Connect with us

Games

DISHONORED | Em Death of the Outsider, a missão é simples: Mate um deus

Published

on

Se tem uma companhia de jogos que gosta de alfinetar com questões políticas e ideológicas, essa companhia é a Bethesda. Em Skyrim por exemplo, uma intensa briga pelo poder entre Imperiais, Stormcloaks e Thalmors chega até a tirar o foco do personagem principal. E esse não é o único jogo onde isso acontece, em Fallout, as disputas são feitas entre governo, rebeldes e até uns loucos querendo restituir a Roma antiga, os césares. Pois bem, Dishonored (Arkane/Bethesda, 2012), não fica atrás nesse território de intrigas políticas.

É possível matar um deus?

O cenário é Dunwall, cidade pesqueira de arquitetura decadente que vive do consumo de uma iguaria produzida pelas baleias. Baseado na França do século retrasado, o jogo retrata uma sociedade decrépita, corrupta e baseada em misticismo. Todos esses fatores fizeram da história de Corvo Attano um grande sucesso. Misturando elementos de stealth e 1ª pessoa, o

jogo caiu nas graças da galera, se tornando mais um grande sucesso por onde passou. A adoção também de atores famosos para dublar os personagens como Susan Sarandon (como “A Empregadora”), Brad Dourif (como Corvo), Michael Madsen (como Daud, o assassino), Carrie Fisher (em um de seus últimos trabalhos), Lena Headey (ela mesma, a Cersei de GOT) e Chloe Grace Moretz (como a filha da Empregadora), deram ainda mais força e visualização ao game.

O interessante de Dishonored é que como jogos como The Witcher por exemplo, suas ações tinham peso e mudavam os caminhos do jogo, inclusive a forma como Corvo (que é alvo de uma conspiração) reage com os guardas, quanto mais assassinatos pior a coisa fica. E quando digo pior, falo sério. Ratos tomam a cidade e a repressão aos pobres (ricos nem sabem o que repressão nesse jogo) fica ainda pior. E pra melhorar a situação, uma espécie de entidade conhecida como “The Outsider” (em português, O Estranho) se alimenta de todo esse caos, fornecendo munição mística para os dois lados, alimentando lendas, criaturas da escuridão e mais assassinato. Um cenário de horror sem dúvida.

O spin off que chega agora para PS4, XboxOne e PC, Death of the Outsider, trata exatamente disso. Um pouco de spoiler agora, um dos grandes pilares da história do jogo (inclusive pra história do 2) é Daud. Interpretado com a voz e o rosto de Michael Madsen (um puta ator de hollywood, várias séries, filmes e jogos), é a figura central das 3 expansões do primeiro

Daud retorna pra seu último contrato

Dishonored (chego a dizer que as missões dele são mais importantes que o próprio jogo) que enfrenta a bruxa Delilah na sua obsessão por Emily, a filha da Empregadora assassinada no primeiro jogo. Porém a vida de assassino é dura e Daud como todos na vida, sofre a ação do tempo. Mesmo sendo um assassino com grande poder místico (dado por você sabe quem), resolve que é hora de dar um fim a esse “deus” para que o mundo tenha um pouco de paz.

É aí que ele resolve contratar Billy Lurk (Rosario Dawson, de Sin City, Machete, velha conhecida dos filmes de ação), uma antiga discìpula dele, que não foi maculada com o mensageiro das trevas, para finalmente entrar no Limbo e dar cabo da entidade. Mas como é que se elimina um deus? Eis o grande enigma a descobrir. Para isso um novo arsenal (sem coisas místicas), está a disposição do jogador e com a perseguição, pedaços do passado do Estranho vão sendo revelados, Death of the Outsider fechará os acontecimentos de Dishonored 2 dando um final a história de Emily Kaldwin e Corvo. Vale a pena conferir.

 

 

Um lobo da noite. Um caçador urbano.
Nerd de carteira assinada, acredita piamente que os Sith são do bem e querem apenas trazer paz a galáxia.
Dcnauta desde sempre. Amante de William Gibson e Sapkowski.
Acredita que a verdadeira revolução será feita pelas palavras.

Click to comment

Deixe uma resposta ...

Games

DRAGON BALL FIGHTERZ | Novidades do jogo em vídeo e fotos de Gotenks, Kid Buu e Ultimate Gohan

Published

on

Dragon Ball FighterZ, o novo fighting game da Arc System Works para a Bandai Namco ganhou grandes novidades. Tivemos a divulgação de um trailer dedicado para o Gotenks Super Saiyajin 3 e também das primeiras imagens de Ultimate Gohan e Kid Buu em ação em no jogo.

Gotenks, a fusão entre Trunks e Goten, protagonizou alguns dos momentos mais divertidos de toda a série Dragon Ball Z e no jogo não será diferente. O seu humor e tendência para enganar os adversários promete grandes momentos no jogo.

Aparentemente, veremos todas as técnicas clássicas destes personagens, nas fotos vemos também Gotenks usando o Super Ghost Kamikaze Attack e o Charging Ultra Buu Buu Volleyball, Gohan usando seu Ultimate Kamehameha e uma explosão de Ki e Kid Buu atacando com todo o seu corpo contraído em uma bola e o Planet Burst.

Dragon Ball FighterZ será lançado no dia 26 de Janeiro na Xbox One, PC e PS4. No entanto, será possível testar uma beta aberta alguns dias antes do aguardado lançamento.

Continue Reading

Games

CYBERPUNK 2077 | CD Projeckt acaba com as dúvidas sobre o game!

Published

on

Se tem um jogo que amo de coração é The Witcher. Não existe hoje no mercado uma empresa tão comprometida com os fãs como a CD Projeckt RED. Isso para ir logo direto ao assunto. Após anunciar (afinal para produzir um grande jogo é preciso tempo) que haverá multiplayer em Cyberpunk 2077, o aguardado novo sucesso da produtora, muitos fãs (e acreditem a fanbase de The Witcher é uma das maiores da internet) ficaram apreensivos com a mudança de planos, afinal TW, TW2 e o aclamadíssimo The Witcher 3 – Wild Hunt não tinham o recurso. A resposta, vinda dos próprios desenvolvedores e proferida pelo CEO da empresa foi categórica:

Ou no bom português:

 “Não se preocupe. Ao pensar em Cyberpunk 2077, não pense em nada menos que The Witcher 3. Single-player grande, mundo aberto e RPG baseado em história. Sem capturas escondidas, você terá o que pagou para ter – sem besteiras, apenas um jogo honesto como Wild Hunt. Nós deixamos a ganância para os outros estúdios.”

O resultado você vê aí no próprio Twitter da empresa. com mais de 22 mil likes. É pra amar ou não é? Vou deixar um pequeno vídeo de lambuja – sorry, está em inglês – usem o tradutor nas configurações.

Continue Reading

Games

CODE VEIN | Novo trailer nos mostra como o jogo será brutal

Published

on

Para as plataformas Playstation 4, XBox One e PC o jogo de RPG e ação da Bandai Namco promete ser maravilhoso! Code Vein nos prende a atenção com um estilo brutal, muitas vezes comparado ao da popular franquia Dark Souls, porém com um toque de anime. O trailer mais recente oferece uma melhor visão sobre a jogabilidade  e os personagens que os jogadores podem esperar.

De acordo com o site oficial:

“Em um futuro não muito distante, um misterioso desastre trouxe o colapso ao mundo tal como o conhecemos. Elevados arranha-céus, uma vez símbolos da prosperidade, são agora sepulturas sem vida do passado da humanidade perfuradas pelos Espinhos do Juízo. No centro da destruição está uma sociedade oculta de Revenants chamado Vein. Esta fortaleza final é onde os poucos restantes lutam para sobreviver, abençoados com presentes de poder em troca de suas memórias e uma sede de sangue. Dê a sua sede de sangue totalmente e arrisque-se a se tornar um dos Lost, ghouls demoníacos desprovidos de qualquer humanidade remanescente. Sem perambular em busca de sangue, o Lost não vai parar em nada para satisfazer sua fome. Junte-se e embarque em uma jornada até o fim do inferno para desbloquear seu passado e escapar do seu pesadelo vivo em CODE VEIN.”

Continue Reading

Mais lidos da semana

Copyright © 2017 Nerdtrip. Theme by GNTK Inc., powered by Gancarteek.

%d blogueiros gostam disto: