Connect with us

Games

CUPHEAD | Os anos 30 estão de volta!

Publicado

em

O que precisa um bom jogo? Dificuldade? Heróis carismáticos? Uma boa trilha sonora? Uma história simples? Um pouco de psicodelia e humor negro? Se você respondeu sim a quase todas essas perguntas, seu novo jogo acaba de chegar. Mesclando dificuldade com um visual cool e heróis realmente originais, chega ao mercado hoje o jogo Cuphead (Cuphead: Don’t Deal With the Devil, Studio MDHR/ Microsoft, exclusivo em console para XBox One, Steam e Gog Galaxy), um jogo altamente esperado, lotado de hype, por muitos motivos e praticamente o carro chefe da nova geração de jogos para o XBox One, o console da Microsoft. 

Muita dificuldade e estilo pra trazer de volta os jogos coop de 2d

Bora para a análise. Que ninguém se engane, não é um jogo pra qualquer um. Cuphead, logo de cara espanta pela progressiva dificuldade (é foda mesmo) e variedade (o que faz você dar um sorriso de orelha a orelha, principalmente os jogadores das antigas – voltem irmãos é chegada a hora) de desafios e estratégias nas boss battles. Sim esse é o diferencial, o jogo é baseado praticamente em disputas contra chefes ao melhor estilo Devil May Cry (só que sem as armas e parafernália, na essência mesmo). Outras sensacionais referências seriam Mega Man X, Contra (principalmente o Hard Corps), Xevious (CLÁSSICO dos arcades…), Sonic e Mario além de outras.

O jogo começa quando dois irmãos (isso te lembra alguma coisa, não lembra) resolvem ir a um cassino e começam a jogar (tudo explicado com desenhos psicodélicos estilo anos 30!) e pra variar na hora de jogar com dados, perdem tudo pra mesa e arrumam uma dívida…com o demônio (XD), que dá a eles a missão de capturar todas as almas que  com elefizeram pacto (muitos mesmo) e cobrar suas almas nos contratos (infantil, não acham), caso consigam a dívida será paga (na teoria) e as suas almas serão devolvidas. Um tema simples, mórbido reconheço, mas que cai certinho em um jogo que mistura terror noir, habilidade, lições de moral (dado pelo vovozinho bule, sim um bule, afinal Cuphead é uma xícara assim como seu irmão Mugman), uma trilha fantástica (lembra a trilha do filme “O Maskara” do Squirrel Nut Zippers, uma banda muito famosa de jazz) e uma estética única, que nos remete a desenhos do Mickey, Gato Félix, Popeye, Donald, Pica Pau e outros grandes sucessos vindos dos anos 30 do século passado.

A partir daí o jogo é só diversão (e dificuldade também) ao melhor estilo Contra, atire contra tudo na tela, e evite a qualquer custo ser atingido, utilize as melhorias que o jogo oferece (assim como Mega Man, você pode comprar outros tipos de tiro e aumentar a quantidade de pontos de vida, além de outras coisas). Os minigames estão presentes mas fazem parte da história principal (assim como Donkey Kong) como o aviãozinho que você utiliza para capturar inimigos gigantes (ao melhor estilo R-Type), detalhe: é realmente muito difícil atingir as melhores qualificações, o que faz de Cuphead, um jogo pra ser jogado de novo, de novo… Por que realmente vale a pena chegar nelas pela extrema dificuldade. 

Visual de desenho animado mas com elementos mórbidos

Cuphead tem 4 fases (ao estilo Mario e Donkey), e é todo feito em 2D progressivo. Espetacularmente, o jogo não está caro, custa apenas por volta de 40 reais para PC (sobe pra pra uns 60 se você quiser a ótima trilha sonora), e recebeu avaliações que variam de 5 estrelas a 9,5 em 10 nos sites especializados. A produtora MDHR emplaca o sucesso do ano e claramente se torna junto com Observer, por enquanto, os maiores concorrentes ao GOTY. E com certeza nosso brother Phil Spencer (que se prepara pra vir pro Brasil, agora na BGS junto com o Kojima) deve estar dando um sorriso de canto a outro.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=iMkCIdGikmk[/embedyt]

 

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta. Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais. Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

Comments

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: