Connect with us

Críticas

CAPITÃ MARVEL | Crítica do Viajante

Publicado

em

Neste filme, desembarcamos em plenos anos 90, uma época saudosa de locadoras Blockbusters, internet discada, drives de CD-ROM extremamente lentos e a banda Nirvana em alta. Na trama, acompanhamos a jornada de Carol DanVers,  que se torna uma das heroínas mais poderosas do universo. Quando uma guerra galáctica entre duas raças alienígenas atinge a Terra, Danvers encontra a si mesma e um pequeno grupo de aliados no centro do turbilhão.

A Trama

O filme é muitíssimo divertido e tem momentos marcantes e emocionantes, e a trama apesar de básica, é bem empolgante. O roteiro em parte é previsível em certos aspectos, mas isso não é nada que atrapalhe a experiência.  As atuações estão muito convincentes, a química entre os núcleos é muito boa,com destaque para a sintonia entre Fury e Danvers, (dá gosto de ver a dupla agindo junta, no melhor estilo buddy cop que eram produzidos aos montes nos anos 90). O filme conta a história de uma autodescoberta, é uma jornada de autoconhecimento, que tem muita intensidade e bastante potencial para o futuro do Universo Marvel nos cinemas.

As cenas no espaço e no planeta natal dos Krees não animam muito, mas quando a trama vem para Terra, o filme muda completamente, é como se ganhasse novas cores, novos ares, pois as coisas ficam muito mais interessantes: a ação fica melhor, os diálogos ficam melhores, as piadas, enfim… tudo melhora! Até mesmo os flashbacks na terra (que são muitos) tem outro tom!

Personagens

Um ponto muito forte do filme são os personagens e a química entre eles, a aposta nos atores foi certeira, você rapidamente é envolvido pelo carisma dos personagens.

Logo no início, somos apresentados a Vers, personagem que é protagonista do filme. Vers é um soldado, e como um bom soldado, é leal e obediente a seus superiores, ela é é assolada por um lacuna em seu passado, não se lembra quem é, de onde vem, não sabe nada sobre suas origens, só faz o que lhes é mandado, e tenta sempre manter o controle, o que lhe é ensinado e sempre solicitado. Por este motivo, personagem, apesar de interessante, não é muito expressiva, mas isso tem explicação. A falta de emoção de Carol DanVers (sim, daí vem o Vers, de Danvers, no melhor estilo Wolverine) é proposital dentro do enredo do filme, em diversos momentos é sugerido para a personagem que ela deve manter o controle, deve sempre estar moderada. Sendo assim, ela busca isso, pois cumprir ordens, assim fazer o que lhe é mandado para o bem de todos é um cernes da cultura Kree em que Vers foi inserida.

O personagem de Samuel L. Jackson é outro Nick Fury, é nítida a mudança do personagem se comparado ao diretor da SHIELD que conhecemos hoje, depois de tantos anos, depois de tudo que ele viu e passou, tudo o deixou mais carrancudo, mais sisudo, mais durão, mais badass motherfuck!
Ele tem um motivação forte e um senso de fazer a coisa certa acima das ordens superiores, é entendível porque ele chega onde chegou.

O comandante dos Skrulls, Talos é um personagem muito carismático um dos pontos altos, mesmo no primeiro momento do filme, quando este era mostrado como o antagonista, o trabalho do ator Ben Mendelsohn é magnífico! A atuação dele é muito convincente, se mostra um alienígena mais “humano”, e com um ar sarcástico que muitos outros personagens do filme. A verdade é que ele tem uma das melhores atuações na trama ao lado de Samuel L Jackson e Jude Law (que sempre manda bem).

Alívios cômicos 

As sacadas com a tecnologia da época e a ambientação nos anos 90 são boa parte dos alívios cômicos do filme, e isso é realmente muito bom, há uma cena em que eles estão numa situação de tensão esperando o drive de CD carregar um arquivo de áudio num computador pré-histórico, e todos ficam se encarando num clima de cinema noir, um misto de tensão e impaciência que gera um humor externo a situação, isso é genial, o filme têm outros momentos assim, onde a comicidade da cena é externada para quem assiste, não para quem está dentro da cena, eu, particularmente amo esse tipo de humor. O gato Goose (que na verdade nem é um gato) rouba a cena em momentos divertidíssimos ao lado de Fury e Talos,  e até mesmo contribui para a trama se deslanchar!

Efeitos especiais

Os efeitos especias são uma obra prima a parte, desde a transformação dos Skrulls até a tecnologia Kree, a cidade, os trajes, naves e os poderes da Capitã em ação, tudo isso me deixou muito impressionado, isso sem falar dos efeitos de rejuvenescimento de Samuel L. Jackson e Clark Gregg como Fury e Coulson, que são majestosos.

Prós e contras

Prós: Atuação de Maria Rambeau  (Lashana Lynch) é sagaz, forte e muito emocionante. O jeito de falar coloquial e até meio debochado dos Skrulls, principalmente do líder deles, Talos. VS o jeito de falar sério e moderado dos Krees, que se vêem como hérois, como superiores e que não aceitam diferentes. A linda homenagem a Stan Lee merece um lencinho. O filme tem duas cenas prós créditos.

Contras: Mudança total da origem do personagem, ignorando o Capitão Marvel. Não foi legítimo, o filme é medroso neste ponto, aponta para um lugar, mas parece ter medo de chegar lá, poderia ter ido por um caminho diferente. O plot twist foi bom, mas ainda sim me pareceu que faltou aquele impacto. Como citado, filme pareceu bem óbvio por diversos momentos.

A questão do feminismo

O feminismo está presente no filme, afinal é uma heroína que tem a força feminina.bem presente em sua história, contudo, esse feminismo é tímido, nem chega a ser declarado de fato. Pra quem não conhece a personagem, pode até passar despercebido, temo eu isto ter sido intencional, mãozinha dos produtores

Bom, pessoal é isso. Eu tentei ser breve e não revelar muito sobre o filme, pois eu sei que pode estragar a experiência de algumas pessoas,  mas pode ir conferir sim que vale a pena, Capitã Marvel é um filmaço que mistura ação, aventura humor e emoção, vale a pena conferir !

Até mais e deixem suas opiniões nos cometários!.

Nota para o filme: 3,5 / 5


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

GWENT | Crimson Curse, a primeira expansão de cartas, chega ao jogo

JUMP FORCE | Um grande crossover entre animes com potencial desperdiçado (Review)

SHAZAM! | Revelado o 2º trailer oficial do filme

HELLBOY | Com muitas cenas de ação, Lionsgate divulga novo trailer do remake

PATRULHA DO DESTINO | Se aventurando em um lugar inesperado! – Episódio #02: Donkey Patrol (Crítica)

THE TICK | Amazon Prime Video libera trailer e confirma data de lançamento da 2º temporada

O TRADUTOR | Trailer mostra Rodrigo Santoro vivendo jornada transformadora ao ajudar vítimas de Chernobyl

XBOX LIVE GOLD | Confira os jogos gratuitos de março de 2019 via Games With Gold

PLAYSTATION PLUS | Confira os jogos grátis para o mês de março de 2019

Engenheiro de Produção, amante da sétima e da nona arte. Apaixonado por música boa e amante dos Engenheiros do Hawaii. "Não! Tentar não. Faça ou não faça. Tentativa não há." YODA, Mestre.

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: