Connect with us

Vale a Maratona?

VALE A MARATONA? | OZ – 20 anos e ainda atual

Publicado

em

Muito antes de Prison Break e Orange is the new Black colocarem o mundo das prisões em alta nas séries de TV, a HBO já havia polemizado, e muito, com a super violenta e tensa OZ.

Resultado de imagem para oz serie

Tim MacManus (Terry Kinney)

Tim MacManus (Terry Kinney)

Sexo, violência, preconceitos, amores problemáticos e tudo mais transformava a vida de todos os envolvidos com o Complexo de Segurança Máxima Oswald, “carinhosamente” chamado de OZ, com especial destaque para a Emerald City, a ala experimental de recuperação dos prisioneiro, coordenada pelo visionário Tim MacManus (Terry Kinney).

Resultado de imagem para oz serie augustus hill

Augustus Hill (Harold Perrineau)

A estrutura da série, narrada pelo prisioneiro Augustus Hill (com exceção da última temporada, onde em alguns episódios outros presos são responsáveis pela narração) que é interpretado por Harold Perrineau, o Michael de Lost. A narração muitas vezes quebra a quarta parede e faz uso de elementos teatrais para levar o espectador à refletir sobre o tema geral do episódio.

Embora a administração prisional de Oz tenha diversos funcionários interessantes, como o próprio MacManus, o padre Mukada e a irmã religiosa Peter Marrie e a psiquiatra Gloria que possuem um desenvolvimento denso e intenso ao longo da série. Porém, o foco é realmente a vida dos prisioneiros e tudo que eles precisam fazer para sobreviverem em um mundo cruel e sádico.

Resultado de imagem para serie oz tobias

Tobias Beecher (Lee Tergesen) – inocência destruída

Mesmo sem um protagonista claro, o fio condutor da trama principal é o frágil Tobias Beecher (Lee Tergesen), um advogado que sob efeito do álcool atropela e mata uma criança. Ao cair na prisão totalmente perdido dentro deste mundo bandido, ele se torna alvo de todo o sadismo de Vern Schillinger (uma interpretação absurda de J.K. Simmons) o líder dos neonazistas de Oz. Tortura física, mental e sexual vão ser a realidade de Tobias, até que ele aprenda a se defender dentro deste mundo, e contar com a parceria, nem sempre benéfica de Chris Keller, o sádico serial-killer de Christopher Meloni. Este triângulo amoroso de ódio mutuo vai ser o fio condutor das principais tramas da série até o seu trágico final.Resultado de imagem para serie oz vern

Podemos acompanhar os vários núcleos da prisão, suas divisões internas, os grupos que se formam em nome da sobrevivência. Os presos são mostrados não como pobres vítimas da sociedade, mas também não são monstros. São seres humanos que se perderam e buscam do seu jeito, dentro de seu mundo, a sobrevivência.

Mesmo os claros vilões como o já citado Schillinger e também o africano Simon Adebisi (o eterno Mr. Ekko, interpretado por Adewale Akinnuoye-Agbaje) são capazes de gestos e momentos de gentileza e carinho.

A série, que surpreendentemente foi exibida na TV aberta no Brasil (pelo SBT), resolveu mostrar o universo prisional americano de um modo cru, sem glamourização nem vitimização, e com a sua conclusão cínica e brusca mostra que este não é um local para fracos. Nem a série, quem em 20 anos ainda consegue ser atual e provocadora.

NOTA PARA OZ: 4 / 5

Emissora de televisão: HBO
Transmissão original 12 de julho de 199723 de fevereiro de 2003

N.º de temporadas 6

N.º de episódios 56

DISPONÍVEL NA NETFLIX? NÃO

Resultado de imagem para serie oz

Professor de História e Grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Óscar. Viciado em séries e Redador das colunas "Vale a Maratona" e "Papo de Cinema".

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: