Connect with us

Papo de Cinema

PAPO DE CINEMA | Waterworld: O Segredo das Águas

Publicado

em

Salve, salve tripulantes nerds! Assistindo novamente a “Waterworld: O Segredo das Águas” (1995), tive a ideia para essa nova coluna onde falarei de produções grandiosas e caríssimas que por um motivo ou por outro acabaram fracassando, causando prejuízos catastróficos a seus produtores e muitas vezes afundando carreiras promissoras.

“Waterworld: O Segredo das Águas” não chegou a dar prejuízo no final das contas. O orçamento da produção estourou durante as filmagens e chegou a 175 milhões de dólares. Uma quantia astronômica na época. Acabou tendo um retorno de 264 milhões, muito pouco em comparação com o custo. O ator Kevin Costner foi quem bancou a ideia e a produção executiva. O filme foi dirigido por Kevin Reynolds. Porém, o diretor abandonou o projeto duas semanas antes de seu término e Costner assumiu sua cadeira. Por isso, muitos o citam erroneamente como diretor do filme. Dizem as más línguas também, que este longa foi o responsável por arruinar a carreira de Costner irremediavelmente.

A personagem Enola e a tatuagem que supostamente seria um mapa para a “terra firme”.

O enredo tratava de um mundo pós-apocaliptico, onde após o aquecimento global, as calotas polares haviam derretido totalmente, cobrindo os continentes. A sociedade humana acabou por regredir a um patamar de barbarismo, vivendo em navios e outros tipos de embarcações sobre um eterno oceano, em busca de uma tal de “terra firme”, que já nem sabem mais se realmente chegou a existir, ou se é apenas uma lenda. Uma espécie de “Mad Max” no mar.

Kevin Costner interpreta um mutante  que pode respirar de baixo d’água e que navega o oceano solitariamente em seu barco até que acaba com duas indesejáveis tripulantes: Uma mulher (Jeanne Tripplehorn)  e uma criança (Tina Majorino), que possui uma tatuagem nas costas que dizem ser o segredo, uma espécie de mapa, que pode levar à terra firme. E é por isso que todos querem capturar a pobre. Dennis Hopper interpreta o grande vilão, o líder das hordas bárbaras que quer encontrar Costner para matá-lo e dele tomar a menina e o segredo.

Dennis Hopper que recebeu injustamente o “Framboesa de Ouro” pelo filme.

Dizem as lendas, que o diretor Steven Spielberg havia aconselhado Costner a não produzir o longa, alertando-o para as dificuldades de se filmar sobre as águas, enfatizando o quão difícil havia sido filmar “Tubarão” 20 anos antes. Costner não lhe deu ouvidos. A crítica não perdoou. O filme apanhou tanto que refletiu na bilheteria desastrosa. Os atores também foram massacrados. Dennis Hopper e Kevin Costner concorreram ao famigerado “Framboesa de Ouro” por ele, sendo que Hopper levou o prêmio. O longa ainda foi indicado aos prêmios de “pior filme” e “pior diretor”. Concorreu também ao Oscar de “melhor som” e ao Bafta de “melhores efeitos especiais”, mas não levou nenhum dos dois.

Durante as filmagens, uma terrível tempestade destruiu o set da “colônia de escravos”, trazendo terrível prejuízo material, atrasando a produção em meses e culminando no já citado abandono da empreita pelo diretor Kevin Reynolds.

Mas diante de tudo isso, fazendo uma análise 22 anos depois, eu lhe pergunto amigo leitor: O filme é realmente ruim?

Não em minha opinião. Gosto muito desse filme, tem uma fotografia esplêndida, a história é boa, não é tedioso e os efeitos especiais muito bem feitos levando-se em conta a sua época. Na verdade, não deve nada aos atuais filmes de ficção com computação gráfica. E Dennis Hopper está muito bem no papel de um vilão messiânico, que arrasta hordas de bárbaros atrás de si em troca da promessa da sonhada “terra firme”. As cenas sob o oceano quando Costner mergulha, também são ótimas. E a ambientação muito caprichada e detalhada, principalmente do barco do protagonista cheio de quinquilharias adquiridas em suas andanças.

Pessoalmente acho injusto o que foi feito desse filme na época de seu lançamento e ainda recomendo para quem gosta de mundos pós-apocalípticos e ficções do gênero. Minha nota é:

Nota para o filme: 4/5

Jorge Obelix. Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicholas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

Advertisement
2 Comments

Papo de Cinema

10 COISAS QUE EU ODEIO EM VOCÊ | 20 anos de saudade

Publicado

em

Uau! Como o tempo voa. Distribuído pela Disney e Buena Vista, o filme preferido da minha infância-adolescência, está para completar 20 anos em uma data muito memorável: 31 de março de 2019 (data de lançamento nos EUA).

Frase do filme:

Odeio como está sempre certo e odeio quando você mente. Mas odeio principalmente por não conseguir te odiar nem um pouco. Nem mesmo por um segundo, nem mesmo só por te odiar.


Um dos monólogos mais emocionantes, que mais me fizeram chorar, que jamais vou esquecer. Fico emocionado de lembrar o momento em que Kat Stratford se declara de uma forma bem diferente e incrível a Patrick Verona.

Sinopse

A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve contratar o misterioso Patrick Verona (Heath Ledger) para seduzir a futura cunhada.

Os atores

Suas expressões, sua frieza no olhar deixam menos açucarada, porém, muito mais intensa a forma de demonstrar seus sentimentos.

Imagem da Internet

Como não citar Heath Ledger e sua atuação neste longa memorável. O misterioso Patrick, era um garoto do estilo repetente e descontente que ninguém chegava perto. Pago para seduzir uma garota impossível de ser conquistada, Verona alcança seu objetivo, mas apenas após ser conquistado pela mesma. Suas expressões, sua frieza no olhar deixam menos açucarada, porém, muito mais intensa a forma de demonstrar seus sentimentos.

Imagem da internet

Julia Styles, a magoada Katharina, uma jovem rebelde e que se irrita muito por muito pouco, mostra o lado humano que nos faz refletir em certas atitudes que nos parecem até irracionais, mas, guardam histórias que causam profundos traumas difíceis de curar.

Imagem da internet

Joseph Gordon-Levitt é um dos meus atores favoritos até hoje. Sua doçura e inocência parecem tornar suas interpretações cada vez mais fofas, fazendo você se apaixonar pelo personagem. Foi assim com Cameron James, um garoto tímido e simples que se encanta por Bianca, irmã de Kat, um amor um tanto quanto platônico.

Memória

Apesar de ‘antiguinho’, super recomendo aos amantes de comédias românticas e aos saudosistas que, como eu, sentem até hoje a perda de Heathcliff Andrew “Heath Ledger” , um ator australiano espetacular que nos deixou por intoxicação acidental de remédios prescritos. Seus 18 filmes nos deixam com mais saudade, entre eles está o memorável ’10 coisas que eu odeio em você’. Assista!

Outra dica de filme:

ESCONDIDO NA NETFLIX | A Incrível História de Adaline

O SEGREDO DE DAVI | Com tom sombrio e atual, suspense nacional estreia nos cinemas

O SEGREDO DA CABANA | De volta à Netflix o melhor filme de terror do Século XXI


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

BLACK CLOVER | Confira o título e prévia do episódio 61 do anime

TEEKCAST #48 | Liga da Justiça com atores brasileiros

TITANS | O esquisito e lento”check-up” nos heróis – Episódio #07: Asylum (Crítica)

AS VIÚVAS | Crítica do Filme “De Ação” do Diretor Steve McQueen

CRÔNICAS DA MAGIA PROFUNDA | Nerdtrip lançará história original em dezembro de 2018

O REI LEÃO | Disney libera primeiro trailer oficial da adaptação em live-action!

AS VIÚVAS | Crítica do Filme “De Ação” do Diretor Steve McQueen

ROBIN HOOD: A ORIGEM | “Mistura de Arrow com Crepúsculo?” Crítica do Don Giovanni

Continue lendo

Papo de Cinema

TOY STORY 4 | Teorias de filmes anteriores podem ser esclarecidas em novo longa

Publicado

em

Após 23 anos do lançamento de seu primeiro filme, Toy Story ainda possue muitas informações desconhecidas de parte de seu público e algumas pendências de filmes anteriores que, segundo rumores, poderão ser esclarecidas no filme 4 da franquia. Quero apresentar-lhes nesta matéria, alguns segredos e curiosidades que já eram de meu conhecimento e outras que descobri pesquisando sobre o assunto.

Imagem da internet

OS BONECOS

Os bonecos Woody e Buzz (que iria se chamar Lunar Larry), foram criados com base em brinquedos de John Lasseter, diretor do longa e o nome Buzz é homenagem ao astronauta Buzz Aldrin, segundo homem a caminhar na Lua. Ainda sobre Ligthyear, Bill Crystal (Mike Wazowksjy em “Monstros S.A.”) foi convidado a dublar Buzz Lightyear, mas ele recusou o papel. Tim Allen acabou assumindo o personagem. O verde e o roxo da roupa de astronauta de Buzz são as cores prediletas de John Lasseter e sua esposa, respectivamente. O boneco astronauta pisca um olho de cada vez. 

Uma primeira versão do filme retratava Woody como um idiota sarcástico, que era grosso e insultava os outros brinquedos. A Walt Disney interrompeu a produção do filme até que o roteiro fosse reescrito, com um Woody mais carismático e agradável.

Imagem da internet

O FILME

O primeiro filme teve a maior bilheteria de 1995, arrecadando mais de 360 milhões de dólares em todo o mundo e batendo “Batman Forever”. Toy Story foi o primeiro longa-metragem realizado inteiramente com computação gráfica e é o único filme da Pixar a incluir todos os créditos na abertura.
Cada quadro levou entre 4 e 13 horas para ficar pronto, dependendo da complexidade da cena. O longa também foi o primeiro filme de computação gráfica indicado para um Oscar de melhor roteiro original. O endereço pedido pelo entregador da Pizza Planet – West Cutting Boulevard – é na verdade o nome da rua onde ficava a Pixar Animation. Todos os carros do filme têm uma placa com data de novembro de 1995, quando o filme foi lançado.

Imagens da Internet

SEGREDOS

Um exemplo de esclarecimento que o público aguarda para o filme 4 trataria a respeito do pai de Andy que não é explicada em nenhum dos três Toy Story. Não há fotos dele na casa, apesar de aparecerem várias de Andy com a mãe. Especula-se também que, Sid e Andy sejam parentes, por causa de um suposto caso entre o pai de Andy e a mãe de Sid e que a mãe de Sid seja a antiga dona de Jessie. Isso acompanha a antiga teoria de que o pai de Andy abandonou a família. Sid Philips, também conhecido como a criança que adora destruir brinquedos, foi inspirado em um ex-funcionário da Pixar que sempre desmontava brinquedos para fazer experimentos e criações bizarras. O nome Andy é uma homenagem a Andries “Andy” Van Dam, professor de ciência da computação e pioneiro da animação digital da Universidade Brown. Van Dam deu aula para vários dos criadores de Toy Story.

Resta-nos aguardar a estréia de Toy Story 4 em julho de 2019. Aguardamos ansiosos.

Leia mais sobre o assunto: 

TOY STORY 4 | Tim Allen revela que dubladores estão emocionados com o filme

_____________________________________________________________

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br

_______________________________________________________________________

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

BLACK CLOVER | Confira o título e prévia do episódio 61 do anime

TEEKCAST #48 | Liga da Justiça com atores brasileiros

TITANS | O esquisito e lento”check-up” nos heróis – Episódio #07: Asylum (Crítica)

AS VIÚVAS | Crítica do Filme “De Ação” do Diretor Steve McQueen

CRÔNICAS DA MAGIA PROFUNDA | Nerdtrip lançará história original em dezembro de 2018

O REI LEÃO | Disney libera primeiro trailer oficial da adaptação em live-action!

AS VIÚVAS | Crítica do Filme “De Ação” do Diretor Steve McQueen

ROBIN HOOD: A ORIGEM | “Mistura de Arrow com Crepúsculo?” Crítica do Don Giovanni

Continue lendo

Papo de Cinema

PAPO DE CINEMA | Qual o Vingador mais forte no Universo Cinematográfico Marvel ?

Publicado

em

A discussão que permeia o universo Marvel ganhou uma nova página no último domingo, 21.

Desde que a expressão “Vingador mais forte” apareceu no longa dos vingadores, criou-se uma competição entre os fãs sobre quem seria digno deste título. Pouco a pouco foram criando-se critérios para definir quem realmente estaria no páreo e com isto alguns heróis foram saindo da “lista”. Sobraram então Hulk e Thor (ordem alfabética), que tiveram seu primeiro enfrentamento em 2012 no filme “Avengers”.

A discussão teve seu ápice em Thor Ragnarok (2017 onde os dois se enfrentam em uma luta emocionante. Em muitos momentos o “grandão” parecia ter extrema vantagem e em certos trechos começamos a pensar que o nosso herói loiro iria morrer em seu próprio longa-metragem. Conforme o filho de Odin vai se enfezando com o Gigante Esmeralda, fica clara a vitória sobre o amado da Romanoff; porém nunca saberemos quem venceria pois Thor foi sabotado pelo Grão-Mestre. A concorrência entre os admiradores dos heróis, só aumentou e até hoje se questiona quem ganhou aquela luta.

No último domingo, 21, porém, a revista Sha One publicou uma enquete que colocou em questão, qual dos dois seria o vingador mais forte. A pesquisa teve 620 votos em dois dias e com 70% dos votos, Thor seria o vingador mais forte (para alegria dos asgardianos). A consulta ficará disponível por mais cinco dias.

Imagem da internet

Tragam me Thanos…Thor se tornou Vingador definitivo nesse momento; comentou Vitor Souza em um dos compartilhamentos da publicação.

Hulk. Só que no cinema estão de sacanagem com ele; mencionou Pablo Henrique Oliveira no mesmo post.

Os dois vem seguindo arcos diferentes nos filmes. Thor está aparecendo cada vez mais em cenas épicas onde pode demonstrar seu poder e força, enquanto Hulk é visto em conflitos internos, onde Banner tem vencido e aparece muito mais como cientista nos bastidores de lutas.

Deixe você também sua opinião. Aqui nos comentários você pode escrever para nós, que é o vingador mais forte.

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

ARROW | Roteirista revela novidades do arco da Sereia Negra na 7º temporada!

SUPER DRAGON BALL HEROES | Reveladas prévia e sinopse do episódio “O Mais Poderoso Guerreiro” Vegeto Super Saiyajin 4

DETECTIVE PIKACHU | Sinopse divulgada revela a trama do live-action

MR. INBETWEEN | Série australiana sobre assassino de aluguel agrada em sua primeira temporada (Crítica sem spoilers)

SHINGEKI NO KYOJIN | Revelada data de retorno do anime e promessa de grandes anúncios para franquia!

JUMP FORCE | Bandai revela vilão do jogo criado por Akira Toriyama

BLACKPINK | Confira prévia da gameplay de DDU-DU DDU-DU no Just Dance 2019

FÚRIA EM ALTO MAR | Filme sobre conflitos submersos trás trama de tirar o fôlego (Crítica)

DRAGON BALL SUPER: BROLY | Confira mais de perto o visual de Bardock para o filme

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: