Connect with us

Críticas

OS INCRÍVEIS 2 | Quem não gosta de um repeteco as vezes? – Crítica sem Spoilers do Mestre Hater

Publicado

em

Se você gostou de Os Incríveis, lançado em 2004 pela Pixar e curte um repeteco, com certeza vai amar Os Incríveis 2.

O filme reutiliza quase todas as idéias do primeiro, claro que com os avanços na qualidade das animações a sequência tornou-se mais colorida, vibrante e entusiasmante, mas a estrutura da trama é quase toda a mesma.

Quando foi lançado em 2004, o que chamou mais a atenção em Os Incríveis foi a originalidade, a inovação, a excelente sacada de já surfar na onda dos super-heróis e já antevê como seria o futuro deles, Os Incríveis foi extremamente inovador.

Os Incríveis 2 não traz inovação e nem tira nenhum coelho da cartola, a aposta aqui é na manutenção, é trazer toda a proposta do primeiro e dar uma roupagem externa mais moderna. O pouco que é apresentado de diferente não chega a ser tão desenvolvido, como por exemplo a nova geração de heróis que começa a surgir.

(Cena de Os Incríveis 2 ©/ Disney-Pixar ©)

O ponto forte é que essa continuação brinca mais, o humor é tão ágil quanto no anterior e o uso da comédia física está muito mais presente. O foco do protagonista é dividido entre todos os membros da família com muita competência. Embora a Mulher-Elástica tenha a missão principal, a família toda é bem utilizada, inclusive o Zezé, que é quem traz as cenas mais cômicas.

(Cena de Os Incríveis 2 ©/ Disney-Pixar ©)

Uma queda que o filme sofre é quanto ao vilão, Síndrome se mostrou mais interessante e demonstrou uma melhor motivação sendo melhor estruturado, quanto ao Hipnotizador, foi apenas mediano e esquecível, talvez o fato de trabalhar boa parte do filme com uma identidade secreta acabou mais prejudicando do que acrescentando.

(Cena de Os Incríveis 2 ©/ Disney-Pixar ©)

Edna e o Gelado continuam excelentes no apoio, sempre quando eles estão em cena ela rende e quando eles saem dela deixa saudades.

O enquadramento também é sempre interessante, o posicionamento, o ângulo em que a cena é contada, é divertida a sensação que nos é transmitida de que tudo está sendo filmado.

(Cena de Os Incríveis 2 ©/ Disney-Pixar ©)

Entre a jornada de cada personagem, a Violeta é a mais interessante, o drama da sua maturidade intercalando com os reflexos da adolescência é desenvolvida de forma muito divertida, é uma personagem em ascensão que promete muito para futuras sequências.

Os Incríveis 2 é uma agradável visita à uma família que passou o tempo e ela não mudou, mas não tem problema, nem sempre é isso que queremos mesmo né verdade?

Uma última informação, o 3D é totalmente dispensável.

Nota para o filme: 4 / 5

 


SIGA-NOS nas redes sociais:

 

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes. Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater). Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas HATEANDO! Demorei, mas eu vi! Escondido na Netflix

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: