Connect with us

Games

VAMPIRE: THE MASCARADE – BLOODLINES 2 | A grande surpresa em RPG eletrônico esse ano!

Publicado

em

Para começar a falar disso. Tenho que trazer um pouco de nostalgia. Há 20 anos atrás, em meados de 1995, auge do grunge (aliás vou começar uma série de que fim levou sobre várias bandas de rock influentes das últimas décadas, fique ligado), uma época mais inocente e idealista (que pode criar caso quem quiser, mas tá sendo bem retratada no folhetim dos principais jornais do Brasil), de queda de barreiras, de união mesmo a preços altos. De boa vontade, de novas direções, de um mundo sem fronteiras e transmitido via satélite pela TV.

O momento chegou. Bloodlines 2 vem ai.

O momento chegou. Bloodlines 2 vem aí.

Pois bem, nesse novo mundo, uma categoria de jogos teve um up que seria impossível de prever. Foram os Role Playing Games (Jogo de Interpretação de Papéis), que vieram dos EUA e que lá graças a Dungeons & Dragons se tornaram uma grande febre que se espalhou pelo mundo afora. Claro que essa febre aportou aqui no Brasil. Mas aqui um desconhecido, um novo jogador, tomou a cena.

Você lembra?

Em 1991, pelas mãos de uma companhia chamada White Wolf Game Studio (ainda firme e forte nos tempos atuais) um escritor chamado Mark Rein Hagen (também conhecido como homem da bolinha) criou a evolução do RPG de mesa, o cenário definitivo. Vampiro: A Máscara (White Wolf Game Studio, Mark Rein Hagen, 1991) foi a evolução máxima do RPG convencional, baseado nas Crônicas Vampirescas da estadunidense Anne Rice, o cenário mais realista, humano, visceral e violento que já teve notícia. Um clássico instantâneo. Só no Brasil a segunda edição (o livro chegou em 1996, pela Editora Devir) vendeu milhares de cópias, um feito que só a Bíblia conseguiu, só pra dar uma noção.

Confusões à parte, acusações sem sentido, o livro foi e é um grande sucesso. O sistema Storyteller (no qual o narrador conta a história) continua como grande adversário (e rival amistoso) da Wizards of the Coast/Hasbro e seu sistema D20. Vampiro foi parte de uma grande iniciativa chamada de Mundo das Trevas (World of Darkness) com os filhos de Caim, lobisomens, magos, fantasmas e até mesmo fadas. Sim, seres feéricos e de livros de contos infantis.

Combate 2.0

Trazendo agora para o real assunto da matéria, é claro que um cenário tão rico como esse não poderia deixar de ter uma versão para jogos eletrônicos e ela aconteceu de maneira definitiva no game Vampire: The Mascarade – Bloodlines (Troika Games, ex-Interplay, 2004, Windows) um game que apesar de todas as suas falhas e bugs (o jogo teve um nascimento complicado e usou a engine Source de Half Life 2, antes mesmo de seu lançamento, mas sem o suporte da Valve, o que acarretou inúmeros problemas) é lindo e até hoje, definitivo (confira a minha análise clicando aqui). O game traz toda a estrutura do RPG de mesa adaptada para terceira e primeira pessoa, podendo ser jogado das duas formas. Eu particularmente como fanático por vampiros, recomendo o game. É aqueles livros que podem até ter uma capa feia, mas por dentro tem um potencial fantástico. O jogo foi abraçado pelos fãs e recebeu uma última versão, sem bugs toda arrumada pela galera da Gog Galaxy. E sim pega no atual Windows 10.

Chegando em 2019, a White Wolf há alguns anos foi arrendada pela Onyx Path Productions, subsidiária da poderosa Paradox Games. E como já era de esperar o projeto World of Darkness surgiu. Demorou alguns anos, mas no fechamento da GDC 2019 foi anunciado mundialmente Vampire: The Mascarade – Bloodlines 2 (Paradox Interactive/ Hardsuit Labs, 2020, XBOX One, PS4, PC via Steam, Gog Galaxy e Epic Games) com um estrondoso trailer (você poderá ver abaixo), e uma apresentação feita pela galera da Paradox, contando tudo sobre o novo game, essas informações vem do site e da comunidade de fãs, Rage Across Brasil.

A primeira mudança é o local. Agora ao invés de Los Angeles, o lugar agora é Seattle.

“De forma bem semelhante ao original, a primeira coisa que você vai experimentar em Bloodlines II é um tribunal onde você será o único em julgamento. Um homem careca irá lhe dizer que há duas semanas atrás, você foi criado durante um ataque por um vampiro e ele irá querer saber o porquê. Um flashback vai te mostrar que você estava andando pela Pioneer Square em Seattle, quando um grupo de vampiros começou a atacar cidadãos aleatórios e a criar novos Membros sem a permissão do clã. Mas você não vai saber muito mais do que isso e ao recontar sua história, e pra começar o game a mil, o representante dos clãs em guerra irá começar a lutar com você enquanto todo o lugar arde em chamas. Você foge para o metrô de Seattle e descobre que os sentidos aumentaram e que tem novos poderes. É aqui que o jogo começa a apresentar três poderes que você pode escolher: ‘Chiropteran’, que te dará o poder de voar na forma de uma nuvem de morcegos; ‘Nebulation’, onde você terá o controle sobre uma forma de névoa; e ‘Mentalism’, onde você usará habilidades como telecinesia para lutar e se mover”.

Perceberam? O personagem principal agora é um não-vampiro, o que no RPG é chamado de Sangue Fraco. A semelhança aqui com o game Vampyr, da Dontnod é visível. Em Bloodlines 2 o personagem terá que percorrer um longo caminho e trair outros vampiros tomando seu sangue pra chegar ao topo.

“Você, no entanto, definitivamente caça, mas desta vez o sangue tem um sabor que será chamado de ‘Ressonâncias’, você poderá usar seus sentidos de vampiro aprimorados para ver quando seus alvos estão experimentando uma emoção intensa. Inicialmente descobrimos sobre cinco dessas emoções: medo, desejo, dor, alegria e raiva. Os humanos vão emitir uma aura brilhante, como enormes luzes de Natal dependendo do sentimento que a estiver influenciando; rosa para desejo ou vermelho para raiva. Beber uma pessoa com uma ressonância particularmente forte, dará um bônus imediato, como aumentar seu poder de combate corpo-a-corpo, mas cuidado, com o tempo você pode adquirir um gosto por uma certa ressonância se beber muito dela. Isso pode conferir ‘buffs’ permanentes chamados de Merits.

Kipling descreveu isso como uma maneira de dar ao jogador mais agilidade na forma como progride no jogo:

“Você pode determinar como jogador no que você quer se concentrar dentro das opções de ressonância. Isso vai impulsionar sua experiência de caça nos tipos de pessoas que você está procurando. É importante para nós garantir que o jogador possa se expressar de uma forma consistente com quem ele é como jogador, tanto no jogo quanto na personalização”.

Como em Vampyr as cores serão intensas, e as emoções como descrito acima serão extremamente levadas em conta. Trata-se de um novo épico, ampliado em relação ao primeiro game e muito mais imersivo tendo como sua base o livro V5 ou a quinta edição do sucesso das mesas. Podemos esperar também um terror bem maior, por que a nova versão, pós-apocalíptica é voltada para isso. Vampiros mais selvagens, sanguinários, e intrigas de alto escalão.

Até o Max remoçou.

O jogo já está em pré-venda pela Steam, Gog e Epic Games por 60 dólares. Já há um informe para as DLCs, chamada “Season of the Wolf” (?!) que custará 90 dólares. A chegada de Bloodlines 2 está prevista para o primeiro trimestre de 2020.

Sangue nos olhos como tem de ser.

Confira o vídeo do game:

Fonte: Rage Across Brasil


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

VAMPIRE: THE MASCARADE – BLOODLINES 2 | A grande surpresa em RPG eletrônico esse ano!

HOUSE FLIPPER | DLC Garden Flipper tem data de lançamento revelada

DUMBO | Primeiras impressões

THE OA | A tão aguardada segunda temporada

CHORAR DE RIR | Crítica do Neófito

DORA E A CIDADE PERDIDA | Live-action do sucesso da Nickelodeon ganha 1º cartaz oficial. Confira!

TEEKCAST #55 | Capitã Marvel – O que achamos do filme?

TRIP LISTA | Para alegrar a sua vida! Os melhores jogos de Mega Drive

QUAKE CHAMPIONS | Atualização de março traz uma série de melhorias para o jogo

GAME OF THRONES | Fãs decidem em enquete qual personagem gostariam que voltasse. Confira o resultado!

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta. Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais. Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

Comente aqui!

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: