Connect with us

Vale a Maratona?

VALE A MARATONA? | The Crown

Publicado

em

Quando a série da Netflix chegou de mansinho e arrebatou o Globo de Ouro de melhor série dramática, muita gente se questionou: ela é mesmo tudo isso?

A resposta é um contundente sim. O fascínio que a família real britânica exerce sobre o público não é à toa. Suas historias tem peso dramático suficiente para prender a atenção na temporada relativamente curta (apenas 14 episódios) sobre a trajetória da jovem princesa que tem sua vida transformada radicalmente com a morte repentina do rei Jorge VI.

A protagonista Elizabeth, interpretada com brilhantismo pela atriz Claire Foy, está insegura em sua nova tarefa como Rainha do poderoso Império Britânico, e ainda tem que lidar com as crises de seu marido, o príncipe Phillip da Grécia (Matt Smith) , e com os escândalos de sua irmã Margaret.Imagem relacionada

As intrigas políticas ainda estão rondando o palácio com a oposição velada de Winston Churchil, o primeiro-ministro com fama de herói de guerra, defendido com maestria por John Lithgow, e pela ameaça do ex-rei Eduardo VIII, tio da monarca que renunciou por amor.

É interessante vermos que a série, por mais que tenda a mostrar uma visão favorável à família real, não se nega a demonstrar a rainha como hesitante, e as vezes insegura, deixando que outros tomem decisões por ela. Este processo é interessante de se acompanhar, uma vez que a imagem que atualmente temos da já octogenária Elizabeth é de uma rainha que soube conduzir com maestria seu reinado, se tornando uma das monarcas que por mais tempo ocupou o trono da Inglaterra.

Resultado de imagem para THE CROWN

Seu casamento com Phillip também oferece uma visão intrigante, em que ela tenta equilibrar o amor que sente pelo inseguro príncipe consorte, mas que ao mesmo tempo o protocolo real a obrigue a colocá-lo em uma posição de inferioridade perante a esposa. A atuação excelente de Claire Froy deixa este constrangimento visível em seu olhar quando ela é forçada a tomar decisões que contrariem sua vontade pessoal, quando por exemplo, é impedida de usar o nome do marido ou de ter que fazê-lo se ajoelhar perante ela na coroação.

Outro ponto que dá uma dimensão pessoal à trama é a relação intensa entre a rainha e sua irmã mais nova, a explosiva e intensa Margaret (Vanessa Kirby).  A irmã mais nova, mesmo que fique claro sua genuína veneração e amor pela irmã, é um forte contraponto. Enquanto os compromissos públicos parece ser um fardo pesado demais para Elizabeth, Margaret encara compromisso públicos como uma passeio de domingo, provocando uma crise no momento em que é escalada para substituir a irmã-rainha que está em viagens.

Se as séries históricas tendem a afastar o público, o mérito desta é ter uma protagonista real com uma vida feita sob medida para a ficção.

A Netflix  prometeu uma segunda temporada, mas considerando que Elizabeth já está completando mais de 6 décadas de reinado, temos material para muito mais.

The Crown

Emissora de televisão: NETFLIX
Transmissão original 2017
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 14

DISPONÍVEL NA NETFLIX? SIM

Resultado de imagem para THE CROWN

Professor de História e Grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Óscar. Viciado em séries e Redador das colunas "Vale a Maratona" e "Papo de Cinema".

Comente aqui!

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: