Connect with us

Críticas

A FREIRA | Crítica do Don Giovanni

Publicado

em

 

Dirigido por Corin Hardy e escrito por Gary Dauberman, a partir de uma história de Dauberman e James Wan, “A Freira”(quinto filme da franquia do universo “Invocação do Mal”) se passa em 1952 e conta a história de um atormentado padre e uma noviça (prestes a fazer seus votos) que são enviados pelo Vaticano para a Romênia, com a tarefa de investigar o suicídio de uma freira enclausurada em um convento. Juntos, o padre Burke (Demián Bichir) e a jovem Irmã Irene (Taissa Farmiga) devem desvendar o profano segredo da ordem, confrontando um mal que assume a forma de uma freira demoníaca.

 

 

Mal muito maior do que o enfrentado pelos protagonistas é o que Hollywood vem fazendo de forma recorrente com os filmes de suspense/terror destinados ao público adolescente. Subestimando a inteligência dos jovens espectadores, os estúdios continuam apostando em pirotecnia e jump scare, deixando de lado a construção de personagens, criando filmes descartáveis e repetitivos.

A produção de “A Freira” acreditou de forma equivocada que uma boa caracterização (não podemos negar que Bonnie Aarons está horripilante como a Freira Demoníaca) e inúmeros “Jump scare” (técnica usada em filmes de terror com o objetivo de assustar o público, surpreendendo com uma mudança abrupta de imagem, aliados a um som alto e assustador) seriam elementos suficientes para entregar uma boa história de origem. Mas inevitavelmente, após a 3ª ou 4ª vez que você se depara com o close do rosto da freira (de olhos arregalados e boca aberta), de maneira repetitiva e sem grandes consequências, esse artifício acaba não funcionando mais, gastando assim um tempo precioso que poderia ter sido usado para construir melhor os personagens do longa.

Taissa Farmiga faz “milagre” com os diálogos da produção, certamente pelo constante envolvimento com filmes e séries do gênero. “A Freira” talvez seja um dos melhores exemplos de “uma ótima ideia”, “muito mal executada”. Diálogos e cenas mais elaboradas, com o intuito de desenvolver mais os personagens, aliados a um roteiro mais ágil e dinâmico, poderiam levar a franquia para uma nova direção. Quem sabe em um futuro próximo…

 

Pontuação de 0 a 5

 

Nota: 2

 

 

 

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

LEGALIZE JÁ | Confira o trailer da cinebiografia da banda Planet Hemp!

PUMPING IRON | Schwarzenegger admitiu que inventou várias histórias para o famoso documentário

BOKU NO HERO ACADEMIA | Confira o título e prévia legendada do episódio 21 da 3° temporada

CELLS AT WORK! | Confira a prévia do episódio 9 da 1ª temporada!

GEEK CITY 2018 | Evento libera agenda completa com participação de grandes artistas!

GEEK CITY 2018 | PES 2019, GWENT e nova expansão de World of Warcraft são destaques da área de games

PENTAGON | Grupo Sul-Coreano confirma o retorno com 8 membros!


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Giovanni Giugni (Don Giovanni) é o exército de um homem só, por trás da "Casa das Ideias Nerd". Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de "Superman" de 1978 e "O Império Contra-ataca". Destemido desenhista e intrépido apaixonado por "Super-heróis", vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: