Connect with us

Listas

TRIP LISTA | Os piores filmes com personagens da editora Marvel Comics

Publicado

em

Salve, salve tripulantes!!! Essa semana a equipe Nerdtrip acordou de mau humor e resolveu fazer uma matéria sobre piores!! Os piores filmes já produzidos com personagens da editora Marvel!!! Valendo filme de qualquer estúdio, Fox, Sony, Marvel/Disney… O importante é ter personagem dos HQs envolvidos. Cada membro da equipe elegeu seus 10 preferidos e depois através de um sistema de pontuação onde cada primeiro lugar recebeu 10 pontos, cada segundo lugar 9 pontos, cada terceiro lugar 8 pontos e assim sucessivamente, até chegar ao décimo que recebeu um ponto, apuramos o seguinte ranking:

 

10º O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)

Nesse filme Peter Parker ( Andrew Garfield) tem que enfrentar dois vilões e também lidar com seu relacionamento complicado com sua namorada Gwen Stacy ( Emma Stone). O vilão do título, que deveria ser o único, é Max Dillon ( Jamie Foxx), um engenheiro brilhante que tem uma autoestima muito baixa e por conta disso não se relaciona com ninguém, Depois de um acidente ele se transforma no Electro. O personagem é muito prejudicado pelo roteiro que dá a Peter uma solução fácil para derrotá-lo.

Outro problema do filme, e saiba que são vários, é o relacionamento do casal. Os dois juntos até que tem uma química que ajuda, porém com o tempo torna-se insuportável, se tornam chatos e em vez do filme focar no problema principal, decidem focar no problema do casal em lidar com a vida dupla de Parker. Já o segundo vilão Harry Osborn ( Dane DeHaan) que aqui se torna o Duende Verde, não tem uma história bem construída como teve por exemplo o Harry Osborn vivido por James Franco na trilogia anterior de Sam Raimi. Aqui temos uma introdução rápida do vilão que deveria ocorrer em uma filme inteiro e não em meia hora. Além de inserir várias histórias em um único filme, o Espetacular Homem-Aranha 2 não tem foco e parece que tudo foi colocado no liquidificador esperando que alguma coisa desse certo. Somente o que salva é o elenco que é ótimo porém fica preso em um filme horroroso, que ainda bem encerrou a franquia. (por Katherine Reis)

9º Geração X (1996)

Pois é, poucos sabem, mas os mutantes da Marvel já haviam tido uma versão live-action muito antes do primeiro filme dos X-Men (2000) de Bryan Singer. Inclusive, algumas pessoas chegaram a considerar Geração X um spin-off do 1º filme e também um prequel, haja visto que apesar de serem do mesmo “universo”, os filmes não chegaram a compartilhar qualquer elemento comum em suas tramas, então essa desastrosa produção não tem nenhuma relação com o filme da Fox.

Mesmo com toda essa confusão inicial, Geração X foi um “projeto ambicioso” que tentava pegar uma década de altos e baixos para os filmes do Batman. Para tentar ser lembrado como algo “diferente”, o filme dos mutantes se baseou na HQ Generation X (Marvel Comics, 1994 – 2001), que foi escrita por Scott Lobdell e Chris Bachalo.

Lançado em 1996, é inegável que Geração X é um verdadeiro TRASH MOVIE. A típica diversão de quem quer rir com os defeitos especiais, com as loucuras de um roteiro raso e de uma direção que não se leva a sério. A produção de baixíssimo orçamento baseada nos jovens mutantes da Marvel, que na época ainda faziam sucesso nos quadrinhos.

O filme nos mostra os jovens alunos da Escola Xavier Para Estudantes Super Dotados, mas não há nenhum personagem muito popular, tais como: Wolverine, Ciclope ou mesmo o Professor Xavier. De mais ou menos conhecidos, aparecem: Emma Frost (a Rainha Branca), Banshee e Jubileu que infelizmente, são mostrados em péssimas atuações.

Vale lembrar que quem viu esta eterna porcaria, prefere sempre esquecer a película que foi lançada como um piloto de série para a televisão. Porém, o longa atingiu tão rapidamente o status de uma das piores adaptações de quadrinhos já feitas e isso assegurou o encerramento do projeto e também da merecida posição em nossa lista. Claro que isso não foi problema também para uns anos mais tarde este mesmo filme acabar fazendo “sucesso” nas Sessões da Tarde da Globo, eis porque muitos brasileiros lembram com “carinho” do filme, uma grande pérola de merda!  (por Igor Ops)

8º Quarteto Fantástico (2015)

Infelizmente a história da primeira equipe de super heróis da editora Marvel nos cinemas é tortuosa. A primeira tentativa de adaptação foi literalmente feita nas “coxas” em 1994 apenas para que os estúdios da Neue Constantin Film não perdessem o direito de uso dos personagens que expiraria caso nada fosse produzido dentro de um certo prazo (leia a crítica desse na sétima posição dessa lista). 

Em seguida, na primeira década do século XXI, a Fox produziu uma duologia razoável em termos técnicos, porém desagradou aos fãs ao errar totalmente na hora reproduzir um dos maiores vilões da editora: Galactus. Diante disso, o Quarteto Fantástico voltou a hibernar por 8 longos anos.

Quando a Fox anunciou um reboot para 2015 e anunciou elenco e sinopse, grande rebuliço se formou. Primeiramente com a escolha de Michael B. Jordan para o papel de Tocha Humana. Obviamente que o racismo de uma certa parcela podre de fãs da Marvel reforçou a “rage”, mas o problema real não era o ator ser negro e o personagem ser loiro e branco nos HQs. Muitos filmes já provaram que troca de etnia em nada atrapalha a adaptação de um personagem. O excelente  Wilson Fisk de Michael Clark Duncan no filme Demolidor de 2003 e o Heindall de Idris Elba na franquia Thor são exemplos disso. Mas a atriz escolhida para ser a Mulher Invisível, sua irmã no filme, no caso Kate Mara, continuava branca e loira. Ou seja, não dava química. Josh Trank, o diretor do longa, deveria ter escolhido uma atriz negra também.

Mas esse era o menor dos problemas. A grande heresia do roteiro foi não ter aprendido com o erro do passado ao descaracterizar de forma bizarra novamente o vilão do filme. Ao pegar o todo poderoso e cruel monarca absoluto da LatvériaVictor Von Doom, também conhecido por Doutor Destino e transformá-lo num desconhecido e jovem hacker americano interpretado pelo inexpressivo Tobby Kebell, a Fox favor de vez o projeto ao fracasso. 

Quando o primeiro trailer saiu, confesso que fiquei esperançoso sobre o filme. Eu nunca havia visto o personagem Coisa tão bem caracterizado em um live action. Estava visualmente assustador e infinitamente superior ás duas primeiras adaptações do homem de pedra. Mas as qualidades do filme se encerram aí. Nem os clássicos uniformes azuis se deram ao trabalho de adaptar. Distorceram de maneira imperdoável a origem dos heróis. E o segundo ato do filme é uma bagunça generalizada que provavelmente nem Stan Lee entendeu. O fim do Quarteto Fantástico na Fox foi melancólico. (por Jorge Obelix)

 

7º Quarteto Fantástico (1994)

Os fãs da Marvel e de filmes baseados em super-heróis costumam virar a cara para os longas do Quarteto Fantástico de 2005 e 2007 – que contaram com orçamento generoso e bons atores – tidos como exemplo de obras do gênero que deram muito errado.

Mas, talvez, isso decorra do fato de muitos não conhecerem, ou só ouviram falar, do primeiro filme da mais famosa família “super-heróica” criada pelo inesquecível Stan Lee, produzido na década de 1990 pelo lendário Roger Corman ( A Pequena Loja dos Horrores, 1960), em tempo recorde e orçamento pífio, apenas para que o estúdio alemão que detinha os direitos dos super-heróis (a Neue Constantin Film) não os perdessem por falta de utilização (época em que a Casa das Ideias distribuía os direitos de seus personagens para vários estúdios).

Graças aos deuses de Asgard, Avi Arad entrou na jogada não permitindo que o filme em que o Dr. Destino fala coisas totalmente ininteligíveis (hilário!!), o Coisa parece realmente uma “coisa” de borracha e o Tocha Humana descobre seus poderes com um espirro, chegasse às telas dos cinemas.

Isso ajudou a que a obra ganhasse status mítico e até mesmo de “cult”. Mas nada impede de o filme ser uma bomba de dar calo nos olhos!!! Trash puro!!!! (por João Nélio)

6º Wolwerine Imortal (2013)

Wolverine Imortal foi lançado pela Fox em 2013 ao lado de filmes rodeados de expectativas, como Man of Steel, Homem de Ferro 3 e Thor 2 da Marvel (sendo estes dois últimos alguns dos piores filmes do UCM). O filme chegou bagunçando ainda mais a cronologia de filmes dos mutantes, umas vez que sua história se passa após os eventos de X-Men 3: O Confronto Final, e ainda assim é a sequencia de X-Men Origens: Wolverine, que se passa antes da trilogia original.

Em Wolverine Imortal, James Mangold utilizou como base a trama de 1982 de Frank Miller e Chris Claremont, chamada “Eu, Wolverine”, que apresenta uma aventura do Carcaju em terras orientais. Após o fiasco do filme de origem do mutante mais famoso da Marvel Comics, que trouxe diversos mutantes (muitos dos quais odiados pelos fãs, como o Deadpool apresentado na batalha final), Wolverine Imortal foca sua trama em poucos personagens mutantes, valendo destaque aqui para o próprio Wolverine e a vilã Víbora, além de uma representação péssima do excelente personagem nos quadrinhos , Samurai de Prata. 

Wolverine Imortal tem uma trama rasa, mostrando Logan em depressão após matar Jean Grey em “Confronto Final” e conta com vilões previsíveis e chatos. Um fator importante para termos um bom filme baseado em quadrinhos, é a presença de bons vilões, o que não encontramos aqui. Apesar de boas lutas contra integrantes da Yakuza e Ninjas,os vilões principais do filme deixam muito a desejar. O Samurai de Prata é totalmente desfigurado de sua versão dos quadrinhos, enquanto a Víbora não passa qualquer sensação de perigo, tornando essa aventura do Carcaju algo esquecível e nada memorável. (por William Peloso)

5º O Espetacular Homem-Aranha (2012)

O Espetacular Homem Aranha de 2012 veio como um reboot da trilogia de Sam Raimi onde temos Andrew Garfield no papel do herói (pela 1°vez vimos o Aranha “zoeiro” nos cinemas) e o público conheceu melhor Gwen Stacy (para o público em geral Mary Jane Watson sempre foi o grande amor de Peter) o maior amor da vida de Peter Parker.

O que torna o filme ruim, é o fato de Peter não ser um nerd (já que ele anda de skate, é o popular da escola, sempre tem muitas mulheres à sua volta) e sim um brincalhão, a tia May é horrível, só pensa em seus ovos, mal aparece em cena, e nitidamente há uma má vontade da atriz. O vilão Largato é muito mal trabalhado e esse é um dos motivos pelo qual esse reboot não deu certo. (por Marcos Serafim)

4º Capitão América (1990)

Disposta a aproveitar a repentina popularidade dos filmes de super-heróis (pois a onda de Bat-mania cobria todo planeta devido ao estrondoso sucesso de Batman de Tim Burton) a Marvel produziu em 1990 um de seus filmes mais desastrosos. O roteiro de “Capitão América” escrito por Stephen Tolkin foi bastante elogiado por diversas pessoas, Ronny Cox o eterno vilão “Dick” Jones de Robocop, e que interpretou o presidente Tom Kinball no longa, disse em uma entrevista:

“Capitão América tinha o melhor roteiro que eu já li … como esses caras bagunçaram o filme, eu nunca vou saber.”

O baixíssimo orçamento certamente foi o grande vilão de Capitão América, que apesar de ser bastante fiel às origens do sentinela da liberdade, pecava pelas péssimas atuações e sucumbia mediante a falta de estrutura da produção. Confesso que o primeiro ato do filme, que mostra a transformação do franzino Steve Rogers no heróico “supersoldado” e posteriormente apresenta o Capitão na segunda guerra descendo de paraquedas no “front” arremessando seu clássico escudo contra a escória nazista, foi uma experiência bastante empolgante na época. Mas infelizmente de boas intenções, o inferno de Mephisto está lotado. (por Giovanni Giugni)

3º Elektra (2005)

Lançado em 2005 e dirigido por Rob Bowman, Elektra nos apresenta a personagem um tempo depois de ter voltado a vida, após sua morte em Demolidor– O Homem sem Medo. A partir daí somos colocados numa trama onde ela trabalha como assassina profissional e acaba se apaixonando por um de seus alvos e desenvolvendo uma amizade com a filha dele. Enquanto isso também somos apresentados a uma versão terrível do que deveria ser o Ten

O filme não tem respeito algum aos quadrinhos, principalmente em relação as histórias da personagem escritas pelo lendário Frank Miller que mostrou uma personagem bem diferente da apresentada em tela.

A trama é repleta de clichês e em diversos diálogos o roteiro consegue falhar até nisso, colocando frases mal encaixadas no contexto da história. Além disso, muitas vezes o longa se torna uma bagunça visual devido ao excesso de cenas no escuro, que muitas vezes deixa o público sem entender o que está acontecendo nas cenas durante à noite. Vindo como sequência de Demolidor – O Homem sem Medo, Elektra sem dúvidas é um filme que mostra que não há nada tão ruim que não possa piorar. (por Luiz Rocky)

2º Hulk (2003)

Hulk é uma das maiores dores de cabeça dos estúdios Marvel/Disney. Os direitos para o cinema do personagem foram vendidos no passado para a Universal Pictures e até hoje não foram totalmente recuperados. O gigante esmeralda pode ser usados em filmes como coadjuvante de outros super-heróis da editora, mas não podem ser produzidos filmes solos. Por contrato apenas a Universal pode realizá-los. E eles já tentaram por duas vezes.

Na primeira vez, em 2003, o projeto foi entregue nas mãos do diretor Ang Lee que entregou um longa que por muitos é considerado uma obra de arte no quesito adaptação de quadrinhos por suas inovações dinâmicas principalmente no referente a enquadramentos de cena. Mas convenhamos, como filme de origem de um personagem clássico da Marvel é uma bizarrice total. A história original foi totalmente deturpada o que irritou os fãs mais conservadores. O ator Eric Bana até manda bem interpretando o cientista Robert Bruce Banner, porém, seu alter ego, a criatura monstruosa criada em computação gráfica não convence. Hulk mais parece um boneco verde de borracha nada assustador. 

Outro erro crucial deste longa foi não ter aproveitado nenhum vilão clássico das HQs. O roteiro foi inocente ao imaginar que apenas o pai de Banner interpretado pelo já decadente ator Nick Nolte daria conta do recado. Não deu e como resultado tivemos o mais forte herói da Marvel em uma patética luta com poodles mutantes gigantes. Simplesmente vergonhoso. (por Jorge Obelix)

1º X-Men: Origens – Wolverine (2009)

Na esteira do sucesso de público e crítica da trilogia dos mutantes mais amados dos quadrinhos (tá, o terceiro já tinha sido aquela decepção) e vendo o vitorioso projeto do MCU recém-nascido com Homem de Ferro, a Fox resolveu lançar mão de uma cartada que tinha tudo para ser um estrondoso sucesso. Pegar o mutante mais icônico dos quadrinhos, e que foi transportado para as telas com a incrível capacidade de agradar os fãs e os não iniciados, com um ator que realmente encarnou o personagem, e lançar em um projeto solo.

O nível de ansiedade dos fãs foi às alturas quando foi anunciado o título Origins. Íamos finalmente saber a história do baixinho invocado com garras de adamantium. Mas o que se viu nas telas (depois dos minutos iniciais, que justiça seja feita foram muito melhores que o filme inteiro) foi uma bagunça de roteiro, efeitos especiais ruins e personagens deturpados (Deadpool estou falando com você!), furos absurdos e um desfecho risível para dizer o mínimo. O desrespeito com o personagem (entre outras coisas, o mutante com os sentidos mais aguçados da Marvel não foi capaz de diferenciar o cheiro de sangue do de catchup) e com o público ainda continuou com uma sofrível sequência, Wolwerine Imortal, e a redenção (finalmente) somente veio com o estupendo LOGAN (2017), provando que é possível fazer um filme de qualidade com um personagem, respeitando sua essência. Aprende Fox, por favor! (por João Paulo)

 

Participaram dessa enquete 16 redatores da equipe Nerdtrip que votaram da seguinte maneira:

“Don” Giovanni Giugni

É o exército de um homem só, por trás da “Casa das Ideias Nerd”. Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de “Superman” de 1978 e “O Império Contra-ataca”. Destemido desenhista e intrépido apaixonado por “Super-heróis”, vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

 

1º Dr Estranho (1978)
2º Geração x (1996)
3º Howard o Pato (1986)
4º Nick Fury (1988)
5° Elektra (2005)
6º X Men Origens Wolverine (2009)
7º Motoqueiro Fantasma (2007)
8º Demolidor (2003)
9º Capitão América (1990)
10° Venom (2018)

 

Guilherme Martins

O único podcaster do Brasil com voz de taquara rachada e fã numero 1 de Homem-Formiga! Oficialmente um hater da Dc e amante da Marvel, coleciona desde etiquetas de tênis até grandes figuras de ação. Apaixonado por Guardiões da Galáxia, tendo até uma tatuagem no braço (realmente, um fanboy da Marvel…).

 

1º Quarteto Fantástico (2015)
2º X-Men: Origens – Wolverine (2009)
3º Wolverine Imortal (2013)
4º Hulk (2003)
5º Venom (2018)
6º X-Men Apocalipse (2016)
7ºMotoqueiro Fantasma (2007)
8º Homem de Ferro 3 (2013)
9º O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)
10° Thor (2011)

 

 

 

Hugo “Senhor da Ordem” Francato

RPGista, colecionador de HQs desde 1992, viciado em séries e profundo conhecedor do Universo Marvel (mas gosta da DC também).

 

 

1º Quarteto Fantástico (1994)
2º Capitão América (1991)
3º Howard: O Pato (1986)
4º Doutor Estranho (1978)
5º Quarteto Fantástico (2015)
6º O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)
7º O Espetacular Homem-Aranha (2012)
8 ºElektra (2005)
9º Hulk (2003)
10° Thor 2 (2013)

Igor “Ops” Souza

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte.

Apresentador do Teekcast, respeita a Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

 

1º Quarteto Fantástico (1994)
2º Capitão América (1991)
3º Geração X (1996)
4º Justiceiro (1989)
5º X-Men: Origens – Wolverine (2009)
6º Blade Trinity (2004)
7º Homem de Ferro 3 (2013)
8º Motoqueiro Fantasma 2: Espírito de Vingança (2012)
9º Elektra (2005)
10° Homem-Formiga (2015)

 

João “Neófito” Nélio

Sou um quarentão apaixonado pela cultura pop em geral. Adoro quadrinhos, filmes, séries, bons livros e música de qualidade.
Pai de um lindo casal de filhos e ainda encantado por minha esposa, com quem já vivo há 19 bons anos, trabalho como Oficial de Justiça do TJMG, num país ainda repleto de injustiças.
E creio na educação e na cultura como “salvação” para nossa sociedade!!

1º Capitão América (1990)
2º A Volta do Incrível Hulk (1988)
3º Quarteto Fantástico (1994)
4º Nick Fury: Agente da Shield (1988)
5º Motoqueiro Fantasma (2007)
6º Motoqueiro Fantasma 2: Espírito de Vingança (2012)
7º Demolidor (2003)
8º Elektra (2005)
9º X-Men: Origens – Wolverine (2009)
10° Justiceiro (2004)

João Paulo Rocha

Professor de História e grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Oscar. Viciado em séries e redador das colunas “Vale a Maratona” e “Papo de Cinema”.

 

 

1º – Geração X (1996)
2º- Capitão América (1990)
3º – Justiceiro (1989)
4º – X-Men Origens: Wolverine (2009)
5º – Justiceiro (2004)
6º – X-Men 3: O Confronto Final (2006)
7º – Howard – O Pato (1986)
8º – Demolidor (2003)
9º – Elektra (2005)
10º – Motoqueiro Fantasma (2007)

 

Jorge “Obelix” Cardoso

Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicolas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

 

1º Quarteto Fantástico (2015)
2º Quarteto Fantástico (1994)
3º Wolwerine Imortal (2013)
4º Hulk (2003)
5º Homem de Ferro 3 (2013)
6º Demolidor (2003)
7º O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)
8º Thor 2 (2013)
9º Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)
10° O Espetacular Homem Aranha (2012)

 

JR “Mestre Hater” Costa

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes.  Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater).

Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas “HATEANDO!” “Demorei, mas eu vi!”  e “Escondido na Netflix”.

1º Motoqueiro Fantasma 2: Espírito de Vingança (2012)
2º Motoqueiro Fantasma (2007)
3º Elektra (2003)
4º Quarteto fantástico e o Surfista Prateado (2007)
5º Thor 2: O Reino Sombrio (2013)
6º X-Men 3: O Confronto Final
7º X-Men Apocalipse (2016)
8º Demolidor (2003)
9º X-Men (2000)
10° X-Men: Origens – Wolverine (2009)

 

Kathe Reis

Adoro filmes de terror e suspense e séries principalmente The Walking Dead.

 

 

 

1º X- Men : Origens Wolverine (2009)
2º Thor 2 (2013)
3º O espetacular Homem-Aranha (2012)
4º Demolidor ( 2003)
5ºThor (2011)
6º Homem Formiga ( 2015)
7º Hulk ( 2003)
8º Homem de Ferro 3 ( 2013)
9ºElektra (2003)

Luiz Rocky

Estudante de Educação Física. Sou apaixonado por cinema, mangás, games, séries e Star Wars.

 

 

 

1º Motoqueiro Fantasma 2: Espirito de Vingança
2º Quarteto Fantástico (2015)
3º X-Men Origens: Wolverine
4º Blade Trinity
5º Elektra
6º Hulk (2003)
7º Howard, O Pato
8º Demolidor – O Homem Sem Medo
9º Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado
10° Homem de Ferro 2

 

Marcos “Contraditório” Roberto Neves

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta.

Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais.
Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

1º X-Men: Origens – Wolverine (2009)
2º Thor (2011)
3º Homem de Ferro 2 (2010)
4º Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017)
5º Deadpool 2 (2018)
6º X-Men 3: O Confronto Final (2006)
7º Capitão América: O Primeiro Vingador
8º O Espetacular Homem-Aranha (2012)
9º Vingadores 2: Era de Ultron (2015)
10° Quarteto Fantástico (2015)

“Marquinhos” dos Santos Serafim

Gamer maníaco, fã de tokusatsu e dragon ball, e sempre dizendo que nunca haverá filme melhor que Zohan.

 

 

 

1º Hulk (2003)
2º Quarteto fantástico e o Surfista Prateado (2007)
3º Wolverine Imortal (2013)
4º X-men: Origens – Wolverine (2009)
5º Blade Trinity (2004)
6º O Espetacular Homem-Aranha (2012)
7º Homem-Aranha 2: A Ameaça de Elektro (2014)
8º Homem-Aranha 3 (2007)
9º O Julgamento do Incrível Hulk (1989)
10° Thor 2 (2013)

 

Pedro Vieira

Engenheiro de Produção, amante da sétima e da nona arte. Apaixonado por música boa e amante dos Engenheiros do Hawaii. “Não! Tentar não. Faça ou não faça. Tentativa não há.” YODA, Mestre.

 

 

1º Nick Fury
2º Elektra
3º Geração X
4º Blade Trinity
5º X-Men Dias de Um Futuro Esquecido
6º Justiceiro (1989)
7º Hulk 2003
8º Wolwerine Imortal
9º Homem Aranha 3
10° Howard o Pato

Sethe Gobê

Nascido em 1991, santista, por naturalidade (e apenas por naturalidade), jornalista, escritor, publicitário, empresário e professor. De estilo hiponga, vegetariano e agnóstico, tem por suas maiores paixões os irmão: Lucas e Daniel. Compositor e letrista de mais de 500 canções, adepto a meditações e passeios a lugares simples e de contato com a natureza. Fundador da SHA ONE COMUNICAÇÕES e da CPR CONFERENCES, ama debates filosóficos, políticos e religiosos. Amante de historiologia, está em constante estudo de antropologia, teologia, psicologia e ciência política.

1º Hulk (2003)
2º O Espetacular Homem Aranha
3º O Espetacular Homem Aranha 2

 

Walquiria “Senhora do Caos” F. Endlich

Autora de A Senhora do Caos – A Viajante e o Dragão e coautora de Sociedade dos Corvos, com o conto Vida Perfeita. Nasci no Espírito Santo, mas vivo no interior paulista com minha família. Sou graduada em Pedagogia, atuo na área de administração de empresas, escritora e redatora do NerdTrip. Iniciei minha carreira literária publicando na plataforma de leitura online Wattpad e em 2016 lancei meu primeiro livro impresso. Com verdadeiro fascínio por histórias fantásticas, gibis, livros e pelo mundo nerd, sou jogadora assumida de RPG. Comecei a escrever por volta dos doze anos e convicta digo que os livros salvaram minha vida, tornaram-me um adulto mais completo e possibilitaram que obtivesse sucesso em minha carreira.

1º Hulk (2003)
2º O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)
3º O Espetacular Homem-Aranha (2012)
4º Elektra (2003)
5º X-Men: Origens – Wolverine (2009)
6º X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014)
7º X-Men 3: O confronto Final (2007)
8º Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017)
9º Blade Trinity (2004)
10° O Julgamento do Incrivel Hulk (1989)

William Peloso

Sou um dos administradores e redator do Nerdtrip. Entusiasta dos games e livros. Meu foco é dividido em diversas áreas, indo desde cinema e séries, até animes e tokusatsus. Assisto filmes e séries repetidamente e sempre me divirto como se estivesse vendo pela primeira vez. Grande fã de Harry Potter e também da Marvel e DC, sem esquecer é claro de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco.

 

1º Wolverine Imortal (2013)
2º Elektra (2005)
3º Thor 2 (2013)
4º Thor 3: Ragnarok (2017)
5º Thor (2011)
6º Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)
7º O Espetacular homem aranha 2 (2014)
8º Motoqueiro Fantasma 2: Espírito da Vingança (2012)
9º Justiceiro: Zona de Guerra (2008)
10° Demolidor (2003)

Abaixo a lista completa com os 39 filmes citados nessa enquete:

1º X-Men: Origens – Wolverine (2009)
2º Hulk (2003)
3º Elektra (2005)
4º Capitão América (1991)
5º O Espetacular Homem-Aranha (2012)
6º Wolwerine Imortal (2013)
7º Quarteto Fantástico (1994)
8º Quarteto Fantástico (2015)
9º Geração X (1996)
10º O Espetacular Homem-Aranha 2 (2014)
11º Motoqueiro Fantasma 2: Espírito da Vingança (2012)
12º Demolidor (2003)
13º Thor 2: O Mudo Sombrio (2013)
14º Blade Trinity (2004)
15º Howard o Pato (1996)
16º Motoqueiro Fantasma (2007)
17º Nick Fury: Agente da Shield (1988)
18º Thor (2011)
19º Justiceiro (1989)
20º X-Men 3: O confronto final (2006)
21º Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007)
22º Doutor Estranho (1978)
23º Homem de Ferro 3 (2013)
24º X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014)
25º Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)
26º Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017)
27º Homem de Ferro 2 (2010)
28º X-Men: Apocalipse (2016)
29º A Volta do Incrível Hulk (1998)
30º Justiceiro (2004)
31º Venom (2018)
32º Thor 3: Ragnarok (2017)
33º Homem Formiga (2015)
34º Deadpool 2 (2018)
35º Homem Aranha 3 (2007)
36º O Julgamento do Incrível Hulk (1989)
37º Justiceiro: Zona de Guerra (2008)
38º Vingadores 2: Era de Ultron (2015)
39º X-Men (2000)


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

THE BATMAN | Site diz que Pinguim deverá ser mesmo o grande vilão do filme comandado por Matt Reeves

AQUAMAN | Filme passa a marca do 1 bilhão e deve se tornar a produção da DC com maior bilheteria!

AMIGOS PARA SEMPRE | Crítica sem spoilers do Mestre Hater

THE ORVILLE | Fugindo da comédia e se aproximando ainda mais de Star Trek – Episódio #03: Home – Crítica do Viajante

THE ELDER SCROLLS: LEGENDS | Novo trailer revela data de lançamento de Ilhas da Loucura

SAI DE BAIXO | O seriado virou filme

O JUSTICEIRO | Netflix divulga último trailer antes do lançamento da 2ª temporada da série

THE NEW POPE | Primeira imagem oficial da série mostra Jude Law e John Malkovich

YOU | Obsessão, assassinatos e muitos livros (Crítica sem spoilers da 1º temporada)

THE PROMISED NEVERLAND | Saiba mais sobre o anime e confira o trailer

A NerdTrip teve seu início no ano de 2016 com a missão de levar entretenimento, notícias, resenhas e tudo sobre o universo pop/nerd/geek. “Uma ideia na cabeça, talento e vontade em nossas mãos!”

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: