Connect with us

Críticas

HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR | Crítica do Viajante!

Publicado

em

Novo filme do cabeça de teia fortalece os laços do herói com o público e nos entrega uma produção mais “espetacular” do que os últimos filmes do aracnídeo, entretanto, o longa acaba caindo no comodismo da “Casa das Ideias”.

Finalmente estreou o novo filme do Homem-Aranha. O “retorno ao lar” de um dos heróis mais populares se deu em grande estilo em uma historia simples, coesa e com os velhos vícios de um dos universos cinematográficos mais rentáveis atualmente, o MCU (Marvel Cinematic Universe/ Universo Cinematográfico da Marvel).

Nesta inédita aventura, temos finalmente um Peter Parker totalmente “raiz”. Nerd, inteligente, idealista, pobre e mega desajeitado em situações que lembram um típico adolescente de qualquer lugar nos sete cantos do mundo. Essa ambientação mais “teen” é o grande ponto alto do filme, toda a ambientação e a presença de alguns coadjuvantes em um ambiente high school moderno faz com que o personagem seja mais próximo de todos os espectadores.

A atuação de Tom Holland ajuda bastante no quesito Parker esquisitão, esse é um ponto que todo fã do aracnídeo gostou de ver e quando ele veste a sua roupa tech (inicialmente um incomodo, mas serve bem para a proposta do filme), vemos que o garoto tímido se solta em defender e tagarelar contra os bandidos mais diferentes que presenciamos. Claro que o lado heroísmo do personagem acaba se limitando essencialmente em um típico amigão da vizinhança, esse limite imposto pelo “senhor Stark” faz com que seu pupilo comece a soltar as suas asas para se aventurar em ambientes mais difíceis e essa limitação com um adolescente à flor da idade faz com que o filme seja ainda mais cômico e divertido.

Com toda essa evolução e descoberta de que se pode fazer coisas mais poderosas, o nosso cabeça de teia acaba se encontrando com um dos vilões mais bem trabalhados do MCU ultimamente. O Adrian Toomes do “espetacular” Michael Keaton é bem trabalhado e as suas motivações são claras e objetivas (é uma pena que Keaton assinou somente para este filme, mas se chover grana ele volta futuramente né?), em contrapartida, a “Stark dependência” que foi bem explorada no marketing é coesa e não incomoda como muitos pensariam, pois o personagem praticamente aparece uns 10 minutos no filme, suas aparições são objetivas (começo, meio e fim do filme praticamente!) e o personagem calejado acaba servindo como um “novo Tio Ben” para o Peter.

Com pontos legais, o filme acaba pecando no modo simples e seguro de apresentar o herói. Não temos cenas memoráveis e vibrantes, o filme acaba extraindo a formula consolidada da “Casa das Ideias” e essa tal formula que está ficando batida em alguns filmes acabou casando bem com o personagem, pois o Homem-Aranha é realmente bobo e cômico, um alivio e uma angustia que acabou se misturando também com a frustração pela falta de coragem da Marvel para desenvolver o seu universo cinematográfico.

O filme fica estagnado em acontecimentos pós Guerra Civil e as novidades adiante não aparecem, pelo jeito a Marvel está guardando mesmo tudo para Guerra Infinita e alguns easter-eggs são mais para o universo ultimate do personagem do que para o MCU (vários personagens da escola e a indicação de um tal sobrinho famoso que será um futuro herói é só algumas coisas que eu posso indicar, pelo jeito a Sony foi bem resistente em algumas decisões e isso fica perceptível).

Fora ainda, que a ligação da cena pós-crédito já é um gancho legal para a sequencia que já promete ser “espetacular” com um vilão que também será inédito nos cinemas, pelo menos a presença do Homem de Ferro no futuro do filme irá ser mais escassa (assim eu espero!) e o amigão da vizinhança vai explorar com mais liberdade o Queens e os “pequenos” arranha-céus da grande Manhattan, parabéns Marvel e Sony, um retorno primoroso e prestigiado com o que muitos fãs do cabeça teia queriam ver.

OBS: São duas cenas pós-créditos e a ultima é uma grande trollada que a Marvel dá com os fãs e vale a pena ficar até o final para descobrir!

NOTA PARA O FILME: 4 / 5

 

Sinopse:

Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.

Trailers:

Se você já assistiu, o que achou do filme? Deixe a sua opinião e nota para o filme nos comentários!

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Apresentador do Teekcast, gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Comente aqui!

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: