Connect with us

Games

ROAD REDEMPTION | Clássico dos anos 90 retorna repaginado

Publicado

em

Quando falamos de jogos antigos, vários irão aparecer em mente. Eu que sou fã confesso da SEGA logicamente irei enaltecer o maior console de todos os tempos, o Mega Drive. Um dos símbolos do anos 90 junto com seu rival Super Nintendo (que também sou fã), dividiram as opiniões de quem seria o melhor console, de quem levaria a coroa do melhor videogame daquela geração.

Pra irmos direto ao assunto, mas fazendo um breve retorno no túnel do tempo, mais precisamente para o início dos anos 80, se criou um tipo de narrativa que até hoje faz muito, muito sucesso, que é o arco de enredo road movie (o filme de estrada) mais o estilo de futuro distópico (pra quem não conhece, faça uma busca nas matérias antigas do Nerdtrip, você vai ver muita coisa sobre o assunto). Estilo que é usado a rodo em filmes, séries e jogos atuais, só como exemplos: Fallout (a masterpiece do gênero), Mad Max (tudo relacionado, séries, filmes e jogos), Resident Evil (principalmente o terceiro filme, que apesar da série ser ruim, esse filme é bom) e outros.

Mas o assunto aqui é jogo das antigas, da época do cartuchão, de dar uma soprada, dos saudosos 16 bit. E pra representar essa galera, nenhum (eu disse nenhum mesmo), pegou tanto o espírito como Road Rash (1991-1999, Eletronic Arts). Road rash trazia corridas extremas, insanas, entre uma gangue de motoqueiros canibais (no pior sentido) que faziam qualquer coisa pela sobrevivência, pela glória, pelo caos, e pela destruição de tudo e qualquer coisa que estivesse pela frente.

Achou parecido com algumas séries atuais? Não fique impressionado (Sons of Anarchy por exemplo). Road rash é daquelas ideias que são simples mais que funcionam e na minha opinião, a série ficar entre as 10 maiores séries de jogos de todos os tempos (superando facilmente Need for Speed, Midnight Club e similares). Consiste no seguinte, vença as corridas (como em Wacky Races, Corrida Maluca) de qualquer jeito. Seu adversário tá na frente? Passe por cima. Ele está usando de violência? Mate-o. Simples assim.

A série acabou no fim dos anos 90 (com o já saudoso Jailbreak do PS) mas depois de muitos anos de desenvolvimento surge, quase na mesma pegada do último, o seu sucessor espiritual. Trata-se de Road Redemption (Pixel Dash Studios e EQ Games, 2017-dlcs…), RR traz praticamente a mesma pegada do clássico dos anos 90 (só que aqui, detalhe: VOCÊ MATA, levaram a bagaça a sério…), principalmente do bom Jailbreak, último da franquia.

A história é simples, você é um motoqueiro da gangue dos Raptors (são três gangues no jogo) e tem que fazer missões para ganhar prestígio com os chefões das ruas. Como você faz isso? Mate, espanque com um taco, coloque bombas, exploda seus rivais e por ai vai. O jogo ainda precisa de uma polida, principalmente no modo multiplayer (muitos bugs) mas reconheço os dois modos (tanto o campanha como o single race são excelentes) são muito divertidos. O jogo estreou multiplataforma e do dia pra noite se tornou um campeão de downloads. Eu estou jogando (e Chief, tamo junto, cadê a tag, e assim que platinar eu posto a prova, pode me cobrar depois) e recomendo fortemente, é um desencargo de stress e tanto.

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta. Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais. Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

Comente aqui!

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: