Connect with us

Filmes

GAL GADOT VS BRETT RATNER | Entenda o caso e veja a resposta da Warner

Publicado

em

Depois de nossa intrépida “Mulher Maravilha” dar um ultimato público, dizendo que não participará de nenhuma produção da Warner, caso a dona da DC Comics não rompa relações comerciais com o diretor e produtor Brett Ratner, a Warner se pronunciou sobre o caso, literalmente se fazendo de boba.

 

Primeiro, vamos entender o caso:

Recentemente, mais de seis mulheres vieram a público para denunciar o diretor Brett Ratner de assédio sexual. A reportagem do jornal Los Angeles Times trazia estrelas do calibre de Olivia Munn (X-Men: Apocalipse) e Natasha Henstridge (Meu Vizinho Mafioso), entre outras, denunciando as loucuras do diretor de X-Men: O Confronto Final (2006).

 

 

Natasha Henstridg , com 19 anos na época, relata que Ratner a forçou fazer sexo oral nele.

 

 

Olivia Munn afirmou que em 2004, quando ainda era uma aspirante a atriz, ao fazer uma visita ao set de “Ladrão de Diamantes”, ficou chocada ao se deparar com o cineasta se masturbando na frente dela.

 

 

Jaime Ray Newman (Supernatural) conta que encontrou Ratner em um voo e depois de apenas cinco minutos de conversa, Ratner começou a falar sobre atos sexuais e mostrar fotos de mulheres nuas. Além de descrever de forma explícita, como faria sexo oral nela.

A lista de abusos e assédios do diretor e gigantesca e a cada dia, novas denúncias ganham as manchetes de todo mundo.

Diante disso, Gadot emitiu um comunicado para a Warner Bros, dizendo que não retomará ao papel de Mulher Maravilha, nas futuras produções do estúdio, inclusive para a sequencia de Wonder Woman, caso o estúdio não rompa seus laços com o assediador sexual “Brett Ratner” e sua produtora RatPac-Dune Entertainment.

 

 

Fontes próximas dizem que Gadot está inflexível e disposta a defender seus princípios. Ela sabe que o melhor caminho de atingir pessoas como Brett é na carteira. Gal Gadot deixa claro que a Warner não pode rodar um filme sobre empoderamento feminino, sendo co-financiado por um homem acusado de assédio sexual contra mulheres.

Em resposta, a Warner fingiu de boba e disse que já cortou relações com o diretor, contudo, Gadot foi mais abrangente se referindo aos inúmeros futuros filmes que a produtora de Ratner, tem com o estúdio, como: Aquaman , The Lego Movie 2, Godzilla: King of the Monsters , Shazam, entre outros.

 

 

Quem vai perder nesta poderosa queda de braço, ainda não sabemos, mas acredito que todo mundo está apoiando (pelo menos deveria) o comportamento de nossa poderosa “Mulher Maravilha”.

A essa altura do campeonato, mais um abacaxi gigantesco para a Warner descascar as vésperas do lançamento de Liga da Justiça.

Estamos com você Diana…quer dizer: Gal Gadot!

Giovanni Giugni (Don Giovanni) é o exército de um homem só, por trás da "Casa das Ideias". Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de Superman de 1978 e "O Império Contra-ataca". Destemido desenhista e intrépido apaixonado por "Super-heróis", vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: