Connect with us

Críticas

THE GIFTED | Série estreia com boa audiência e crítica – 1º episódio: eXposed – Crítica do Viajante

Publicado

em

Estreou no último dia 02 na Fox americana e dia 03 na brasileira a aguardada série “The Gifted“, que aborda os personagens mutantes dos “X-Men” da Marvel. É a segunda série abordando esse universo em 2017. No primeiro semestre a emissora já havia colocado no ar a série “Legion“, que teve boa recepção da crítica e que eu particularmente gostei muito.

“The Gifted” estreou após mais de dois meses de propaganda maciça, e portanto era muito aguardada pela legião de fãs que os personagens originários das HQs possuem. E aparentemente não decepcionou. Com uma audiência de 4,8 milhões de espectadores, o show tem recebido boas críticas até agora.

A série se passa aparentemente em um futuro próximo. Os EUA, nesse contexto, possuem uma política rígida e violenta mantendo um certo “Programa Sentinela” que localiza e apreende mutantes dentro do país. O nome sentinela é uma alusão aos andróides que nas HQs e nos filmes para o cinema também caçam mutantes. Porém, na série, pelo menos nessa estreia, apenas agentes humanos apareceram, mas nada impede que os andróides possam vir a fazer parte da atração no futuro.

Blink

Polaris

O produtor Matt Nix escolheu usar personagens dos X-Men menos conhecidos do público leigo, aqueles fãs que só acompanham a equipe pela TV ou cinema, porém aqueles que acompanham os quadrinhos, podem reconhecê-los sem dificuldades. A exceção fica por conta de “Blink/Clarisse Ferguson” (Jamie Chung), mutante teletransportadora que já havia dado o ar da graça no filme “X-Men: Dias de um futuro esquecido” (2014), porém na ocasião interpretada por Fan Bingbing. Entre esses personagens estão “Polaris/Lorna Dane” (Emma Dumont), porém sem os cabelos verdes que a caracterizam nas HQs, e “Pássaro Trovejante/John Proudstar” (Blair Redford). Os três lideram a resistência mutante, grupo que permanece nas sombras e enfrenta o governo.

Andy e Lauren Strucker

Completa o quarteto que lidera essa resistência um personagem criado exclusivamente para o show, “Eclipse” (Sean Teale) mutante que pode manipular fótons e que faz parte romântico com Polaris. Além dele, há um casal de irmãos adolescentes que acabam de descobrir que são mutantes e que são filhos de um dos mais ferrenhos e implacáveis agentes do “Programa Sentinela”. São eles “Lauren Strucker” (Natalie Alyn Lind) e “Andy Strucker” (Percy Hynes White). O pai, “Reed Strucker” é interpretado pelo ator Stephen Moyer. O sobrenome “Strucker” aliás, é o mesmo do vilão dos quadrinhos “Barão Wolfgang Von Strucker“, um dos líderes da organização criminosa “Hydra“. Porém, se haverá relação entre os novos persongens e o antigo, ainda não se sabe.

Já a equipe clássica dos X-Men assim como a de seus antagonistas, a “Irmandade Mutante” apenas é citada. Fala-se que ambas desapareceram no passado. Só o fato de não se dizer que estão mortos, já deixa aberta a possibilidade de que um ou mais membros de qualquer um dos dois grupos venha a surgir na série no futuro. O próprio Matt Nix já deixou subentendido que o fato de Polaris ser filha do vilão “Magneto” deve vir a ser explorado no decorrer da série. Porém, se “Magneto” vai ou não aparecer, ainda é um mistério. Mesmo porque, o próprio Nix já afirmou que o universo da série não é o mesmo do cinema. O que facilita para a Fox na questão do ator a interpretá-lo, que não necessitaria ser o mesmo que atualmente faz esse papel nos filmes, no caso, Michael Fassbender.

Entre outros nomes, na produção executiva junto com Nix, temos Bryan Singer, que já trabalha com os mutantes da Marvel há muitos anos. Portanto, pode-se esperar que a série mantenha a qualidade no decorrer da temporada. Eu particularmente fiquei bastante satisfeito e minha classificação é:

 

 

Jorge Obelix. Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicholas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: