Connect with us

Críticas

O JUSTICEIRO | Com um banho de sangue, segunda temporada deixa um pouco a desejar (Crítica)

Publicado

em

A série do Justiceiro provavelmente fechará a parceria entre Marvel e Netflix, que nos brindou com excelentes produções, como todas as temporadas de Demolidor e a 1ª temporada de Justiceiro, além das boas adaptações Luke Cage e Jéssica Jones (especialmente suas segundas temporadas) e claro, o crossover Defensores, mas também nos trouxe produções que ficaremos gratos em esquecer, que são as duas temporadas de Punho de Ferro.

A segunda temporada de “O Justiceiro” estreou no dia 18 de janeiro, trazendo um misto de reações de seus fãs, alguns felizes com o desenrolar da trama e outros nem tanto. Uma coisa é certa, essa nova temporada do show não deixa a desejar no quesito violência e sangue jorrando na tela. Desde o primeiro episódio vemos não somente Castle, mas até mesmo outros personagens menores em cenas bastante violentas.

Logo no início, somos apresentados ao novo vilão do show, John Pilgrim, muito bem interpretado por Josh Stewart (fizemos uma matéria especial explicando que é o personagem nos quadrinhos, clique aqui para conferir), que rouba a cena e se mostra um perigo real para Castle, deixando o espectador ansioso pelo confronto entre ambos logo de cara. Vemos desde a introdução de John, que ele será um inimigo mais perigoso e letal que o Billy Russo de Ben Barnes se mostra nessa temporada.

Por falar em Russo, a caracterização do personagem foi bastante decepcionante. Conhecido nos quadrinhos como Jigsaw, ou Retalho, o personagem possui a sua face toda retalhada (como seu nome já deixa subentendido) após uma luta contra Frank Castle (John Bernthal). Na série, Russo possui pequenas cicatrizes, que aparentemente poderiam ser removidas com mais uma ou duas cirurgias de reconstrução facial, não chegando nem próximo do visual do vilão em seu material de origem.

Além da caracterização que deixou bastante a desejar, Russo não se mostra um vilão ardiloso e perigoso para Castle, como ele é nos quadrinhos. Aqui temos somente uma versão desmemoriada e descaracterizada de Jigsaw, que não consegue nem mesmo bolar um plano para enfrentar Castle sozinho, precisando da ajuda de sua terapeura/amante Krista Dubois (Floriana Lima). Aparentemente, a grande trama para Russo nessa temporada é sua relação amorosa com Krista, deixando sua rivalidade com Castle, que nem mesmo fica clara, uma vez que o personagem perde sua memória, em segundo plano. A grande inimiga de Russo se mostra a agente Dinah Madani (Amber Rose Revah).

Tanta decepção com o que foi feito com Billy Russo se dá ao fato de que o personagem foi muito bem construído durante toda a primeira temporada de Justiceiro, mas que todo esse trabalho foi simplesmente jogado fora na segunda temporada.

A trama principal é claramente relacionada a personagem Amy (Giorgia Whigham), que é caçada por John Pilgrim desde o início da trama, a mando de Eliza e Anderson Schultz, interpretados respectivamente por Annette O’Toole e Corbin Bernsen. O casal, que aparentemente possui diversas conexões políticas e econômicas, busca controlar um possível escândalo envolvendo o nome da família. O que vemos é algo focado no desenvolvimento da relação entre Amy e Frank, onde ele vê na menina, talvez uma imagem de sua própria filha, que todos sabemos, foi assassinada junto ao restante de sua família.

Infelizmente, a trama da segunda temporada de Justiceiro se torna rasa e sem grandes surpresas, sendo que a produção se mostra focada mais em entregar um banho de sangue para seus espectadores, do que qualquer outra coisa. Não há um desenvolvimento de personagens como Madani e Curtis (Jason R. Moore), que já conhecíamos da 1ª temporada do show e retornam com bastante tempo de tela. Mas temos muita a agradecer pela entrada de John Pilgrim, sua participação é um dos pontos altos dessa temporada e ele com certeza entra para o Hall dos grandes vilões das adaptações oriundas dos quadrinhos da Marvel Comics. A luta entre Pilgrim e Castle é demais e espero ver mais do personagem caso tenhamos uma nova temporada de Justiceiro, uma vez que o próprio presidente da Marvel. Jeph Loeb, ja deixou em aberto (clique aqui para saber mais sobre isso).


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

O JUSTICEIRO | Com um banho de sangue, segunda temporada deixa um pouco a desejar (Crítica)

MEMÓRIA TOKUSATSU | Curiosidades sobre Kamen Rider Black RX

TITANS | Trevas, problemas psicológicos e pitadas de brilhantismo (Crítica da 1ª temporada)

COLOR OUT OF SPACE | Novo filme de terror estrelado por Nicolas Cage

O JUSTICEIRO | Presidente da Marvel afirma que 3ª temporada pode ser produzida

O JUSTICEIRO | Saiba quem é John Pilgrim, o vilão da 2ª temporada da série

OVERWATCH | Evento do ano novo Lunar começa nessa Quinta-feira!

BLACKPINK | CEO da YG Entertainment revela pista sobre o futuro do grupo em rede social!

Entusiasta dos games e livros. Meu foco é dividido em diversas áreas, indo desde cinema e séries, até animes e tokusatsus. Assisto filmes e séries repetidamente e sempre me divirto como se estivesse vendo pela primeira vez. Grande fã de Harry Potter e também da Marvel e DC, sem esquecer é claro de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco.

Comente aqui!

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: