Connect with us

Críticas

SUPERGIRL | 2º Temporada – Crítica do Viajante!

Publicado

em

Após uma boa primeira temporada em um canal que não dá chances às séries de TV com heróis, o futuro da Supergirl como uma produção televisiva era incerto. Entretanto, tivemos uma esperança, o canal CW que adapta os heróis Flash e Arqueiro Verde resolveu dar continuidade ao show e ainda de quebra fez um grande crossover entre esses poderosos heróis.

Superman e Supergirl

Qualidades à parte dessa união, a nova temporada estrelada por Melissa Benoist resolveu adaptar temas modernos e progressistas, claro que as cenas de ação não ficaram de lado, a introdução do primo da heroína, o escoteiro azul mais famoso das HQ’s como um coadjuvante gerou dúvidas, que logo foram bem aceitas por uma ótima atuação de Tyler Hoechlin no início e no final desta segunda temporada.

Mellissa Benoist (Supergirl) e Lynda Carter (a primeira Mulher-Maravilha atuando na série como presidente dos EUA)

Mellissa Benoist (Supergirl) e Lynda Carter (a primeira Mulher-Maravilha)

A série também trabalhou bem o lado pessoal dos principais personagens da série, por mais que tenha sido o lado mais difícil de engolir pela lentidão em que se foi trabalhado (isso infelizmente é culpa da temporada que contou com 22 episódios, muito grande!), tivemos uma grande evolução dos ideais envolvendo Kara Danvers (o lado esperançoso e de escoteiro azul do seu primo ficou evidente na personagem), Alex Danvers (que evoluiu com um lindo romance com uma policial local chamada Maggie), Mon-El (que surpreendeu pela boa evolução), James Olsen (que se tornou um herói), J’onn J’onzz (que encontrou seu amor?!) e Lena Luthor (que gerou dúvidas no começo e foi bem trabalhada).

 o cast de Supergirl na SDCC (Comic-Con), destaque no centro para o ator Tyler Hoechlin que é atuou como o Superman na série

O elenco principal de Supergirl na SDCC (Comic-Con)

Mesmo assim, essa temporada produzida pelo canal CW não viveu só de coisas boas, pois algumas coisas foram desenvolvidas e apresentadas com muitos equívocos, o maior exemplo foi a tentativa frustrada de balancear romance e ação, episódios focados em coadjuvantes foram raros, uma maior participação do Homem de Aço, a resolução de problemas óbvios e a presença de temas do cotidiano, que poderiam ter sido melhor trabalhados, não tiveram um grande capricho dos produtores.

Supergirl (Melissa Benoist) e Mon-El (Chris Wood)

Esses problemas não deram um déficit ao final da temporada e para o gancho surpresa da terceira temporada, que já está confirmada. No entanto, esses probleminhas acabaram incomodando bastante para acompanhar a longa segunda temporada da série que foi finalizada perfeitamente. E como esperar por essa nova temporada com os acontecimentos incríveis que envolveram o círculo de personagens principais da série, pois mesmo com alguns erros, os episódios finais conseguiram arrumar as pontas soltas e terminou com uma ação frenética que raramente você iria acompanhar em uma série com essa temática.

Calista Flockhart como a querida Cat Grant

Calista Flockhart como Cat Grant

Ainda tivemos a participação da atriz Calista Flockhart que, como sempre, atua super bem e a sua personagem é envolvente ao agregar uma boa qualidade no roteiro dos episódios, espero que a personagem volte a ter mais participações na terceira temporada, e ficamos no aguardo de que Kara Danvers e a sua trupe retornem logo com boas aventuras!

NOTA PARA A TEMPORADA: 3,5 / 5

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Apresentador do Teekcast, gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: