Connect with us

Marvel Comics

GENERATIONS | Os grandões estão voltando: Marvel retornará com heróis clássicos !

Publicado

em

Após soltar teasers com desenhos (do grande mestre Alex Ross) juntando as versões originais e recentes de super-heróis clássicos da Marvel Comics, a “Casa das idéias” enfim oficializou Generations. Feita em dez edições, entre julho e setembro, a minissérie será dedicada a um par de heróis com o mesmo nome de guerra, como Thor Odinson e a Thor Jane Foster, e o Hulk Amadeus Cho com o Hulk Bruce Banner.
À rede ABC, o editor-chefe Axel Alonso diz que a minissérie:

“Honrará o legado de todo esse universo. Ela indica bem para onde estamos indo no futuro com todos esses personagens e o que temos planejado há algum tempo.”

Em relação a personagens que hoje estão mortos (como Banner e Logan) ou modificados (como o Steve Rogers da HYDRA), o editor promete que “tudo fará sentido” na HQ e que a trama não é de realidade alternativa, viagem no tempo ou uma correção de continuidade.

Aqui listamos as equipes distintas de cada herói novo (os desenhistas ainda não foram anunciados):

Homem de Ferro (Tony Stark e Riri Williams) – escrito por Brian Michael Bendis
Homem-Aranha (Peter Parker e Miles Morales) – Brian Michael Bendis
Ms. Marvel (Carol Danvers e Kamala Khan) – G. Willow Wilson
Thor (Odinson e Jane Foster) – Jason Aaron
Gavião Arqueiro (Clint Barton e Kate Bishop) – Kelly Thompson
Hulk (Bruce Banner e Amadeus Cho) – Greg Pak
Jean Grey (jovem e adulta) – Dennis Hopeless
Wolverine (Logan e X-23) – Tom Taylor
Capitão Marvel (Mar-Vell e Carol Danvers) – Margie Stohl
Capitão América (Steve Rogers e Sam Wilson) – Nick Spencer

Ao ser questionado se esses heróis trazidos de volta para a minissérie permaneceriam vivos no universo regular, Axel Alonso foi evasivo ao responder:

“A resposta pode ser diferente para cada personagem. Há potencial para atrito, há potencial para parcerias de heróis. No mínimo, é algo que vai exigir reflexão da parte de cada personagem, e isso é parte do nosso objetivo”.

O que achou dessa novidade ? Quer ver os grandões da Marvel de volta a ativa ? Deixe suas opiniões no comentários!

Engenheiro de Produção, amante da sétima e da nona arte. Apaixonado por música boa e amante dos Engenheiros do Hawaii. "Não! Tentar não. Faça ou não faça. Tentativa não há." YODA, Mestre.

Marvel Comics

VENOM | Confira as 3 melhores histórias do vilão!

Publicado

em

Este ano, um dos maiores vilões do Homem-Aranha ganhará o seu filme solo e fizemos uma matéria especial contanto um pouco mais sobre o anti-herói..

O famoso protetor letal teve o seu nascimento em maio de 1984 através da parceria entre David Michelinie, Mike Zeck e Todd McFarlane durante os eventos de Guerra Secretas. Sua origem está associada a um longínquo planeta na galáxia de Andrômeda, chamado Klyntar. Venom é um membro de uma raça alienígena de simbiontes que recebem o mesmo nome de seu planeta natal.

Ao ter sido rejeitado por Peter Parker, o simbionte encontra em Eddie Brock um aliado. Eddie era um repórter que teve uma de suas matérias desbancadas pelo Homem-Aranha. Por conta disso, foi humilhado e seu ódio pelo Aranha atraiu a atenção do simbionte e juntos eles se transformaram em Venom, buscando vingança sobre o herói aracnídeo.

Selecionei as três histórias que mais gosto do personagem e que considero importantes em sua construção, apesar de respeitar as histórias do Agente Venom (Flash Thompson), Eddie Brock é e sempre será o Venom definitivo.

Seguimos a lista:

 1. Venom Especial

Produzido em Julho de 1997, esse especial volume único contém duas histórias, uma nos mostra Eddie Brock sendo caçado pelos simbiontes do Projeto Vida, tais como a Simbionte Fêmea, esses hospedeiros voluntários foram um experimento do projeto para fazer seus parceiros humanos controlarem seus simbiontes, mas isto não funcionou conforme o previsto e esses voluntários passaram a se tornar ameaças. 

Na segunda história temos o rival de Venom, Carnificina, o vilão mais insano e sanguinário das histórias do Aranha. Nessa trama, Cletus Kasady consegue fugir do hospital Ravencroft. Sua instabilidade mental o levou a ter pleno controle sobre o simbionte e ele se tornou o audacioso Carnificina.

     2. Carnificina Total

Já que o simbionte estava em dia com a sua popularidade, a Marvel deduziu que uma saga envolvendo o anti-herói e o Carnificina chamaria a atenção dos leitores. Escapando da prisão, Kasady reúne um grupo de vilões que decide transformar Nova York em uma verdadeira chacina. Sem opções, Homem-Aranha e Venom precisam lutar lado a lado para detê-los, porém, a cada desafio, Carnificina aparenta ser mais resistente, sendo necessária a participação de Capitão América, Punho de Ferro, Morbius, Gata Negra, entre outros heróis.

Curiosidades: A série de quadrinhos teve tanto sucesso, que foi produzido o jogo “Spider-Man and Venom: Maximum Carnage“, um beat’m up lançado para Mega Drive e Super Nintendo em 1994. Outro fato interessante  é que as primeiras edições do jogo para ambos os consoles tiveram seus cartuchos na cor vermelha, e hoje são peças para colecionador.

 

3. O Nascimento de Venom

A primeira aparição de Venom foi algo impactante para os leitores, sem dúvidas um dos maiores vilões do Homem-Aranha. O roteiro escrito por David Michelinie dá continuação a saga do cabeça de teia com o seu retorno a Terra após a saga de Guerras Secretas. David faz um grande trabalho demostrando as dificuldades de Peter como sua tia May, Mary Jane, seu trabalho como fotografo freelancer, sua namorada a Gata Negra e como ele volta a se adaptar ao seu dia a dia antes das guerras secretas, isso tudo sem esquecer o sarcasmo e humor do personagem. A arte por Todd McFarlane é brilhante relembrando levemente o estilo de Guerras Secretas.

Alimentando-se de sua vitalidade e consequentemente deixando-o cada vez menos disposto, a criatura toma a forma que quiser e o uniforme do Homem-Aranha foi o mais adequado para conseguir um hospedeiro, a partir desse momento Peter decide se livrar do uniforme, deixando-o no laboratório com o Quarteto Fantástico, mas a criatura não desistirá tão facilmente de seu hospedeiro.

O Nascimento de Venom descreve perfeitamente a chegada de um dos vilões mais adorados pelos leitores, sua sede por vingança e aparência o transforma em um dos personagens mais brutais e perigosos do universo Marvel, para todos que são fãs do amigão da vizinhança é uma leitura obrigatória, para os que não são também.

 

O filme Venom dirigido por Ruben Fleischer, de Zumbilândia, integrando Tom Hardy no elenco está previsto para 5 de outubro de 2018.

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER:  twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

 

CHAVES/CHAPOLIN | Saiba quem serão os dubladores no “plim-plim”!

NOSFERATU | Protagonista do filme de 1922 era um vampiro de verdade?

BLACK COVER | Assista a prévia e confira o título do episódio 30

TOKYO GHOUL: RE | Confira o título e a prévia do episódio 5 da 3ª temporada


Studio Geek – Os Melhores Produtos da Cultura Pop, Geek e Nerd.

Continue lendo

Marvel Comics

PHOENIX RESURRECTION | Revelado como Jean Grey retorna ao Marvel Universe

Publicado

em

Jean Grey está de volta ao Marvel Universe. No entanto, sua ressurreição foi dividida entre duas histórias. Na primeira, os X-Men estão investigando uma série de acontecimentos estranhos, incluindo aparências de amigos mortos e inimigos em locais importantes para a história dos mutantes.

Na segunda, Jean Grey parece estar vivendo uma vida idílica em uma cidade onde vários mutantes mortos parecem estar vivos e bem. No entanto, nas últimas edições as duas histórias se juntaram quando os X-Men descobriram que Jean estava presa em um ovo construído pela Força da Fênix

Entretanto, na edição final da série, o Velho Logan tenta salvar Jean da Fênix ao entrar no restaurante em que ela trabalha e acaba deparando com Annie, uma garota que Jean viu morrer quando tinha doze anos e acabou sendo o fio condutor que ativou os poderes mutantes dela.

Logan tenta tirar Jean do feitiço da Fênix com palavras, Annie tenta persuadir o velho mutante que sem misericórdia acaba cortando a garganta dela. Quando Annie parece estar morrendo o seu corpo volta a vida de novo, é aí que Jean percebe o que está acontecendo.

Jean começa mais uma vez a lutar pelo controle de seu corpo e a Fênix reluta, pois, a poderosa mutante é uma hospedeira perfeita. Com isso, a Fênix acaba mostrando diferentes realidades que elas poderiam criar juntas e revela também ilusões de Jean com sua família e amigos e que ela pode ressuscitar eles. Ela os descarta. Então, a Fênix de repente ressuscita o Ciclope.

Em um breve momento, Jean e Ciclope compartilham um momento emocional onde ela é capaz de olhar em seus olhos. Mas Ciclope sabe o que é isso, e Jean acaba deixando ele morrer novamente.

Não há uma batalha épica aqui. Em vez disso, Jean tem uma longa conversa com a Fênix sobre a mortalidade e o que significa realmente viver. A situação acaba se revelando como uma ruptura difícil, onde a Fênix tenta a todo custo não se segurar no corpo de Jean, mas ela está pronta para seguir em frente com sua vida. 

No final, a Fênix finalmente percebe que o tempo com Jean acabou e ela desaparece, deixando a nossa amada Jean Grey muito viva e mortal outra vez.

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br

Leia outras notícias do Nerdtrip e confira também:

A PAIXÃO DE CRISTO 2 | Jim Caviezel diz que o público ficará chocado

O PASSAGEIRO | Liam Neeson prova em 1ª trailer porque ele é o melhor ator de ação da atualidade!

METROPOLIS | Nova série em live-action é confirmada pela DC!

Continue lendo

Marvel Comics

JOHN BUSCEMA | Relembre um dos grandes gênios dos quadrinhos

Publicado

em

Nascido Giovanni Natale Buscema, em Nova York, Estados Unidos, em 11 de dezembro de 1927, um dos pilares da Marvel Comics durante as décadas de 60 e 70, adotou o nome artístico de John Buscema e se transformou em uma das maiores referências artísticas de todos os tempos.

O desenhista que sem o uso das habituais referências fotográficas, era capaz de desenhar qualquer coisa, ficou mundialmente conhecido por ilustrar, Os Vingadores, Surfista Prateado, Quarteto Fantástico, Thor e mais de 200 edições da aclamada Espada Selvagem de Conan, o bárbaro, além de incontáveis trabalhos memoráveis com praticamente todos os personagens da “casa das ideias”.

Buscema foi diagnosticado com câncer de estômago e morreu em 10 de janeiro de 2002, aos 74 anos de idade. Ele foi enterrado com seu lápis preferido na mão, deixando um legado impressionante e uma legião de fãs no mundo inteiro. No mesmo ano de seu falecimento, seu nome entrou para o Hall da Fama dos Quadrinhos.

Relembre conosco alguns dos trabalhos mais marcantes, do artista que mais merece a alcunha de “mestre”.

Senhoras e senhores, com vocês…

GALERIA DE ARTE JOHN BUSCEMA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SIGA-NOS nas redes sociais:

FACEBOOK: facebook.com/nerdtripoficial
TWITTER: twitter.com/nerdtripoficial
INSTAGRAM: instagram.com/nerdtrip_
VISITE NOSSO SITE: www.nerdtrip.com.br

Confira também:

DRAGON BALL SUPER | Sinopse e spoilers do episódio 127 confirmam o próximo eliminado do Universo 7!

LONDON CRITICS AWARDS | Três Anúncios Para um Crime mostra seu favoritismo no prêmio da crítica britânica

VITAS: CASTLE OF HORROR | Desenvolvedores lançam jogo de Plataforma Mobile baseado no cantor Russo!

 

 

Continue lendo

Mais lidos da semana

%d blogueiros gostam disto: