Connect with us

Críticas

LIGA DA JUSTIÇA | Crítica do Viajante (sem spoilers!)

Publicado

em

Tell me, do you bleed ? You Will!

A Warner teve a coragem de repetir esta frase em Liga da Justiça, mas sim, o filme é mesmo muito melhor que Batman V Superman, porém menos corajoso. Liga da Justiça segue a linha de Wonder Woman e uma resposta da DC/Warner às críticas negativas sobre tom e peso do filmes anteriores.

Mais leve, com uma fotografia mais saturada e até algumas piadas, o filme tem sim alguns problemas (não existe filme perfeito), mas acerta bastante o caminho do DCEU, expandindo (bem, poderia expandir bem mais) e abrindo espaço para novas histórias.
O filme traz mudanças evidente nas características de alguns personagens, principalmente Batman (que ficou meio piadista, muito diferente do Batman de BVS; Superman que também fica mais sorridente, mas menos incomodado com seus poderes e até meio bobo também).

O filme também apresenta um Barry Allen que mais se parece com Wally West, contudo Ezra Miller entrega um personagem muito carismático e cativante. Outro ótimo personagem é o Cyborg de Ray Fisher, que obviamente teve seu background deixado mais raso, mais leve que o era inicialmente (aqui podemos já começar a ver a influência de Joss Whedon e as refilmagens no longa). O filme também apresenta um Aquaman de Jason Momoa com muito potencial, mas que não tem esse potencial explorado muito menos aproveitado, poderia ser um dos destaques do filme, mas não é, na verdade assim como muita coisa no filme, fica muito aquém do esperado, pouco se pode ver de Atlântida e seu povo. Traz uma Mulher Maravilha mais imponente, com mais liderança, mas ainda assim com a doçura e feminilidade da linda Gal Gadot, as cenas com as Amazonas são esplendorosas e já mostram para quê o filme veio, porém o flashback poderia ter uma explicação mais detalhada.

A melhor coisa do filme são os planos de ação, muito bem construídos e que simulam perfeitamente o estilo dos quadrinhos, isso é uma característica que a DC vem mantendo muito bem em seus filmes.

Um dos grandes (e digo grande mesmo) problema do filme foram os evidentes cortes de última hora (exigência do Sr. presidente da Warner, que “mandou” o diretor e editores se virarem para o filme caber em duas horas). Isso atrapalhou bastante, talvez o filme mais perto do corte inicial seria completamente diferente. Muitas cenas que estavam nos trailers foram cortadas, o que até é algo normal, mas uma destas cenas poderia fazer total diferença no longa, a cena que Alfred diz: “Disseram que você viria. Só espero que não seja tarde.”

Essa cena fez muita falta no filme. Pois a volta do Superman à batalha poderia ser bem mais impactante, mais icônica, melhor!
Infelizmente essa não foi, foi sem graça na minha opinião, isso porque estou sendo realista, sou DCnauta assumido, todos sabem disso, mas infelizmente o filme quis imitar Vingadores, isso foi falta de coragem e isso eu não posso perdoar.

Mágico, esplendoroso, icônico e com muito potencial, Liga da Justiça vai te surpreender de muitas formas e concretiza de verdade quadrinhos nos cinemas! O filme mexe com os sentimentos dos nerds jovens e também dos mais saudosos!

Liga da Justiça tem uma ótima direção, visual impecável (parabeeeeeeeeeeéns ao grande Snyder), uma paleta de cores bem melhor que os filmes anteriores e uma montagem/edição que fez um ótimo trabalho dentro do possível. Sim é um ótimo filme e eu verei muitas vezes mais!
Mas sinceramente aguardo ansiosamente pela versão estendida (se houver uma).

Ahhhhhhhhhhhhh sim, o filme tem duas cenas pós credito de arrepiar! Não saia do cinema sem vê-las, são muito divertidas e mostram a nova cara do DCEU, você vai se surpreender demais!

NOTA: 4/5.

SINOPSE:

Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman (Henry Cavill), Bruce Wayne (Ben Affleck) convoca sua nova aliada Diana Prince (Gal Gadot) para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes – Batman, Mulher-Maraviha, Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e The Flash (Ezra Miller) -, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque. O filme tem estreia prevista para 16 de novembro de 2017 nos cinemas brasileiros.

 

 

 

Engenheiro de Produção, amante da sétima e da nona arte. Apaixonado por música boa e amante dos Engenheiros do Hawaii. "Não! Tentar não. Faça ou não faça. Tentativa não há." YODA, Mestre.

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: