Connect with us

Filmes

TOMB RAIDER | Hype pra lá de justificado!

Publicado

em

Idêntica ao último jogo

Ah Lara Croft(pra começar a semana XD), chega a soar bem o nome. Ícone (essa é mesmo) da independência feminina nos anos 90 e 2000, Lara é só a grande responsável por muitas garotas e moçoilas se interessarem por video games. E claro sobre o apadrinhamento da lendária Eidos Entertainment (ou Eidos, hoje uma subdivisão da SquareEnix) fomos apresentados a jogos que ao mesmo tempo que traziam aventura, também traziam mistérios e grandes desafios. Quem nunca jogou um jogo da morena e ficou preso em algum quebra cabeça (os puzzles), não jogou pra valer de verdade.

O que impressiona é que pra criar essa Indiana Jones de shortinho, foi elaborado um extenso background, com passado, ligações com a nobreza (ela é filha de um lorde inglês, Lord Richard Croft) e muitas, muitas confusões no caminho. Lara apesar de ser uma moça bem recatada e dona de grande beleza (inclusive com atributos corporais) é uma exploradora, uma arqueóloga como o próprio Indiana (comparação melhor com ele que o personagem de Uncharted, por exemplo) e saqueadora de tumbas antigas. Viciada em adrenalina, ela faz do seu ofício mais do que um hobby, mas uma devoção à aventura, típica de quem gosta de viver em função do perigo.

O sucesso para a franquia veio rápido, e claro isso não poderia parar em outro lugar, senão o cinema. O filme Lara Croft – Tomb Raider (Paramount, 2001) foi um grande sucesso, aproveitando o hype do jogo (Tomb Raider), e trazendo Angelina Jolie (Malévola, Sr e Sra Smith, O Procurado, entre outros) como a estrela principal, foi muito bem recebido pelos fãs faturando ao todo cerca de 115 milhões de dólares segundo o site IMDb. O filme agradou jogadores e críticos e abriu portas para uma continuação que ocorreu anos depois. 

Com isso a série de jogos se solidificou, Lara ganhou mais corpo, novos inimigos e ganhou as telas do Playstation, PS2 e PCs. Todos feitos pela ótima softhouse Crystal Dynamics que soube realmente captar a essência aventureira da heroína. Mas faltava uma história a ser contada, o passado de Lara, como ela havia começado.

E essa história veio para os games. Tomb Raider (Crystal Dynamics, 2013) trouxe a aventura de novo para o ponto zero, mostrando uma Lara ano um, jovem, impetuosa, porém frágil (a certo ponto) e insegura. De náufraga à caçadora, passando por diversos perigos contra um grupo de para-soldados russos em busca de um artefato oriental, o Amaterasu, Tomb Raider trouxe uma Lara mais emotiva, com motivações de sobrevivência (principalmente) e vingança 

Se você não conhece, vale a pena dar uma olhada nesse filme

trazendo um grande crescimento da personagem e foi um estrondoso sucesso, ganhando com muito mérito o GOTY (Game Of The Year, ou O Jogo do Ano) da revista Electronic Games Monthly (EGM), considerado o Oscar dos games.

Ficou claro que essa história (continuada no game Rise of Tomb Raider, dois anos depois) tinha que vir pras telonas, e veio. O filme Tomb Raider (Eidos/GK/MGM, 2018) traz a heroína em nova roupagem, tudo dentro do espírito do game vencedor de 2013.

Lara nessa nova versão deverá investigar uma ilha na costa do Japão onde seu pai, dado como morto há sete anos a levará para um labirinto de tumbas, perigos e conspirações, um ensaio do que ela virá a se tornar no futuro. A história que é idêntica ao reboot da série (e por isso está cercada de hype) será dirigida pelo experiente diretor norueguês Roar Uthaug (A Onda, Fuga e Presos no Gelo, esse último um baita filme de terror), com a jovem atriz sueca Alicia Vikander (currículo: o premiado Ex Machina e Jason Bourne). Já vou dar minha opinião, esse filme promete. A atriz além de linda é uma das mais talentosas da nova geração, e acertaram também na escolha do diretor.

Eu vou inovar um pouco no vídeo (afinal o trailer tem só 30 seg, nem gosto dá), vou por um comentário do vj gamer Crazy Controller que mostra a evolução do jogo (imagens de todas as épocas) e fotos exclusivas do set já mostrando Alicia em ação (sorry, em inglês, peçam pra traduzir). Divirtam-se.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=sT-_TVnPN0k[/embedyt]

 

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta. Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais. Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

Comente aqui!
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: