Connect with us

Críticas

THE ORVILLE | Fugindo da comédia e se aproximando ainda mais de Star Trek – Episódio #03: Home – Crítica do Viajante

Publicado

em

O terceiro episódio da segunda temporada da série The Orville exibida por enquanto apenas pela Fox americana deixa ao espectador a impressão de que o show criado pelo ator, dublador e animador Sethe MacFarlane está se distanciando totalmente da comédia e se aproximando cada vez mais da franquia na qual é inspirada: Star Trek.

Desde o início MacFarlane insiste em ressaltar que The Orville é uma homenagem à obra de Gene Roddenberry, e não uma paródia. Porém seu humor cáustico sempre esteve presente em menor ou maior grau durante toda a primeira temporada e nos dois primeiros episódios da atual. Isso não ocorreu em Home, o episódio desta semana. Praticamente quase não consegui rir ao longo de toda sua exibição. 

Isso não quer dizer que tenha sido ruim. Pelo contrário, foi um ótimo episódio. Caberia perfeitamente dentro de qualquer série da franquia Star Trek. Capta totalmente a essência da obra que a inspirou. Agrada ao mais exigente Trekker – Então qual seria o problema? – Poderia me questionar o leitor.

Apesar de a base de fãs de The Orville ser quase que totalmente a mesma de Star Trek, em minha opinião perde-se a essência cômica leve e despretenciosa inicial que MacFarlane havia estabelecido. Hoje contamos com cinco séries de Star Trek encerradas e disponíveis na Netflix, uma que deve estrear sua 2º temporada ainda esse mês e uma sétima em produção. Além de 13 longas produzidos para o cinema. The Orville vinha surfando uma onda semelhante porém diferenciada e que estava agradando muito. Deixar de lado esse diferencial para se tornar mais uma entre muitas não me parece uma boa ideia. Não há como prever se essa tendência permanecerá. O 4º episódio na semana que vem pode ser hilariante e mostrar que minha preocupação é infundada. Espero sinceramente que isso ocorra. A genialidade do show está justamente em conseguir equilibrar perfeitamente a parte científica de uma boa série de ficção com uma dose de comédia, sem cair no pastelão. 

Dessa vez o episódio foca na chefe de segurança da tripulação da nave, Alara Kitan Halston Sage). Devido à altíssima gravidade de seu planeta, Xelaya, a garota possui força sobre-humana. Porém seu corpo está enfraquecendo rapidamente devido à longa permanência em gravidade similar à do planeta Terra que é utilizada na espaçonave onde reside. Caso não retorne a seu planeta natal para um tratamento intensivo, corre o risco de perder totalmente sua força e, pior, nunca mais poder pisar em Xelaya sob o risco de ser esmagada pela gravidade do mesmo.

Computação gráfica de primeira para nos mostrar o planeta Xelaya.

Alara retorna então ao lar. Destaque aqui para a ótima computação gráfica da série. Primeiramente temos um vislumbre do planeta visto do espaço. Gigante como Jupiter, portando anéis como Saturno e azul como a Terra, Xelaya é simplesmente deslumbrante. Mas é apenas o começo. Em seguida, a nave auxiliar que leva a garota à superfície faz um vôo panorâmico sobre uma esplendorosa cidade futurística, bela e brilhante, harmoniosa e funcional como nenhuma existente na Terra. A visão é tão impactante que chega a arrancar um depressivo e hilariante comentário da boca de Gordon Malley (Scott Grimes), o piloto que conduz o veículo.

O ator Roberto Picardo, velho conhecido dos trekkers.

Na casa de Alara descobrimos que seus pais nunca aceitaram bem sua ida para a  U.S.S Orville. Intelectuais por natureza e focados no conhecimento e na ciência, os xelayanos aparentemente desprezam a guerra e a hierarquia militar sob a qual a garota se sujeita em sua vida profissional. O ator Robert Picardo, velho conhecido dos trekkers por interpretar o personagem holográfico Doutor por sete temporadas na série Star Trek: Voyager, faz o papel de Ildis Kitan, o pai de Alara. A atriz Molly Hagan interpreta Drenala Kitan, a mãe e Candice King faz a irmã mais velha Solana.

O drama familiar sobre a aceitação de Alara, que nasceu com um deficit de inteligência, por seu pai, um importante e proeminente médico da sociedade xelayana, dá o tom ao episódio inteiro. A moral da história se resume em mostrar que cada indivíduo pode ter seu lugar de relevância em uma comunidade independente da função ou ascendência familiar. Me incomodou um certo roteirismo quando Alara insiste que seu pai salve o capitão Ed Mercer (MacFarlane) ao final do episódio, sendo que ele está com a mão muito ferida e sua mãe e irmã poderiam ter executado a tarefa com muito mais facilidade.Isso acontece nitidamente apenas para dar mais dramaticidade à relação pai e filha, mais seria totalmente inverossímil na realidade.

Entretanto, o que mais me entristeceu em “Home” foi constatar que a Alara abandona a tripulação da Orville ao final do episódio para voltar para sua família. Estaria a personagem abandonando a série em caráter definitivo? Ao que tudo indica, não. A atriz Halston Sage em nenhum momento negou ou confirmou isso. O IMDB a coloca na lista no elenco pelo resto da temporada. Porém tais listas não são totalmente confiáveis. Desconfia-se que houve problemas de agendamento. A atriz participou de um filme chamado The Last Summer e que no momento está em pós-produção. É possível que isso tenha ocupado de certa forma a agenda da atriz impedindo-a de gravar alguns episódios da temporada. Há chances de que ela retorne mais para frente ou talvez apenas no próximo ano. É o que os fãs, eu incluso, esperamos. A personagem é ótima e sua continuidade na série, mesmo que só na terceira temporada é o que todos queremos.

Minha classificação para o episódio cai meio ponto em relação ao da semana passada.

4/5

 

Acesse abaixo minha crítica para os episódios passados:

THE ORVILLE | O retorno de uma das melhores séries de ficção/comédia da atualidade – Episódio 01: Ja’Loja

THE ORVILLE | Vício em Holopornografia para não sair dos temas polêmicos – Episódio #02: Primal Urges – Crítica do Viajante

E as críticas em vídeo:

THE ORVILLE | Episódio #01: Ja’Loja – Crítica em Vídeo por Jorge Obelix

 


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

THE ELDER SCROLLS: LEGENDS | Novo trailer revela data de lançamento de Ilhas da Loucura

SAI DE BAIXO | O seriado virou filme

O JUSTICEIRO | Netflix divulga último trailer antes do lançamento da 2ª temporada da série

THE NEW POPE | Primeira imagem oficial da série mostra Jude Law e John Malkovich

YOU | Obsessão, assassinatos e muitos livros (Crítica sem spoilers da 1º temporada)

THE PROMISED NEVERLAND | Saiba mais sobre o anime e confira o trailer

BLACK CLOVER | Confira o título e prévia do episódio 66 do anime

THE ORVILLE | Vício em Holopornografia para não sair dos temas polêmicos – Episódio #02: Primal Urges – Crítica do Viajante

STARCON 2019 | Confirmado no evento, Doug Jones manda recado aos fãs brasileiros

 

Jorge Obelix. Ancião do grupo, com milhares de anos de idade. Fã da DC Comics e maior conhecedor de Crise nas Infinitas Terras e Era de Prata do Universo. Grande fã de Nicholas Cage que acha que um filme sem ele nem pode ser considerado filme. Fã de Jeff Goldblum também, e seu maior sonho é ver ambos (Cage e Goldblum) contracenando.

Comente aqui!

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: