Connect with us

Críticas

REI ARTHUR: A LENDA DA ESPADA | Crítica de “outro” Viajante!

Publicado

em

Você não pode realmente criticar a lógica de deixar Guy Ritchie trazer um pouco de caos para o mundo tradicionalmente cavalheiresco do Rei Arthur. Em 2009, quando o detetive de consultoria moderna de Benedict Cumberbatch ainda estava para levar os espectadores ao seu Palácio da Mente, o primeiro filme de Sherlock Holmes de Ritchie provou ser uma revelação alegremente incendiária, proporcionando emoções inesperadas (e um sucesso de bilheteria de US $ 524 milhões) das histórias de Sir Arthur Conan Doyle com o brio visual da marca do diretor de “Snatch” e a devoção inabalável para as cenas de luta sem camisa.

Assim, em teoria, você não apostaria contra a opinião similarmente controversa de Ritchie sobre a lenda arturiana (uma reimaginação urbana – história de origem criada para dar origem a um universo cinematográfico ligado a seis filmes) para conseguir um truque semelhante. Não demora muito para que essas esperanças se definham, em vez disso – dada a cena de batalha de abertura do filme – sejam pisoteadas por um elefante em CGI de 300 pés. Embora tenha às vezes algumas cintilações, o filme “Rei Arthur: A Lenda da Espada” converte em um assunto misturado, pesado para baixo e confundindo elementos sobrenaturais em uma dependência preguiçosa nos efeitos visuais.

Ainda assim, as cenas de abertura são estimulantes. Os paquidermes gigantes e os saqueadores são parte de um prólogo que nos serve alguma história de fundo entre as cenas da matança das idades escuras. Na Inglaterra antiga, nos dizem que homens comuns estão em guerra com “magos” (seres místicos com o poder de controlar animais). Durante um conflito chave, o monarca reinante heróico, o Rei Uther (Eric Bana), faz uma intervenção crucial com sua espada mágica, Excalibur, mas a vitória parece vir com um vago custo místico – Vortigern, irmão de Uther, tem uma hemorragia nasal suspeita. Uma coisa – e em breve traição vem para Camelot.

Vortigern reivindica o trono, Uther e sua esposa são mortos e Arthur, seu único filho, está escondido em um barco antes de chegar em Londinium. Uma montagem rapidamente cortada – um show irresistível da verve estilística de Ritchie – que então retrata a jornada de Arthur, trabalhador de bordel ingênuo para brawler streetwise. Depois de ser convocado para o seu encontro habitual com a espada na pedra, Arthur eventualmente cai com uma misteriosa maga (Àstrid Bergès-Frisbey) e um grupo ragtag de lutadores que brigam pela liberdade de derrubar o regime de Vortigern e abraçar o seu destino heróico.

Esta parte do meio do filme, onde os tambores são como um cruzamento entre Robin Hood e Ocean’s Eleven, é, sem dúvida, o seu ponto alto. Mas também sublinha uma de suas maiores falhas. Mesmo em um cenário inesperado, os tropos de Ritchie – gírias do Leste de Londres, lutas de punho, truques narrativos de Tarantino-ish – ainda se sentem irremediavelmente datados. E depois há David Beckham. Depois de um breve cameo no filme anterior de Ritchie, The Man From U.N.C.L.E., Becks efetivamente se coloca como a resposta do Ritchieverse à Stan Lee, com uma aparência mais vigorosa e como um soldado vilão. É um mistificado, fist-biter de uma performance – quase impressionante quando você considera que apresenta um homem que é realmente de Leytonstone jogando um sotaque um pouco convincente, e o fato de um momento do personagem extremamente significativo para Arthur insinuar a parte penetrante do filme mal-julgado. Jude Law trabalha admiravelmente como o protoditador demoníaco Vortigern, mas a decisão de Hunnam de interpretar Arthur é como uma mentira para o ator interpretar um grande personagem

Ritchie é claramente ainda adepto em ordenar uma peça de ação inventiva, mas todas as esperanças é de que isso está se dirigindo em um lugar interessante para uma sequência futura.

Mesmo com os altos e baixos, eu gostei do filme. Espero que o diretor se supere na sequência.

NOTA PARA O FILME: 4/5

Deixem os seus comentários!

A NerdTrip teve seu início no ano de 2016 com a missão de levar entretenimento, notícias, resenhas e tudo sobre o universo pop/nerd/geek. “Uma ideia na cabeça, talento e vontade em nossas mãos!”

Críticas

STEVE MARTIN AND MARTIN SHORT: AN EVENING YOU WILL FORGET FOR THE REST OF YOUR LIFE | Crítica do Mestre Hater

Publicado

em

A Netflix juntou no palco os dois amigos de longa data, Steve Martin e Martin Short para uma conversa que é um verdadeiro show desses dois que já foram ícones da comédia nos anos 70/80. O show se chama Steve Martin and Martin Short: An Evening You Will Forget For The Rest Of Your Life (Steve Martin e Martin Short: Uma noite que você esquecerá pelo resto de sua vida). 

Nessa apresentação eles comentam desde fotos da infância, carreira, bastidores, encontros com Elvis Presley e Frank Sinatra, também contam sobre seus períodos no Saturday Night Live e alfinetam várias celebridades além de apresentarem esquetes musicais cômicas. O especial também conta com a banda The Steep Canyon Rangers, vencedora de um Grammy, além do pianista Jeff Babko, e tem na direção Marcus Raboy.

É difícil não se divertir quando começam a tirar sarro da carreira um do outro e inclusive da própria, e tudo sem fazer uso de um humor apelativo ou ofensivo.

Enquanto Steve Martin está perfeito, Martin Short em alguns momentos deixa um pouco a desejar, e a parte musical entedia um pouco em seu começo, mas quando conta com o apoio da banda é excelente.

No final temos direito a um pequeno bis forçado (mas divertido) de 5 minutinhos, graças aos advogados da Netflix, e o show se encerra deixando saudade e um sorriso, junto com a sensação que essa dupla pode voltar e continuar a nos divertir (e muito) em futuras novas apresentações.

Nota para o filme: 3.5 / 5

 


 SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

MY HERO ACADEMIA | Título e prévia legendada do episódio 9 da 3ª temporada de Boku no Hero Academia

NANATSU NO TAIZAI | Título e prévia legendada do episódio 20 da 2ª temporada de Os Sete Pecados Capitais

STEPHEN KING | Iniciada a pré-venda do livro Outsider

BLACK COVER | Título e prévia do episódio 34 do anime

TROPA DOS LANTERNAS VERDES | Título é cancelado oficialmente pela DC Comics

SHINEE | Smtown divulga Teaser de ood Evening”“G


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo

Críticas

GOTHAM | Um deleite para os fãs do Morcegão! Crítica da 4° temporada (sem spoilers)

Publicado

em

(Foto – Gotham ©/ Fox Channel ©/ Warner Bros. Pictures ©/ DC Comics ©)

A série está sensacional, com um nível na qualidade de produção exuberante. O show não poupa esforços para adaptar de forma magistral todo o vasto e rico conteúdo das HQs do universo do Homem-Morcego. Cada detalhe, cada referência das histórias do Morcegão é jorrada na nossa cara sem pudores, onde temos também as belíssimas atuações de Cameron Monaghan como o nosso Coringa, David Mazouz fazendo o nosso jovem Bruce Wayne e também a rica competência de Ben Mckenzie como o nosso Jim Gordon.

Ao passar das temporadas a série foi evoluindo, confesso que eu adorava bastante a primeira e a segunda temporada que ia em um modo mais detetivesco com um lado bem sombrio. Eu sei que muitos não gostaram da proposta inicial por ter pouca coisa do Universo do Batman e também pelos excessos e exageros ao desenvolverem bem alguns vilões do Cruzado Encapuzado.

Com o tempo a série foi acertando isso e melhorou gradativamente ao chegarmos nesse grande ápice, “Terra de Ninguém”. Uma das adaptações mais famosas do universo do Morcegão, o episódio final da 4ª temporada foi deslumbrante, na verdade toda a temporada foi incrível. Tivemos desde “O Longo Dia das Bruxas”, “Batman: Ano Um” e outras histórias famosas do Batman que serviram como plano de fundo neste magnifico show na TV, que sobrou até tempo para fazer homenagem para a icônica HQ “Piada Mortal”, palmas para o showrunner Bruno Heller pela extrema capacidade e coerência de transmitir tudo com os mínimos detalhes.

Os episódios desta temporada tiveram um toque especial de quero mais, quero mais. Com 22 episódios nesta 4º ano, pareceu que estávamos vendo uma série curta pelo tamanho envolvimento que a história nos passava. Uma pena que o show está acabando e irá entrar na sua 5ª temporada, que será finalizada com 13 episódios no canal Fox nos EUA.

A dúvida que fica no ar é, será que finalmente teremos o Batman na quinta e última temporada da série? Por conta da burocracia ele será chamado mesmo de o “Cavaleiro das Trevas”, outra dúvida pertinente é se veremos David Mazouz ou outro ator neste icônico papel. Obviamente o jovem ator merece sim participar deste último ano do show, ele está sendo ótimo e seria incrível ver o jovem ator encerrando o papel com a chave de ouro nesta incrível série chamada Gotham. Parabéns pela série DC e obrigado a toda a equipe de produção por uma temporada fenomenal, torço para uma season finale honrosa e digna ao manto do nosso amado Cruzado Embuçado.

Nota para a 4ª temporada: 5 / 5

 

Continue lendo

Críticas

DEADPOOL 2 | Crítica em vídeo com Aline Giugni & Don Giovanni – Bônus (Warner vs Ryan Reynolds)

Publicado

em

No aguardado programa de hoje, nossos intrépidos desbravadores da aventura (Aline Giugni & Don Giovanni) falam sobre a continuação do filme do mercenário mais amado do planeta e de quebra, ainda comentam a troca de alfinetadas entre a Warner e o ator Ryan Reynolds…imperdível.

Confira o vídeo abaixo ou clique aqui.

 

Confira nossa crítica por escrito e a matéria com o entrevero entre Reynolds e a Warner:

DEADPOOL 2 | Crítica do Don Giovanni

 

DEADPOOL 2 | Warner se ofende por piadas sobre a DC Comics e pede o anel do Lanterna Verde de volta para Ryan Reynolds

 

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

MARVEL VS DC | Diretor da Marvel diz que filme da DC é o seu filme de super-herói favorito!

ARROW | Agora vai? Astro promete aparição do famoso cavanhaque na 7ª temporada

BATMAN: ARKHAM | Novo game de mundo aberto baseado em popular personagem da DC Comics pode estar sendo produzido

ONE PIECE | Título e prévia do epísódio 838 do anime

MY HERO ACADEMIA | Prévia e título do episódio 8 da terceira temporada de Boku no Hero

UMA NOITE DE AVENTURAS | O Dia em que o “Rei do crime” foi confundido com o poderoso Thor

DEADPOOL 2 | Warner se ofende por piadas sobre a DC Comics e pede o anel do Lanterna Verde de volta para Ryan Reynolds


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: