E
5º Frozen – Uma Aventura Congelante
6º Duck Tales – O Filme
7º Toy Story
8º Shrek
9º Spirit: O Corcel Imdomável
10°Up – Altas Aventuras

 

Igor “Ops” Souza

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte.

Apresentador do Teekcast, respeita a Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

 

1º A Viagem de Chihiro
2º Túmulo dos Vagalumes
3º Kubo e as Cordas Mágicas
4º O Castelo Animado
5º Ilha dos Cachorros
6º Persépolis
7º O Menino e o Mundo
8º Liga da Justiça: Ponto de Ignição
9º Minha Vida de Abobrinha
10° Toy Story 3

 

João “Neófito” Nélio

Sou um quarentão apaixonado pela cultura pop em geral. Adoro quadrinhos, filmes, séries, bons livros e música de qualidade.
Pai de um lindo casal de filhos e ainda encantado por minha esposa, com quem já vivo há 19 bons anos, trabalho como Oficial de Justiça do TJMG, num país ainda repleto de injustiças.
E creio na educação e na cultura como “salvação” para nossa sociedade!!

1º Toy Story 3
2º O Gigante de Ferro
3º A Viagem de Chihiro
4º Rei Leão
5º Wall-E
6º O Príncipe do Egito
7º Batman do Futuro: O Retorno do Coringa
8º A Bela e a Fera
9º Procurando Nemo
10° Coco A Vida é uma Festa

Professor de História e Grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Óscar. Viciado em séries e Redador das colunas “Vale a Maratona” e “Papo de Cinema”.

 

 

 

1ºA Bela e a Fera
2º O Rei Leão
3º Toy Story 3
4º Frozen – Uma Aventura Congelante
5º Wall-E
6º Viva – A Vida é uma Festa (Coco)
7º Branca de Neve (Disney)
8º Happy Feet
9º Paranorman
10°A Fuga das Galinhas

 

Jorge “Obelix” Cardoso

Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicolas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

 

 

1º Divertida Mente
2º Toy Story
3º Toy Story 3
4º Up – Altas Aventuras
5º Procurando Nemo
6º Mogli
7º Monstros S/A
8° Coraline e o Mundo Secreto
9º Wall-E
10° Shrek

 

JR “Mestre Hater” Costa

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes.  Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater).

Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas “HATEANDO!” “Demorei, mas eu vi!”  e “Escondido na Netflix”.

 

1º A Nova Onda do Imperador
2º Megamente
3º Kung Fu Panda 2
4º Shrek
5º Hércules
6º Tarzan
7º Procurando Nemo
8º Wall-E
9º Mulan
10° O Caminho para Eldorado

 

Luiz Rocky

Estudante de Educação Física. Sou apaixonado por cinema, mangás, games, séries e Star Wars.

 

 

 

1º Transformers – The Movie (1986)
2º Carros
3º Shrek
4º Divertida Mente
5º Toy Story 3
6º Up – Altas Aventuras
7º O Rei Leão
8º Batman – O Retorno do Cavaleiro das Trevas
9º Os Supremos
10° Toy Story

 

Marcos “Contraditório” Roberto Neves

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta.

Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais.
Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

1º Uma Cilada para Roger Rabbit
2º Animatrix
3° Ghost in the Shell
4º Batman – Contra o Capuz Vermelho
5º Grandes Astros: Superman
6º Akira
7º Up – Altas Aventuras
8º Vampire Hunter D
9º Wall-E
10° Liga da Justiça Sombria

 

“Marquinhos” dos Santos Serafim

Gamer maníaco, fã de tokusatsu e dragon ball, e sempre dizendo que nunca haverá filme melhor que Zohan.

 

 

 

1º Os Incriveis
2º O Rei Leão
3º Aladdin
4º Pateta – O Filme
5º Shrek
6º O Gigante de Ferro
7º Toy Story
8º Up – Altas Aventuras
9º Fantasia (1940)
10° Monstros S/A

 

“Ritinha” Angelim

Baiana, apaixonada por cultura oriental, HQs, seriados de TV, livros, cinema e música. Adora Pizza, pipoca, Hugh Jackman, Wolverine, visitar a Saraiva, shopping, maquiagem e leitura. Amores da vida são filha, marido, família e Netflix.
Cristã e fã do seriado Supernatural, tem o sonho de um dia conhecer os Winchesters e o Japão. Sonha no mundo real e vive na fantasia.

 

1º Up – Altas aventuras
2º Monstros S/A
3º A Bela e a Fera
4º Megamente
5º Procurando Nemo
6º Enrolados
7º Alice no País das Maravilhas
8º Valente
9º Frozen – Uma Aventura Congelante
10° Tarzan

 

Walquiria “Senhora do Caos” F. Endlich

Autora de A Senhora do Caos – A Viajante e o Dragão e coautora de Sociedade dos Corvos, com o conto Vida Perfeita. Nasci no Espírito Santo, mas vivo no interior paulista com minha família. Sou graduada em Pedagogia, atuo na área de administração de empresas, escritora e redatora do NerdTrip. Iniciei minha carreira literária publicando na plataforma de leitura online Wattpad e em 2016 lancei meu primeiro livro impresso. Com verdadeiro fascínio por histórias fantásticas, gibis, livros e pelo mundo nerd, sou jogadora assumida de RPG. Comecei a escrever por volta dos doze anos e convicta digo que os livros salvaram minha vida, tornaram-me um adulto mais completo e possibilitaram que obtivesse sucesso em minha carreira.

1º Monstros S/A
2º Procurando Nemo
3º Wall-e
4º Frozen
5º A Era do Gelo
6º Spirit
7º O Rei Leão
8º Toy Story
9º Os Incríveis
10° Bolt – O Super Cão

 

Lista dos 69 longas de animação citados:

1º Toy Story 3
2º O Rei Leão
3º Procurando Nemo
4º Up – Altas Aventuras
5º Monstros S/A
6º Wall-E
7º Toy Story
8º Shrek
9º A Bela e a Fera
10º A Viagem de Chihiro
11º Frozen – Uma Aventura Congelante
12º O Gigante de Ferro
13º Túmulo dos Vagalumes
14º Divertida Mente
15º Megamente
16º O Castelo Animado
17º Tarzan
18º Os Incríveis
19º Batman Contra o Capuz Vermelho
20º Batman: O Retorno do Cavaleiro das Trevas
21º Kubo e as Cordas Mágicas
22º O Príncipe do Egito
23º A Nova Onda do Imperador
24º Batman: A Máscara do Fantasma
25º Transformers – O Filme
26º Uma Cilada para Roger Rabbit
27º Animatrix
28º Carros
29º Alladin
30º Batman: Ano Um
31º Ghost in the Shell
32º Kung Fu Panda 2
33º Por Água Abaixo
34º Grandes Astros Superman
35º Spirit
36º Como Treinar seu Dragão
37º Pateta – O Filme
38º Ponyo: Uma Amizade que veio do Mar
39º Viva – A Vida é uma Festa
40º Coraline e o Mundo Secreto
41º Happy Feet
42º A Era do Gelo
43º Hércules
44º Ilha dos Cachorros
45º Meu Amigo Totoro
46º Akira
47º Duck Tales – O Filme
48º Enrolados
49º Persépolis
50º Mogli
51º Alice no País das Maravilhas
52º Batman do Futuro: O Retorno do Coringa
53º Branca de Neve (Disney)
54º O Fantástico Sr. Raposo
55º O Menino e o Mundo
56º A Fuga das Galinhas
57º Liga da Justiça: Ponto de Ignição
58º Valente
59º Vampire Hunter
60º Batman: A Piada Mortal
61º Fantasia (1940)
62º Minha Vida de Abobrinha
63º Mulan
64º Os Supremos
65º Paranorman
66º Batman: Cavaleiro de Gotham
67º Bolt – O Supercão
68º Liga da justiça Sombria
69º O Caminho para Eldorado

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

TEEKCAST #49 | Bizarrices dos anos 90!

ELSEWORLDS | O crossover das séries de super heróis da CW – Crítica

FALLOUT: NEW VEGAS | Político e cheio de escolhas, mostra como se mexe em um tema espinhento

HOMEM-ARANHA: NO ARANHAVERSO | Simplesmente espetacular! – Crítica do Don Giovanni

INSPETOR BUGIGANGA | Série de 1983 terá maratona interativa via Twitch – Confira detalhes

FAR CRY: NEW DAWN | Confira o trailer de anúncio do próximo jogo da franquia da Ubisoft

LANGUINIS | Game mobile que ajuda a expandir seu vocabulário recebe atualização com várias novidades

GODLY CORP | Conheça o incomum simulador onde você é um estagiário onipotente

CRÔNICAS DA MAGIA PROFUNDA | Diggory e a palavra que não poderia ser dita (Capítulo 2 – O Vigia da Terra)

AQUAMAN | Crítica em vídeo com Aline Giugni & Don Giovanni

SAINTIA SHŌ | Spin-off de Cavaleiros do Zodíaco protagonizado por guerreiras faz sua estréia, saiba mais sobre a adaptação!

METAL GEAR SOLID: THE BOARD GAME | Konami anuncia jogo de tabuleiro baseado na franquia de Solid Snake

PRODUCE 101 | Mnet revela teaser para a próxima temporada do reality!

 

 

 

Continue lendo

Listas

TRIP LISTA | Japoneses elegem o ator “mais legal” da era Heisei de Kamen Rider

Publicado

em

Após divulgarmos uma pesquisa realizada no Japão para definir quais os maiores rivais dos animes, que você pode conferir aqui, trazemos agora para o Nerdtrip outra pesquisa realizada por um site japonês, o Yoshi-Toku. Dessa vez, nossos amigos nipônicos escolheram os 10 atores mais legais da era Heisei de Kamen Rider.

Para os desinformados, podemos dividir os heróis Kamen Riders em duas eras, Showa e Heisei. Em geral, os Riders da era Showa são aqueles que tiveram o envolvimento de Shotaro Ishinomori em sua criação, que vai até 1989. Após isso, a “nova geração” de Riders fazem parte da era Heisei.

Sem mais enrolação, confira os vencedores:

1º Takeru Satoh (Kamen Rider Den-O)


2º Sota Fukushi (Kamen Rider Fourze)


3º Masaki Suda (Kamen Rider W)


4º Ryoma Takeuchi (Kamen Rider Drive)


5º Hiro Mizushima (Kamen Rider Kabuto)


6º Ryo Yoshizawa (Kamen Rider Meteor)


7º Jun Kaname (Kamen Rider G3)


8º Seto Koji (Kamen Rider Kiva)


9º Joe Odagiri (Kamen Rider Kuuga)


10º Tokuyama Hidenori (Kamen Rider TheBee/Kick Hopper)

O que achou da lista? Concorda ou discorda? Comenta aí!


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

KAMEN RIDER CROSS-Z | Revelado trailer para o especial Build NEW WORLD, de Kamen Rider Build

TSURUNE | Saiba mais sobre o anime de Kyudo dessa temporada

BLACK CLOVER | Confira o título e prévia do episódio 60 do anime

THE PURGE | É noite de purificação, tudo é permitido. Expurgue! (Crítica sem spoilers da 1ª temporada)

UMA AVENTURA LEGO 2 | Aguardada continuação ganha inédito trailer!

BORUTO: NARUTO NEXT GENERATIONS | Confira os títulos e sinopses dos episódios 83, 84 e 85

POKÉMON SUN & MOON | Confira título e prévia legendada do episódio 98 do anime

GAME OF THRONES | McFarlane Toys lança novos hominhos de Daenerys Targaryen e Viserion (versão Dragão de Gelo)

AQUAMAN | Com cenas inéditas, Filme com o Rei dos Mares ganha trailer final!

PETS: A VIDA SECRETA DOS BICHOS 2 | Gatinha Chloe é destaque no 2º trailer divulgado

O CORINGA | Confira Joaquin Phoenix em movimentada cena de atropelamento

TRIP LISTA | Japoneses definem os 15 maiores rivais dos animes

Continue lendo

Listas

TRIP LISTA | Japoneses definem os 15 maiores rivais dos animes

Publicado

em

O que é rivalidade? Segundo o dicionário, o conceito de rivalidade é: Condição que têm aqueles que são rivais. Duas pessoas ou conjuntos são rivais, por sua vez, quando competem entre si ou são inimigos.

Quando falamos em animes e citamos os seus protagonistas, por vezes pensamos imediatamente eu seus rivais e adversários. Esses rivais, ou antagonistas, por vezes ganham bastante destaque nas produções, e sabendo de sua importância, uma pesquisa realizada pelo site japonês Goo Ranking definiu os maiores rivais dos animes. Participaram dessa pesquisa, 500 fãs com idades entre 20 e 40 anos. Confira o Top 15:

 

1- Vegeta – Dragon Ball Z

2- Raoh – Fist of the North Star

3- Kojiro Hyuuga – Captain Tsubasa

4- Terryman – Kinnikuman

5- Hajime Saitou – Samurai X

6- Rukawa Kaede – Slam Dunk

7- Sasuke Uchiha – Naruto

8- L – Death Note

9- Umibozu – City Hunter

10- Toguro – Yu Yu Hakusho

11- Killua Zoldyck – Hunter × Hunter

12- Shinobu Senui – Yu Yu Hakusho

13- Dio Brando – JoJo’s Bizarre Adventure

14- Hisoka Morow – Hunter × Hunter

15- Akira Toya – Hikaru no Go

O que você achou desse ranking? Concorda ou discorda? Deixe sua opinião e seu ranking abaixo!


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

CAPUZ VERMELHO E OS FORA DA LEI | Redefinindo o conceito de equipe de ação

TITANS | Dupla de prodígios! Episódio #06: Jason Todd (Crítica)

TRIP LISTA | Os melhores Animes de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

ACE COMBAT 7: SKIES UNKNOWN | Divulgado trailer durante a Golden Joystick Awards

JUST CAUSE 4 | Trailer “Deep Dive” é revelado

DUAS RAINHAS | Saoirse Ronan e Margot Robbie estampam novo cartaz do filme

DUMBO | Disney libera novo trailer oficial do live action

CCXP 2018 | Mutantes no Brasil! Sophie Turner,  Jessica Chastain e Simon Kinberg são confirmados no evento nerd!

O JUDOKA | Clássica HQ nacional é relançada pela AVEC Editora!

BUMBLEBEE | Paolla Oliveira dublará vilã em spin-off de Transformers

ANIMAIS FANTÁSTICOS 4 | Rumores indicam uma possível gravação no Brasil

STARCON 2019 | Ator Doug Jones confirmado na edição de 2019 da convenção de Star Trek

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: