Connect with us

Notícias

PAULO SILVINO | Aos 78 anos, morre o eterno “Porteiro Severino”

Publicado

em

Faleceu hoje o ator Paulo Silvino, aos 78 anos, em decorrência de um câncer. Ele que lutava contra a doença, chegou até a retirar um tumor no estômago em julho do ano passado e a fazer sessões de quimioterapia.

Entre vários papéis marcantes, destaque para o porteiro Severino, cujo bordão era “cara, crachá”. Seu filho, João Paulo Silvino, lamentou a perda nas redes sociais: “Que Deus te receba de braços abertos, meu pai amado”.

Paulo Silvino, era filho do também comediante Silvino Netto. O comediante começou a carreira aos 20 anos, quando lançou o LP Nova geração em ritmo de samba.

Em entrevista ao Memória Globo declarou nela:

“Eu nasci nisso. Com seis, sete anos de idade, frequentava os teatros de revista nos quais o papai participava. Ele contracenava com pessoas que vieram a ser meus colegas depois, como o Costinha, a Dercy Gonçalves”

Nos anos 60, deu os primeiros passos como ator profissional ao escrever e atuar em peças. No ano de 67, ingressou na emissora, depois de passar por canais como TV Tupi, TV Continental, TV Rio e TV Excelsior, com a apresentação do programa Canal 0.

O sucesso do seu talento o levou a diversos programas, incluindo Faça humor, não faça guerra, Satiricom, Planeta dos homens, Balança mas não cai, Viva o gordo e Brasil pandeiro. Após a saída de Jô Soares da Globo, Silvino se tornou roteirista do Domingão do Faustão por um curto período de tempo.

Em 1990, mudou-se para o SBT, no qual iria apresentar o Condomínio Brasil, que não chegou a estrear. Devido ao cancelamento, ele foi para os humorísticos A praça é nossa e a Escolinha do Golias.

Em 1993, voltou à Globo, onde passou a fazer parte da Escolinha do Professor Raimundo, e depois migrou para a Record, atuando na Escolinha do barulho.

Participou de vários quadros no “Zorra Total“. Em 2003, estreou como um anjo que surgia nos quadros de mulheres bonitas em momentos inoportunos. Em 2005, foi o Pai Turíbio, que consultava os búzios com o bordão “fala, buzinho, fala“, para resolver problemas amorosos de suas clientes.

Contudo, sem sombra de dúvidas, o personagem mais conhecido de todos foi o do porteiro Severino, também no programa Zorra Total. Nesse personagem, os telespectadores encontravam identificação por ser um homem de origem humilde e muito engraçado por seu bordão e também pela atuação excelente de Paulo Silvino, que nos deixou um legado como humorista.

 

Paulistano, amo música, filmes, séries, e estou ressuscitando o amor por animes. Aprecio os filmes bons e me divirto debochando dos ruins (o que gerou o injusto apelido de Mestre Hater). Tento ter como característica, textos curtos e objetivos valorizando a informação. Escritor das colunas HATEANDO! Demorei, mas eu vi! Escondido na Netflix

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: