Connect with us

Críticas

GAME OF THRONES | 8ª Temporada – Episódio #05 (Crítica)

Publicado

em

Esta postagem contém “spoilers” do quinto episódio da temporada final de Game of Thrones.

Lembre-se: Você está sendo avisado!

Fogo e Sangue! Para uma casa que tem isto como lema, seria muita ingenuidade esperar que Daenerys usaria de diplomacia para resolver sua questão, até porque usar diplomacia e não seu plano inicial (de atacar Porto Real com toda sua força) lhe custou suas maiores perdas. Mas vamos com calma.

Foto: divulgação

O penúltimo (e controverso) episódio da série inicia com o encerramento do arco de Lorde Varys, e, conforme a sua trajetória, ele morre fazendo o que fez na trama toda: conspirar. Não se deve esquecer que é o próprio Varys responsável quase que diretamente pela trajetória de Daenerys, sendo ele que arquiteta o plano de esconder os  até então dois últimos Targaryens em Pentos e casar a jovem inocente herdeira com um chefe cruel de uma tribo bárbara. O resto vimos no que deu.

Foto: divulgação

Daenerys vê sua jornada sendo colocada em risco, e agora que está sem seus dois mais leais conselheiros (que morreram por erro de estratégias) ela resolve agir. Embora muitos fãs tenham criticado essa guindada, não podemos esquecer que, em seu caminho até Porto Real, Daenerys tomou diversas vezes decisões cruéis e mesquinhas. Tomar a decisão de atacar, mesmo após os sinos tocarem, serviu para mostrar a Tyrion e a Jon quem realmente manda.

O episódio apresenta momentos emocionantes, como a despedida dos irmãos Lannisters (Tyrion e Jaime), que, fazendo jus a tudo o que foi apresentado na série, tiveram um momento verdade, na qual a atuação de Peter e Nicolaj tiveram grande peso.

Foto: divulgação

Jaime, que saiu em busca da redenção, teve um final pautado no humano e real. Somente na ficção as pessoas conseguem deixar para trás uma relação abusiva de tantos anos. Seu momento com Brienne foi lindo, emocionante, mas não seria forte o suficiente para apagar a relação que consumiu sua vida. Somente desnecessário foi seu embate com o personagem mais embusteiro da série, Euron, que muito prometeu e pouco entregou.

Outro ponto alto da série, foi o embate entre os irmãos Clegane. Quando Sandor finalmente encara o irmão sem o elmo (alô Darth Vader!) ele exclama: “esse é como você sempre foi!”. Marcado no fogo pelo irmão, desde criança Sandor teve que conviver com o julgamento das pessoas que, pela sua aparência, o julgavam como uma pessoa má (vide Sansa). Agora a real natureza do irmão, o verdadeiro monstro da família, estava também estampada em seu rosto. Mas morrer caindo de um prédio foi clichê demais.

Foto: divulgação

Arya, que foi elevada à grande heroína na Batalha de Winterfell, foi colocada em seu lugar. Ela é pequena, frágil, e viu-se diante dessa fragilidade várias vezes. Se a cena dela montando uma égua branca (exatamente igual a que Daenerys montava antes dos dragões) vai simbolizar alguma coisa, só saberemos semana que vem.

Cersei finalmente enfrentou sua fragilidade e teve um final condizente. Quem criticou ela chorar no final, abraçada com o irmão, dizendo que ela caminhou de cabeça erguida pela cidade e não chorou, entendeu pouco a personagem. O que motivava sua trajetória sempre foram os filhos. Quando ela caminhava nua e despida de todo seu poder, ela sempre olhava para a fortaleza vermelha, onde estava seu filho. Quando, no final deste episódio, ela finalmente desaba e chora, não é por ela e sim pela criança. Um belo final para uma grande personagem.

Foto: divulgação

Sobre as mortes impactantes ainda tivemos o fim mais Game of Thrones de todos para dois personagens. Qyburn, o conselheiro de Cersei simplesmente morre num ataque de fúria de sua criatura, assim, do nada, com a cabeça esmagada na parede. E o comandante da companhia dourada tem um final patético, correndo de medo ao encarar o exército de Daenerys.

Se os fãs reclamaram do roteiro, da parte visual não existe motivo algum. Se passando de dia, sob o sol, tivemos as mais belas cenas de batalhas da série, com Drogon finalmente  mostrando todo seu poder de fogo (!). A claustrofobia, o pavor, tudo foi mostrado em seus mínimos detalhes. Coisa linda (e terrível) de se ver.

Foto: divulgação

Restando agora apenas um episódio, Game of Thrones retorna no próximo domingo, para um final que, mesmo que não agradar a todos, será memorável.


Nota: 4/5


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

MALÉVOLA 2 | Confira o primeiro trailer oficial do filme

TORMENTA20 | RPG Nacional bate recorde em financiamento coletivo

SAINT SEIYA: GALAXY SPIRITS | Novo game de Cavaleiros do Zodíaco chega ao Android – Saiba como baixar e jogar!

AMAZON PRIME VIDEO | Confira as novidades de maio no serviço de streaming

STAR TREK: PICARD | Amazon Prime Video e CBS fecham acordo de exibição internacional da nova série de Star Trek, com Sir Patrick Stewart

ANGRY BIRDS 2 | Confira a divertida cena revelada durante Festival de Cannes

GAME OF THRONES | Assista ao teaser do episódio final!

Professor de História e Grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Óscar. Viciado em séries e Redador das colunas "Vale a Maratona" e "Papo de Cinema".

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: