Connect with us

Notícias

MARGOT KIDDER | Eterna Lois Lane de “Superman: O Filme” morre aos 69 anos

Publicado

em

 
 
É com bastante tristeza e pesar, que noticiamos que Margot Kidder, a atriz que deu vida a intrépida repórter do planeta Diário, Lois Lane, no clássico filme “Superman” (1978) faleceu em sua residência em Livingston, Montana, aos 69 anos. A causa da morte ainda é desconhecida.
 
Margaret Ruth Kidder, nasceu em 17 de outubro de 1948, em Yellowknife, Território Noroeste do Canadá. Iniciou sua carreira de atriz em 1969, mas só começou a ficar conhecida pelo grande publico em 1973, vivendo o papel duplo das irmãs siamesas, em “Irmãs Diabólicas “ do aclamado diretor Brian De Palma.
 
Somente em 1978, que Margot Kidder ficou mundialmente conhecida, ao interpretar de forma sólida e moderna, a melhor Repórter do Planeta Diário, Lois Lane.
 
Pelas mãos de “Dick” Donner e ao lado da lenda Christopher Reeve, Kidder conseguiu dar vida a Lois Lane, enfatizando suas mais importantes características, a inteligência, a independência e a impulsividade.
 
Transformando-se em um modelo a ser seguido por todas as futuras encarnações da personagem, Margot Kidder se tornou a verdadeira e única LOIS LANE, para toda uma geração que cresceu acreditando que o homem podia voar.
 
Siga sua jornada ao sol “Margot Lois Lane Kidder” que “Rao” a acompanhe…
Você deixa de existir como matéria, para viver eternamente em nossos corações.
 
Obrigado por fazer parte da mitologia, obrigado por contribuir para a construção do legado.

Giovanni Giugni (Don Giovanni) é o exército de um homem só, por trás da "Casa das Ideias Nerd". Teve a felicidade de ter como primeiras experiências cinematográficas, filmes do calibre de "Superman" de 1978 e "O Império Contra-ataca". Destemido desenhista e intrépido apaixonado por "Super-heróis", vive disfarçado como um pacato Professor de musculação.

Conheça um pouco mais...

SHAZAM | 15 curiosidades sobre o “Capitão Marvel” que farão você olhar com outros olhos para a produção mais corajosa da Warner/DC

Publicado

em

 

 

Basta a Warner disponibilizar alguma nova informação sobre “Shazam” (dirigido por David F. Sandberg), ou “vazar” na internet alguma nova imagem de Zachari Levi, travestido como “Capitão Marvel”, que discussões acaloradas e previsões pessimistas tomam a rede mundial de computadores.

Para deixar vocês por dentro e preparados para uma das adaptações mais corajosas da Warner/DC , resolvemos reunir 15 curiosidades sobre o personagem, que farão você olhar de forma mais positiva para a audaciosa produção da Warner Bros.

 

1 – Criado em 1939 pelo roteirista Bill Parker e pelo desenhista C. C. Beck, o personagem apareceu pela primeira vez na revista Whiz Comics #2, lançado em fevereiro de 1940, durante a era de ouro dos quadrinhos.

 

 

2 – O nome do herói seria inicialmente “Capitão Trovão” (por isso o símbolo peitoral), mas foi modificado para Marvel (que em inglês significa algo como maravilhoso, incrível), pouco antes do lançamento da revista, pois já existia um personagem com esse nome na editora Fiction House.

3 – O Capitão Marvel é o alter ego de Billy Batson, um jovem que trabalha como repórter de rádio e foi escolhido, devido a sua bondade interior, para receber os poderes do Mago Shazam, para preservar a justiça e a paz no Universo.

4 – Billy se transforma em “Capitão Marvel” bradando a palavra  Shazam, que além de ser o nome do Mago, representa em forma de acrônimo,  os seis deuses que outorgavam a Billy seus poderes: Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio.

 

 

5 – O personagem foi originalmente criado pela Fawcett Comics , no final dos anos 30, para competir com o Superman. A DC Comics processou a Fawcett em 1941, alegando que o Capitão Marvel era uma violação de direitos autorais e uma cópia descarada do Homem de Aço. A batalha judicial prolongou-se por doze anos, encerrando-se em 1953 com um acordo proposto pela Fawcett, que havia decidido, devido às baixas vendas de suas revistas, abandonar a publicação de histórias em quadrinhos e dedicar-se a outros ramos editoriais.

 

 

6 – Devido a esse acordo, o Capitão Marvel mergulhou no esquecimento do público durante o restante dos anos 50 e todos os anos 60, retornando a ser veiculado somente em 1973, quando a DC Comics adquiriu os direitos do personagem e retomou sua publicação nos Estados Unidos. Porém, durante o longo hiato do herói, a rival Marvel Comics lançou um outro personagem com o mesmo nome (Capitão Marvel / Mar-vell – criado em 1967), que impediu a DC e os produtores da famosa série de TV de usarem “Capitão Marvel” no título.

 

 

7 – Para explicar porque os personagens não haviam envelhecido desde que as publicações da Fawcett Comics foram interrompidas, os escritores explicaram que o Dr. Silvana, colocou em animação suspensa toda a Família Marvel, inclusive o próprio vilão, por 20 anos.

8 – Na década de 1950, uma pequena editora britânica “L. Miller and Son” publicava a série do Capitão Marvel, mas com o resultado da ação judicial, a editora teve seu fornecimento de quadrinhos do Capitão Marvel abruptamente interrompido. Eles chamaram o escritor de quadrinhos britânico, Mick Anglo, que criou uma versão do super-herói chamado Marvelman. Capitão Marvel Jr., foi adaptado para criar o “Jovem Marvelman”, enquanto Mary Marvel gerou uma versão masculina, o Kid Marvelman. A palavra mágica “Shazam!” foi substituída por “Kimota” (“Atomik” soletrado ao contrário). Os novos personagens assumiram a numeração da série original do Capitão Marvel no Reino Unido na edição # 25.

 

 

9 –  o Marvelman, atualmente é conhecido como Miracleman.

10 – Marvelman foi cancelado em 1963, mas foi revivido em 1982 pelo escritor Alan Moore nas páginas da Warrior Magazine.

 

 

11 – Baseado nas vendas de quadrinhos, o Capitão Marvel foi o super-herói mais popular dos anos 40, superando até o Superman. Por isso a Fawcett expandiu a franquia para incluir outras “Maravilhas”, como a Mary Marvel  e o Capitão Marvel Jr.

12 – O Capitão Marvel também foi o primeiro super-herói de quadrinhos a ser adaptado para o cinema, em um seriado de 1941, da Republic Pictures intitulado “As Aventuras do Capitão Marvel” .

13 –  O Capitão Marvel foi classificado como o 55º maior personagem de quadrinhos de todos os tempos pela revista Wizard . A IGN também classificou o personagem como o 50º maior herói de quadrinhos de todos os tempos, afirmando que o personagem será sempre um lembrete duradouro de tempos mais simples.

 

 

14 – Capitão Marvel Adventures vendeu catorze milhões de cópias em 1944.

15 – Parte da razão para esta popularidade incluiu o gigantesco apelo que o personagem tem com o público infantil, Billy transforma-se em adulto, mas continua com a consciência de uma criança. O tom cômico, colorido e surreal, encantava a todos. Em suas histórias, Billy Batson normalmente narrava as aventuras do Capitão Marvel, falando diretamente para seu público alvo, de seu microfone de rádio WHIZ, relacionando cada história a perspectiva de um garotinho.

 

 

Ufa, espero que estas informações ajudem os mais pessimistas, a olharem com outros olhos a empreitada da Warner/DC, que audaciosamente, pretende produzir um filme diferente, divertido e corajoso. Toda sorte do mundo pra eles…

SHAZAM!!!!!

 

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK:  facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM:  instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE:  www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

WATCHMEN | Primeiros nomes do elenco da série são revelados!

DETROIT: BECOME HUMAN | Sony libera trailer de lançamento do game

ESCONDIDO NA NETFLIX | Uma Caminhada na Floresta

BORUTO: NARUTO NEXT GENERATIONS | Revelados título, prévia e spoilers do episódio 59

 


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo

Notícias

ISAO TAKAHATA | Morre o lendário co-fundador do Studio Ghibli

Publicado

em

E uma triste notícia para os fãs de anime foi divulgada hoje (05). Isao Takahata, diretor de filmes de animação japonesa e um dos fundadores do lendário Studio Ghibli faleceu aos 82 anos.

Takahata vinha enfrentando problemas de saúde durante o último ano e estava sendo frequentemente hospitalizado por condições relacionadas ao seu coração — mas a causa oficial da morte ainda não foi confirmada.

Venerado por muitos por ter sido o diretor de filmes como O Túmulo dos Vagalumes (1988) e também o recente O Conto da Princesa Kaguya (2013), que chegou a ser indicado para o Oscar de Melhor Animação.

Takahata começou sua carreira em 1960, trabalhando em produções para a TV e cinema no Japão. Além de desempenhar o papel de diretor, ele também atuou como produtor e até mesmo animador em algumas produções.

Em 1985, Isao se uniu com o diretor e amigo Hayao Miyazaki para criar o Studio Ghibli, que até hoje é tido como um dos melhores estúdios de animação de todos os tempos. Ao longo de suas mais de três décadas, o estúdio lançou filmes como A Viagem de Chihiro (que ganhou um Oscar)Princesa Mononoke, Meu Amigo Totoro e muitos outros.

Como admiradores da cultura oriental e dos animes em geral, o Nerdtrip deseja condolências para a família Takahata e que Isao descanse em paz, pois este grande mestre fará falta. 😥 

Para saber dos trabalhos de Takahata e do Studio Ghibli, clique aqui.

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

DANCES WITH THE DRAGONS | Adaptação focada em combates épicos faz sua estreia

ARCTIC MONKEYS | Banda divulga de forma surpreendente nome, capa e teaser do seu novo álbum!

PARADISE PD | Netflix vai produzir animação adulta que tira sarro dos policiais!

BAFTA TV | Sucessos da Netflix dominam a lista de indicados para premiação da tv britânica

TOKYO GHOUL: RE | O que esperar do primeiro episódio da 3ª temporada?

VIOLET EVERGARDEN | Novo anime é confirmado oficialmente!

KAROL CONKA | Cantora lança clipe da música “Cabelo de Nego” do rapper Sabotage


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo

Notícias

CHRISTOPHER REEVE | Filho do Superman convoca os fãs do “Homem de Aço” para ajudarem a realizar o sonho do pai

Publicado

em

Christopher Reeve, o verdadeiro último filho de Krypton, partiu de encontro ao sol, mas em seu tempo terrestre, o nosso eterno Superman mostrou para todo mundo, o que significa ser um herói de verdade.

Depois de se tornar tetraplégico após um trágico acidente equestre em 1995, onde fraturou a primeira e a segunda vértebra cervical (lesão conhecida como “Lesão do Enforcado”, a mesma fratura que acontece quando o alçapão da forca se abre e o nó do laço é apertado), o Homem de Aço não se entregou e se tornou o símbolo vivo de esperança de milhares de cadeirantes, que acreditaram no sonho do homem do amanha, de que seria possível um mundo onde ninguém precisasse de cadeira de rodas.

Reeves pressionou o governo pela liberação do uso de células tronco e criou a Fundação Christopher e Dana Reeve e co-fundou o Centro de Pesquisa ReeveIrvine na Universidade da Califórnia, em Irvine. Além da pesquisa, a Fundação Reeve também ofereceu apoio as menos favorecidos, sem nenhum lucro, para ajudar outras iniciativas e serviços de acessibilidade, concedendo US $ 23 milhões em subsídios. Agora, Will, o filho de Christopher Reeve acredita que ainda mais pode ser feito.

Will está chamando os fãs do Superman ao redor do mundo para ajudar a realizar o sonho de seu pai, um mundo sem cadeirantes.

Em um editorial publicado pelo Daily Mail na quarta-feira, Will escreveu que os novos avanços nas pesquisas de medula espinhal se aproximam do mundo idealizado por Reeve.

“Meus pais trabalharam incansavelmente, através da Fundação Christopher e Dana Reeve para garantir que a pesquisa da medula espinhal se movesse além do espaço escuro para um reino de luz e esperança. É aí que nos encontramos hoje, à beira de entregar o sonho de meu pai.”

Will prossegue explicando que, devido ao reaproveitamento de um dispositivo existente usado para tratar a dor crônica, quatro jovens que tinham sido completamente paralisados puderam recuperar várias de suas funções, inclusive a capacidade de se levantar e caminhar. No entanto, embora esse desenvolvimento seja incrivelmente empolgante, os recursos são demasiadamente insignificantes, comparados com a demanda mundial pela pesquisa do melhor tratamento. Will diz que eles precisam de toda a ajuda possível.

“Na Fundação Reeve, sabíamos que precisávamos conseguir esse avanço para mais pessoas. Então, tivemos a ideia de uma campanha de arrecadação de fundos para aumentar o alcance deste tratamento inovador. No momento, ainda não há tratamentos baseados em evidências para lesões na medula espinhal além do tratamento médico padrão. Mas a Fundação Reeve acredita que cada fim tem seu começo. A grande ideia é o começo do fim da paralisia.”

“Para citar meu pai mais uma vez: ‘Tudo se resume a nós. Temos o poder de fazer uma enorme diferença’. Precisamos mobilizar a próxima geração de heróis para realizar essa missão. Há muitas maneiras de ajudar, tanto grandes quanto pequenas, as recompensas são mudanças de vidas”.

Continue lendo
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: