Connect with us

Críticas

ANNABELLE 2 | Crítica sem spoilers

Publicado

em

Quando o primeiro filme da boneca Annabelle foi anunciado, confesso que não despertou meu interesse. Pelo contrário, olhei com desdém para o título e sequer me dei ao trabalho de assistir ao trailer. Preconceituosamente, imaginei um boneco “Chucky” da franquia “Brinquedo Assassino” em versão feminina e descartei imediatamente da longa lista que sempre tenho de filmes a serem assistidos.

Porém, tenho uma filha de 12 anos de idade a quem estou sempre implingindo meus filmes e programas velhos, e que costuma assisti-los comigo sem reclamar. Em contrapartida, me obrigo a assistir o que ela também me traz, e Annabelle estava em sua lista, logo, mesmo a contragosto, topei encarar o longa.

Grata surpresa! Muito diferentemente do que eu imaginava, me deparei com um bom filme de terror, sem apelação para seriais killers de pano ou rios de sangue. Uma história realmente aterrorizante e que prende o espectador e causa bons sustos.

E foi a memória desse primeiro filme que me gerou uma alta expectativa para a sequência que está nos cinemas, e por consequência, a decepção. Infelizmente “Annabelle 2: A Criação do Mal” está, em minha opinião, muito aquém do original.

Anabelle 2 se propõe a contar a origem da boneca maldita do primeiro filme, portanto os eventos que nele ocorrem são anteriores à primeira história. Com um elenco formado basicamente por crianças e adolescentes, tinha tudo para dar certo, porém tem um início pra lá de arrastado. A primeira hora de filme é soporífera. A segunda metade salva o filme da tragédia total, porém o enredo geral poderia ter sido melhor escrito e o suspense poderia ser maior.

As atrizes mirim Talitha Bateman e Lulu Wilson formam a dupla de protagonistas em uma trama cheia de clichês, como a garota deficiente física (Bateman) que não consegue ser adotada ao lado da melhor amiga (Lulu) que promete que nunca se separarão, as garotas mais velhas que as desprezam, a jovem freira irmã Charlotte (Stephanie Sigman) responsável pelo orfanato que estranhamente e convenientemente (para a trama, é claro) acaba sendo instalado na fazenda do estranho casal Mullins (Anthony LaPaglia Miranda Otto) ao invés de em um prédio público como seria no mundo real. Samara Lee completa o elenco no papel da pequena “Bee“, filha do casal Mullins.

A direção é do sueco David F. Sandberg, do também filme de terror “Lights Out”, que também não é um grande “clássico” do gênero.

Ir ao cinema para assistir Annabelle 2 não chega a ser um total desperdício de dinheiro. O espectador provavelmente não saíra arrependido do cinema, mas esperar para assistir na TV a cabo ou na Netflix também não é uma má ideia.

 

Jorge Obelix. Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicholas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: