Connect with us

Filmes

KILL BILL | Coordenador de dublês quebra o silêncio sobre o acidente nas filmagens

Publicado

em

O coordenador de dublês no filme Kill Bill quebrou o silêncio sobre o acidente ocorrido durante as filmagens revelado recentemente pela atriz Uma Thurman e confirmado com o vazamento do vídeo.

“Em nenhum momento fui notificado ou consultado sobre a Sra. Thurman dirigir um carro nas filmagens daquele dia”

 

Afirmou Keith Adams ao The Hollywood Reporter, declarando ainda que ele e todo o seu departamento foram mantidos de fora no dia em que Thurman foi supostamente pressionada pelo diretor Quentin Tarantino a dirigir um conversível por uma estrada mexicana cheia de curvas e arenosa, resultando em um acidente que lhe deu uma concussão, danificou os seus  joelhos e poderia ter causado ferimentos mais graves.

 

“Se eu estivesse envolvido, teria insistido não só em colocar um motorista profissional ao volante, mas também garantiria que o próprio carro estivesse seguro”.

Adams, um coordenador experiente com especialização em trabalho automotivo, de acordo com o veterano ator e coordenador Andy Armstrong, não disse se achava que seus departamentos foram intencionalmente mantidos à distância para que um ator sem experiências realizasse as manobras. 

 

“As circunstâncias deste evento foram negligentes até o ponto da criminalidade” 

 

– disse Thurman em um post do Instagram segunda-feira. 

Veja o vídeo do momento do acidente:

 

i post this clip to memorialize it’s full exposure in the nyt by Maureen Dowd. the circumstances of this event were negligent to the point of criminality. i do not believe though with malicious intent. Quentin Tarantino, was deeply regretful and remains remorseful about this sorry event, and gave me the footage years later so i could expose it and let it see the light of day, regardless of it most likely being an event for which justice will never be possible. he also did so with full knowledge it could cause him personal harm, and i am proud of him for doing the right thing and for his courage. THE COVER UP after the fact is UNFORGIVABLE. for this i hold Lawrence Bender, E. Bennett Walsh, and the notorious Harvey Weinstein solely responsible. they lied, destroyed evidence, and continue to lie about the permanent harm they caused and then chose to suppress. the cover up did have malicious intent, and shame on these three for all eternity. CAA never sent anyone to Mexico. i hope they look after other clients more respectfully if they in fact want to do the job for which they take money with any decency.

Uma publicação compartilhada por Uma Thurman (@ithurman) em


Professor de História e Grande apaixonado pela sétima arte e da maior premiação do cinema, o Óscar. Viciado em séries e Redador das colunas "Vale a Maratona" e "Papo de Cinema".

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: