Connect with us

DC Comics

CAPUZ VERMELHO E OS FORA DA LEI | Redefinindo o conceito de equipe de ação

Publicado

em

Um “grupo” nada convencional.

 Nos últimos anos desconstruir as coisas tem sido uma temática em toda a produção artística, e isso inclui os quadrinhos, que atualmente estão passando por uma crise de identidade (não sabem se assumem o estilo nostálgico, se embarcam nos anos 90 Marvel/Image ou se entram nesse profundo realismo dos anos atuais) mas é bom ver quando um escritor tarimbado resolve observar a onda e ficar no meio termo, ou inteligentemente joga para os três lados, ou não.

Scott Lobdell é um exemplo disso. Puro produto da Marvel anos 90, pertencente a melhor geração de roteiristas e desenhistas dos últimos 40 anos, ajudou a criar um fenômeno chamado X-Men, um verdadeiro sucesso de vendas que dominou as Top 5 por mais de 20 anos (não estou falando da criação de Stan Lee, mas sim da galera que levou os mutantes pro topo e pode-se dizer que criou toda sua base de fãs), mesmo depois que nomes como Jim Lee, Todd McFarlane, Greg Capullo, Marc Silvestri e outros formaram a famigerada terceira força, a Image Comics.

Jason Todd. Um anti herói sem frescuras e com um passado sombrio.

Scott foi um dos que ficaram depois da debandada e segurou as pontas dos mutantes por anos, e repatriado agora pela principal concorrente, a DC Comics, continua fazendo o que o consagrou, bons argumentos e personagens consistentes, é o que temos em Capuz Vermelho e os Fora da Lei (DC/Novos 52, Scott Lobdell, 2012) que apresenta uma nova origem para um personagem que por ser querido do editor Dan Didio (em várias entrevistas já disse que era seu Robin favorito) voltou a vida em grande estilo, depois de figurar na saga Silêncio de Jeph Loeb e Jim Lee (talvez a melhor saga das atuais do morcego). E que foi o tiro antes de Jeph ir para a Marvel.

Cortando o papo político de empresas de quadrinhos e suas trocas, Lobdell graças a saga New 52 (que podem falar mal mas foi sim uma das melhores sacadas dos últimos anos) consegue dar um novo começo em tramas já esquecidas pelos fãs do sidekicks da DC (grupo composto pelo bat-family, pessoas ligadas ao homem de aço, arqueiro verde, Aquaman, enfim, os heróis principais) que hoje claramente sustentam a editora.

E aqui temos 3 deles. Bora começar pelo queridinho de Didio, Jason Todd, o Capuz Vermelho. Jason foi a grande novidade de Loeb em Silêncio (e depois na saga Além do Capuz Vermelho, um clássico que virou desenho da DC), mas Jason tinha um passado de assassino que precisava ser contado. Afinal quem pôs ele no Poço de Lázaro e qual sua ligação com a Liga das Sombras de Talia e Ra’s Al Ghul? Era algo que tinha que ser contado, e a DC resolveu buscar um campeão para contar essa história.

Arsenal, Estelar e Capuz, um trio explosivo.

Primeiramente Lobdell traz uma nova origem ou recomeço para a princesa guerreira de Tamaran, Koriander ou a Estelar (sim e alguns fãs não curtiram essa “virada adulta” da princesa) após sua nave ir parar em uma ilha paradisíaca no meio do nada após mais uma desventura espacial dela (e ela tem muitas), nesse meio tempo ela conhece Todd e se encanta com ele por que lembrava outro Robin, simples assim. Após um intercurso digno de uma sex symbol da editora estavam na estrada prontos pra salvar o terceiro membro da “equipe”, Arsenal ou Roy Harper, mais jovem e ex-membro dos Novos Titãs, que agora tem seu passado desenvolvido por cortesia de Lobdell. Junte a isso o traço eficiente de Kenneth Rocafort e está pronto o quadrinho mais interessante dos últimos anos.

As missões dos Fora da Lei giram claramente em torno de Todd. Como ficou clássico na série New 52 aqui o foco é o passado dos personagens, que aqui finalmente é contado. Mas Todd não tinha passado (fora ser um Robin), e isso poderia ser um empecilho. Lobdell resolve tudo numa tacada de sinuca, a la Esquadrão Suicida e cria algo que se torna sem bajulação, um clássico dos quadrinhos. Atenção pros spoilers. Todd foi salvo por Talia Al’Ghul que o levou a um castelo dimensional pra ser treinado como assassino, algo como o Nanda Parbat da Liga Sombria, aqui chamado Castelo de Al, espécie de defensores secretos da humanidade. Todd foi treinado por uma mestra encurvada (que lembra a Genkai de Yu Yu Hakusho, acreditem) chamada Ducra, que tem uma aluna chamada Essência (uma espécie de “ex eterna” de Todd), uma guerreira que usa a névoa, as trevas e um monte de outros poderes. Após descobrir que Ducra havia sido assassinada, Todd e sua galera resolvem ir atrás dos responsáveis, um grupo de horrores extra-dimensionais conhecidos como os Sem Título. E resolver tudo na base do sangue e na bala mesmo.

A partir daí como já é sabido, as interações começam para esse novo “grupo” e entra em ação o grande trunfo da editora, como sempre digo, a continuidade. Já disse isso, a DC consegue mesmo lançando um título grande por ano manter a ligação entre todos os argumentos dos seus escritores e isso pro leitor é uma maravilha. Com isso começam as interações do passado de Estelar (sim ela lembra de Dick) e suas ligações com o seu mundo, a zoeira que fizeram com a mente de Roy Harper, e recomendo por que passei a gostar do personagem Arsenal graças a forma como Lobdell conduz o argumento (com participações de um dos vilões mais humanos do Batman, o Crocodilo) e como em X-Men, Scott conduz a aventura de Roy e Kory de maneira muito humana e no estilo soap-opera que caracteriza os mutantes. Como Todd tem uma mente e passado zoados, o apoio dos amigos aqui se torna a tônica do quadrinho.

Ação sem frescura.

Com isso eu poria sem dúvidas Capuz Vermelho e os Fora da Lei como clássico moderno e suas primeiras 20 edições (até Morte da Família) como necessárias para o atual leitor de DC e seus sidekicks. A partir daí James Tynion IV assume a pena e prepara para a saga Mal Eterno, mas isso já seria assunto pra outro dia. Um último toque fica para os títulos das aventuras que são letras de bandas famosas como Guns N’Roses cuidadosamente zoados. Vale a pena conferir.


SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br


Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

TITANS | Dupla de prodígios! Episódio #06: Jason Todd (Crítica)

TRIP LISTA | Os melhores Animes de todos os tempos pela equipe Nerdtrip

ACE COMBAT 7: SKIES UNKNOWN | Divulgado trailer durante a Golden Joystick Awards

JUST CAUSE 4 | Trailer “Deep Dive” é revelado

DUAS RAINHAS | Saoirse Ronan e Margot Robbie estampam novo cartaz do filme

DUMBO | Disney libera novo trailer oficial do live action

CCXP 2018 | Mutantes no Brasil! Sophie Turner,  Jessica Chastain e Simon Kinberg são confirmados no evento nerd!

O JUDOKA | Clássica HQ nacional é relançada pela AVEC Editora!

BUMBLEBEE | Paolla Oliveira dublará vilã em spin-off de Transformers

ANIMAIS FANTÁSTICOS 4 | Rumores indicam uma possível gravação no Brasil

STARCON 2019 | Ator Doug Jones confirmado na edição de 2019 da convenção de Star Trek

O lobo da noite. O nerd caçador. Sou criador de páginas, nativo da internet desde a chegada no nosso país, músico, escritor e as vezes até poeta. Jogador nato, criado nos games do Atari aos 4K atuais. Também sou fã de literatura, rpg e cyberpunk.

Advertisement
Comments
Advertisement

Receba as novidades do Nerdtrip em seu e-mail!

Insira seu endereço de e-mail para embarcar nessa Viagem Nerd!

Advertisement

Mais lidos da semana


%d blogueiros gostam disto: