Connect with us

Games

BAFTA GAMES | ‘Uncharted 4’ vence como melhor jogo do ano no BAFTA Games Awards 2017

Publicado

em

O exclusivo para PlayStation 4, levou nesta quinta-feira (6), o prêmio de melhor jogo no BAFTA Games Awards, desbancando games  como: Firewatch, Inside, Overwatch, Stardew, Valley e Titanfall 2.

O enredo que conta a história do caçador de tesouros Nathan Drake estava concorrendo a oito categorias, porém só venceu uma, a do prêmio mais importante da noite.

Por ser o segundo jogo lançado pela Playdead, ‘Inside’ o grande ganhador em categorias da premiação, indicado a sete categorias, mas levou quatro delas: realização artística, melhor game design, melhor narrativa e melhor propriedade original.

‘Pokémon Go’, ganhou na categoria de melhor jogo para dispositivos móveis. Outro game que se destacou foi o ‘Overcooked’, pois simula o funcionamento de uma cozinha. Ele venceu como melhor jogo britânico e melhor jogo família.

É importante lembrar também que o BAFTA Games Awards é uma premiação organizada pela Academia Britânica de TV e Artes Cinematográficas.

Veja todos os vencedores no BAFTA Games Awards 2017:

Melhor jogo

  • “Firewatch”
  • “Inside”
  • “Overwatch”
  • “Stardew Valley”
  • “Titanfall 2”
  • “Uncharted 4: A Thief’s End”

 Realização artística

  • “Abzû”
  • “Dishonored 2”
  • “Inside”
  • “The Last Guardian”
  • “Uncharted 4: A Thief’s End”
  • “Unravel”

 Realização em áudio

  • “Battlefield 1”
  • “Doom”
  • “Inside”
  • “The Last Guardian”
  • “Rez Infinite”
  • “Uncharted 4: A Thief’s End”

 Melhor jogo britânico

  • “Batman: Arkham VR”
  • “Forza Horizon 3”
  • “No Man’s Sky”
  • “Overcooked”
  • “Planet Coaster”
  • “Virginia”

Melhor jogo estreante

  • “Firewatch”
  • “Overcooked”
  • “Oxenfree”
  • “That Dragon, Cancer”
  • “The Witness”
  • “Virginia”

Melhor jogo em atualização

  • “Destiny: Rise of Iron”
  • “Elite Dangerous: Horizons”
  • “EVE Online”
  • “Final Fantasy XIV: Online”
  • “Hitman”
  • “Rocket League”

Melhor jogo família

  • “Lego Star Wars: O despertar da Força”
  • “Overcooked”
  • “The Playroom VR”
  • “Pokémon Go”
  • “Ratchet & Clank”
  • “Toca Hair Salon”

Melhor game design

  • “Battlefield 1”
  • “Dishonored 2”
  • “Inside”
  • “Overwatch”
  • “Titanfall 2”
  • “The Witness”

Melhor inovação em game

  • “Batman: Arkham VR”
  • “Firewatch”
  • “Pokémon Go”
  • “That Dragon, Cancer”
  • “Unseen Diplomacy”
  • “The Witness”

Melhor jogo para dispositivos móveis

  • “The Banner Saga 2”
  • “Dawn of Titans”
  • “Deus Ex Go”
  • “Pokémon Go”
  • “Pokémon Sun & Pokémon Moon”
  • “Reigns”

Melhor multiplayer

  • “Battlefield 1”
  • “Forza Horizon 3”
  • “Overcooked”
  • “Overwatch”
  • “Titanfall 2”
  • “Tom Clancy’s The Division”

Melhor trilha sonora

  • “Abzû”
  • “Doom”
  • “Inside”
  • “The Last Guardian”
  • “Uncharted 4: A Thief’s End”
  • “Virginia”

Melhor narrativa

  • “Dishonored 2”
  • “Firewatch”
  • “Inside”
  • “Mafia III”
  • “Oxenfree”
  • “Uncharted 4: A Thief’s End”

Melhor propriedade original

  • “Firewatch”
  • “Inside”
  • “The Last Guardian”
  • “Overwatch”
  • “Unravel”
  • “The Witness”

Melhor intepretação

  • “Mafia III” – Alex Hernandez (Lincoln Clay)
  • “Firewatch” – Cissy Jones (Delilah)
  • “Uncharted 4: A Thief’s End” – Emily Rose (Elena Fisher)
  • “1979 Revolution: Black Friday” – Navid Negahban (‘Hajj Agha’)
  • “Uncharted 4: A Thief’s End” – Nolan North (Nathan Drake)
  • “Uncharted 4: A Thief’s End” – Troy Baker (Sam Drake)

Prêmio BAFTA ‘games para ficar de olho’

  • “Among the Stones”
  • “Pentagrab”
  • “Rebound”

Estudante de jornalismo, futura pesquisadora da nona arte e fãgirl do homem morcego. Devoradora de séries e leitora fiel da mulher gato. Uma Jedi misturada com sith, uma kpopper misturada com Mpb. Uma viagem em forma de serumaninho!

Games

ASSASSINS CREED ORIGINS | Gameplay revela o que está por vir na DLC ”Curse of Pharaoh’s”

Publicado

em

Assassin’s Creed: Origins ainda está dando o que falar entre os jogadores. O jogo até então era acompanhado de um potencial duvidoso sobre seu conteúdo em geral, e uma parcela de fãs da franquia estavam receosos com o novo título. Origins não só  proporcionou o retorno de uma paixão já sentida em relação a franquia da Ubisoft durante os seus primeiros jogos, mas introduziu áreas extensas para explorar, personagens incríveis, e a chance de ver como a irmandade começou. 

A Ubisoft tem trabalhado em sua terceira grande expansão Curse of the Pharaoh’s, a equipe divulgou um novo vídeo (veja aqui) com uma prévia do que os jogadores podem esperar desse novo conteúdo. Bayek voltará a uma aventura perigosa depois de encontrar um artefato misterioso em Tebas. Após a sua descoberta, o protagonista viverá uma jornada cheia de perigos e criaturas bizarras num mundo de faraós mortos-vivos. E com um novo desafio em mãos, perseguir e destruir cada um dos faraós. 

A Maldição dos Faraós será lançada oficialmente em 13 de março e traz consigo não só uma nova aventura, mas um limite de nível elevado para 55, habilidades adicionais para desbloqueio durante o jogo e novas habilidades para ganhar. Para aqueles que já possuem o passe de temporada, a expansão já está inclusa sem custo adicional. Para aqueles que não possuem, o próximo conteúdo já está pronto para ser adquirido. 

Assassin’s Creed Origins está disponível para Xbox One, PlayStation 4 e PC. 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

BATMAN : A GUERRA DE PIADAS E CHARADAS | Finalmente uma saga ao nível do morcego

BATGIRL | Após saída de Joss Whedon, autora de HQ da Marvel se oferece para roteirizar o filme!

COLECIONÁVEIS l Hot Toys anuncia figura de Erik Killmonger em seu traje de Jaguar Dourado!

Continue lendo

Games

FEAR EFFECT SEDNA | Um clássico do PSOne está de volta

#feareffectsedna #playstation
#xboxone #nintendoswitch

Publicado

em

Grande notícia para os fãs de Fear Effect. Fear Effect Sedna, um game de tiro isométrico, com pitadas de cenas cinemáticas que está chegando ao XBox One, PS4 e NSwitch. Fear Effect foi um jogo que ficou famoso ainda no Play Station que trazia tramas relacionadas a misticismo, demonologia e cenas de amor lésbico, sendo ainda muito cultuado principalmente por velhos jogadores.

A história se baseará 2 anos após os eventos com a Tríade em Fear Effect. Tudo acontecerá por causa de uma relíquia, uma estatueta chinesa que seria levada para a França pelo embaixador chinês, mas como tudo no universo de Glas e Hana fica longe do normal. O medo mais uma vez será o fator que permeia o jogo. Fear Effect Sedna terá um estilo de jogo isométrico ao melhor estilo Fallout e Crusader, e fará as evoluções de história como sempre com ótimos animes.

Pra quem não conhece a série, fica aqui a dica de um excelente game, com pitadas de erotismo, terror e mistério. Fear Effect Sedna se encontra atualmente no Kickstarter mas teve seu lançamento marcado para 06 de março desse ano.

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

 

CINEMA JAPONÊS | Faleceu hoje o ator Ren Osugi de Final Fantasy XIV: Dad of Light e Godzilla Resurgence

PANTERA NEGRA | Diretor se basou nas minas de do Congo para criar as minas de “vibranium” em Wakanda

C – POP | Como as pessoas conseguem odiar Seon-mi de Hwayugi?

 

Continue lendo

Games

THE RED STRINGS CLUB | O primeiro candidato a GOTY desse ano

Publicado

em

Bora falar sério. Jogos também podem ser uma forma de arte, e falar sobre temas pesados. Que tal falar sobre existencialismo, sexismo (de forma aberta e com classe) e até temas relacionados ao universo LGBT mas sem descambar pra algo engajado? Com o auxilio da Devolver Games, uma soft desconhecida (e humilde) chamada Deconstruct Team fez pra mim o primeiro (e com chances) candidato a GOTY desse ano.

Sem mais delongas, The Red Strings Club (Deconstruct Team/Devolver Games, 2018, PC/GOG e Steam) inicialmente traz uma atmosfera cyberpunk, no qual a raça humana se põe diante de um dilema, até onde a criatividade poderá nos levar? Será que não estamos construindo pouco a pouco a nossa extinção? Pode parecer um tema pesado para um game mas TRSC faz isso com uma naturalidade de colher aplausos (to falando isso por que fechei o game, e como ele tem variações, quero jogar de novo) em uma atmosfera minimalista (saudosos 16 bit) mas o que realmente salta aos olhos são os personagens.

Bela ambientação

Tudo começa com dois personagens (aliás os principais do jogo), Donovan, o proprietário do Red Strings e Brandeis, o hacker. Donovan tem uma personalidade mais introspectiva, acredita que seus drinks tem propriedades mágicas, que podem simplesmente abrir a mente das pessoas (o que no jogo é muito bem explorado), e com isso tece sua teia de informações como todo bom barman que se preze. Brandeis no entanto, procura ser um cara mais de ação (é dele o início e o fim do game), com suas ligações com o grupo revolucionário PROXYMA, e suas convicções que lhe põem próximo das idéias punk.

Porém tudo muda com a entrada de uma robô senciente chamada Akara. Akara-184 começa como o gancho que dá prumo as idéias do game, tudo começa quando a androide invade o Red Strings, vindo da corporação Transcontinental com o corpo bastante avariado, nessa jogada o decker se conecta ao robô, vendo um dia seu de trabalho (que mostra humanos sendo humanos, nunca satisfeitos e que se rendem a melhorias sintéticas para conseguir os seus fins), porém uma revolucionária chamada Aryadne (amiga de Brandeis) invade a linha de produção com suas idéias punk e faz “melhorias” nos apetrechos, descobrindo sem querer uma terrível verdade, a que a corporação planeja usar as melhorias em um esquema de controle mental. A partir daí o jogo pega fogo, e um jogo de intrigas muito bem construído é iniciado. Não falo mais aqui pra não estragar a sensação, rs.

Estilo simples de ver, mais complexo na sua narrativa

The Red Strings Club é um jogaço. Merecia também o rótulo de Retro Gamer, mesmo sendo um jogo atual. De tão bom merecia até um filme, e jogando dá até pra imaginar um Tom Cruise como Donovan, o atual Pantera como Brandeis, uma Scarlett como Larissa e por ai vai, e realmente diverte, dá o que pensar e te deixa com aquele gosto de “já acabou” no fim de suas bem jogadas 10 horas e poucas. Mais um grande sucesso pra conta da GOG Galaxy que produz o game e que pode encaixar na estante mais um GOTY. É jogar e tirar a prova.

Tudo realmente lembra um grande filme

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

POP TEAM EPIC | Anime fecha as ruas de Tóquio e promete ser o melhor de 2018

PLAYER UNKNOWS BATTLEGROUNDS | Revelada a lista de correções que chegarão ao jogo

SANTA CLARITA DIET | Confira a data de estréia da segunda temporada

Continue lendo

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: